ONU irá analisar abusos cometidos por Moro contra Lula

Jornal GGN – O juiz de primeira instância Sérgio Moro conseguiu, finalmente, se projetar internacionalmente. Juízes de vários países irão analisar sua atuação contra Lula com evidente desrespeito à Constituição Brasileira e aos tratados de Direitos Humanos de que o Brasil é signatário. Os advogados do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva protocolaram, neste 28 de julho, petição no Comitê de Direitos Humanos da ONU, em Genebra, com subscrição do advogado inglês Geoffrey Robertson, fundador e sócio da principal banca especializada em direitos humanos do Reino Unido.

O anúncio foi feito em entrevista coletiva concedida no escritório dos advogados de Lula, com a presença do deputado-federal Wadih Damous, do jurista Luiz Moreira, do jurista José Roberto Batochio e do advogado Roberto Teixeira. Os advogados Cristiano Zanin Martins e Geoffrey Robertson conversaram por telefone com os presentes, e deram as explicações para a petição ter sido feita agora e os pontos contemplados à luz do Pacto de Direitos Humanos e Civis.

Segundo informado por Roberto Teixeira, advogado de Lula, Geoffrey Robertson veio várias vezes ao Brasil para estudar o caso relatado, da perseguição de um juiz de primeira instância, que se arvora em acusador e faz declarações à imprensa, deixa vazar somente trechos de delações que incriminem Lula e se deixa fotografar com inimigos políticos para deixar marcada sua posição.

A petição agora protocolada, pede que o Comitê, com juristas do mundo inteiro, analise à luz do Pacto de Direitos Humanos e Civis adotado pela ONU e abraçado pelo Brasil, os tópicos feridos com a ação do juiz de primeira instância Sérgio Moro e sua força-tarefa. São eles o Artigo 9º, que assegura proteção contra prisão ou detenção arbitrária; o Artigo 14, que reafirma o direito de ser presumido inocente até que se prove a culpa na forma da lei; o Artigo 17, que versa sobre proteção contra interferências arbitrárias e contra ofensas ilegais à honra e à reputação; e ainda no Artigo 14, sobre o direito a um tribunal independente e imparcial.

Os advogados de Lula afirmam, ainda, que o ex-presidente não se opõe a qualquer investigação, mas que seja realizada com a observância da lei e das garantias constitucionais, e que também não fujam das garantias previstas nos Tratados Internacionais que o Brasil subscreveu.

Explicações à ONU

Geoffrey Robertson explica que no Comitê de Direitos Humanos da ONU são 18 juízes de diversas nacionalidades, juristas de países signatários do Pacto, que estão ali para julgar se os países não estão agindo corretamente em Direitos Humanos.

No caso do ex-presidente Lula, são seis reclamações de desrespeito ao Pacto. A primeira é de que Lula foi preso, em condução coercitiva. A segunda fala sobre o desrespeito ao seu direito de privacidade, bem como de sua família, com relação às conversas telefônicas, que foram feitas ilegalmente e vazadas para a mídia.”Para satisfazer a curiosidade pública Moro divulgou as gravações”.

Em terceiro vem a interceptação do telefone do advogado de Lula, o que significa quebrar a confidencialidade de cliente com seu advogado. Em quarto evidencia-se que o Código de Processo Penal brasileiro é primitivo e necessita de reforma. O mesmo juiz faz um julgamento antes do julgamento agindo como executor e juiz. “Nâo se pode usar juiz que faz declarações hostis para tomar decisões a respeito de Lula”, diz Robertson, “ele já prejulgou. É preciso um juiz não envolvido para que os direitos sejam preservados”, completa. “Do jeito que o Brasil está hoje, seria preciso que o julgamento de Lula fosse feito em outro país, como Portugal, por exemplo”, pondera.

A quinta reclamação é de o Brasil vem sendo criticado há anos por associações de direitos humanos por crimes aqui perpetrados. No caso atual, o Brasil está permitindo que as prisões sejam feitas por tempo indefinido para que as delações premiadas apareçam. “E pela regra essas delações não seriam verdadeiras, pois falariam o que o juiz quer ouvir”, diz Robertson sobre prisões para extrair delações.

E, por fim, a sexta reclamação diz respeito à negação de presunção de inocência e a maneira como o juiz de primeira instância Sérgio Moro correu para a mídia. “E nenhum juiz poderia agir assim”, pondera Geoffrey, “ele só tira foto com os inimigos de Lula, o que já o torna incapaz de julgar”.

“É importante agir contra a corrupção e contra a suspeita de corrupção, mas tem que ser um processo justo que atue de forma justa”, diz ele, “o Brasil está atrás no mundo, neste quesito, e precisa atender isso”.

Por que agora? Segundo os presentes este é um momento oportuno pois que o juiz de primeira instância Sérgio Moro está caminhando para acusá-lo e um juiz que se envolve nas questões não está apto a julgar qualquer ação.

“Vale ressaltar que não tem acusação”, diz Cristiano Zanin Martins, “só hipóteses sem provas”.

Com a ida à Genebra, não se quer revogar nenhum ato da justiça brasileira, mas sim que no Brasil se respeite as regras de civilização, diz Zanin, e se não for respeitada, que esse órgão diga ao mundo que isso aqui acontece e que se passe a observar os rumos tomados pelo país.

Quanto ao comitê, pode até ser que Lula tenha que ser ouvido em Genebra, mas ainda não se sabe. O caminhar do processo é simples: a ONU recebeu a petição e irá notificar o Brasil para que responda às acusações. O prazo que o país tem é de seis meses a contar da data da notificação. Quem responde é o Chefe de Estado.

 

Em terra brasilis

Wadih Damous, deputado-federal pelo PT, explicou que tem participado de reuniões de advogados para discutir defesa de Lula. Criticou o fato de que no Brasil estão banalizando as práticas judiciais, principalmente as que atentam contra direito de defesa. Por isso, entende ele, a necessidade de se levar o problema de Lula com o juiz de primeira instância Sérgio Moro, ao mundo.

Damous diz que a petição no Comitê de Direitos Humanos da ONU não vai levar “a uma invasão do Brasil, mas leva o Estado brasileiro a ter que se explicar, se pronunciar, tem que se manifestar”. Ele informa que esta é a primeira vez que um cidadão brasileiro vai à ONU com este problelma e “é um ex-presidente que está tendo seus direitos violados”.

José Roberto Batochio faz sua apresentação e lembra aos presentes que temos uma Constituição, e ela representa a vontade soberana do povo brasileliro e fundou uma nova ordem jurídica, entre outras coisas, as garantias básicas. “É a escala de valores da nação!”, diz ele, “é liberal, democrática”, e é ela que institui o Estado Democrático de Direito, em seu artigo 5º. “Mas a despeito disso tudo, os princípios nem sempre são aplicados”. Não se pode mostrar o documento na ONU e dizer que ali está tudo garantido. “Não adianta mostrar a Constituitção, ela é teoria, e a prática?”

O ex-presidente Lula têm sido agredido, diz Batochio, sofre ameaças à sua liberdade e privacidade, sem direito a processo. E o mesmo se passa com seus familiares. “Não estão sendo assegurados na realidade concreta os direitos individuais”, diz ele. Condução coercitiva, por exemplo, significa para que fosse sob vara à presença do pretor, isso significa que ele foi conduzido por escolta armada a mando de outro, contra sua vontade a um lugar que não conhecia de antemão: isso é prisão, é cerceamento de liberdade.

No nosso direito não existe condução coercitiva, diz Batochio, que significa privar de liberdade alguém por algum tempo. E o poder Judiciário tem chancelado esse tipo de prisão momentânea. Além disso, desrespeitou-se o Foro Especial por prerrogativa de função, que pela Constituição Federal tem sentido prático, não é privilégio, o Foro é o STF. O Moro de primeiro grau gravou a presidente da República em conversa com o ex-presidente, “além de não poder fazê-lo ainda divulgou isso para a imprensa”, diz ele, “é ilícito”! “E são violações que estão encontrando complacências das autoridades”.

¨Lula só quer juiz imparcial, não está fugindo da possibilidade de julgamento”, diz Roberto Teixeira, “Moro criou um ambiente de prejulgamento, é o juiz acusador”, completa.

Abaixo o vídeo com Geoffrey Robertson e Cristiano Zanin Martins sobre o protocolo feito na ONU de petição ao Comitê de Direitos Humanos. Depois, o documento apresentado na ONU.

https://www.youtube.com/watch?v=UETnaK1hLsc width:700 height:394

Artigos do Pacto que foram violados

(i) Artigo 9 (1) e (4) – proteção contra a prisão ou detenção arbitrária

(ii) Artigo 14 (1) – o direito a um tribunal independente e imparcial

(iii) Artigo 14 (2) – direito de ser presumido inocente até que se prove a culpa por lei

(iv) Artigo 17 – proteção contra interferências arbitrárias ou ilegais na privacidade,

família, lar ou correspondência, e contra ofensas ilegais à honra ou reputação.

70 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Valquirio Barbalho

- 2016-08-02 14:58:28

Acréscimo ao artigo: "ONU ira analisar abusos cometidos por Moro

Acredito que para defesa do Lula dever-se-ia acrescentar a nota de repudio emitida pela Associacao de Magistrados Brasileiros (AMB) contra a peticao feita pelo ex-presidente para analise na ONU.

Pela nota emitida fica destacado o corporativo dos magistrados brasileiros. Demonstram que nao estao satisfeito com a peticao justamente porque ela os expoe por estarem acomodados a ter um poder quase sobrehumano no julgamento de questoes cujo interesse seja maior que o particular.

Em minha pagina no facebook, no endereco: https://www.facebook.com/groups/mfranca1952/1087772681259650/?notif_t=like&notif_id=1469892154237035, penso ter demonstrado os erros basicos cometidos pelos senhores magistrados ao  emitirem uma nota mal elaborada, tornando a propria acao defensiva deles numa confissao de culpa.

Severino Januário

- 2016-07-31 22:59:24

Sobre o fracasso das

Sobre o fracasso das manifestações coxinhas de hoje, 31 de Julho, não há nada mais apropriado que a máxima romana: "Não siga a tocha que mais brilha pois ela depressa se apaga e você ficará na escuridão."

Ulisses s

- 2016-07-31 21:50:53

Não esquecer o grampo

Encontrado no gabinete do Barroso. Indagado a respeito , o amarelado juiz disse que não tinha nada a esconder? Isto é resposta de um juiz da suprema corte que foi grampeado ilegalmente?

Marcia Eloy

- 2016-07-31 13:09:34

Lula

Eu já estou cansada de ouvir as justificativas do Lula. não a "Prova" contra ele em nenhum processo. só que não ouve suas defesas é o judiciário que é surdo, mudo e cego.Além da mídia é claro.

Marcia Eloy

- 2016-07-31 12:34:31

Lula

Que "todos" Sr,Ramão? Por acaso o ainda deputado Deputado Eduardo Cunha foi preso coercitivamente? O ex- ministro Jucá? Outros Ministros do Temer acusados na lava jato? por que um Senador que pela lei só pode ser preso emm flagrante é preso e o Cunha não? A justiça brasileira deixou de ser justa há muito tempo.E tem mais não cumpre normas elementares."Todo cidadão é inicente até prova em contrário " esta seria um dos dez mandamentos do Direito que não é mais cumprido.

Severino Januário

- 2016-07-31 08:30:49

Amigo, o menos importa neste

Amigo, o menos importa neste caso é a decisão da ONU. O importante é a denúncia e a atenção chamada ao mundo sobre o escandaloso golpe de estado em curso no Brasil, do qual setores importantes da justiça fazem parte. O objetivo deste golpe será  conhecido cada vez  mais pelo mundo, e dele faz parte uma perseguição implacável a Lula e a toda a esquerda do país, uma perseguição que busca a destruição total destas forças políticas.

Severino Januário

- 2016-07-31 07:26:17

Lula está a um passo da

Lula está a um passo da prisão. As esquerdas brasileiras estão amordaçadas e com as mãos algemadas para  trás, e você ainda está cobrando que eles deem tapas na orelha dos algozes?

WELINTON NAVEIRA E SILVA

- 2016-07-30 21:12:35

Mesquinharia & ódio

 

A selvagem e implacável perseguição movida pelos golpistas contra Lula/PT, por inveja e muito ódio,  vai ficando na história a marca registrada da mesquinharia golpistas.

SILOÉ-RJ

- 2016-07-30 15:37:36

oOOOHHH!!! UUUHHH!!!

A associação dos magistrados está VERMELHA de ódio, porque não admite que as togas encardidas da maioria dos seus membros sejam lavadas na ONU.

OOOOHHHH!!!!

Moro, juiz que vaza na Europa é vazado. Viu!!!

E agora... vaza do BRASIL para os palcos do mundo...

"Luz na passarela lá vem ela, lá vem ela"

 A NOSSA JUSTIÇA!!!!

UUUUHHHHH!!  zumbido/

ramao

- 2016-07-30 12:03:15

Depois ..................................

Depois de se tornar réu na lava-jato, pelo Juiz de Brasília, perde todo o sentido de recorrer a ONU. O jeitinho brasileiro de Lula não existem mais neste País. Fora da lei tem que ser julgado e se for condenado cumprir pena, isso vale para todos incluível para o Sr.Lula da Silva.

ramao

- 2016-07-30 12:03:12

Depois ..................................

Depois de se tornar réu na lava-jato, pelo Juiz de Brasília, perde todo o sentido de recorrer a ONU. O jeitinho brasileiro de Lula não existem mais neste País. Fora da lei tem que ser julgado e se for condenado cumprir pena, isso vale para todos incluível para o Sr.Lula da Silva.

Joao Pereira

- 2016-07-30 10:44:24

Ate' que enfim... uma esperanca de imparcialidade

Ate' que enfim, temos uma esperanca de julgamento imparcial com relacao a esta perseguicao ditatorial, indecente, criminosa, de um dos maiores e mais eticos homens publicos deste pais. E tambem, juntamente com Getulio, o maior lider que esta nacao ja' produziu, em 500 anos de historia.

A Associacao dos Magistrados do Brasil, acusou o golpe, e agudamente, com sua nota de repudio 'a iniciativa da defesa de Lula. Perfeito. E' a maior evidencia de que foi um movimento magistral, e necessario. Ora, porque a medo ? Se esta' tudo bem no judiciario, porque nao dar as boas vindas a um certificado de aprovacao daquela prestigiosa corte internacional ?

E' interessante notar, como se pode observar ate' aqui mesmo no blog, como algumas pessoas estao se sentindo profundamente desconfortavel com essa analise que uma corte suprema internacional dos direitos humanos, efetivamente imparcial e neutra, estarao dedicando a certas coisas que se desenrolam no Brasil. Como tipicos vira-latas que sao, a Casa Grande tem muito medo do que os metropolitanos possam pensar de suas "realizacoes."

Parabens a todos aqueles que trabalharam para este grande 

Marcos Vinicius dos Santos

- 2016-07-30 10:29:28

STF antro da vergonha !

STF vergonha . Além  de tudo, covardes por deixarem Moro ir tão longe em sua sede de vingança  contra Lula.  Todos eles pagos com nossos impostos !

Severino Januário

- 2016-07-30 09:52:37

O dilema do Golpe: Prender ou

O dilema do Golpe: Prender ou não prender Lula antes das Olimpíadas

 

O Golpe encontra-se mergulhado em um dilema: Prender ou não prender o Lula antes das Olimpíadas. Este dilema já deve ter provocado muita discussão entre suas lideranças maiores. A prisão de Lula é considerada imprescindível para o sucesso completo do movimento golpista, mas o momento certo para que ela se realize é sem qualquer dúvida um de seus maiores problemas. Bem maior do que as insuficiências e deficiências jurídicas que justifiquem tal prisão, já que para os golpistas não há mais qualquer limites para o arranjo mal acabado de pretextos. O fato é que precisam deter Lula por meios supra-democráticos, porque não podem confiar apenas na atroz demonização de sua pessoa pela mídia. Se Lula puder vir a ser candidato a algum cargo eletivo, a determinação golpista de enterrar politicamente toda a esquerda brasileira estará seriamente ameaçada.

No drama entre prender ou não prender, ao lado do medo de que depois sobrevenha uma situação inesperada em que esta prisão se torne bem mais difícil, está o cálculo mais atrevido e até agora predominante, que acredita que a prisão de Lula antes das Olimpíadas seria uma espécie de gol de placa. Este feito seria coberto e comemorado esplendorosamente pela rede Globo e pelos canais golpistas das redes sociais. Como efeito imediato, esperariam que ele trouxesse renovado alento ao ânimo de milhões de coxinhas, que voltariam às ruas felizes da vida, e esqueceriam todos os acordos espúrios firmados para livrar corruptos que tiveram de engolir, e até defenderiam o governo desastroso de Temer daí por diante.

Será que este cálculo está correto, ou será que poderia resultar em fiasco ou coisa ainda pior para os golpistas? Muita coisa deve ser considerada para que se dê uma resposta adequada a esta questão. Como já foi dito por alguém, o Brasil agora está na vitrine do mundo. O país começa a receber os maiores jornalistas do mundo, aqueles que não se intimidam com nada para obter dados sobre a raiz dos acontecimentos. Uma coisa é certa: Não é delírio considerar muito provável que um grande jornal europeu, ou dois ou mais grandes jornais e canais de televisão europeus, estariam já em campo, dentro da dinâmica jornalística das Olimpíadas, para produzirem algumas reportagens amplas e detalhadas sobre o golpe de estado em curso no Brasil. E neste clima, uma prisão do Lula poderá ser considerada como um fuzilamento mexicano do início do século vinte, bem debaixo dos narizes do mundo civilizado.  

A rede Globo, que tem o controle absoluto da informação no país, não vai conseguir evitar que o Brasil e as mazelas de seus golpistas ocupem a principal vitrine do mundo. A situação histórica embrulhada, esdrúxula e aparentemente confusa, somada ao grande interesse mundial sobre o país devido às Olimpíadas, justifica inteiramente esta suposição.

Depois de recentes e extremamente vergonhosos acontecimentos político-midiáticos, ninguém no mundo aceitará mais como pacífico o conteúdo político do que falam sobre o Brasil seus tradicionais meios de comunicação de massas. A imprensa internacional tem sua credibilidade a zelar, e não vai mais se alinhar automaticamente com uma imprensa que defende abertamente e acoberta corruptos e que, além de fraudar pesquisas de opinião para enganar seus leitores, também está implicada em alguns casos nebulosos de corrupção, por sua vez acobertados por uma justiça também golpista (1). Nas reportagens sobre o país, que serão produzidas e vivenciadas pelos melhores repórteres do mundo, mesmo que haja algum natural escrúpulo por parte da imprensa mundial, o mais certo será que muitas coisas virão à tona, coisas estas que os protagonistas do golpe não desejariam de modo algum que tivessem qualquer publicidade.

Por exemplo, a participação decisiva de grandes empresários brasileiros no processo golpista, muitos deles patrimonialistas incorrigíveis, conservadores radicais e retrógrados, e outros com interesses financeiros e empresarias que seriam atendidos pelo golpe, e outros ainda implicados ou denunciados em fraudes contra o erário ou em falcatruas de natureza político-econômica, além de uso do dinheiro público para financiamento do próprio golpe (2). Isto será sem dúvida alvo de investigação para embasar reportagens.

E a participação de grupos de juízes e promotores que são antes de tudo políticos e só depois são funcionários públicos, e que receberam escandalosamente da própria mídia poderes especiais supra-jurídicos e que sistematicamente protegem e defendem políticos dos partidos de direita com os quais se alinham, e que perseguem discricionariamente políticos dos partidos de esquerda que lhes são adversários, e que no afã de suas intenções claramente partidárias frequentemente passam por cima de todos os princípios e paradigmas do estado de direito e da própria Constituição, a participação destes grupos também deverá ser alvo de análises com a clareza que só o distanciamento de qualquer interesse é capaz de assegurar. Prisões sem direitos aos presos, delações sob notória tortura e vazamentos para a imprensa partidarizada de detalhes de investigação que distorcem os verdadeiros sentidos do geral dos processos, e possibilitam assassinatos de reputação e julgamentos midiáticos pela população ludibriada, são algumas das questões desta participação.    

Também será desnudada a participação da mídia, uma mídia empresarial que está nas mãos de um punhado de famílias retrógradas e bilionárias, que é claramente partidária e que chegou às raias da pura invencionice (3) para tentar reverter tendências às vésperas de eleições presidenciais; e que dispensou todos os seus grandes jornalistas para contratar a escória dos penas-de-aluguel, metamorfosear-se em panfletos de propaganda política e se engajar totalmente na luta sem quartel pelo golpe.

Claro que o “moderno coronel brasileiro”, figura medieval provinciana e arrogante, assim como antigos ditadores africanos, acha-se mais importante que o mundo inteiro e só mudaria suas posições se fosse obrigado a isso. No limite, convocará seus subordinados e adeptos para que só acreditem e se informem pelos meios locais de informação, que são inteiramente comprometidos com o jogo político-partidário do país, no qual têm partido e lado definido. Pedirão que todo o povo não acredite nas “mentiras” dos grandes jornais do mundo. Entretanto, não deixarão de ficar ridículos ao tentarem impor internacionalmente os pontos de vista esfarrapados de seus interesses mesquinhos, como já se mostraram ridículos ao fazerem isso em alguns momentos (4).

O fato é que, perante o mundo, o Golpe poderá resultar desmascarado e condenado, sendo que o governo usurpador viverá dias de isolamento inauditos, já que até mesmo os governos militares não sofreram isolamento tão completo, por diversos motivos, entre os quais por nunca se apresentarem lá fora de maneira subalterna, mas sempre em defesa dos interesses nacionais, o que lhes trazia respeitabilidade. Ninguém respeita um país agachado e levado por outro pela coleira.

O setor empresarial brasileiro, a justiça e a mídia brasileira correm o risco de serem amplamente desmascarados, diminuídos e desmoralizados, postos à margem e até, em certos casos, banidos do convívio civilizado internacional. Já houve casos em que o Brasil, com seu governo interino de legalidade duvidosa, não foi convidado para importantes encontros internacionais.

Isto trará uma curiosa constatação: Antigamente os brasileiros que iam ao exterior sentiam vergonha de serem brasileiros. Mas com os resultados dos governos de Lula e Dilma, esta vergonha passou a ser orgulho. Um imenso orgulho de ser brasileiro. Mesmo a mídia de direita fez diversas reportagens constatando esta mudança, e constatando a grande satisfação até de socialites com este novo status de admiração que passaram a gozar no exterior.

E agora, depois de sofrerem uma lavagem cerebral em dose cavalar, de 2013 para cá, e depois de ficarem confusas até mesmo sobre quem ou o que havia proporcionado aquela imensa mudança positiva no país e de passarem a acreditar que o certo era errado e vice versa, estas mesmas pessoas, com a natureza funesta do golpe de estado a mostrar sua verdadeira cara e com o país a refluir e voltar lentamente à sua condição anterior de país subalterno e país de subdesenvolvimento empedernido, elas voltarão a sentir vergonha de serem brasileiras em suas viagens ao exterior, e nem saberão que a culpa desse estado vergonhoso é delas mesmas, que se deixaram levar por uma hábil campanha de indução ao erro e ao crime contra seu próprio país. Neste contexto, ainda serão passíveis de acreditar que a prisão de Lula salvará o Brasil?     

- http://cartacampinas.com.br/2016/06/sergio-moro-mais-uma-vez-barra-investigacao-que-envolve-a-rede-globo/

 

- http://www.viomundo.com.br/denuncias/economista-denuncia-caixa-de-entidades-empresariais-para-financiar-o-golpe-acao-popular-deve-questionar-uso-de-dinheiro-publico.html

 

- http://www.brasil247.com/pt/247/midiatech/158823/Advogado-de-Youssef-confirma-arma%C3%A7%C3%A3o-de-Veja.htm- http://www.ocafezinho.com/2016/06/22/otavinho-frias-dono-da-folha-toma-surra-historica-em-londres/

 

http://www.ocafezinho.com/2016/07/05/diretor-da-fiesp-da-chilique-na-austria-pra-defender-o-golpe/

democracia direta

- 2016-07-30 03:28:32

RESPOSTA DA ONU AO LULA:

 

Crie vergonha nessa cara, e lute pela aprovação da PEC 21/2015 no Brasil!

Pois seu povo precisa ter direito de convocar o PLEBISCITO DESTITUINTE com seus ABAIXO ASSINADOS. Assim, quando um juiz fizer algo desse tipo, você pede um habeas corpus preventivo, e se for recusado, vai recorrendo até o STF. Do juiz do "supremo" que negar o habeas corpus, você pede o impeachment.

PERGUNTA DO LULA:

Ora, mas qualquer cidadão já pode pedir o impeachment desses juízes no Brasil. E, o que tem nosso direito de convocar o PLEBISCITO DESTITUINTE a ver com isso?

RESPOSTA DA ONU:

É... Só a vergonha na cara não resolve, nesse caso! É preciso um pouco de inteligência também, pra perceber que todos esses impeachments são engavetados pelo presidente do senado. Se a PEC 21/2015 estivesse aprovada, vocês poderiam cassar esse senador. Ou seja, não teria mais engavetamento desse tipo de impeachment. Aliás, essa PEC também traz o direito de convocar o VETO POPULAR, com o qual vocês poderiam impedir a criminosa entrega de seus poços de petróleo aos estrangeiros; fazendo com que seus lucros sejam enviados ao exterior, e a cadeia produtiva de petróleo brasileira comece a movimentar a economia deles e não a do Brasil!

Resta saber se as esquerdas brasileiras são tão idiotas assim, ou se estão levando propina grossa mesmo, no meio desse trambique...

Manubhz

- 2016-07-29 21:00:45

E o toga falante quando vai

E o toga falante quando vai ser denunciado

Bonobo de Oliveira, Severino

- 2016-07-29 20:16:50

A quinta arguição é direta para o STF.

Na arguição de número 5 o questionamento vai direto para o Relator do Processo que trata do Sistema Moro de Vazamentos Seletivos. O supostamente magistrado supostamente sério e cumpridor da LEI, Teori Zavascki, conforme diz textualmente:

(...)

'A quinta reclamação é de que o Brasil vem sendo criticado há anos por associações de direitos humanos por crimes aqui perpetrados. No caso atual, o Brasil (O Teori - ou o STF) está permitindo que as prisões sejam feitas por tempo indefinido para que as delações premiadas apareçam. "E, pela regra, essas delações não seriam verdadeiras, pois falariam o que o juiz quer ouvir", diz Robertson sobre prisões para extrair delações.'

(...)

A alta nobreza togada está revoltadíssima com essa audácia do operário sem dedo, Ex-Presidente da República, tratado desrespeitosamente por um servidor de quinto escalão, um "sub do sub" da alta burocracia do Estado, pelo apelido de "nine". Fecharam-se tanto na ilusória fantasia de glórias da casta a que pertencem que esqueceram que estamos vivendo num mundo globalizado em que o Direito é regido e obedece tratados internacionais onde a alegada "...Literatura do Direito..." da Ministra (SIC) Rosa Weber não é conhecida.

Deslumbrados com o tratamento de celebridade com que são brindados pelos empresários corruptos detentores de concessões públicas de veículos de comunicação, desconhecem que qualquer um cidadão poderia, e deveria, já ter entrado com reclamação em cortes internacionais contra o judiciário brasileiro pelo simples fato de que há décadas a sustentação dessa privilegiada casta onera severamente o erário público sem nunca ter apresentado à população, em contrapartida, o serviço de assistência judicante que lhe é devido. Agora, se, sobre nunca terem cumprido a finalidade, razão da existência dessa onerosa casta, passaram a utilizar suas atribuições e poderes como instrumento de ação política partidária, passou da hora de que os cidadãos, todos, de todos os rincões desse país, prejudicados nos seus direitos fundamentais, passem a fazer representações em cortes internacionais.

Quem sabe, assim, Suas Excelências despertem de seu delírio autista e descam à Terra para observar e cumprir os seus deveres.

 

 

 

 

 

 

Orlando Soares Varêda

- 2016-07-29 19:32:51

"- Por que a defesa do

"- Por que a defesa do ex-presidente não buscou antes esgotar todas as instâncias da Justiça do país? "

Então J.B. você acredita que de fato há no país alguma instância de justiça dispostas a atender igualmente aos ocupantes originários dos socavãos da casa-grande, dando a estes, as mesmas prerrogativas direitos e assistência na prestação de justiça dispensada aos senhores e sinhazinhas do andar superior?

Duvido que o ex-presidente Lula, ou qualquer outro membro original do Partidos dos Trabalhadores consigam, nesta importante quadra golpista, descolar um mero HC no desmoralizado e acovardado STF, ou de qualquer juizeco de província. Estão ai, os escandalosos julgamentos e condenações, aplicadas pelos trogloditas togados do STF. Sob a batuta de um destrambelhado tarado travestido de juiz, o nefasto Joaquim Barbosa. Encarcerando sem provas reais e concretas, brasileiros como José Genuino e José Dirceu, dentre outros, pelo nefando crime de serem homens de esquerda. Não satisfeitos, nossa fina elite de merda, faz emergir do esgoto pequeno burguês, outro justiceiro pra acabar com a raça esquerdista.

O problema de Lula é ter transgredido as normas e regras não escritas que regem nossa trapizonga institucional, linda no papel, e uma tragédia na vida real dos mais vuneráveis. Quando o Otavinho herdeiro da Folha de S. Paulo, o júnior, pergunta ao Lula em almoço oferecido pelo Frias pai: "Lula? Como você quer ser presidente do Brasil, se não sabe falar inglês?

Na verdade, sabemos muito bem a que se referia o senhorzinho. Portanto, acho necessário que o cabra nascido nos confins do Sertão de Pernambuco procure no exterior, não sua defesa, mas, se possível denunciar a bandalheira que é nosso sistema judiciário, levando ao mundo as mazelas e a hipocrisia de como funcionam as nossas instituições pra Inglês-Ver, e a democracia de merda, 1/2 boca que praticamos. Diuturnamente propagada como funcional, pela imprensa mais corrupta, inépta, e trapaceira do mundo ocidental.

No mais, lamento ter que discordar de um comentarista, do qual, são raríssimas tais oportunidades.

Orlando

 

Josue Costa

- 2016-07-29 19:30:11

  Esse apelo do Lula vai ser

 

Esse apelo do Lula vai ser sumariamente rejeitado.

Ele se queixa de estar sendo perseguido por um juiz de 1ª instancia mas no Brasil temos mais duas instancias que podem rever os atos e decisões dele.

Dessa maneira suas reclamações sao isentas de conteúdo pratico, a comissão de direitos humanos vai indeferir liminarmente a sua reclamação.

Vai sobrar a vergonha de ter uma apelação rejeitada por ser inepta.

 

 

 

 

 

 

Hcmagalhaes

- 2016-07-29 18:17:52

E o stf?

Espero que o stf se justifique e mostre ao mundo que ele defendeu a constituição e que todas as acusações do Lula são indevidas. Que aqui há apresunção da inocência antes da prova, que ninguem mandou tropa prender coercitivamente quem se oferecia para dar informações, nunca se gravou secretamente apresidneta e envviar a conversa à globo, etc, etc, etc.

Agora, se não conseguirem...

 

 

 

 

Aleandro Chavez

- 2016-07-29 17:04:07

Eu acho que Lula pode

Eu acho que Lula pode contratar quem ele quiser.

Porém, a notícia mencionou as falas do advogado de Lula sem citar que ele é o advogado de Lula. Ficou parecendo uma opinião de uma (suposta) personalidade internacional que não tem relação com o caso. Mas ele é advogado do Lula, ganha dinheiro pra representar Lula. Como notícia, essa informação deveria constar.

Jose Policarpo Jr.

- 2016-07-29 16:56:14

Argumento ignorante.

Do que advém a vergonha? O que é grandeza? O que é pequenez? Qual o sentido dos direitos humanos? O Brasil não é obrigado a cumprir os tratados internacionais que assinou? Por que os assinou?

Por que é vergonhoso alguém lutar para valer o direito que é consagradamente seu? Lula saiu da condição de ser humano?

São argumentos desse nível, baixíssimo por sinal, que ignoram os mais elementares princípios, que fazem prosperar o fascismo.

Não é Lula que envergonha o país, mas Sérgio Moro, os diversos procuradores da Lava Jato, Janot e alguns ministros do STF quando atropelam os princípios mais fundamentais de uma ordem civilizatória que o próprio país se comprometeu a cumprir. Juntamente com todos esses, é a classe média estúpida, provinciana e ignorante que se pretende avançada querendo viver na ordem coronelística e escravocrata. São os sinhozinhos da Paulista.

É preciso ter conhecimento mínimo daquilo que se ousa falar em público. Embora com um sentido completamente diferente, adapto aqui aquele dizer de Wittgenstein: "do que não se pode falar, é melhor calar".

 

Wilton Santos

- 2016-07-29 16:43:47

Essa decisão da ONU sobre os abusos na lava jato será um verdade

Essa decisão da ONU sobre os abusos na lava jato será um verdadeiro balde de água fria no entusiasmo desse grupelho nazifascista que comanda a operação. 

 

Ulisses s

- 2016-07-29 16:40:19

Moro grande juiz?

Moro tem dois mega escândalos do PSDB engavetados a anos. O da chuva de dinheiro em João Pessoa e o Banestado. Para o moro não vem ao caso!

http://www.conversaafiada.com.br/brasil/2015/07/14/com-cassio-do-psdb-moro-e-de-uma-morosidade

http://www.diariodocentrodomundo.com.br/governo-fhc-fez-pressao-para-abafar-caso-banestado-diz-procurador-carlos-lima-da-lava-jato-por-pedro-zambarda/

julio cesar novaes

- 2016-07-29 16:28:54

Caro Benedito D, se todas as

Caro Benedito D, se todas as formas ao seu alcançe, para tentar impedir uma injustiça absurda contra você, fossem, injusta e sistematicamente indeferidas, como ocorreu com o Lula, você continuaria esperando pelo pior??? O Lula tentou o STF, o CNJ, o CNMP, os tribunais regionais e teve todos os seus pleitos indeferidos, mesmo sendo absolutamente de conhecimento publico as intenções do Moro, do MPF e do MP/SP.

Muito bem Lula, mostra ao mundo que continua prevalecendo a mais valia no Brasil.    

Norban

- 2016-07-29 16:28:07

Orgulho e vergonha de mãos dadas

Eu tenho orgulho da decisão de lula, ele teve coragem. Infelizmente, poucos homens e mulheres podem recorrer a tribunais internacionais dessa forma. Até por isso que sou contra, pois isso é um privilegio, poder constranger dessa forma o judiciario nacional. É vergonhoso.

Eu tenho orgulho porque o STF fez por merecer o constrangimento. Ele tem o poder de restabelecer a constituição na republica de curitiba e nada fez por medo do Moro. O STF merece o apequenamento que tanto almejou e agora conquistou. Eu tenho vergonha, porque o STF é nosso tribunal constitucional, é quem deveria garantir 100% o cumprimento das garantias processuais constitucionais e impor esse respeito às instancias inferiores. O STF é quem deveria dar o exemplo.

Eu tenho vergonha do juiz Sergio Moro, ele apequena o judiciario, ele intimida instancias superiores a evitar corrigir as decisões dele ou puni-lo e, pior, ele estimula juizes de primeira instancia a cometer os mesmos abusos que ele para aparecer na midia. Me envergonha ainda mais saber que ele foi um dos que deram o ponta pé inicial para o caos que o pais se tornou.

Jane Pita de Souza

- 2016-07-29 16:22:18

Parabens ! Quem tiver

Parabens !

Quem tiver vergonha na cara tem que abandonar jornais, revistas e TVs.

Desde que começou esse golpe não dou nenhuma atenção a esses veículos.

Não vejo nem filme nem futebol !  Nada !

Norban

- 2016-07-29 16:21:23

O que será que é vergonha?

O que seria mais vergonhoso, aceitar um jogo com cartas marcadas em que o Moro essencialmente já condenou o Lula de antemão e busca não só manchar sua reputação como achar ou criar um crime contra ele, ou apelar para um orgão internacional?

Lula, alias, deveria ter feito isso antes. Ele esperou demais. Vergonhosa é a conduta do juiz Sergio Moro, que desmoraliza o judiciario inteiro. Ele tira fotos com tucanos, é perceptivel que ele poupa alguns e é perceptivel o quanto ele detesta o Lula e o PT. Isso sem mencionar que a mulher dele trabalha pro PSDB e que ele cometeu um crime gravissimo, ele expoes Dilma e inumeros ministros do governo. Se isso aqui fosse o EUA, Moro teria sido preso no dia seguinte.

Benedito D.

- 2016-07-29 15:54:23

  Gostaria de saber qual é a

 

Gostaria de saber qual é a opinião do André Araújo sobre esse ridículo apelo de Lula na Comissão de Direitos Humanos da ONU.

Pra mim o Lula se despiu perante o mundo. Não consigo acreditar em algo tão vergonhoso para um homem que atingiu tamanha grandeza.

Lula se desconstruiu numa só tacada.

 

 

lenita

- 2016-07-29 15:25:36

Aleandro

e quem o ex presidente deveria ter contratado ? Sua sujestão seria o Gilmar-PSDB- Go ?

Pedro Augusto

- 2016-07-29 15:23:46

XADREZ   http://mundovelhomun

XADREZ

 

http://mundovelhomundonovo.blogspot.com.br/2016/07/xadrez.html

 

 

  

lenita

- 2016-07-29 15:14:57

Gabriel

Então me respon da primeiro:

Pq o PSDB jamais foi averiguado ? E pq o PMDB, tornou-se um partido de santos, cujo único culpado é o Cunha (que ainda não foi cassado) ?

Pq o PSB , PDS , PP e PR se bandearam para o lado dos golpistas ? Foi por amor ? amor a que ?

 

Antonio Carlos Silva - Brasil

- 2016-07-29 15:08:10

Acertadíssima e no momento

Acertadíssima e no momento oportuno a atitude de Lula .

Agora precisamos ocuparmos as ruas do RJ e recepcionarmos os estrangeiros que virão para a olimpíada desfraldando faixas de protestos .

lenita

- 2016-07-29 15:03:26

bfcosta

O Senhor vai me desculpar, mas a questão é que se montou um complô p/ retirar o PT e principalmente o ex presidente Lula, de novas eleições. É exatamente isto que  dá vergonha de nossa Democracia. E o STF, no qual algumas Excelências não escondem de ningúem, o quanto são partidários  e/ ou pagos para isto, obrigaram o ex presidente, por aqui tratado como um cão sarnento pelo judiciárioe imprensa, a procurar auxílio em outras instâncias. Isto sim é que é uma vergonha, que deixa os brasileiros honestos estarrecidos., o não cumprimento da Constituição brasileira por alguém que a despresa, quando deveria era protegê-la.

Clovis 50

- 2016-07-29 14:51:28

Vergonha absoluta para um

Vergonha absoluta para um país que e um dia pensou que seria uma democracia.

Juliano Santos

- 2016-07-29 14:51:05

Detalhe: Com a luta Lula X

Detalhe: Com a luta Lula X Moro indo direto para os fóruns internacionais, o STF fica relegada de vêz ao papel que acabou assumindo nos últimos tempos, o da total irrelevância. 

Reduziu-se a ser uma arena para a militância do Gilmar. Fora isso, ninguém mais toma conhecimento de sua existência. Por mais rebuscados e "barrosos" os discursos de vossas irrelevâncias togadas. Dinheiro do contribuinte jogado fora. 

PS: Até o Marco Aurélio cansou de pregar no deserto. 

Gilson AS

- 2016-07-29 14:49:42

Quem sabe vindo um puxão de

Quem sabe vindo um puxão de orelha de fora esse menino não toma jeito.

Vai fazer beicinho, bater pezinho, ficar irritadinho, mas depois de chupar um pirulito de framboesa,passa.

Meninos rebeldes agem assim.

Clovis 50

- 2016-07-29 14:48:33

Leitura corretíssima Juliano.

Leitura corretíssima Juliano.

Clovis 50

- 2016-07-29 14:47:12

Desculpa bfcosta, mas em que

Desculpa bfcosta, mas em que país tu está? Afinal não é exatamente o que tu está colocando que está ocorrendo? Ou os marinhos podem sonegar o quanto querem que ninguém os importuna. O COAF detecta mais de 2 milhões de operações ilegais e niguém vai atrás. O Cunha tem mais de 50 milhões depositado só na Suiça e mesmo assim comandou todo o teatro do golpe. E mesmo assimtu fica achando que está errado. Eu no lugar do Lula pediria era asilo em outro país.

Aleandro Chavez

- 2016-07-29 14:40:42

A notícia do GGN esqueceu de

A notícia do GGN esqueceu de mencionar que Geoffrey Robertson foi contratado pela defesa de Lula para representá-lo na Comissão de Direitos Humanos da ONU.

Ele é advogado de Lula, e não uma parte neutra.

Juliano Santos

- 2016-07-29 14:40:35

A ONU estará fazendo o papel

A ONU estará fazendo o papel que caberia ao STF. Considerar se a constituição brasileira está sendo respeitada ou não. E ela tem esse direito porque o Brasil é signatário.

Claro que só o STF tem o poder de fato e de direito de anular uma possível condenação. Mas ficará claro para o mundo que se trata de um gesto arbritário estuprando o estado democrático de direito, que alias, já não mais existe no Brasil.

Com o impeachment da Dilma e a prisão do Lula, a república midiática dos procuradores será para os olhos do mundo uma nova forma de ditatura de republiqueta latino-americana.

Aqui para o público interno e coxinha, o Moro é herói e para o público externo esclarecido será o que ele é de fato. Um fascistinha de merda, baba-ovo dos barões da grande imprensa.

É isso aí. Dá-lhe Lulão! Tamo junto!

Wilson Ramos

- 2016-07-29 14:37:46

é simples

A acusação mais grave e perigosa contra Lula é a de obstrução da justiça. A iniciativa de ir à ONU, arriscada sim, pode ser chamada simplesmente de tentativa de "obstrução de INjustiça". Concordo que foi feita em momento oportuno. No processo legal, Lula será condenado pelo juiz de comarca. Terá que tentar reparação na segunda instância. Cujo juiz deverá estar devidamente coagido pelos ricos (não vejo melhor termo para caracterizar a corja). Até agora o supremo se negou a aplicar a própria decisão de permitir prisão após a segunda instância. Duvido que qualquer ministro peite o sistema para ser justo com Lula.

bfcosta

- 2016-07-29 14:12:10

A questão é Moro ou o STF

A questão é Moro ou o STF ?

Até entendo as razões que fazem o ex-presidente tomar essas atitudes, mas cá entre nós, isso deveria ter sido feito primeiro nas instâncias superiores da justiça brasileira, antes de se apelar para tribunais internacionais, ONU, etc. No caso do julgamento da lei de anistia e do desaparecimento dos guerrilheiros do araguaia isso foi feito assim. Lula já esgotou todas as instâncias nacionais da justiça para denunciar a questão internacionalmente ? O que fica disso tudo é a desmoralização do Brasil perante ao mundo, pois passa a impressão de ser um país cujas instituições não funcionam ou são pouco confiáveis a ponto de um simples juiz de primeira instância não ser capaz de ser contido pela própria estrutura do estado nacional. Um país assim está a um passo de se tornar uma colònia pós-moderna, na qual são os estrangeiros que tem que vir aqui resolver coisas que nós deveríamos estar resolvendo internamente. Não sei qual foi o cálculo político que Lula fez mas ele com certeza vai ser cobrado pelos setores mais nacionalistas por este tipo de atitude.

julio cesar novaes

- 2016-07-29 14:11:21

Acredito que de alguma forma

Acredito que de alguma forma a denuncia à ONU vai fazer o juizinho de 1ª instância baixar a bola, todavia, e salvo melho juizo, tudo ja esta orquestrado e o objetivo é a total desmoralização, com prisão do Lula, para que nem ele e nem o PT ou partidos progressistas voltem ao poder.

Não obstante tudo isso, não podem esquecer, os golpistas, que assim como a ditadura de 64 acabou e por covardia/interesses e outros predicados do STF, não se levou adiante punição aos confragados, o golpe atual será julgado quando restabelecermos a democracia e o estado de direito o que, poderá gerar, desta vez, punições àqueles que desrespeitaram a ordem democratica e a Constituição Federal, aliás, torço por isto!!!  

Mr Bean

- 2016-07-29 14:11:13

A GLOBO assumiu de vez o

A GLOBO assumiu de vez o comando do judiciário...

Álvaro Noites

- 2016-07-29 14:06:01

Situações extraordinárias

Situações extraordinárias demandam ações extraordinárias.

Para se começar o questionamento do carp, ineficiente e injusto judiciário brasileiro só mesmo partindo de fora.

A elite brasileira, e a classe média alta brasileira desprezam as castas inferiores, ignoram ou condenam eventuais questionamento a elas por parte destes.

Entretanto, se deprimem, beiram cortar os pulsos quando expostos pelas metrópoles estrangeiras (EUA e Europa Ocidental).

Lula fez o certo, não há mais a quem recorrer por aqui.

Marcos Antônio

- 2016-07-29 14:04:41

Vai ter fila...

Se eu fosse o Zé Dirceu, Vacary, todos que foram condenados no Mensalão do barbosão iria bater nessa porta!

Basta incluir que o mensalão do PSDB é ANTERIOR AO DO PT E ESTÁ PRATICAMENTE PRESCRITO!

A delações premiadas FORAM JUSTAS?

Tinham que ser AVALIADAS!

Álvaro Noites

- 2016-07-29 13:55:04

- Lula teve sua nomeação para

- Lula teve sua nomeação para Ministro Chefe da Casa Civil contestada por inúmeros juízes afora baseadas em ilações (quem não se lembra da decisão do tal Itagiba Catta Preta, um coxinha dominical?). Meros coxinhas que utilizam cargos públicos para exercerem suas preferências partidárias perseguem Lula.

- Lula teve sua nomeação para Ministro barrada por um ministro do STF, o empresário Gilmar Mendes, uma decisão baseada no mais completo NADA.

- Lula teve sua intimidade exposta criminosamente por Moro e TV Globo, suas conversas telefônicas divulgadas em TV, conversas estas inclusive com uma Presidente da República.

- O instituto Lula sofreu um atentado a bomba e nada foi feito, nenhum fiapo de investigação.

- Lula foi conduzido coercitivamente com uma espetacularização sem igual e baseado novamente em NADA, por agentes públicos e com o aval do Judiciário. Ainda é nebulosa a história do que ocorreu neste dia que impediu a prisão de Lula.

- Outro ministro do STF que se esmera em se referir ao partido de Lula como "Organização criminosa", ao invés de condenar veementemente a divulgação ilegal dos áudios de Lula, faz juízos de valor sobre o conteúdo das conversas (muito críticas ao STF e a alguns ministros), nada diz sobre o escandaloso vazamento.

- Temos um dos momentos mais cruciais da história do país e o STF se dá o capricho de julgar a permissão ou não de lanchinhos no cinema.

É pouco?

Parafraseando Guy Fawkes, situações extraordinárias demandam ações extraordinárias.

Já passou muito da hora de nosso caro, ineficiente e injusto judiciário (minúscula mesmo) virar vidraça.

João de Paiva

- 2016-07-29 13:52:26

Não leio e não dou clicks para o PIG/PPV.

Vera Lúcia,

Minha antipatia e aversão à mídia partidária e criminosa é tão grande que eu a boicoto totalmente há cerca de três anos. Para você ter uma idéia, quando leio o portal 247, NUNCA clico nos links que apontam para veículos do PIG/PPV, pois na internet os clicks são considerados audiência. Os crimes cometidos pela mídia comercial brasileira são diários e continuados. Eu não compactuo e não dou audência a veículos de comunicação que que cometem crimes continuados.

Gabriel M

- 2016-07-29 13:51:18

Conselho da ONU cuida de

Conselho da ONU cuida de genocídios; mutilações em tribos étnicas; massacre de minorias

Lula deveria começar e ser menos hipócrita em alegar isso em um Brasil onde a plena liberdade sindical, que o fez ser quem é, mostra uma democracia com valores sólidos e consolidados

Você pode não gostar dos atores que encampam o Poder Judiciário, mais o argumento exposto é esdruxulo. Vivemos um Poder Judiciário de tão garantista que é, consegue ter " 4 instâncias".

O cara ta te perseguindo ? Sim.

E as outras instancias chancelam as decisões dele ?

Sim

Então o senhor esta preocupado com a investigação, oras, se defenda.

Explique o porque ele ganhou reformar no sítio que não é dele e pronto. Recebeu presentinhos de construtoras e agora fala em direitos humanos ?

 

João de Paiva

- 2016-07-29 13:47:14

Bingo!

É isso aí, Jossimar. Em poucas linhas decifraste o enigma. Não nos esqueçamos que em golpes passados o STF sempre arranjou um jeito de tornar legal o rompimento da ordem institucional/constitucional.  1964 está aí para não  nos deixar esquecer. E desde a época do império o judiciário brasileiro representa e defende interesses das oligarquias plutocráticas.

vera lucia venturini

- 2016-07-29 13:41:50

O Lula realmente é um ser

O Lula realmente é um ser iluminado.  Foi líder sindical numa época de truculência, projetou o país com um governo participativo e patriótico e agora denunciou o descalabro do sistema judiciário brasileiro. Espero que tenha tanto sucesso com essa denúncia como teve na defesa dos direitos trabalhistas e dos direitos sociais. 

E a imprensa do Brasil é realmente vergonhosa. A Folha de São Paulo noticia que a denúncia na ONU foi baseada em dois fatos: que Moro é candidato em 2018 e esta prejudicando o Lula e que comparece a lançamentos de livros sobre a Lava Jato. É uma noticia criminosa mas está no nível da pesquisa adulterada.

Álvaro Noites

- 2016-07-29 13:40:15

O nosso judiciário é

O nosso judiciário é podre.

Não sei mais o que deveria acontecer no país para que se tornasse ao menos um aspirante a país sério.

Maria Luisa

- 2016-07-29 13:27:58

Bola dentro

Muito bem, quero ver como se saira o judiciario brasileiro sendo julgado por uma corte internacional que, à piori, é neutra. Não vejo como Sérgio Moro podera justificar suas atitudes persecutorias e nada coerentes e equitaveis perante um tribunal isento. Uau, agora a festa vai começar.

j.marcelo

- 2016-07-29 13:22:15

Isso será a completa

Isso será a completa desmoralização do nosso Judiciário partidarista,os "gringos" ficarão

ESTARRECIDOS com os fatos apurados,se desnudará e cairá a máscara dos IMPOLUTOS!!!

Maria Silva

- 2016-07-29 13:11:50

Que Judiciário é partidarizado, isso não é novidade ...

Foi correta a atitude. Lula é uma personalidade internacional, e não esta sendo investigado. Esta sendo perseguido. Se uma parcela do  Judiciário no Brasil é partidarizado e canalha, não tem outro jeito. Tem que recorrer aos organismos internacionais. Em qualquer pais civilizado do mundo, um juiz como Moro ou Gilmar Mendes, seria inpensável. Coisa de republica de bananas mesmo. Aqui no meu estado tem cada figura que voces não fazem ideia. Barganham poder, barganham cargos, fazem chantagem, perseguem ... 

joaquimm

- 2016-07-29 13:08:12

Manifestação juizes do Parana, cartaz de Lula criminoso.
Um membro da manifestação dos juizes contra a PEC de Abuso de Autoridades realizada no dia 28/07/2016, em frente a Justiça Federal, em Curitiba, apareceu com um cartaz em que acusa Lula de Criminoso, conforme reportagem da TV RPC/Globo/PR. O Lula já foi condenado? Nâo. Então o juiz está cometendo crime, condenando antes do julgamento, confom

serralheiro 70

- 2016-07-29 12:57:16

Palavras sensatas.

Suas reflexões me parecem sensatas.Mas vejo a atitude dos defensores de Lula de apelar para a justiça da ONU como de desespero, pelas agressões  e ataques continuados contra Lula, que nosso judiciário tem apresentado por tão longo período e pelo descaso que suas reclamações receberam dos orgãos disciplinadores CNJ, CNMP e STF.

Marco Vitis

- 2016-07-29 12:33:26

Fascistas do Paraná

Eu também concordo plenamente !!!

Marco Vitis

- 2016-07-29 12:31:12

Fascismo ou Democracia

RITINHA

Concordo com você.

O nosso poder Judiciário está podre, infestado de pessoas com valores fascistas.

Moro não é um juiz - ele é um político com valores fascistas usando a corrupção como cortina de fumaça para encobrir seus inconfessáveis objetivos.

 

 

 

Jader

- 2016-07-29 12:01:56

Concordo plenamente!!!!!!!

Concordo plenamente!!!!!!!

Ritinha

- 2016-07-29 11:49:14

JB Costa,   O problema é que

JB Costa,

 

O problema é que nós, do andar de baixo,  não sabemos o que ocorre com as tratativas da justiça as suas políticas e atores, sabemos só o que é publicado, mas não estamos na pele do Lula para saber outros fatos não revelados. 

Não creio que o Lula tivesse prazer em ir até a ONU, até por tudo que será repercutido a partir disso.  Mas esta ida dele dá pra  mim um grande pessimismo sobre a justiça do Brasil. É também um desalento maior em relação ao STF.  Lembre-se que todas as vezes que ele, ou outro petista,  foi perdeu de alguma forma. Lembra-se quando Lula foi indicado ministro e isso lhe foi negado? E a Dilma e  o golpe?

Não podemos esquecer que Lula está sendo assessorado por advogados.  Ir até a ONU pode ser uma tática suicida, mas também pode ser uma tática salvadora, já que a nossa  justiça   foi picada pelo partidalismo. 

Ele resolveu abrir a ferida para o mundo

Luciano Lira

- 2016-07-29 11:32:36

Foi correta a atitude do

Foi correta a atitude do ex-presidente Lula em denunciar os abusos desse juiz. Tinha tudo para entrar para a história como um grande juiz, mas infelizmente andou se deixando levar pelos holofotes da vaidade da grande mídia. O Moro sabe que o ex-presidente é uma pessoa séria e que essas acusações com base em delação não tem crédito. Pode-se acreditar em delator sofrendo com tempo grande de prisão? Animal ferido faz qualquer coisa para escapar. Pense Moro, reflita. Tenha coragem e faça valer sua biografia. Tenho certeza de que você é um grande juiz e pode reconhecer naquilo que errou. Você será muito útil ao Brasil e para grandeza do judiciário se seguir sua consciência...

Jossimar

- 2016-07-29 11:31:32

JB, com relação as suas

JB,

com relação as suas dúvidas: Você acredta realmente que, pelo andar da carruagem, adiantaria alguma coisa tentar resolver o assunto internamente?

Na minha percepção, o assunto já está resolvido internamente: O Lula será preso mesmo sem acusação consistente. O Brasil hoje não pode ser considerado uma democracia. É um estado de exceção(não sei se o termo está correto para a situação) onde os direitos individuais não são respeitados, pessoas do outro lado ideológico são duramente perseguidas pelo MPF, PF, STF, etc etc 

Temos até presos políticios condenados informalmente a prisão perpétua, caso do José Dirceu. Ou você acredita que o Dirceu sairá vivo das masmorras morinas?

Jossimar

- 2016-07-29 11:24:38

Esta é também mais uma

Esta é também mais uma humilhação internacional àquele bando de velhos que estão sentados no STF assistindo a tudo que se passa atualmente em nosso país e não fazem absolutamente NADA para repor as coisas nos trilhos.

Isto reforça a minha suspeita de estão sendo chantageados pelo Moro com informações fornecidas pela NSA americana. Neste nível do serviço público todos têm algum rabo preso que, se divulgado, pode abalar sua reputação. Podem ser casos extraconjugais, ocultação de patrimônio, sonegação, favorecimento a terceiros, etc etc

Só isto explica o silêncio constrangedor do STF perante as arbitrariedas cometidas pela república do paraná, que diga-se de passagem, tem grande responsabilidade na crise econômica vivida pelo país neste momento e 100% de responsabilidade no golpe perpetrado contra um governo legitimamente eleito.

JB Costa

- 2016-07-29 11:18:20

Todas as alegativas que

Todas as alegativas que embasam essa ação da defesa do ex-presidente Lula são pertinentes. Só um idiota ou um desonesto mal intencionado pode questionar tais fatos. O motor, a força;  a razão não subjacente, mas principal dessa Operação Lava a Jato foi sempre atingi-lo. 

Claro que para um Juiz de província tal feito será a maior das glórias. E todo essa paparicação que recebe por parte de uma imprensa partidarizada, ideologizada, é animada por essa possibilidade. 

É preciso destruir um símbolo. Menos pela possibilidade de ter cometido crimes, e mais para dar consistência lógica a teses do tipo "esquema criminoso para sustentar um projeto de Poder". Deste modo, há se chegar até um "cabeça", um "líder" supremo.

Até aí, tudo bem. Minha discordância se dá por dois aspectos que se complementam: 1) A oportunidade; 2) O impacto na imagem do país. Então, as dúvidas:

- Por que a defesa do ex-presidente não buscou antes esgotar todas as instâncias da Justiça do país? Se não o fez podemos apreender isso como sendo irrecorrível as decisões de um Juízo singular? Que o Juiz Moro tem poderes absolutos, portanto inquestionáveis?

- Pelo prestígio é notoriedade que desfruta no exterior é lógico que esse ato do ex-presidente terá repercussões. A própria imagem do país ficará comprometida no que tange ao seu sistema judicial. Se não é honesto se repassar para o Mundo uma falsa percepção de que tudo por aqui é maravilha, também é reprovável atropelar as possibilidades internas antes de apelar para as externas.

- Qual realmente é a eficácia disso mesmo que o Tribunal acate as alegações da defesa do ex-presidente? Não pensaram na hipótese de que teria efeito contrário? Que o próprio Supremo, o responsável último pela salvaguardas dos direitos alegados pelo recorrente, fique melindrado por não ter sido acionado antes dessa decisão extrema? 

Se faz parte de uma estratégia política-jurídica acredito que incide num grave erro quando se vale de um organismo internacional para arbitrar um processo político-criminal que ainda está em fase preliminar. Por mais que projetemos nosso pessimismo no que se refere a uma possível coonestação pelas alçadas superiores, o fato é que estas sempre poderão arguir, de certo ressentidas, que não foram acionadas. 

 

 

 

Marcos K

- 2016-07-29 10:52:08

Por dever de ofício tenho que

Por dever de ofício tenho que conhecer a história do Brasil. Quanto mais, melhor.

Lendo aqui e ali é impressionante constatar algo que qualquer leitor desse blog minimamente informado já sabe: desde Vargas (para ficar no exemplo mais conhecido, mas, se não me falha a memória, a prática vem desde Dom Pedro II... que foi acusado de corrupto) a imprensa colonizada utiliza sempre os mesmos argumentos e as mesmas técnicas para destruir os políticos nacionalistas e/ou de esquerda. Todos já sabem: pregam-lhe a pecha de corrupto e o perseguem ad nausem... Mesmo sem provas. .

Bem, tudo isso é sabido e notório, mas o que mais me espanta é outra coisa: em quase 130 anos os brasileiros ainda não aprenderam a identificar seus inimigos, muito menos em perceber quais são as armas utilizadas para destruir quem protege o país. Para mim fica claro o quanto esse é um país de ignorantes e estúpidos. Caem sempre no mesmo conto do vigário. 

Mas não me espanta. Como dizia Simon Bolívar: "quem não conhece a própria história, está condenado a revivê-la"

Carlos Elísio

- 2016-07-29 10:52:08

Os ratos já começam a se mexer

Voltaram, pedalinho, sítio, friboi, triplex...

Ah, do Lula, não os da galera de curitiba que alem de altíssimos salários ainda começam a embolsar os 10% da devolução dos corrutos.

Já sugiro nome para a próxima ação de qq MP: Operação Dízimo JUS.

 

Celso Paulo da Silva

- 2016-07-29 10:42:33

Antes tarde do que nunca. Até

Antes tarde do que nunca. Até que enfim uma autoridade do PT agiu por antecipação. O circo é o seguinte:Tem evento que pode ferrar com o PT? Então imolaremos uma autoridade do Partido, jogamos a populaçãp contra e vamos pra galera.A votação do golpe está programada pro dia 9, na semana que vem tem que ter espetáculo. Então, Prendemos o Lula, eliminamos qualquer possibilidade da Dillma ganhar. Acabamos com partido, com o governo e com o Lula de uma só vez. Acho que desta vez não vai dar certo. Quero ver esses carinhas de curitiba peitar o tribunal da ONU. O mais importante dessa atitude do Lula é que o mundo vai saber como é feita a (in)justiça no Brasil. Quero só ver os babacas da televisão terem que admitir as sacanagens da república de curitiba. Emfim acho que teermos um pouco de verdade nessa palhada chamada vaza jato.

 

naldo

- 2016-07-29 10:41:40

Aceitamos um ministro com o

Aceitamos um ministro com o mesmo estilo, até pior,  no stf

 

Por que os de primeira instancia não podem pôr as asinhas pra fora? òbvio que o país está de cabeça para baixo, muitos que deveriam estar presos hoje são governo e mandam prender, voltamos á era dos presos incomunicaveis, vivemos uma ditadiura ungida pela midia quadrilheira e corrupta, demorou muito para o PT ir aos organismos internacionais, Lula deveria ter feito isso quando presidente, denunciado a midia parcial e sua ansia bélica contra o trabalhismo, essa turma odeia peder a pose falsa de estadistas, que adotam quando vão ao exterior falar as besteiras que ninguem quer ouvir. DE- MORO.........

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador