Novo laudo mantém Maluf em presídio

Foto Nexo Jornal
 
Jornal GGN – O Instituto Médico Legal (IML) do Distrito Federal apresentou um novo laudo onde afirma que não há impedimentos para que o deputado Paulo Maluf (PP-SP) cumpra pena na Penitenciária da Papuda, em Brasília. O deputado está preso cumprindo pena definitiva de sete anos e nove meses, definida pelo Supremo Tribunal Federal (STF).
 
No laudo, entregue à Justiça no dia 8, respostas aos 32 questionamentos elaborados pelos advogados de Maluf, que discordaram do primeiro laudo realizado pelos peritos. O novo laudo chegou à mesma conclusão do anterior.

 
De posse destas informações, o juiz Bruno Aielo Macacari vai decidir agora se Maluf vai continuar preso ou poderá cumprir prisão domiciliar. Antes de qualquer decisão, o juiz precisa colher parecer do Ministério Público e a manifestação da defesa. A defesa de Maluf, que tem hoje 86 anos, alega que ele deve ir para prisão domiciliar pois sofre de câncer de próstata, problemas cardíacos e na coluna, além de hérnia de disco.
 
“Acostou-se o laudo da perícia médica do IML, com as respostas aos quesitos formulados pela defesa, no qual se concluiu que o sentenciado está acometido de doenças graves, mas sem indicação de que há algum impedimento ao cumprimento da pena privativa de liberdade recolhido no Centro de Detenção Provisória – CDP, desde que assistido pela equipe médica”, diz trecho de uma decisão anexada ao processo.
 
A condenação de Maluf foi por receber propina em contratos públicos com as empreiteiras Mendes Júnior e OAS quando era prefeito de São Paulo, entre 1993 e 1996. Esses recursos teriam sido desviados da contrução da Avenida Água Espraiada, hoje Avenida Roberto Marinho. O custo total da obra foi de R$ 800 milhões.
 
As investigações levaram dez anos para serem concluídas desde que o inquérito foi instaurado na primeira instância da Justiça. Os procuradores do MP estimaram em US$ 170 milhões a movimentação total de recursos ilícitos. O Supremo assumiu o caso após Maluf ser eleito deputado federal.
 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Barroso determina que governo complemente plano para conter covid-19 em tribos indígenas

2 comentários

  1. novo….

    Bipolaridade Esquerdopata tem cura? Os mesmos Jornais e Jusristas defendendo o indulto de fim de ano que é dado pela Presidência. Tropeçam nas próprias pernas devido à cegueira ideológica, aqueles que ainda querem nos guiar. Penamos por 40 anos no deserto. Mas existe uma Terra Prometida que esta geração nunca pisará. 

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome