Fachin deve explicações sobre o caso TAG, por Luis Nassif

Um mero levantamento dos últimos episódios comprova a escandalosa articulação em torno da queima de ativos públicos

O Supremo Tribunal Federal (STF) impediu a privatização de estatais, sem autorização do Congresso, mas permitiu a venda de subsidiárias sem licitação, comprovando a enorme dificuldade em cumprir sua missão de freio e contrapeso.

Um mero levantamento dos últimos episódios comprova a escandalosa articulação em torno da queima de ativos públicos.

06/06 – STF libera a venda de subsidiárias

06/06 (mesmo dia) – Fachin libera a venda da TAG (transportadora de Gás)

13/06 – Petrobras conclui a venda da TAG

16/06 – Petrobras anuncia descoberta gigante de Gás em Sergipe e Alagoas.

É evidente que a descoberta gigante muda completamente os cálculos sobre a Taxa Interna de Retorno da TAG. Se esses valores não foram incluídos no preço, Fachin e Paulo Guedes serão bons candidatos a futuras CPIs.

Enfim, são as últimas tacadas aproveitando a atual desordem institucional. Mas um dia o país volta nos eixos e toda nudez será castigada.

13 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

C.Poivre

- 2019-06-17 12:45:06

A partir do dia 20, mais ou menos, os generai$ bo$tonaristas começarão a dar declarações públicas e socar mesas para deixar claro seu veto a qualquer medida que repare judicialmente a ilegal e monstruosa criminalização do Presidente Lula. Infelizmente, pelo histórico recente, os mini$tro$ do "çupremo" se acovardarão mais uma vez.

Alexandro Pazos

- 2019-06-16 19:28:02

Perfeita a observação sobre o impacto na Taxa Interna de Retorno. Há muito que ser apurado nesse eventos.

Ricardo intuição

- 2019-06-16 18:42:58

Missão cumprida! A tarefa era entregar a reserva de gás, recém revelada mas não recém descoberta... Agora todos estão saindo, simulando atritos, inclusive Levy...

Marco A.

- 2019-06-16 18:35:26

Essas reservas já eram conhecidas desde, pelo menos, 2013, como mostra o Tijolaço: http://www.tijolaco.net/blog/a-descoberta-da-pedrobras-existe-mas-foi-em-2013/. Deve estar ocorrendo outro tipo de jogada além da que o Nassif supõe. É óbvio que os compradores do TAG sabiam da existência dessas reservas de gás natural.

C.Poivre

- 2019-06-16 17:54:34

Também tenho tido este problema com "comentário repetido".

Cândido e Coelho

- 2019-06-16 17:31:28

Exceto o trecho bolívia - são paulo, todo o resto foi construído pelo governo pt. A uma dica para prender estes vendilhões: os indicados para diretoria da petrobrás são sempre inimigos da cia. Quem nomeia um presidente para uma empresa um inimigo dela? Quem, sendo inimigo declarado, aceita; é ou não um bandido?

republicano arrependido

- 2019-06-16 16:24:39

R E V E R ESSE VERBO POETICAMENTE CONCRETO HÁ DE RE VIGORAR MUITO NESTES E NOS FUTUROS TEMPOS PARA QUE ACABE ESSA REVERIA TODA - COMO DIZIA MINHA VÓ - QUE TEM A CARA DA SUSPEIÇÃO E DO ESTADO DE EXCEÇÃO

Lúcio Vieira

- 2019-06-16 15:50:49

Deve estar ocorrendo algum erro (bug) no mecanismo receptivo do site. Nota-se que dá a mensagem de enviado com sucesso e alguns segundos depois a mensagem passa para a de comentário repetido.

euclides de oliveira pinto neto

- 2019-06-16 15:14:55

Estranhamente, o comentário feito sobre a visivel fraude na entrega do TAG, via STF, foi devolvida sob o argumento que o comentário era repetido. Como tem ocorrido com muita frequência, gostaria de saber se existe algum tipo de "censura" aos comentários feitos por leitores.

euclides de oliveira pinto neto

- 2019-06-16 15:09:23

A venda de ações de estatais necessita de autorização do Congresso, conforme dispõe a CF de 1988, bem assim como as suas subsidiárias e coligadas, em virtude de serem criadas através de lei. Por ser norma cogente, não admite interpretação extensiva nem restritiva à sua aplicação. A lei ordinária que permite a venda de ações, refere-se às ações que fazem parte da carteira de ativos da subsidiária, não do seu capital social. Ficou evidenciada a ma-fé na decisão do STF, que burlou a lei escandalosamente, com a precípua intenção de favorecer grupos interessados em obter os ativos da empresa sem a obrigatoriedade da autorização do Congresso e siquer a exigência de licitação pública, bem como o preço vil "ajustado", justamente para evitar a prática de "negociações" danosas ao patrimonio público. Tal decisão do STF é nula de pleno direito e cabe aos órgãos fiscalizadores, bem como à sociedade, pleitear a anulação da negociata realizada, tornando nulos seus efeitos.

Lúcio Vieira

- 2019-06-16 14:58:45

O golpe contra o Brasil está COM MISSÃO de entregar a bom lucro ao comprador. https://www.opetroleo.com.br/petrobras-faz-a-maior-descoberta-desde-o-pre-sal-em-sergipe-e-alagoas/

Arthemisia

- 2019-06-16 14:31:50

http://www.tijolaco.net/blog/a-descoberta-da-pedrobras-existe-mas-foi-em-2013/?fbclid=IwAR2UlbapnRN-OxBLNdY_qCG0EYWpDNdZkbcfMZdgWoIDzQEWWeS7qLud1T4

Naldo

- 2019-06-16 14:26:50

Quando a patranha da venda da vale foi denunciada? Nunca, nem depois dos quinhentos cadáveres produzidos por uma estatal exemplar que se tornou assassina... Eu já virei o cabo da boa esperança da minha vida, e aprendi que nosso país vive de soluços democráticos, mas o maior período de nossa história é de opressão. A venda da vale merece um livro, pois segundo li nos jornais da época, países que dependiam dela entraram em pânico...... principalmente um certo país no qual se fabricam carros, mas que não possui um grama de minério de ferro em seu território....... Assistimos a patranha calados e, até o presente momento, quem foi responsabilizado? Sabe por quê? Por que os larápios e beneficiários são os mesmos que deveriam denunciar..... Qual a diferença dos dias atuais???? Uma mídia assassina-quadrilheira e corrupta, uma pretensa elite, tão assassina e corrupta quanto, e um povo domesticado, por manipulação, novelas, futebol, ódio de classe e estupidez....... Quem vai formar uma cpi para esclarecer esses fatos? Quando uma cpi esclareceu alguma uma coisa? A única certeza é a paciência do povo com seus opressores, enquanto se mata e multila por picuinhas....... Desculpem meu pessimismo, mas acreditar num judiciário, infestado de maçons, numa mídia sem compromisso com a verdade, num governo sequestrado pelos abutres do mercado, é ser muito otimista, não à toa temos a expressão que somos "o país do futuro"......por que não temos direito ao presente......

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador