Lava Jato beneficiou Estados Unidos com pelo menos R$ 1,3 bilhão, mostra estudo inédito

Outros R$ 982 milhões foram para os bolsos da Suíça, aponta material do Observatório da Lava Jato

Deltan Dallagnol e Sergio Moro
Fotos: Fernando Frazão/Lula Marques

Graças às investigações da Operação Lava Jato contra grandes construtoras brasileiras, países como Estados Unidos e Suíça saíram ganhando uma fortuna. Somente em multas aplicadas em acordos de leniência, delação premiada e outros compromissos, gigantes nacionais tiveram de desembolsar pelo menos R$ 1,3 bilhão para o caixa dos Estados Unidos, e outros R$ 982 milhões para os suíços.

Os dados são parciais (ou seja, os valores ainda podem aumentar) e foram divulgados pelo Observatório da Lava Jato, organização integrada pelos juristas Carol Proner, Lenio Streck, Fernando Augusto Fernandes, Ney Strozake e Charlotth Back. Com o levantamento inédito, o grupo busca lançar luz sobre o paradeiro dos recursos bilionários que foram arrecadados pela Lava Jato e que, até hoje, seguem sem controle e transparência.

“Os valores referem-se apenas aos acordos que subimos até o momento no Observatório. Não esgotam, no entanto, o total, à medida que ainda estamos tratando e levantando todo material”, explicam os membros dos Observatório.

Entre as empresas que pagaram recursos aos EUA ou Suíça, na esteira das investigações da Lava Jato, estão a Braskem e Odebrecht, que teve provas extraídas dos sistemas Drousys e MyWebDay, usadas em seu acordo de leniência, anuladas pelo Supremo Tribunal Federal por quebra na cadeia de custódia e outras ilegalidades, incluindo a cooperação internacional ilegal com os suíços.

A tabela do Observatório da Lava Jato contém as pessoas físicas ou jurídicas que foram multadas, o processo que originou a penalidade, a destinação dos recursos e pagamento efetuados. Além dos Estados Unidos e Suíça, a própria Lava Jato foi beneficiada. Há sinalização de milhões de reais para a “força-tarefa” do Ministério Público Federal e também para a Polícia Federal.

Confira a tabela abaixo:

1-OLAJ-Tabela-Exclusiva-de-Destinacao-dos-Valores

Redação

1 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. INCRIVEL Q SÓ RECENYEMENTE LIBERARAM AS EMPRRSAS A FAZEREM NEGOCIOS COM O ESTADO BRASILEIRO(GOVERNO FEDERAL)SENDO ASSIM PUNINDO A.EMPRESA E.OS.TRABALHADORES A MAIOR.INSANIDADE DO MUNDO EM NOME.DO.QUE ?A MIDIA CORPORATIVA FINANCIADA.POR GIGANTES MULTINACIONAIS Q AJUDOU ESTA LOUCURA JURIDICA TODA ,ESTE PAIS SERA O PAIS DA EQUIDADE E EQUILIBRIO ENTRE FORÇAS TANTO.SOCIAL COMO EMPRESARIAL,É PRECISO EMOREENDEDORES Q QUEIRAM DESENVOLVER EFETIVAMENTE ESTA NACAO E NAO SO ESPECULAR FIMANCEIRAMENTE E IMOBILIARIAMEJTE!!!

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador