Exclusivo: Ivanice, braço direito de Moro, e sua militância anti-PT, por Joaquim de Carvalho

Dentro do projeto que une o Jornal GGN e DCM, “A Indústria da Delação Premiada”, Joaquim de Carvalho traz mais uma reportagem sobre os personagens de Curitiba. Ivanice Grosskopf, diretora de secretaria da 13a. Vara Federal de Curitiba é o braço direito de Moro e tem atuação político-partidária forte. Outras matérias da série podem ser vistas aqui.
 
 
A Indústria da Delação Premiada
 
Ivanice, braço direito de Moro, e sua militância anti-PT
 
por Joaquim de Carvalho
 
No futuro, quando os historiadores descreverem o uso do lawfare no Brasil para destruir uma liderança política, Sergio Moro será retratado com certeza. Páginas e páginas se escreverão sobre ele. Mas não seria justo fazer o registro sem que se conhecesse também as pessoas que o ajudaram nessa tarefa. E além de Rosângela Moro, dedicada a manter as massas mobilizadas com o uso da rede social, um nome não poderá ser omitido: Ivanice Grosskopf, diretora de secretaria da 13a. Vara Federal de Curitiba.
 
Ivanice trabalha com Moro desde o tempo de Cascavel, quando o juiz se tornou titular pela primeira vez, meados dos anos 90, na sucessão de João Pedro Gebran Neto (houve um juiz entre eles, que ficou pouco tempo lá). Na época, Moro passou por uma situação constrangedora, como recorda o procurador da república Celso Três, que trabalhava na jurisdição. 

 
Um advogado apresentou mensagem divulgada por Rosângela Moro, advogada, que informava o telefone do gabinete do marido como seu próprio contato profissional. Poderia ser interpretado como exploração de prestígio ou irregularidade equivalente, mas o caso não foi levado adiante. 
 
“Na época, eu ouvi as explicações de Moro e achei que não tinha havido dolo. Pareceu mesmo que foi um equívoco”, disse o procurador, conhecido desde o Banestado pela tenacidade com que conduz suas investigações — Três já teve o carro perfurado a bala quando apurava o envolvimento de policiais civis do Paraná num esquema de extorsão de sacoleiros que faziam compra no Paraguai.
 
Ivanice já era conhecida de todos, e se atribui a ela a redação de despachos do juiz, inclusive sentenças, o que não é incomum no Judiciário, dado o excesso de tarefas do magistrado e a relação de confiança que existe entre este e alguns subordinados. São estes que tocam a Vara, o juiz dá as diretrizes e confere o trabalho antes de assinar, para que nada saia fora de sua orientação.
 
Quando Moro deixou Cascavel e foi para Curitiba, onde implantou a Vara especializada em lavagem de dinheiro, Ivanice o acompanhou, para ocupar o posto de funcionária número 1, chefe do cartório. Na transcrição do vídeo com o depoimento de Lula à Polícia Federal, sob condução coercitiva, em março de 2016, o nome de Ivanice aparece como responsável pela tarefa. 
 
A neutralidade e a imparcialidade são requisitados que se exige do magistrado, para o bom desempenho de suas funções, mas seria ainda melhor que suas pessoas de confiança mantivessem postura semelhante. Mas não é o que acontece na 13a. Vara de Curitiba.
 
Se, em Moro, a parcialidade é enrustida, em Ivanice é escancarada, pelo menos até 3 de agosto de 2016, data da última postagem pública em seu facebook. Nesse dia, ela postou o link com a entrevista de Deltan Dallagnol ao Programa do Jô. 
 
Ivanice também revela em sua rede social um papel ativo nas manifestações convocadas pelo Vem Pra Rua. Compartilha publicações de uma tal organização que se define pelo slogan “Curitiba, a capital mais direita do Brasil”. Deu publicidade também a manifestações do senador Ronaldo Caiado contra o assim chamado Foro de São Paulo, um assunto recorrente em sua rede social.
 
Compartilhou texto de Olavo de Carvalho, com ilustração em que aparece um bispo do xadrez com a estrela do PT alterada com foice e martelo e o aviso do ativista de extrema-direita de que havia postado um comentário na “página da CNBBosta”. Ivanice convocou para um twittaço e facebookaço com a hashtag “Agora Somos Todos Moro”. 
 
Compartilha textos do site de extrema-direita O Antagonista, texto do movimento escola sem partido e de grupos que defendem a liberação do porte de armas no Brasil — “vinte fatos que comprovam que posse de armas deixa uma população mais segura”. 
 
Revela as viagens que fez aos Estados Unidos, com direito a foto em frente à estátua de Abrahan Lincoln em Washington, e uma publicação que trata da importância de se fundar no Brasil algo como o Tea Party nos Estados Unidos — na verdade, existe, é o MBL, de cujas postagens ela compartilha, como, por exemplo, um fake news que atribui a um deputado do PT a iniciativa de “calar mídia à força” depois das eleições (em 2014).
 
 
No dia do segundo turno da eleição para presidente, postou mensagem com o seguinte teor:
 
“Hoje é o dia de você exercer o direito de ir às urnas e escolher o próximo presidente do Brasil. Caso ocorra alguma situação diferente, no momento da votação, que te impeça de votar, avise o mesário e nos informe, enviando uma mensagem para [email protected] ou para o whatsapp (11) 952104827, com seu nome e telefone, para fazermos contato. 
Obrigado. #MudaBrasil
 
Na véspera, postou o vídeo de aecistas na rua, cantando:
 
“Ah, eu tô feliz, eu vim para a rua mudar o meu País. Aécio! Aécio! Aécio!”
 
 
Ela já indicava apoio a Aécio na véspera do primeiro turno, quando postou pesquisa com o título: “Aécio Neves ultrapassa Marina Silva”. Sua militância antipetista é ostensiva, como mostra o texto de Veja que repercute:
 
“Marginais do PT saquearam a Petrobras”, diz professor Villa – TVEJA (Marco Antônio Villla).
 
Além da militância antipetista, a diretora da secretaria da Vara de Sergio Moro se dedica a atacar pessoalmente Lula e posta memes ofensivos e um texto que, hoje, assume especial importância, por se tratar o triplex do Guarujá, objeto do processo que levou à condenação de Lula a nove anos e meio de prisão, cujo recurso será julgado dia 24 de janeiro, pelo Tribunal Regional Federal da 4a. Região.
 
O texto saiu no blog Vide Versus, do ativista de extrema-direita Vítor Vieira, em dezembro de 2014, e contém uma série de dados que não encontram relação com a verdade factual. Diz que o triplex era de Lula e que ele passaria lá o Reveillon. “De sua ampla sacada, poderá ver a queima de fogos, que acontece na orla bem defronte do seu prédio, feito pela OAS, empresa investigada pela Operação Lava-Jato”, escreve.
 
“A reforma do apartamento 164 é tocada por seu filho Lulinha, segundo funcionários do edifício, e foi vistoriada por dona Marisa o tempo todo — acrescenta o cascateiro. 
 
“Ela mesmo providenciou a decoração do local, visitado por Lula apenas três vezes. A família Lula construiu um elevador privativo para levá-los do 16º ao 18º, que no projeto original tinha apenas escadas internas. Lulinha usou também parte do quarto de empregada e um canto da sala para fazer um escritório. Mandou também colocar porcelanato em tudo. A cobertura com piscina também recebeu uma boa área gourmet.”
 
 
Hoje já se sabe que a reforma foi feita pela OAS, que tentou entregar o triplex a Lula, mas ele nunca foi dono do imóvel. Visitou o triplex uma vez e recusou. Com a popularidade de Lula, é razoável supor que ele teria liberdade para descansar do balneário de Guarujá, um dos mais movimentados do litoral de São Paulo?
 
Sequer passou uma noite no local, como ficou claro no processo — apesar disso, foi condenado. Na Vara de Curitiba, parece que o fake news, presente nas publicações da diretora da Secretaria Ivanice Grosskopf, prevaleceu sobre o conteúdo do processo.
 
Lula foi condenado numa Vara onde, por baixo de ternos, gravatas e tailleurs, servidores púbicos vestiram camiseta de militantes anti-petistas. E alguns, como a importante Ivanice, sequer esconderam isso nas redes sociais.
 
 

36 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Edemar Motta

- 2018-01-09 18:39:26

Uma correção de fundamental

Uma correção de fundamental importância.

Jossimar

- 2018-01-08 13:19:33

Esta vadia não deveria postar
Esta vadia não deveria postar porra nenhuma, visto que é funcionária pública e deveria gastar o seu tempo exercendo a função pela qual e paga e não vadiando pela Internet. Num pais decente seria demitida sumariamente, assim como seu chefe.

tbeat03

- 2018-01-05 22:30:53

Segue outra imagem da pessoa

Albasgodel

- 2018-01-05 00:11:44

Pois bem, comentarista Edna,

Se o sobrenome da militante, Grosskopf significa "cabeça grande", vamos ao prenome. Ivan(nice), Ivan é João em Russo e Nice, pelo menos no inglês é bom ou boa. Agora sabemos que João cabeça grande na boa é militante aecista, inimiga mortal do PT e braço forte do juizeco. Conclusão; Moro é fraco, pau mandado de mulheres com viés ideológico e pelo departamento de estado dos EUA, os maiores ladrões do mundo.

Horacio Duarte

- 2018-01-04 14:27:56

Poder da convicção

Li toda a sentença do moro. Fiquei decepcionado no sentido de descobrir um processo sem sentido, pior, depois de uma devassa na vida pessoal do ex-presidente, sua família, todo acesso a contas do acusado, da família e das empresas envolvidas, ter  ajuda do coaf, da receita federal e outros órgãos de fiscalização, enorme apoio da mídia, não mostrou uma única prova válida. O tal do encontro de contas, base para condenação, não tem nada, nem movimentação financeira  nem documentos, nada. Precário. Uma verdadeira Janet Clair do judiciário, ilações e disse-que-disse sem qualquer base. Não acredito que alguém, que possa ser chamdo de juiz, venha a validar este novelão escrito para o jornal nacional. Imagino que a senhora, aí descrita, tenha algum tipo de participação, pode também ter sido algo que me escapou, nas frases vazias, conclusões sem sentido agredindo a lógica, podem também mostrar o poder da convicção de que não estou imbuido.

Jason

- 2018-01-04 14:25:32

Ortografia

O cargo é de Diretora de Secretaria e não de Diretora da SECRETÁRIA como aparece no sub título e nos primeiros parágrafos. 

Anésio FOLEISS Filho

- 2018-01-04 13:48:22

Envelhecendo na Vara do
Envelhecendo na Vara do Moro... Deve estar realizada...

PauloBR

- 2018-01-04 13:06:10

Outra dos EUA

Outra dos EUA: Brazilians who believe in Carwash and Globo TV are a bunch of morons.

Anésio FOLEISS Filho

- 2018-01-04 11:47:54

Essa é herdeira direta de
Essa é herdeira direta de Hitler. Mora nela o alemão da SS e da destruição em massa (de massas - classes C e D). Quebrou a cabeça grande com Aécio e vai quebrar a cara com Moro. Só falta o uniforme do exército nazista, que ela deve usar entre quatro paredes ao exercitar o seu narcisismo caricato.

jose carlos lima...

- 2018-01-04 11:25:40

Estarrecedor...e saber que
Estarrecedor...e saber que Moro, por ser garoto de recados da Globo, tem mais poder que o STF. Que triste ver o nosso pais afundar nas maos dessas Instituicoes convertidas em organizaçoes criminosas

J J Lopez

- 2018-01-04 10:46:53

Lula é tudo, quase.

Ao partidarizar protestando contra uma eventual prisão de Lula o PT fala o seguinte para o país: O desmonte , o golpe, a entrega das riquezas fica em segundo plano. Vamos à rua Petistas salvar o Lula! Com isto não estou dizendo que não se deva defender o Lula, mais o que está implícto nessas convocacões do PT é que ou eles não enxergam que todos nós pagamos o pato quer sejamos petistas ou não, ou pior, então eles estão fazendo o jogo da direita e empurrando a luta pela democracia com a barriga, propositadamente, para tirar quem não é petista da rua. Estranhooooo!

Silvio L. Morais

- 2018-01-04 10:43:51

Cognição Sumária da parcialidade de Moro

Ivanice é, simplesmente, a "cognição sumária" da parcialidade do medíocre Torquemada da Rede Globo. Ivanice teria coragem de postar algo que contrariasse, minimamente, a postura ideológica de seu chefe? Obviamente, a pergunta é apenas retórica. 

Marcelo33

- 2018-01-04 10:29:33

Que nada !!! Vazou do Serra e
Que nada !!! Vazou do Serra e o que fizeram ??? Elegeram ele Senador com votação esmagadora. A traição perpetua porque o povo é traidor também... Se todos os traidores fossem mortos, seríamos 90 milhões em ação novamente. Mesmo que matassemos só os ativos, já seria um banho de sangue Ou... Nos seríamos mortos, porque a vontade da maioria é ser neo-colonia. O interesse Nacional é servir, e nós somos meia dúzia "do contra".

alexis

- 2018-01-04 10:03:31

Slogan: todos com Moro

Rosângela: Eu moro com Moro

Ivanice: Somos todos Moro

PT: Eu “morro” com Moro

Aecim: Eu namoro o Moro

Alex: Comeu o Moro no armário (pois o armário era triplex)

Cunha: Ou Moro me come ou eu "comemoro"

Dallagnol: Perdi o decoro com Moro

TJ4, RS: Eu não demoro com Moro.

Youssef: Sempre no mesmo foro com Moro

EUA: Aqui vai morar Moro

J.J. Lopez

- 2018-01-04 09:06:44

PT Burro

Lindo mesmo é ver a manchete do BlOG 247: PT PROMETE PROTESTOS PERMANENTES APÓS CONDENAÇÃO DE LULA. Precisa dizer alguma coisa mais se isso for verdade? Pra que Ivanice Grooskpf se um Partido burro desses pensa desse jeito? Pensem no monte de burrada que tem por trás de uma manchete dessas?

Primeiro, já pasam a sinalizar à militância que Lula já está condenado e com isso desmobilizar quem pensa ir à Porto Alegre. Segundo, todo mundo sabe que após a condenação se é que vai haver, ninguém vai ficar o tempo todo nas ruas protestando coisa nenhuma. Isso mostra a desorganização, falta de planejamento e o fogo amigo que existe dentro do próprio partido. Inacreditável.

 

Raimundo Boaventura

- 2018-01-04 02:18:31

Os servos moristas.
É estarrecedor o comportamento neofascista da diretora da 13a Vara Federal de Curitiba. Esta senhora é tão influente junto ao juiz, seu superior hierárquico, que fica impossível dissociá-los. Uma megera a serviço de um crápula, ambos regiamente pagos com dinheiro público.

Marcos Rebello

- 2018-01-04 01:06:09

Quem votou no Aécio devia se rever

Quem votou no Aécio, devia se rever, mudar suas referências.

É um conselho que dou a Ivanice.

Naquela eleição do Aécio, já se sabia as inùmeras manipulações criminosas desse cara e sua turma.

Obs.: Muitas ainda ignoradas pelas grandes mídias, com morte envolvida.

Amigo de Cabral e de várias figurinhas carimbadas.

Ou seja quem fez campanha para esse infeliz, ou estava mal informado ou mal intensionado.

Não sei em qual das duas situações estava a Ivanice, o procurador Lima, Angela Moro, DD, Huck, enfim...

Depois de reveladas as provas nas mídias de massa.

Sinceramente, não sei qual justificativa dão para sua própria consciência?

É vergonhoso!

jcordeiro

- 2018-01-03 23:29:45

Derretendo o Iceberg

Nassif: gostei da reportagem. Sempre disse (inclusive no seu Blog) que crimes deixam rastros. Aos pouco vai se fechando o círculo en torno desse aparente Juíz.

É necessário prosseguir, para que saibamos até onde e de onde vem essa rede de justiceiros políticos, engajados nos judiciário (eles afloram em todos os ramos sociais).

Mas a maior revelação de agora foi de onde vem esse irrestrito e incondicional apoio às decisões do Verdugo de Curitiba pelo relator na Corte de Suplicação dos Pampas. A peçonha, pelo que se apurou, nasceu de Cascavel (PR), da década de 90.

Espero que continuem despetalando a margarida, inclusive no exterior. Essa servente deve fazer parte da ponta do iceberg. Mas um pedaço bem pequeno. Tem mais gente no rolo...

Avante!

C.Poivre

- 2018-01-03 22:37:22

A História é implacável!

Ivanice não perde por esperar. Seu dia chegará.

walter araujo

- 2018-01-03 22:20:03

Quando foi que a ivanice

Quando foi que a ivanice entrou na  Vara do Moro?

Pelo semblante caído e as rugas indicam que faz tempo.

Se não se aposentou ainda é porque essa Vara deve

lhe açular os impetos de gozo extraprofissionais.

Alexander

- 2018-01-03 22:15:19

Está aí: "Lula foi condenado

Está aí:

"Lula foi condenado numa Vara onde, por baixo de ternos, gravatas e tailleurs, servidores púbicos vestiram camiseta de militantes anti-petistas. E alguns, como a importante Ivanice, sequer esconderam isso nas redes sociais."

Tina

- 2018-01-03 21:55:15

Ghost writer

"Ivanice já era conhecida de todos, e se atribui a ela a redação de despachos do juiz, inclusive sentenças...

Terá sido ela que redigiu a sentença de moro a Lula?

Aquela "obra"?

Frederico69

- 2018-01-03 21:51:54

sem ética nem moral!

eleitor do aécio é bicho triste. 

e tenta chamar ao Lula de corrupto. 

realmente o fim dos tempos e do mundo devem estar próximos. 

Gilberto Bueno

- 2018-01-03 21:24:30

Eu torço para que um dia vaze
Eu torço para que um dia vaze no wickileaks, que esses lavajateiros, são todos traidores mais baixos que Judas Iscariotes, por serem agentes da CIA. Daí quero ver esses vagabundos fugindo da multidão enfurecida.

Melisssa

- 2018-01-03 21:20:18

Participação em passeata antiPT
No perfil dessa Ivanice no Facebook há uma postagem de 16 de agosto de 2015, com fotos dela e outras amigas em uma manifestação contra o PT e pró impeachment de Dilma. Acredito que se pesquisarem outros assessores de Moro podem encontrar outros militantes pró golpe semelhantes a ela.

MarFig

- 2018-01-03 21:18:13

O Aécio não é pior que seus

O Aécio não é pior que seus eleitores.

nilo filho

- 2018-01-03 20:57:31

Os elementos para anulação do

Os elementos para anulação do processo são evidentes: Gebran, Ivanice, fake news, Durán, doleiro Messe, penas perdoadas ou mitigadas ou insignificantes, lavagem de dinheiro, destruição de empresas nacionais de base (Petrobrás, per exemplo), desemprego, crise no Rio de Janeiro,etc., etc,..

Só não vem quem não quer, quem é parcial, quem é algoz, quem é verdadeiramente falso moralista, quem é verdadeiramente corrupto...

Schell

- 2018-01-03 20:43:14

Os 3

Os 3 desembargas-gravatinhas-com-lencinhos, obedecendo ordens expressas da chefe de gabinete do desMoronado, acatadas de pleno pelo tal dito presidente daquele tribunalzinho de rastaquera, condenarão o Lula por tudo o que ela postou em suas redes sociais. O Lula poderá apelar para a nova ministra da deseducação, a filhinha do bobjeferson, sob aplausos gerais dos paneleiros em geral e dos golpistas-temeristas-ladrões. Pobre 2018, que já acabou.

Edna Baker

- 2018-01-03 20:40:31

Bem, o sobrenome dela é bem

Bem, o sobrenome dela é bem alemão, Grosskopf, traduzido Cabeçagrande, poderia dizer alguma coisa? Moro destrincha a vida de Lula e Nassif a de Moro. Mil parabéns! Ver a vida do Moro destrinchada me dá um enorme prazer.

Maria Luisa

- 2018-01-03 20:38:50

Quando o odio ideologico cega

Que Sergio Moro e séquito são de Direita, chegando à extrema-direita ja sabemos. Agora terrivel é esse fanatismo do antipetismo à qualquer preço e a falta de isenção e de parcialidade do juiz, procuradores, assistentes, acho que até o servente desse forum é anti-Lula.

peregrino

- 2018-01-03 20:18:36

quem diria...

um juiz com tanto poder, como propagam, mas infantilmente dependente de pressões internas e externas

Sergio Brasil

- 2018-01-03 20:13:08

Mais está uma beleza. Pela

Mais está uma beleza. Pela subordinada se tira o pensamento (e as atitudes) do superior hierárquico. Quero só ver se Palsen ( que tem uma belissima carreira) e Laus vão fazer igual ao amigão do Moro, o Gebran e jogar o nome no lixo da História confirmando esse dejeto que foi a sentença do triplex...

NP Freitas

- 2018-01-03 19:55:09

Coisa mais corriqueira,
Coisa mais corriqueira, infelizmente, é o ativismo anti-petista em salas, banheiros e corredores da JF, Brasil a fora.

Lucio Vieira

- 2018-01-03 19:50:47

Por trás de um homem de atitudes pequenas e tino medíocre, qual

tipo de mulher haverá."Agentes da justissa brasileira" que se alimentam da discórdia, da difamação e de métodos suspeitos presentes nas armadilhas dos tribunais. 

gaúcho

- 2018-01-03 19:50:39

A vara do moro funcionava, na

A vara do moro funcionava, na prática, como um comitê eleitoral pró aécio, um dos maiores ladrãos do país solto até agora por obra do judiciário.

 

zuleica jorgensen malta nascimento

- 2018-01-03 19:45:09

Temos que gravar esse nome:

Temos que gravar esse nome: IVANICE GROSSKOPF

Quando e se chegarmos a um acerto de contas vai ser importante conhecer todas as peças do Xadrez.

Ótima matéria investigativa. Jornalismo é isso.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador