Com apoio de autoridades, velha imprensa trata Lula como troféu de caça, por Joaquim de Carvalho

Eles comemoraram a condenação de Lula

Depois da selfie, jornalista vai à prisão para mostrar onde Lula, segundo ele, vai ficar: “se beber muita água, a direção corta”

do Diário do Centro do Mundo

Com apoio de autoridades, velha imprensa trata Lula como troféu de caça

por Joaquim de Carvalho

O governo do Estado do Paraná, chefiado pelo réu em ação de improbidade Beto Richa, abriu as portas do Complexo Médico-Penal de Pinhais, para mostrar ao repórter Germano de Oliveira a cela onde Lula, segundo a revista, vai ficar.

É um local encardido, com aparência de mal cheiroso, pequeno.

A abertura da penitenciária revela a indigência das autoridades que ocupam postos de comando no Brasil. O objetivo é escrachar uma liderança política que tem quase 40% das intenções de voto no primeiro turno das eleições deste ano e venceria qualquer candidato em um segundo turno.

O repórter que fez a reportagem para a IstoÉ, Germano de Oliveira, faz de Lula a única pauta da sua vida. Em 2014, quando trabalhava em O Globo, Germano escreveu que Lula e Marisa poderiam passar o Reveillon no triplex do Guarujá.

O casal não só não passou o Reveillon lá como não pernoitou uma única noite no imóvel. Motivo óbvio: não era deles.

Quando fez a reportagem, Germano usou a imagem de Lula e Marisa no Reveillon do triplex do Guarujá não para falar de corrupção ou lavagem de dinheiro, mas para mostrar que o casal estaria sendo beneficiado no cronograma de construção da OAS/Bancoop, responsável pelo imóvel.

A informação era para mostrar que outros donos de cota nos condomínios bancados pelo consórcio estariam sendo passados para trás. A reportagem registra que o casal Lula da Silva era dono de cota no condomínio — o que é correto, mas não do triplex.

Na interpretação da Lava Jato, a imagem usada pelo jornalista se tornou fato verídico,  e que Lula e Marisa planejavam o Reveillon no Guarujá.

 

A farsa ganhou corpo em janeiro de 2017, quando saiu da boca de Leo Pinheiro, ex-presidente da OAS, que Lula havia solicitado em janeiro de 2014 que o apartamento ficasse pronto até o Reveillon daquele ano.

A reportagem de Germano e a declaração de Leo Pinheiro foram para os autos do processo conduzido por Moro e o resultado é o que todos conhecem: Lula condenado a 9 anos e seis meses de prisão, com a pena elevada pelo TRF-4 a 12 anos e 1 mês. Moro cita a reportagem como um evidência de que o apartamento era mesmo de Lula.

Com a condenação de Lula confirmada pelo TRF-4, Germano fez uma self com outros quatro jornalistas, para se vangloriar:

— Os cinco jornalistas que fizeram a diferença na cobertura da Lava Jato, que acabará levando Lula para trás das grades. Da esquerda para a direita: Vladimir Neto, da TV Globo; Ricardo Brandt, do Estsdao; André Guilherme, do Valor; este que vos fala Germano Oliveira, da ISTOE; e Flávio Ferreira, da Folha de S.Paulo. Faltaram outros grandes repórteres como Fausto Macedo, do Estadao, Cleide Carvalho, do Globo. Essa turma eh da pesada e se reuniu hoje na sede do TRF4, em Porto Alegre, quando os desembargadores condenaram Lula por 3 a 0 a 12 anos e 1 mês de cadeia. Ainda da psra (sic) confiar na Justiça — escreveu ele.

Nesta semana, Germano  conta, pelas páginas da IstoÉ, como é atrás das grades, “local em que o petista irá dormir — uma cela de 12 metros quadrados (…) “:

A cela, com uma janela e porta em aço, conta com um vaso sanitário no chão (o chamado boi), com pouca privacidade, e um tanque com torneira. Os agentes penitenciários asseguram que é possível bebê-la sem sobressaltos – a água, fornecida pela Sanepar, esclarecem, é potável. Mas se Lula exagerar no consumo, não tem conversa: a água será cortada.

Jornalistas sérios trabalham com fatos de interesse público. Qual o interesse público nesta descrição?

Isto é parte do linchamento, parte de um roteiro cujo desfecho jornalistas como Germano já escreveram. Lula é um troféu de caça.

Que o jornalismo brasileiro, moldado pelo padrão ético da Globo, aja assim, nenhuma surpresa. Mas é estarrecedor que, ao lado de linchadores, se coloque ministros como Édson Fachin, indicado por Dilma Rousseff ao Supremo Tribunal Federal.

Ele negou habeas corpus pedido pela defesa de Lula, o que já era esperando, tendo em vista sua posição a favor da prisão após a condenação em segunda instância.

Mas, ao decidir que o mérito da decisão caberá ao plenário do Supremo, ele deu a oportunidade para uma decisão que permita aos veículos de comunicação a imagem que querem exibir como troféu: Lula sendo preso.

É que Fachin poderia submeter sua decisão à segunda turma do STF, da qual faz parte, onde o HC, pela posição dos ministros Ricardo Lewandowski, Dias Toffoli, Gilmar Mendes e Celso de Mello, certamente seria concedido.

No plenário do Supremo, a concessão do HC também é provável, já que, dos onze ministros do STF, seis já manifestaram posição contrária a prisão a partir da decisão em segunda instância: Celso de Mello, Marco Aurélio Mello, Ricardo Lewandowski, Gilmar Mendes, Dias Toffoli e Rosa Weber.

Porém a artilharia está centrada em Rosa Weber. “Ela pode mudar de posição”, repete diariamente Merval Pereira, o principal comentarista de política da Globonews e da CBN, além de colunista de O Globo.

O jogo da mídia comercial é pesado e, a prevalecer sua pressão, o Judiciário como instituição se reduzirá ao tamanho de uma editoria do jornal O Globo.

Juízes ganham muito acima da média (nem precisaria do artifício do auxílio-moradia) e não podem ser demitidos. A sociedade, através da Constituição e das leis, aceita conceder-lhe vantagens para que não precisem se curvar ao poder. E, neste caso, não é o poder político, mas de quem se comporta como dono desse e de todos os outros poderes.

Fachin, ao submeter sua decisão ao plenário do STF e não à segunda turma do Supremo, agradou a esse poder e colocou Rosa Weber na linha de tiro.

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

16 comentários

  1. Essa implacável perseguição a
    Essa implacável perseguição a Lula me faz lembrar do conluio midiático na invasão do Iraque, com uma enxurrada de notícias fakes sobre armas de destruição em massa.

    Ultimamente tenho pensado sobre a perseguição dos EUA ao Partido Baath que, como sabermos, era secularista e com pendor socialista. Destruido o baathismo, o espaço vazio foi ocupado pelo fundamentalismo islamico a ditadura teocrática.

    É que vejo muita semelhança entre o modus operandi dos EUA no Oriente Medio, Africa(Libia, Nigéria..) para se apossar das riquezas deste pais e o que se passa no Brasil e América Latina….tais paises hoje continuam sendo produtores de riquezas mas nada que beneficie o povo: empregos e lucros servem apenas as matrizes das grandes corporações, enquanto o povo se digladia…e morre à míngua, sem merecer piedade por parte do mercado.

    Com estas guerras, sejam elas de modo convencional com uso de misseis ou hibrida sob a desculpa de combate a corrupção, os EUA tem se dado muito bem, conforme blog O Cafezinho os EUA já fatuaram dezenas de bilhões de reais graças a Lava Jato, isso porque a Lava Jato levou ao poder um fantoche a serviços dos EUA e grandes corporações.

    Assunto importante mas que não tem merecido a devida atenção, o assunto só veio a tona quando o FBI confessa que atuou na Lava Jato mas esse grave fato já caiu no esquecimento. Os EUA são mentores da Lava Jato….o juizeco é apenas operador….os brasileiros e Institituições e midia são operadores da inteligencia americana. Fato:

    Somos mesmo um povo que não sabe de nada sobre sua propria realidade, conforme apontou pesquisa somos o segundo povo que menos sabe o que se passa na frente do seu proprio nariz, enfim, graças a Globo somos um pais fake, com Justiça fake…com governo fake…com imprensa fake…

    Que tal um levantamento comparativo entre a perseguição dos EUA ao baathismo e ao lulismo, claro, guardadas as diferenças de cada caso e a realidade dos paises envolvidos…..

  2. “É que Fachin poderia

    “É que Fachin poderia submeter sua decisão à segunda turma do STF, da qual faz parte, onde o HC, pela posição dos ministros Ricardo Lewandowski, Dias Toffoli, Gilmar Mendes e Celso de Mello, certamente seria concedido.

    No plenário do Supremo, a concessão do HC também é provável, já que, dos onze ministros do STF, seis já manifestaram posição contrária a prisão a partir da decisão em segunda instância: Celso de Mello, Marco Aurélio Mello, Ricardo Lewandowski, Gilmar Mendes, Dias Toffoli e Rosa Weber.”

     

    Quem escreveu isso é de uma inocência incrível, já que esses dois ministros já voltaram casuisticamente atrás em seus posicionamentos em outras oportunidades.

  3. togas, togados, canalhas, canalhices.

    ENQUANTO ISSO, ALI NUM DOS DO MUITOS COVIS ONDE “BANDIDOS DE TOGAS” SE REUNEM PARA DAR ATESTADOS DE BONS ANTECEDENTES, HABEAS CORPUS, PRESCRIÇÃO DE ROUBALHEIRAS DE GRANA PUBLICA, E OUTRAS CANALHICES, AOS SEUS AMIGOS E COLEGAS DE BANDIDAGENS, OS VERDADEIROS BANDIDOS DA POLÍTICA:>>>>>>>>>>

    https://www.facebook.com/photo.php?fbid=1985298318459049&set=p.1985298318459049&type=3&theater

    A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, pediu o arquivamento de um inquérito que investiga o senador José Serra (PSDB-SP). A investigação, baseada na delação premiada de Joesley Batista e de outros executivos da J&F, apura se Serra deixou de declarar à Justiça Eleitoral parte das doações recebidas para abastecer a campanha à Presidência da República de 2010. 

    Raquel Dodge afirmou que o prazo de prescrição para o crime é de seis anos, ou seja, já está esgotado. A relatora do caso é a ministra Rosa Weber, que decidirá se atende ao pedido ou não. A praxe no Superior Tribunal Federal (STF) é aceitar as solicitações de arquivamento feitas pela Procuradoria-Geral da República.

    https://www.conversaafiada.com.br/politica/escandalo-dodge-tira-serra-da-cadeia

    No mesmo dia da condenação de Lula sem provas, a procuradoria-geral da República pediu o arquivamento de uma das ações da JBS em que o senador José Serra (PSDB-SP), um dos articuladores do golpe, é citado;

    José Serra foi o responsável pelo projeto de entrega do pré-sal e foi acusado de receber R$ 52,4 milhões em propinas, dos quais R$ 23 milhões na Suíça;

    A denúncia foi feita pelo delator Pedro Novis, ex-presidente da Odebrecht;

    Para a PGR, o caso Serra prescreveu;

    A questão é: a lei é igual para todos?

    Durante seu voto no TRF4, o DESEMBARGADOR VICTOR LAUS destacou que Lula “não está acima do bem e do mal” e ainda que “A LEI É PARA TODOS”.

    Será?

    https://www.brasil247.com/pt/247/brasil/338620/Pode-vomitar-PGR-arquiva-a%C3%A7%C3%A3o-contra-Serra.htm

     

    28 IMAGENS QUE MOSTRAM OS CORRUPTOS POR TRÁS DOS ATOS CONTRA DILMA

    https://falandoverdades.com.br/34-imagens-que-mostram-os-corruptos-por-tras-dos-atos-contra-dilma/#at_pco=smlwn-1.0&at_si=5a4bfc5aaf9f3086&at_ab=per-2&at_pos=0&at_tot=1

    https://falandoverdades.com.br/pgr-atrasa-inquerito-de-aecio-por-mais-2-meses/

    ·         JANOT, (PGR que TEMER substituiu), disse sobre Temer:

    “O BANDIDO que se esconde atrás do MANTO POLÍTICO não é político, é bandido”,

    mas poderia ter acrescentado:

    O BANDIDO que se esconde atrás da TOGA, não é magistrado, é bandido.

    ·         A DRA. ELIANA CALMON TINHA MUITA RAZÃO QUANDO DISSE QUE MUITOS DE

    SEUS COLEGAS DE PROFISSÃO E DE CARGOS SÃO “BANDIDOS DE TOGAS”

    https://www.youtube.com/watch?v=wHKIErwmG-4

    https://www.youtube.com/watch?v=l2QhigH5iUM

    http://www.correiocidadania.com.br/antigo/ed296/politica.htm

  4. Velha imprensa
    A foto dos joios do jornalismo brasileiro, quanta maldade e ódio, não podem ser chamados nem de animais, pois os animais têm o instinto superior à estes insetos.

    Os servos da mídia fascista, são repugnantes, a vida se encarregará destes lacaios.

  5. Joseph-Ignace Guilhotin

    Joseph-Ignace Guilhotin sugeriu o uso de um dispositivo para cortar a cabeça de condenados. Esse dispositivo passou a ser chamado de guilhotina em “homenagem” ao seu nome. Seus familiares ficaram tão horrorizados que mudaram o  sobrenome. Monsieur Guilhotin teria sido executado na guilhotina. Oliveira é um sobrenome muito comum entre nós, também em Portugal, o que dispensa qualquer mudança de identificação em familiares envergonhados. Mas tenho esperança de que no futuro, quando o Direito voltar a vigorar, algum Germano entre numa cela para reportar, e fique nela trancafiado.

  6. É só Lula dar uma banana nos
    É só Lula dar uma banana nos golpistas da mídia e do judiciário e fazer como o Assange, pedir asilo em alguma embaixada e de lá da embaixada ajudar a eleger alguém em seu lugar. Feito isso o seu candidato lhe dá um indulto extinguindo essa fraudada pena injusta.

  7. Hoje esses “jornalistas”

    Hoje esses “jornalistas” estão lambendo as botas dos dono das empresas de mídia para amanhã tomar uma pedalada no cú dado por essas mesmas botas.

  8. Lula faz como Assange e pega
    Lula faz como Assange e pega e vai morar em alguma embaixada e de lá ajuda a eleger um candidato que depois de eleito lhe dê um indulto extinguindo a condenação. Com isso o novo governo muda a lei da ficha limpa livrando quem já foi condenado por ela e coloca Lula como ministro da justiça ou casa civil ou das comunicações para fechar a rede globo e seus tentáculos golpistas. O novo governo cria leis duras para combate ao abuso de autoridade do judiciário, fecha o CNJ e CNMP cria um tribunal popular para julgar esses abusos; acaba com a lei das delações torturadas e acaba com o cargo vitalício dos juízes, colocando tempo curto de mandato, os delegados e procuradores também serão enquadrados nisso e chega de regalias para esses canalhas.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome