O procurador exibicionista que expôs o MPF ao ridículo

Não há nada que comprometa o esforço geral de uma corporação, do que o exibicionismo de um de seus membros – especialmente quando dispõe de prerrogativas de poder de Estado.

É o caso do Procurador da República em Goiás Ailton Benedito de Souza.

Ontem expôs o MPF ao ridículo, ao agir contra decisão do governo venezuelano de convocar 26 jovens do Brasil para compor uma tal Brigadas Populares de Comunicação.

Imediatamente o procurador Ailton intimou o Itamaraty, em um prazo de dez dias, a levantar a identidade dos jovens sequestrados e investigar uma possível rede de tráfico humano.

Era uma mera notícia de Internet, mencionando a comunidade Brasil, um bairro popular da cidade venezuelana de Cumaná que, com exceção do nome, não tem a menor relação com o país Brasil.

A barriga repercutiu no mundo todo, sendo ironizada em vários idiomas.

Uma barriga desse tamanho basta. Mas a atitude do Procurador em se basear em qualquer factoide para propor ações já virou compulsão.

Tornou-se membro do Instituto Millenium, valendo-se das prerrogativas do cargo para desmoralizar o Ministério Público.

Em maio passado tentou suspender toda a publicidade da Copa do Mundo (http://migre.me/nabDB) por estar “absurdamente divorciada da realidade”.

Montou um catatau de 50 páginas argumentando que “de fato, os brasileiros ficaram bastante esperançosos e que as obras da Copa, que consumiram bilhões de recursos públicos, proporcionassem um legado auspicioso, a ser usufruído nos anos vindouros pela sociedade, que, afinal paga a conta”.. No entanto, “vários empreendimentos projetados para o transporte público e o trânsito foram cancelados ou substituídos por outros de menor impacto, que, primeiro, não serão concluídos a tempo; e, segundo, visam, exclusivamente, mitigar os efeitos da desorganização, da falta de planejamento, da incompetência em executar o que se planejou, relativamente à infraestrutura e aos serviços voltados à realização da Copa, a fim de evitar que o pior”.

Consultasse o próprio MPF, esse despreparado saberia do enorme trabalho que juntou praticamente todos os poderes – do Executivo aos estados, da Polícia ao Ministério Público – na organização do evento. Baseou-se em meras notícias não confiáveis da mídia  para sair atirando.

Em novembro de 2011,  processou professores por desacato, depois de terem ido ao MPF-GO denunciar supostos desvios de verba do Fundeb (Fundo de Desenvolvimento do Ensino Básico) pela prefeitura de Goiânia.

Quando foi lançado o programa Mais Médicos, viu mais uma oportunidade de aparecer. Com base em notas de jornal, instaurou um inquérito civil-público para apurar “possíveis ações e omissões das administrações públicas – em todas as esferas – a respeito do programa Mais Médicos” (http://migre.me/nabUf).

Baseava-se exclusivamente em reportagens mal apuradas, sem a preocupação em aprofundar as investigações. Indagado sobre a razão do inquérito, alegou que:

“Primeiro: a notícia de que municípios estariam substituindo profissionais próprios por médicos do “Mais Médicos”. Segundo: a notícia de que profissionais originários de Cuba estariam sofrendo algum tipo de violação aos seus direitos, principalmente o direito de se locomover no território nacional. Terceiro: a situação de abandono do programa por médicos que se inscreveram no programa e ingressaram na atividade”( http://migre.me/nac3x).

Se amanhã um jornal noticiar que há indícios de propina no escavamento das crateras da Lua, não se tenha dúvida e que o bravo procurador atuará firmemente em defesa da moralidade intimando os lunáticos.

O procurador tem um blog, o “Bendito Argumento”, onde elabora textos assim:

“Portanto, todos nós, queiramos ou não, participamos ou omitamos, ajamos ou quedamos, ativos ou passivos, independentemente de nossos sonhos e pesadelos, virtudes e vícios, desejos e repulsas, crenças e incredulidades, saberes e ignorâncias, bravura e covardia, riquezas e misérias etc., somos seres políticos. E, como tais, responsáveis perante nós mesmos, as famílias, a sociedade, o mundo no qual vivemos”.

(…) Se eu fosse cruel, torceria pela vitória daqueles que almejam transformar a democracia do Brasil numa cópia dos regimes ditatoriais bolivarianos, para que eles fossem devorados pelo Saturno dos seus sonhos”.

Em seus textos, Ailton denuncia a “propaganda eleitoral subliminar”, “sobretudo a que se utiliza da máquina pública”.

Define a tal propaganda eleitoral subliminar como aquela que “consubstancia mensagem que não ultrapassa o limiar da consciência, que não é suficientemente intenso para penetrar na consciência, mas que, pela repetição ou por outras técnicas, pode atingir o subconsciente, afetando as emoções, desejos, opiniões; subconsciente. Nessa perspectiva, a propaganda política também se serve das técnicas subliminares para chegar à inconsciência dos cidadãos, sobretudo os eleitores, especialmente durante os processos eleitorais. Todavia, não é incomum que tais processos perdurem todo o período que medeia  entre a posse dos eleitos num pleito e o próximo. Noutras palavras, políticos estão sempre em campanha, muitas das vezes sem que o cidadão-eleitor tenha consciência”.

Em um dos artigos, deblaterou contra a afirmação de Dilma Rousseff, de que poderia utilizar as Forças Armadas nas manifestações contra a Copa:

“Por que, em lugar usar que “o Exército pode agir contra manifestações anti-Copa”, não se determinar aos órgãos competentes, responsáveis pela segurança pública, que façam uso da apropriado da Lei de Segurança Nacional para punir os que atentam contra a democracia, o Estado de Direito, os direitos fundamentais dos brasileiros, seja antes, durante ou depois da Copa? Pois que, sendo necessário, que se invoquem as Forças Armadas para defender a sociedade, a democracia, o Estado de Direito, não a #CopaDasCopas” (http://migre.me/nacLy)”.

 

 

102 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Kadir

- 2019-07-22 12:15:22

Aqui está mais um exemplo de como boa parte da mídia brasileira faz para tentar transformar um brasileiro verdadeiro e no caso específico, um Procurador Federal cioso de seu dever, num lunático, exibicionista ou coisas do gênero. Ou seja, uma clara tentativa de desmoralizar e desacreditar um homem de bem que ousou discordar do pensamento hegemônico e maquiavélico que tomou conta das mentes de muitos idotas brasileiros.

Camilo Prado

- 2016-04-08 02:35:33

A Parte Pior

A parte pior é que nós pagamos o salário desse... nosocrata.

Quem aprova eses tipos? "Marx e Hegel", o delegado do RJ que queria prender o Bakunin...

Tem algo errado nesses concursos públicos. Não pode ser!

Ana Bednarski

- 2016-04-07 16:42:38

mais um pra lista de Marx e Hegel e também do watergate

citado de maneira enviezada pelo Moro!! Bom infelizmente graças ao Cunha, PMDB e oposição a pátria educadora vai demorar para chegar e nosso processo civilizatório anda mesmo um sonho distante!!!

zhungarian alatau

- 2016-02-14 12:09:16

Justamente, erros de

Justamente, erros de ortografia não são perdoáveis em textos oficiais ou em concursos públicos. Entretanto, num blog de comentários, os erros de ortografia são irrelevantes. O relevante é o que se veicula, ou seja, a mensagem. O português é uma língua "mal resolvida", com  suas regras gramaticais à exaustão, e todas cobertas de exceções execráveis.

Nelson Castro

- 2016-02-07 09:19:10

Não batam tanto neste procurador, pois ele é aliado de vocês!

Esse procurador exibicionista que mais parece um operador da bolsa de valores por suas postegens no Twitter ajuda o governo petista a roubar dinheiro de aposentados e pensionistas. Falo com conhecimento de causa. Portanto, tratem-no com carinho!

walkerpoa

- 2014-12-21 13:54:09

Corrigindo Acho que a culpa é

Corrigindo

Acho que a culpa é da nossa ortografia. Pelo texto percebe-se  que o o cidadão não é um iletrado. Nunca entendi porque "s" entre duas vogais tem som de "z". Na minha lógica "casa"  deveria ser escrito "caza". Você pode até argumentar que a origem latina da palavra é "casa", mas, nesse caso, você também teria que escrever "perdonare" no lugar de "perdoar". E os absurdos da palavra "sessão", "seção" e "cessão", que, ao meu ver, seu maior uso é em provas de português, onde os professores destilam todo o seu SADISMO.

walkerpoa

- 2014-12-21 13:49:50

Acho que a culpa é da nossa

Acho que a culpa é da nossa ortografia. Pelo texto percebe-se  que o o cidadão não é um iletrado. Nunca entendi porque "s" entre duas vogais tem som de "z". Na minha lógica "casa"  deveria ser escrito "caza". Você pode até argumentar que a origem latina da palavra é "casa", mas, nesse caso, você também teria que escrever "perdonare" no lugar de "perdoar". E os absurdos da palavra "sessão", "seção" e "cessão", que, ao meu ver, seu maior uso é em provas de português, onde os professores destilam todo o seu masoquismo.

jose dantas bitencourt

- 2014-12-03 18:10:24

nao que eu concorde

Luis André, pelo amor de Deus, será que realmente você concorda com uma atitude ridícula desse  cara?

sergio ribeiro

- 2014-12-03 18:08:33

Mais um imbecil

Mais um imbecil que deve ter lido muito Olavo de Carvalho ou assistido a um de seus cursos caça-níqueis e perdeu a noção de realidade.

Vê o mundo infestado de comunistas por todos os lados e sai fazendo e falando cretinices mundo afora. Deveria perder o cargo para servir de lição.

Edson, lunático

- 2014-12-03 17:12:55

Que tem a ver o toba com a

Que tem a ver o toba com a calça?

Discursinho mais babaca! Porque não outros países socialista como a Dinamarca ou França?
Porque não muda você para Miami e vai dar uma babadinha num ovo gringo? Ou para a Arabia Saldita. Ou para a Colombia, ou México, paus mandados dos EUA.

Disscurso de Coxa. Aposto que deve ser mais um daqueles que pediu pelo amor de Deus para não servir ao exército e não tem culhões de entrar numa favela para ver a realidade brasileira.

Acha que vivemos num Paraíso? - Claro que não, viviamos!

Foram 503 anos de pura harmonia, até que chegu o PT e transformou o país nuMa desgraça, após longo, límpido, inodoro, insipito, cheio de harmonia amor, paz e progresso e enquanto a direita asséptica capitalista e alinhada ao Império Americano nos governou? 

Vai ver somos uma nação de sádicos por trocar o paraíso do capitalismo angelical pelo viés socialista satânico.

Os incomodados que se mudem, aina mais bicudos que são minoria, Mr Zé Ruela - 2.

Edson, lunático

- 2014-12-03 14:08:32

E pensar que...

E pensar que o dinheiro dos imposto que sangram o brasileiro sustentam um Zé Ruela como esse que usa tempo, material, funcionários e todas máquina pública para um trabalho mal feito, ridiculo e digno de um acéfalo.

KURK

- 2014-12-03 09:40:22

Pior que tudo isso custa

Pior que tudo isso custa dinheiro e o perdulário aí não devolve um centavo.

Luis André

- 2014-12-02 21:00:04

Não que eu concorde com a
Não que eu concorde com a postura do Procurador, mas o autor desse texto(não pode ser denominado de artigo) deve ser mais um Ptista doutrinado que vê em todos aqueles que criticam as ações do governo um INIMIGO! Inclusive, deve bradar pelos quatro cantos que o mensalão não existiu e que o escândalo da Petrobrás não possui qualquer relação com o PT!! MUDE PARA A BOLÍVIA, CUBA ou VENEZUELA, pois será mais feliz lá!!

Fábio padisi

- 2014-12-02 11:41:37

"imbessilidade"?

Amigo, reconheço a arrogância deste senhor, mas imbecilidade com dois"esses" é pior que as frases dele. Dá uma olhadinha no dicionário antes de escrever palavras como energúmeno e se achar culto.

dinarte22

- 2014-12-02 01:26:03

Querem saber ?

Querem saber como esse cidadao chegou a ser Procurador da Republica?

O ministerio publico do sr. Roberto Gurgel e tantos outros, fez escola.

Ruy P F Neto

- 2014-12-01 16:11:22

Só tem burro

Só tem burro no MPF. Não sobra ninguém.

Alan Souza

- 2014-12-01 16:05:32

Uma voz em busca de uma ideia...

É nisso que se transformou a Oposição brasileira, quando abriu mão de pensar e deixou que Reinaldo Azevedo, Lobão e Danilo Gentili pensassem por eles: ideias tão profundas quanto uma colher d'água. A busca eterna da bala de prata. O golpe como proposta política.

Patético...

MThereza

- 2014-11-30 23:46:22

E que Mar de Espanha não é

E que Mar de Espanha não é uma aprazível cidade no país europeu... Gente, estou rindo muito com esse festival ridículo, mas é caso pra chorar. Depois de extinguir o MP, é claro

MThereza

- 2014-11-30 23:40:10

Marianne, a política de saúde

Marianne, a política de saúde mental é antimanicomial. Portanto, o moço deve se tratar ambulatorialmente, no CAPS. O atendimento é multiprofissional, gratuito, dão até remédio se preciso e acho até que fazem realocação profissional. Seria a melhor opção. Depois de fechar o MP, é claro, porque é um antro de magalaomaníacos, no mínimo

MThereza

- 2014-11-30 23:30:55

Desde que o próprio criador

Desde que o próprio criador considera que gerou um monstro, é melhor fechar essa espelunca, que só serve pra arquivar processos em pasta errada e blindar tucanos. Para esse último item já tem o stf e a mídia. Dão conta do recado

MThereza

- 2014-11-30 23:14:10

Que falta nos faz um

Que falta nos faz um Stanislaw Ponte Preta! Mas aviso aos colegas aqui do blog: a política de saúde mental é antimanicomial. Portanto, o tratamento deve ser feito amulatorialmente, com acompanhamento nos CAP.

Mas, falando sério. Quando o próprio criador do MP diz que criou um monstro está na hora de fechar essa espelunca que arquiva processos em pasta errada, blinda os de sempre e, agora o De Grandis foi blindado pelo blindador mor de tucanos, o sr. Gilmar Mendes. reforma do judiciário já. Está tão ancho que já não se considera mais um poder da República, mas O poder. Não dá satisfação a ninguém, o CNJ virou um pastel de vento, aumenta seu próprio salários e segue impávido até os 70 anos. A mídia tradicional nos induziu, durante anos, a execrar o Legislativo (concordo que muitos deputados/as e senadores/as não ajudam) e, enquanto isso, o judiciário como um todo tem uma larguíssima avenida pra passear, sem que nada nem ninguém o incomode. Sem reforma do judiciário, nada adiantarão as de outros poderes.

Sérgio Rodrigues

- 2014-11-30 22:30:10

Hurra!..

Menção honrrosa do  Darwin Awards  pra ele!

Messias Franca de Macedo

- 2014-11-30 21:21:45

    ... Para conhecer 'o

 

 

... Para conhecer 'o bolivarianismo à brasileira', a natureza hegemônica do nosso [nosso?!] Poder Judiciário e a credibilidade (sic) da nossa [nossa?!] "grande" imprensa!...

 

##########################

 

A piada bolivariana da doutrinação de crianças brasileiras pela Venezuela

 

(...)

A energia que o MP dispendeu para ir atrás de um mico dá uma medida do grau de calamidade intelectual causado pelo fantasma do “bolivarianismo”.

(...)

Postado em 28 nov 2014

por : Kiko Nogueira

 

FONTE: http://www.diariodocentrodomundo.com.br/a-piada-bolivariana-da-doutrinacao-de-criancas-brasileiras-pela-venezuela/

 

DE NOVO, O MATUTO!

... [O episódio em tela também] dá uma medida do grau de calamidade intelectual de grande parte dos nossos [nossos?!] magistrados!

E pautados pelo PIG!

E contaminados pelo ódio de classe!

 

 

Álvaro Noites

- 2014-11-30 17:58:47

Parece aquele que queria
Parece aquele que queria melar o ENEM a toso custo.

alvaro r.

- 2014-11-30 17:35:06

Será que assim ele receberia a punição máxima?

Qual é a punição máxima nesses casos? Ah, lembrei: é uma aposentadoria.

Orlando Soares Varêda

- 2014-11-30 17:23:03

  Não acredito que este

 

Não acredito que este indivíduo seja tão idiota.

Mesmo por que, não é possível caber tanta imbessilidade numa cabeça apenas. Não obstante, estar a dita cabeça, sendo transportada sobre o pescoço de um baita de um energúmeno procurador.

Orlando

Ricardo Bittar

- 2014-11-30 12:10:27

Febeapa

A notícia me faz lembrar o Grande Sergio Porto. o Stanislaw Ponte Preta e seu Febeapa (Festival de Besteira que assola o país) .  Essa figurinha travestido de promotor é personagem certa para um bom lugar na galeria de idiotas que habitam Pindorama.

Vitor Sorenzi

- 2014-11-30 09:09:23

Pode aguardar sentado. A

Pode aguardar sentado. A bindagem é eficaz lá.

Luís Henrique Donadio

- 2014-11-29 22:09:15

Não duvido, mas o MPF não é

Não duvido, mas o MPF não é parte do judiciário.

JB Costa

- 2014-11-29 20:08:21

Não duvido que ele seja

Não duvido que ele seja discípulo do "filósofo" Olavo de Carvalho, o guru de dez entre dez ED-extremistas desmiolados. 

JB Costa

- 2014-11-29 19:54:47

E que salário!

E que salário!

JB Costa

- 2014-11-29 19:53:51

Uma das excrescências,

Uma das excrescências, Sérgio, criadas pela Constituição de 1988: um Poder ad hoc. Apesar da Carta só prever três poderes para a República, o Ministério Público ganhou tal status porque tem plena autonomia legal e funcional e só responde a ele mesmo. Lindo, não?

Pior: essa autonomia como se estende para cada membro do dito Parquet, ou seja, qualquer desmiolado ou mal intencionado, como é o caso que se trata, pode dar início a uma investigação ou o que seja. Eis porque seus membros, mesmos os mais equilibrados, tendem a extrapolar, se não mesmo incidir no ridículo. Tem um aqui no Ceará já famoso, em especial pelas suas investidas contra o ENEM. 

saint Clair

- 2014-11-29 19:30:04

Esse mal aconteceu

Esse mal aconteceu recentemente no STF. Quanto ao tratamento psiquiátrico é só aguardar.

J. Junior

- 2014-11-29 19:11:57

Dano Moral

O Nassif provavelmente vai ser processado pelo brilhante procurador por danos morais. 

Expor o distinto procurador ao ridículo.

Mas, rendeu boas gargalhadas. Até me animei a comentar. Coisa raríssima.

Fábio de Oliveira Ribeiro

- 2014-11-29 17:26:00

Há algumas décadas um juiz
Há algumas décadas um juiz designado para Osasco tinha um comportamento parecido. Ele havia proibido o beijo em público em Sorocaba, em Osasco espancava a mulher até no saguão do Forum e foi apelidado de Trovão Azul em razão de ofender advogados, intimidar testemunhas e esmurrar sua mesa durante audiências. Ele foi transferido para São Paulo onde continuou a aprontar das suas até ser afastado para tratamento psiquiátrico. Coisa de maluco, mano... igual ao tal procurador referido no texto acima.

Silvio L. Morais

- 2014-11-29 17:00:28

Se fosse apenas o ridículo

Se fosse apenas ridículo, dava-se um jeito. Seria o caso de dar muita risada desse ser ridículo e pronto. O problema é que ele expressa, de uma forma caricatural , o que vai pela cabeça de membros do Ministerio Público e do Judiciário, com as honrosas exceções de praxe. O conservadorismo, o corporativismo são a marca registrada do MP e do Judiciário. Acrescente-se a essas caracteristicas o ativismo judicial e vejam o nível de ataque que a democracia brasileira pode sofrer da parte desses servidores públicos que desconhecem o valor e o significado da palavra cidadania. Quando será que a caixa preta do Ministério Público e do Judiciário será aberta? 

Almeida

- 2014-11-29 16:36:52

Antes fosse.

Não foi um hospício, o que está aberto é uma catacumba. O que vagueia são as almas penadas do Eremildo Viana, do Penna Boto e afins..

Alessandre de Argolo

- 2014-11-29 16:13:13

Não me surpreendo

Na área jurídica, o corporativismo é ferrenho. Isso vale para juízes, advogados (públicos e privados) e membros do ministério público, sem exceção.

Francy Lisboa

- 2014-11-29 16:03:41

Nassif, a coisa só

Nassif, a coisa só multiplica. uanto material para humoristas vem da Direitolêndia alucinada.

http://www.diariodocentrodomundo.com.br/a-piada-bolivariana-da-doutrinacao-de-criancas-brasileiras-pela-venezuela/

zuleica jorgensen

- 2014-11-29 14:54:22

Enquanto isso Demóstenes

Enquanto isso Demóstenes Torres, membro do MP de Goiás, continua afastado do cargo pelas razões conhecidas, mas continua recebendo os salários, por razões desconhecidas.

Ivan de Union

- 2014-11-29 14:39:36

"Mesmo sendo ridiculo,

"Mesmo sendo ridiculo, barrigada, bobagem, forneceu mote para uma coluna da veja e repercussão em outros meios de comunicação":

Foi um boimate linguistico e Veja o merece.  O cara mal sabe portugues, deve ter lido a noticia em espanhol, infelizmente.

Sérgio T.

- 2014-11-29 14:30:41

Podre e ridículo

A muito intuo que o nosso poder mais corrupto e menos vigiado é o judiciário, e a existência do tal MPF não passa de um apêndice escroto à serviço do mais infame corporativismo, o qual se manifesta no atraso político que lhe convém. E o pior é constatar que não existe um poder ou pessoa que os limite, seja no executivo, seja no legislativo, e menos ainda no judiciário, pois como gozam do apoio da grande mídia, todos morrem de medo de se meter com eles.

Um abraço.

emerson57

- 2014-11-29 14:29:47

feicibuqui

Alguem conhece o que o cidadão posta no feicibuqui?

Ele repassa email do jabor, do alertatotal, do tio rey, do noblate?

Será que ele votou......no Aécio?

Só o humor salva! Com esse tipo de palhaçada sobre o Brasil, não o Brasil, é fácil rir.

Depois do sucesso estrondoso do palhaço Tiririca, todo idiota pensa que pode. Mal sabem que é só para quem tem talento.

hc.coelho

- 2014-11-29 14:22:52

Bolivarianismo

Se existe alguem que acredita que a Venezuela pode convorcar jovens brasileiros para suas forças armadas é porque atingimos um nível de imbecilidade extremo.

Devemos ao pig esta completa perda de noção da realidade. 

Uma notícia desta : eu rio ou choro?

armandolo

- 2014-11-29 14:04:18

Ha na legislacao dispositivos

Ha na legislacao dispositivos suficientes para o enquadramento deste senhor promotor para que o mesmo responda a um PAD - processo administrativo disciplinar. Necessario eh, que qualquer pessoa ou instituicao faca a devida representacao junto ao MP.Parece muita burocracia, mas no servico publico as coisas soh funcionam se forem escritas. 

Moraes

- 2014-11-29 13:50:26

POde ser que o cara seja

POde ser que o cara seja debil mental ou maluco. Mas, antes de tudo, cometeu um ato irresponsa´vel  que merece algum tipo de sanção. Só  que a coisa não se resume nisso. Mesmo sendo ridiculo, barrigada, bobagem, forneceu mote para uma coluna da veja e repercussão em outros meios de comunicação. Daqui a algum tempo ainda haverá alguem dizendo que aconteceu mesmo esse "sequestro". Em suma, o cara merece um pouquinho mais do que uma advertência.

Athos

- 2014-11-29 13:26:25

E existência desta figura é
E existência desta figura é a.prova de que o MP não tem qualquer controle sobre seis membros. O sugeito assume publicamente que age politicamente. Enquanto o MP não demitir aqueles que agem politicamente, é apenas uma das forças a serem combatidas em nossa sociedade porque simplesmente não tem como funcionar a contento. Um dia teremos que debater demissão no serviço publico. E o trânsito em julgado em nossa constituição.

Marco St.

- 2014-11-29 13:09:18

Um imbecil fazendo

Um imbecil fazendo imbecilidades.

E nós é qure pagamos o salário dele.

Antônio - Minas Gerais

- 2014-11-29 13:08:19

Qual é

Qual é a novidade? Postrua e atitude típicas de tucano.

Manoel Junior

- 2014-11-29 13:05:20

Cabide.

  Os MPs se transformaram em cabides de aluguel.

Maria Silva

- 2014-11-29 12:47:46

Esse é doido mesmo

Exibicionista  é o juiz Moro e a PF "republicana". Esse procuardor se enquadra na categoria dos doidos mesmo. O judiciário tá cheio de malucos de gravata. Na minha cidade, um desses proibiu a apresentação da mulata globeleza em cima de um trio eletrico. Alegou atentado ao pudor. A cidade ficou estarrecida com o "moralismo" do moço e o golpe de autopromoção de quem não tem o que fazer.

Homero Pavan Filho

- 2014-11-29 12:45:01

Não é só no MPF

STJD denuncia Prass por falar de mala branca

DE SÃO PAULO

A promotoria do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) decidiu denunciar o goleiro Fernando Prass, que declarou, em entrevista na última quarta (26), já ter recebido dinheiro como incentivo para vencer um jogo.

A prática é popularmente conhecida no futebol como mala-branca.

O promotor Paulo Schmitt entendeu que a declaração do jogador fere o artigo 238 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBJD), que trata do recebimento de vantagem indevida. A pena prevista é de multa entre R$ 100 e R$ 100 mil, além de suspensão por até dois anos

À Folha, Schmitt afirmou que a prática trata de doping financeiro e de dinheiro pago indevidamente, por não vir do empregador do atleta, além de não possuir tributação.

http://www1.folha.uol.com.br/fsp/esporte/197852-stjd-denuncia-prass-por-falar-de-mala-branca.shtml

Juliano Santos

- 2014-11-29 12:42:54

Mas por outro lado

Mas por outro lado desmoraliza a oposição histérica, essa que fica falando em bolivarinismo para lá e para cá. É bom por isso, fica cada vez mais claro como são ridículos. Que a oposição que quiser ser levada a sério, mantenha distância dessa gente, e pare de brincar com a democracia.

É bom até para o MP, Nassif. Ver que o ativismo oposicionista de olho nos holofotes do pig pode levar a isso, a total desmoralização. O MP tem que fazer uma auto-crítica, porque estão se achando tipo superheróis em defesa da sociedade dos "homens de bem", depois do episódio da PEC 37. 

CELSO ORRICO

- 2014-11-29 12:35:13

Sepúlveda Pertence

"MPF, eu não sou Golbery mas também  criei um monstro", esse aí é um dos muitos filhotes..

Edi Passos

- 2014-11-29 12:29:44

Bem isso!

Cerca de 50% das vagas dessas "funções de Estado" são reservadas para os parentes e amigos da Côrte, especialmente para os primeiros.

A outra metade é disputada por milhares de candidatos que realmente estudam e que, depois de aprovados, irão "carregar o piano" enquanto os parentes irão fazer politicagem e "curtir a vida", às custas do erário.

Maria Luisa

- 2014-11-29 12:28:27

Mais poesia, filosofia e historia. Pra começar

Do Marconi Perillo envolvido com a mafia de Goias, ele não tem nada a dizer ? E sabemos que Goias não se livrou dessa mafia e outras, que continuam atuando por la.

O procurador esta levando a sério demais a propaganda do Instituto Millenium. Se continuar assim, vai virar piada até entre os que fingem defender o Brasil de uma invasão bolivariana e a pregação anti-petista. 

 

 

Fernando Lopes

- 2014-11-29 12:21:55

Pois é MG nessa ficou melhor na fita...rss

Meu amigo Marcos quero me solidarizar com seu sentimento a respeito dessa elite idiota que fica manchando a imagem dos nossos estados. Quando lançaram aquele tal de Aécio Neves para presidente eu achei que seria o fim de MG, que depois de tantas tentativas da elite mineira de jogar o estado na lama eles tinham afinal conseguido!

Mas a surpresa da eleição em MG me provou que graças a deus o povo e o estado são muito maiores que suas toscas elites. Portanto amigo não perca a esperança em Goiás, mesmo que surjam estes estúpidos por aí!

Homero Pavan Filho

- 2014-11-29 12:07:32

PEC 37 nele

E teve gente que comemorou essa bendita.

Wong

- 2014-11-29 12:04:07

É mais grave: Trata-se de um Ato Reflexo

Quem gosta de ser ridicularizado?

Ninguém!

Nem um Procurador, supostamente competente, dado que selecionado por rigoroso Concurso Público.

Pelo Cargo de Procurador e Interesses Extraprofissionais (pertence, gostemos ou não, a uma Elite da Direita Neoliberal, o Instituto Millenium), não pode ser um simples "Zé Mané", sem noção do Ridículo.

Isso me leva à minha Infância.

Quem não se recorda da dor/vergonha de ser e ver alguém submetido ao que hoje se chama "bullying"?

Era frequente que , por exemplo, as crianças mais "roliças" fossem objeto de gozação pelos coleguinhas.

Qual a turma que não teve o seu "Gordelho de Estimação"?

Eram, normalmente, uns sujeitos desajeitados mas divertidos. Os simpáticos "Gente Boa".

Uns poucos se transformavam em personalidades problemáticas, ficando sempre na "defensiva" (ou prontos para o ataque).

Agora, imagine uma personalidade com estas tendências que cresça sem capacidade de assimilar as (antigamente) denominadas gozações infantis (hoje carinhosamente denominadas como "Bullying") e, cuja Escola/Família incentive ler, por exemplo, uma Revista Veja, para "ficar bem informada e preparada para o Vestibular"...

O que aconteceria?

E, se o sujeito crescesse e se tornasse um porta-voz (chamam de Colunista ou Blogueiro) de uma Mídia rancorosa?

E, se houvesse um "Reforço Positivo" para tal Rancor, via Remuneração e Aplausos de fãs?

A Psicologia explicaria:

As Atitudes deixariam de ser Racionais, tornando-se um Ato Reflexo, inconsciente.

Agora, vamos ao exemplo:

Tome-se o "Post" do Rodrigo Constantino (que, aliás, pela foto do Blog de Veja, está meio "acima do peso") sobre o mesmo Assunto:

http://veja.abril.com.br/blog/rodrigo-constantino/educacao/criancas-brasileiras-recrutadas-para-doutrinacao-na-venezuela/

Compare com a Atitude do Procurador.

São iniciativas tão exdrúxulas que fica difícil creditá-las a uma Falta de QI ou de Profissionalismo.

Muito menos considero que seria um "simples" Exibicionismo.

Trata-se uma típica Reação por Ato Reflexo.

As causas?

Uma boa dica, usada por Profissionais da Psicologia, é estudar a Vida Passada dos Pacientes com este problema e identificar Vivências em comum entre eles e Arquétipos do Grupo em que cresceram (Humilhações Sofridas, o que Leram, Ideologias, Preconceitos, etc.).

Verifica-se que tais Atos Reflexos, com um mesmo Padrão Comportamental, surgem em momentos de grande Stress, como em uma Disputada Eleitoral.

Daí ficar mais fácil entender Atitudes (e Declarações) surpreendentes vindas de Estudiosos de Ciências Humanas (por exemplo, Sociologia), que tiveram Papeis Relevantes (por exemplo, como Político) e que o Curso da Vida (e da História), não fossem os tais Atos Reflexos aflorados durante as tais situações de Stress, teria reservado o Papel de Sábio e Estadista...

 

 

 

anab

- 2014-11-29 12:01:48

Intervenção psiquiatrica

Intervenção psiquiatrica JÁ!

No andar da carruagem o monstro vai virando poodle. É facil apenas falar grosso com os tres ps: pobres, pretos e prostitutas. Bater em bebado desacordado é tarefa das mais fáceis.

 

Já bater em Daniel Dantas e cia é muito mais dificil, não é gilmar? Ex-Procurador da Republica, nomeado ministro do ST por fhc no aparelhamento promovido pelo psdb.

Marianne

- 2014-11-29 11:49:21

Deficiência

O Brasil (o país, não o bairro venezuelano) se ressente da deficiência de instituições psiquiátricas, ao que parece. Nunca se sabe onde o próximo louco vai aparecer.

Cunha

- 2014-11-29 11:42:47

Um Millenium da direita míope.
Instituto Millenium: Um tipo de TFP da Globo. Vejam o que significa "isso": http://www.imil.org.br/institucional/quem-somos/

edson almeida

- 2014-11-29 11:21:12

Quem vai pagar o custo da operação?

Pergunta: Qual vai ser a punição para esse senhor? Houve gasto público com sua "barrigada" quer sejam em tempo de do MPGO, do Itamaraty, do juiz que expediu a convocação, etc, etc

Não seria a hora de responsabilizar o procurador e fazê-lo retornar aos cofres públicos todo o gasto com sua "barrigada"? Inclusive com a perda do cargo, uma vez qque provou que está aquém de exercê-lo?

josimar

- 2014-11-29 11:08:18

Meu Deus! Colocaram um louco

Meu Deus! Colocaram um louco no MPF.

jcordeiro

- 2014-11-29 11:01:57

Retrato de Corpo Inteiro

Nassif: alguns conhecidos dizem que sou cáustico em demasia com o Ministério Público, em suas vertentes federal e estadual. Mas este é o retrato, de corpo inteiro. Ailton é um singular na multiplicidade deles.

Salvo as exceções à espécie, de quantidade tão pequena que nem chega a constar de estatística, a realidade é esta, sem tirar, nem por, por todo território nacional.

Recentemente, congêneres de Brasília se empenharam em cassar medalhas honoríficas de um ministro que caiu em desgraça.

Ainda bem temos os “Ailtons” da vida, que aparece. Porque a maior parte é do tipo “come quetô”, enrustida e matreira.

E a classe, que vive à custa do erário público, é quem tem abastecido Tribunais estaduais e federais, inclusive o posto maior do ministério da Justiça. Todos, “intocáveis”, em seus atos e salários.

E a maioria é tão banal que chega até pensar que é Deus...

MarcosDF

- 2014-11-29 10:46:30

Não basta que ele seja um

Não basta que ele seja um completo ridiculo...É necessario ainda colocar o estado de Goiás, que ja goza de uma reputação de estado ''caipira'',  como parte das piadas em que ele se transformou. O que ja ouvi de coisas do tipo ''só podia ser goiano''. Um cara como esse deveria estar num manicomio!

Pedro Penido dos Anjos

- 2014-11-29 10:39:04

Samba dos Aparelhos!

Samba dos Aparelhos!

Adamastor

- 2014-11-29 10:31:53

Perdão Roberto, mas acho que

Perdão Roberto, mas acho que IDIOTA é o termo mais adequado no caso.

Luiz Moreira

- 2014-11-29 10:30:46

Gostaria de assistir uma

Gostaria de assistir uma reunião dessa turma nesse tal de "Instituto Milenium" com  a presença de desse procurador ridículo e os demais imbecis da marca de Constantino, Jabor, Merval e outros energúmenos. Acho que é melhor do que qualquer programa de humor!

Quintela

- 2014-11-29 10:30:35

O Sr. Ailton Benedito de

O Sr. Ailton Benedito de Souza não é exibicionista... é um completo idiota.

Antonio Carlos Silva - RJ

- 2014-11-29 10:30:01

Ainda bem que este ridículo

Ainda bem que este ridículo procurador não tenha assistido o viral criado pelo brasileiro Mauricio Cid (Blog Não Salvo), quando ele criou a notícia/vídeo : Coreia do Norte ganha por 8 X 1 do Brasil em 2014 .

O criativo Maurício Cid criou a notícia de que o governo marxista da Coréia do Norte estaria divulgando um vídeo em que informava sobre a estrondosa vitória sobre o Brasil por 8 X 1, enviou para alguns pitbuls da imprensa brasileira ( Marcelo Tass, Constantino e outros desqualificados), e estes replicaram a notícia, que se transformou na coisa mais esdrúxula da imprensa brasileira . A mídia mundial mais uma vez conheceu a imbecilidade dos neo-fascistas da imprensa brasileira .

Vejam estes vídeos :

[video:http://youtu.be/4fmd-DBWxlY]

[video:http://youtu.be/aD3a0WDki3M]

[video:http://youtu.be/c-FjXTpMos]

Roberto

- 2014-11-29 10:10:06

Resumindo, um grande boca

Resumindo, um grande boca aberta!

Toni

- 2014-11-29 09:50:48

.

O Judiciário brasileiro tornou-se um antro de despreparados, corruptos e desequilibrados. 

MA_Jorge

- 2014-11-29 09:30:21

Eis que, em meio a tantas e

Eis que, em meio a tantas e pronunciadas orelhas, o zurrar o denunciou!

Cunha

- 2014-11-29 09:10:50

Será que ele se insurgiu

Será que ele se insurgiu contra a Veja em 1999, quando esta apoiou os médicos cubanos?

 

http://www.brasil247.com/pt/247/midiatech/112859/Quando-FHC-trouxe-cubanos-Veja-aplaudiu.htm

 

 

 

alexis

- 2014-11-29 08:28:07

Belem

Alguém deve falar para este cara que Jesus não nasceu no Pará!

Ze Teles

- 2014-11-29 08:25:08

Ser procurador da República

Ser procurador da República neste país não é algo difícil. 

O processo seletivo é equiparável a qualquer outro concurso público.

Não há disciplina de filosofia ou ciência política.

É direito e seus ramos que mais exigem. E só.

Ou seja, um processo que desemboca na figura desse cidadão, procurador da República.

A despeito dos problemas de seleção, é preciso que se diga que a maioria da corporação é composta por excelentes profissionais e cultos.

Sergio Saraiva

- 2014-11-29 07:50:18

desvio de função.

Por certo, Goiás tem problemas reais que mereceriam a atenção de Procurador.

Enquanto se dá o "direito" de viver em um mundo particular de ativismo político midiático usando o anedótico como forma de autopromoção, quem está tratando dos casos aos quais ele deveria se dedicar?

Ivan de Union

- 2014-11-29 07:37:18

"O procurador tem um blog, o

"O procurador tem um blog, o “Bendito Argumento”":

"Bendito Energumeno"?

Ivan de Union

- 2014-11-29 05:46:45

Eh isso que os procuradores

Eh isso que os procuradores do Brasil precisam mesmo!

Mais uma primadona.

Severino Januário

- 2014-11-29 04:21:55

É de lascar.

É de lascar.

Luis Fraga

- 2014-11-29 04:17:48

Coxinha demais !

Isso é que dá ser COXINHA demais.

Hahahahaha... Legal desta estória, é que levou a Veja a publicar mais uma edição do Boimate.

O Rodrigo Constantino, colonista da "revista" publicou um post repercutindo esse mico, esbravejando contra o governo brasileiro que permitiu que levasse nossa crianças para tomar aulas de "bolivarianismo"

Tenho avisado... o costume de ler veja e os rottweilers do PIG está causando indigência mental grave nesse pessoal.

Hahahahaha hahahahaha.

Ridículos.

Malú

- 2014-11-29 04:16:47

Coxinha descompensado. E o

Coxinha descompensado. E o pior é que pagamos caro para ele ficar o tempo todo atirando feito doido pra todo lado.

altamiro souza

- 2014-11-29 03:53:14

tanta ridicularia só poderia

tanta ridicularia só poderia resultar no

ridículo extremo de confundir um lugar venezuelano

chamado brasil com o nosso país.

nos eua tb existe uma cidade com o nome brasil, se não me engano.

qualquer dia desses  ele inventa algo parecido.

aí ele corta os pulsos!

ou é expulso do mpf por equívocos zurrantes!

-Charlie-

- 2014-11-29 03:47:59

Caro Alessandre, se você

Caro Alessandre, se você tiver tempo sobrando (não recomendo), pode pesquisar nos perfis de twitter e facebook dos membros do MPF, e verá que esse perfil olavete é cada vez mais predominante.

Além disso, defendem caninamente uns aos outros, mesmo quando um procurador é pilhado em atitudes, no mínimo, suspeitas, como no caso da Operação Vegas (Roberto Gurgel) e Tremsalão Tucano (Rodrigo de Grandis), em que esses procuradores engavetaram por ANOS investigações contra políticos, e mesmo assim a classe manifestou irrestrito apoio aos engavetadores...

carlos afonso quintela da silva

- 2014-11-29 03:42:35

Será o Benedito? O mínimo que

Será o Benedito? O mínimo que deveriam exigir para um cara que ganha um salário tão bom era um atestado de sanidade mental.

Alessandre de Argolo

- 2014-11-29 03:40:39

Evidentemente, trata-se de uma olavete

Isso para mim ficou claro. Tive a certeza quando li o trecho sobre a "propaganda eleitoral subliminar". Típico argumento olavético. Impressionante o ar conspiratório do texto, o ar mirabolante, tudo isso levado muito a sério.

ljunior

- 2014-11-29 03:37:51

Diretas já!
Esse cargo é muito importante pra que seu ocupante não seja eleito diretamente pelo povo!

carlos afonso quintela da silva

- 2014-11-29 03:36:56

Vocês estão ajudando dando

Vocês estão ajudando dando espaço para caras como este.

-Charlie-

- 2014-11-29 03:25:55

"Não há nada que comprometa o

"Não há nada que comprometa o esforço geral de uma corporação"

kkkkkkkkk, "esforço geral de uma corporação"?

O único esforço que a corporação MPF faz é no sentido de aumentar seu poder, seu status, seus salários etc... O interesse público vem lá em quinto ou sexto lugar... 

Atualmente cada procurador ganha cerca de R$ 27 mil por mês, e ainda conseguiram um "auxílio moradia" no valor de R$ 4.300 (livres de impostos). Ou seja, um "minha casa, minha vida" mega turbinado, e para quem ganha quase trinta paus por mês e não precisa de "auxílio" nenhum...!

Mas, é aquela velha história: jornalistas e estudantes morrem de amores pelo MP, acreditam em qualquer bobagem que os caras dizem... O MP do Brasil tem poderes e prerrogativas que não existem em nenhum lugar do mundo. Não são eleitos, não são fiscalizados, não tem chefe a quem prestar contas... Tem 2 meses de férias por ano, mais 15 dias de recesso... Engavetam e desengavetam investigações à vontade (vide caso Gurgel na Operaçao Vegas e caso de Grandis no trensalão tucano), e nunca nenhum procurador é responsabilizado... Sem falar do Demóstenes, que tb é procurador e era capacho do Cachoeira...

Enfim, cada um acredita no que quer... Mas crer em papai noel depois de adulto é Freud...

Alexandre Tambelli

- 2014-11-29 03:12:51

Verdade! Quis tanto aparecer

Verdade!

Quis tanto aparecer que cometeu essa "barrigada".

Este é o Brasil que presta serviços à velha mídia. 

Só poderia dar nisto!

hc.coelho

- 2014-11-29 02:50:30

Leitor da revistiha do esgoto

Tem muitos com os mesmos "conhecimentos". E nós pagamos seus salário....alto.

Luciano Prado

- 2014-11-29 02:47:53

Candidato a alguma condecoração

Lamentavelmente esse tipo de gente tá  prosperando e ganhando espaço. Já já ganha um programa de TV ou vai ser colunista da Folha, do O Globo ou da Veja.

Marcos AC Lopes

- 2014-11-29 02:44:16

Estou lendo direito...

Que babaca! Ele conseguiu passar no concurso da OAB? Esse homem é procurador? É por essas, e por outras, que o nosso judiciário está totalmente desacreditado e desmoralizado...

Falcão

- 2014-11-29 02:42:38

Talvez seja hora de rever

Talvez seja hora de rever todo esse poder a um único indivíduo, independente da idade e de credo. Por quê ? Nós humanos estamos sujeitos as mais variadas tensões do dia a dia...sem falar em doenças que nos deixam desorientados. Assim, como somos reavaliados a cada 4 anos para renovar nossa CNH  seria o caso de pessoas que detém tanto poder de decisão...serem reavaliados em exame de saúde mental/psicológica a cada período minimo de 4 anos ou menos. Ninguém admite estar desorientado...então...

Luiz C.Benevides

- 2014-11-29 02:42:35

Por favor: uma camisa de

Por favor: uma camisa de força rápido!

 

Jorge Portugal

- 2014-11-29 02:22:13

Autoritarismo!!!!

Autoritarismo!!!!

Marcos Aurelio

- 2014-11-29 02:20:44

abriram o hospício sem avisar?

Esse é um vero lunático, doido de pedra e sem caráter.

Quanto custou a vaga do procurador? E é assim que ele paga a dívida?

Hospício é pouco a essa criatura descriada.

Só podia ser Millenium, outra praga de destruição em massa.

Schell

- 2014-11-29 02:05:59

Passar em concursos significa

Passar em concursos significa apenas que alguém decorou meia dúzia de leis e outras miçangas. Não mede o conhecimento humanista, nem a integração entre o que aprende e a realidade das ruas. No caso em tela, o CNMP devia ter atuado há muito tempo e, com certeza, defenestrado o dito cujo. Vergonhoso.

 

José X.

- 2014-11-29 01:59:05

Pois é né, como é que gente

Pois é né, como é que gente assim passa em concurso ? Muito suspeito...

Tem também o caso do judiciário, onde grande número de juízes (e desembargadores, etc) são filhos de juízes...aristocracia hereditária.

Em outras palavras: judiciário (e mp) brasileiro é, com o perdão da palavra, um monte de merda. Eu troco 10 reformas políticas por uma reforma do judiciário.

Maria Carvalho

- 2014-11-29 01:51:35

.

Eu, que achava que os concursos para o cargo de procurador da república tivessem um alto nível...

Jair Fonseca

- 2014-11-29 01:50:41

É como disse a Dê: como é que

É como disse a Dê: como é que um sujeito desse passa num concurso? Pra gente passar vergonha? Revelação não só de ignorância, mas de preconceito e resultado da lavagem, digamos, cerebral, da oposição anti-cumunista-bolivariana do antipetismo militante que grassa pela classe média tradicional. Tudo patrocinado pela grande mídia e pela superficialidade burra das redes ditas sociais.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador