Fux lança o conceito do fuck-the-news para amordaçar blogosfera

O primeiro ponto é considerar que Luiz Fux é um Ministro que tem lado. Nos últimos tempos comportou-se como um punitivista, inclusive afirmando que Lula não deveria se candidatar em 2018. Mas arquivou inúmeras denúncias do seu lado, como foi o caso do trensalão tucano.

As ameaças que disparou pela mídia contra as fake news incluem “medidas de constrição de bens, medidas de restrição de eventual liberdade daqueles que estiverem em flagrante delito, se preparado para cometer esse tipo de estratégia deletéria”.

Sua ideia de criar uma “estrutura preventiva” aos fake news só será possível se instituir a censura prévia. Como saber antecipadamente se determinado blog irá propagar fake news antes que eles sejam publicados?

É uma declaração tão tola quanto a de seu colega Alexandre de Moraes, quando Ministro da Justiça, anunciando um plano nacional de prevenção de feminicídios – sabendo-se que a maior parte deles ocorre em ambiente doméstico. Como seria essa prevenção? Colocando PMs na casa de todos os lares potencialmente cenários de possíveis futuros feminicídios?

De qualquer modo, tem toda razão a Polícia Federal ao prever que a iniciativa de Fux levará à multiplicação de abusos, cuja responsabilidade será atribuída à PF, que cumpre a última etapa das ações repressivas.

Se Fux fosse, de fato, um Ministro preocupado com a isonomia eleitoral, trataria de discutir o papel das concessões públicas, de norte a sul comandadas por coronéis políticos e utilizadas para interferir nas eleições.

Mas é evidente que não haverá a menor preocupação com a manipulação de notícias ou a propaganda opressiva por parte da mídia convencional.

Leia também:  Moro descumpre Lei de Acesso e se recusa a revelar documentos que deu a Bolsonaro sobre laranjas

Fakenews está sendo conceituado exclusivamente como falsas notícias que brotam das redes sociais. Por isso, retira-se da conceituação todas as manipulações vindas de órgãos jornalísticos regulares.

A PF tem razão em se preocupar em delimitar a ação repressiva nessa tentativa de Fux de mover uma ofensiva contra as notícias falsas. Mas a discussão de uma lei específica abre uma enorme brecha em dispositivos constitucionais, que garantem a liberdade de expressão e proíbem a censura prévia. Por mais restritiva ao arbítrio que possa ser, uma nova lei abrirá enorme brecha que permitirá aos justiceiros da ponta montar batalhas sangrentas contra adversários políticos.

A belicosidade de Fux acontece, coincidentemente, pouco depois de matérias publicadas no GGN sobre os esquemas que imperam no Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro, com seu aliado Luiz Zveiter. Aliás, recentemente, fui condenado pelo TJ Rio a indenizar Eduardo Cunha por, supostamente, atacar sua imagem equiparando-a a de sonegadores. Se ocorreu essa equiparação, o correto seria ter sido processado por sonegadores, já que os crimes atribuídos a Cunha vão muito além do caixa 2.

Em suma, Fux não está preocupado com as fake news mas em fuck the News.

 

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

22 comentários

  1. Ai, ai… Dá uma

    Ai, ai… Dá uma preguiça….

    Enquanto não “cair a ficha” de que o antipetismo, ou melhor, a reação ao “sinistro projeto de poder petralha” é uma subideologia cerebrinada desde 2005, vao ficar apontando o dedo pra um, pra outro achando que estão pegando de surpresa.

    Ora, eles estão na frente: encontraram (criaram) o “boi de piranha”, um “bode expiatório”; podem fazer qualquer coisa, quem se opuser é “petista”.

    O arranjo da nova república era esse: forças populares fazendo figuração, e os “Direitos” sendo secretados pela cara do cliente.

    O Professor WGS está sentindo “Fedor da força bruta”, não é á toa: ele em idade suficiente pra saber que está falando de gente que não aceita perder; que quer mandar “de qualquer jeito”.

    Esse pessoal do direito sabe é de inciso, artigo, alínea e paraágrafo. A “tioria”política deles é de jornal e revista… ou de sauna!

     

    PS: não deixa de ser bem feito: distribuiram diplomas de mestres e doutores pra esses bestas, agora eles falam de sociedade e politica por cima, com “apoio” da midia, e com salários até maiores, hahahah!

    Palermas, rsrsrs.

  2. bem por aí mesmo, Lucinei…

    assim como já louvaram os feitos dos militares, louvarão os da lava jato…………………………..

    pediram a prisão de Lula só pra isso

    prisão, pequenos focos de revolta popular, muitos que serão chamados de maus brasileiros que ameaçam a ordem e o progresso, muita porradaria, muitos sendo retirados para depoimentos, para logo em seguida a mídia poder celebrar a pacificação do país

    e podem ter certeza de uma coisa, já estamos sendo vigiados o tempo todo, mesmo sem a lei do Fux

  3. E ainda acreditam que há boas

    E ainda acreditam que há boas intenções em quem quer aprovar essa “lei”,

     

    o que querem é que seja limitado aos suspeitos de sempre, esses não têm voz, quem propaga fake news e manipula é a midia carcomida, exemplos abundam, mas o único que foi encarcerado foi um jornalista que falava mal do mineirinho, esse santo, e o único conduzido pelos “conscios” e “democratas”, foi um blogueiro, dito “sujo.

  4. Os golpistas estāo armando
    Os golpistas estāo armando toda uma estratégia baseada na censura, no medo e na repressāo para que se perpetuem no poder….não tem sido diferente em paises que foram alvo desse tipo de golpe de estado apoiado por interesses americanos, Judiciário, midia, e outras Instituições convertidas em organizaçőes criminosas a serviço de elites do atraso: somos mesmo uma republiqueta de bananas.

  5. Nova Lei para garantir cumprimento de leis anteriores

    È comum na legislação brasileira criar novas Leis para se sobrepuser a outras que, por falta de prática ou por fissuras encontradas por advogados espertos, não conseguem ser corretamente (e rapidamente) aplicadas. Apenas na Legislação Tributária, como protesto, um advogado de MG publicou um livrão de 7,5  oneladas e mais de 41 mil páginas.

    O Brasil está extremamente judicializado e acredito que seja para garantir mercado a mais de um milhão de advogados (além de mais de 3 milhões de bacharéis). O sistema de justiça existe para dar emprego a colegas. Um advogado de cada lado da mesa e um colega togado dirigindo a partilha do butim, enquanto depenam o coitado que foi até lá a pedir justiça.

    • mais assustador que isso, só nossos representantes…

      uma representação que nunca reformou nada

      O Brasil é uma piada. E quando não, passa a ser um “faz de conta” até a chegada de um novo governo

      único país em que não são as leis que reformam a sociedade, muito pelo contrário,

      é a sociedade que reforma e multiplica as leis (chegando a quase 100 mil)

      E o que dizer do Direito e da Constituição?

      nas mãos do Judicário atual, duas merdas que apenas exprimem o ideal ou como tudo deveria ser

      e nunca foi

  6. Não é Fake News é Fuck em “nóis”.

    O mais surpreendente é o tal de:

    “…..daqueles que estiverem em flagrante delito, se preparado para cometer esse tipo de estratégia deletéria”.

    Parece até o assunto do filme “Minority report”, ou seja, querem introduzir a noção do pré-crime.

    Vão utilizar para isto mães de santo ou as “professias” de pastores evangélicos para saber a priori quem estiver se preparando para fazer qualquer coisa.

  7. “Fuck the News” não é coisa nossa

    Esse combate já se alastrou no mundo dito livre e civilizado e que não é mais nem uma coisa nem outra.  Trata-se de, sob disfarce, implantar a censura, silenciar dissidentes. República de Bananas? Tem umas melhorzinhas, outras piores. Mas todas são nesta maldita ordem mundial. Acho até que o Brasil, sob completo domínio, até demorou para cumprir tal determinação,  que não visa, ao meu ver, interferir no processo eleitoral, usado apenas como pretexto.  Afinal, quem tem a chave das urnas eletrônicas não precisa dessa “artimanha”.

  8. Os golpistas sabem
    Os golpistas sabem que o periodo da campanha eleitoral, embora jå encurtado de forma a impedir o debate, continuará sendo um risco para eles. Antes do golpe, tempo de eleiçāo era um tempo de exercīcio da democracia e havia espaço razoåvel, garantido por lei, para o contraponto, de forma que a Globo nāo cantava de galo no terreiro, uma vez que tinha que dividir o espaço das discussőes com as redes sociais: por isso nāo elegeu Aėcio Neves, seu candidato, tendo que engolir mais uma vitória da candidata de Lula.

    A democracia derrotou a Globo e seu candidato que, atravės de um golpe de estado, assumiram o poder…..e nāo conheço regime golpista que tenha durado menos de 20 anos, o que conseguem sufocando os direitos do cidadāo.

    Com essas investidas de Fux, då pra ver que os Irmāos Marinho nāo querem perder o controle da narrativa golpista lavajateira, sendo que outra estratégia desse sofisticado golpe que atua em vårias frentes, ė silenciar Lula, sonho este acalantado pela Globo há décadas, uma vez que o povo o escuta e o entende, o que nāo é aceito pela turma do Fifagate.

    Nāo nos esqueçamos de que tempos atrás o STF tornou dispensável o diploma de graduação para o exercício da profissāo de jornalista, o que se subtende que, qualquer cidadão pode atuar como jornalista e, sendo-o, que critėrios serāo adotados para cassar os direitos de um blogueiro como Eduardo Guimarāes que, apesar de nāo ser jornalista graduado ė jornalista de fato e de direito, o que ficou reconhecido após sua desastrada conduçāo coercitiva quando Moro, dentre outras desculpas sem sentido, alegou que a prisāo era para que o jornalista revelasse sua fonte.

    Blogs que difamam, como o da Veja, da Folha, e outros como o Antagonista, serāo alvo de perseguiçāo por parte das malas togadas? Ou serå que somente para blogs chapa-branca como estes valerå a liberdade de expressāo e do exercício do jornalismo? Como todas essas idėias importadas dos EUA – vide Lei da Delaçāo – aqui sāo pioradas para atender aos interesses dessa elite do atraso, a da Fake News năo fugirå a esta regra.

    Cadê os aguerridos defensores da liberdade de expressāo, que abundavam em tempos em que se exigia republicanismo por parte de Lula e Dilma…alô Arnaldo Jabor
    ….alô Carmem Lúcia…alô Aires Brito…kd vcs?

    Kd aquela turma que, diante de qualquer sinalizaçāo de debate sobre a democratização dos meios de comunicaçăo ou atė mesmo de leis como a do Direito de Resposta, sacava da cartola frases de efeito do tempo da Guerra Fria: stalinistas nāo passarāo!!!

    Hummmmm…. haja hipocrisia

  9. Fux lança o conceito do fuck-the-news para amordaçar blogosfera

    outra noite por aqui conversava em como fariam para fechar o regime com relação a Internet. fuck-the-news já teve sua idéia estúpida…

    até caberia comentar, ainda mais uma vez, que Luiz Fuck-the-news foi um dos 13 capas pretas do STF indicados pelo Lulismo. muito embora fazer isto fosse de novo me repetir, ainda assim a repetição se faria necessária.

    contudo, não vou fazer isto…

    a cada tacada, seja na Petrobrás ou no Judiciário, os golpistas provam que sua ganância e arrogância são tão desmesuradas quanto sua incompetência. a desestruturação promovida é total. como vão gerir tal caos? se mal consegue cuidar da própria saúde!

    talvez o que estejamos passando já estivesse decidido há muito e muito tempo. em cada uma das modernizações conservadoras, das revoluções palacianas, das transições tuteladas, dos pactos entre a elite, do reformismo sem reformas, das conciliações permanentes, da hegemonia às avessas…

    em cada momento da História em que o Brasil traiu a si mesmo na cínica suposição que o acerto de contas seria indefinidamente adiado.

    olhai para o Irã.

    seriam mesmo mais uma vez os Demiurgos da CIA fazendo o parto de mais uma bastarda “primavera dos povos”?

    ou as causas do levante do povo iraniamo devem ser principalmente escavadas das raízes de uma teocracia assassina, cuja origem, aí sim, se deu por condições forjadas via as catastróficas intervenções do Império?

    afinal, quem pariu quem? a verdade é que a CIA pariu o fundamentalismo dos aiatolás.

    o que está sendo parido no Brasil?

    vídeo: Argo

    [video: https://www.youtube.com/watch?v=6Ym_zikybGk%5D

    .

    • está sendo parido o mesmo de sempre…

      o capital, mesmo que simbólico, mais valioso para a mídia e para os políticos em tempos de  conscientização das massas revoltadas ou de resistências, a credibilidade……………….

      algo que a mídia sempre soube muito bem como produzir ou destruir

      já produziu a dela, como foi possíver ver no tal junho/2013, e agora quer destruir a nossa com esta babaquice de fake news

      • única dúvida até o momento…

        é se o nosso povo merece ou não qualquer tipo de reação fora do padrão brasileiro………………………

        porque se sacrificar por quem não merece é o mesmo que jogar conforme eles, da mídia e do judiciário, jogam

      • Fux lança o conceito do fuck-the-news para amordaçar blogosfera

        -> como foi possíver ver no tal junho/2013

        a análise dos atuais protestos no Irã são uma excelente oportunidade para, mais uma vez, demonstrar como não tem o menor fundamento na realidade considerar este tipo de protesto como criação artificial da CIA, assim como no caso de Junho de 2013 no Brasil.

        os dados sócio-econômicos mostram claramente como há fundamento concreto no Irã para haver protestos.

        o que não implica em não estar havendo interferência de diversos agentes políticos, inclusive CIA, para amplificar e direcionar os protestos.

        .

  10. Fux legisla em causa própria,

    Fux legisla em causa própria, sem dúvida nenhuma. Inclusive acredito que o caminho para entender sua preocupação com fakenews está naquela nota do Janio de Freitas, que alerta que Cunha pode estar se preparando para colocar o judiciário na roda.

    Como Nassif falou aqui no post, é só ir ligando as peças: Cunha-Cabral-Sveiter e quem sabe cheque mate, Fux! Está aí um belo xadrez para a famosa série do GGN.

    PS: A jogado do Fux para proteger seu rei é evidentemente fazer acordos com o pig para que essa lama do Cunha não chegue nas barras de sua toga.

    Mas aí tem a blogosfera. Sem problema, encarcera todo mundo Nassif, cafezinho, Tijolaço, PHA porque são a gangue do fakenews se preparando para manchar a imagem imaculada do supremo topetudo

  11. Os três poderes estão criando

    Os três poderes estão criando um outro país no mesmo território nacional, e o povo continua caladinho.

    A  vasilina é um produto parecido com as relações que vamos ter com essa safadeza incontrolável.

    No dia que as pessoas compreenderem o tamanho das medidas que esses corruptos estão colococando entre elas, não adianta mais a gritaria; toda gente vai entender porque eles aprovaram, para todos os níveis, a ideologia de gênero. 

     

  12. Fux lança o conceito do fuck-the-news para amordaçar blogosfera

    Caros Senhorxs, e em especial ao Editor-Chefe Luis Nassif,

    olhai para o Irã!

    Iran’s cyber war over 48 million smartphone users was sparked by protest demos

    Tehran’s Internet shutdown, its doomsday weapon for breaking up the new year’s anti-government protests, was routed with astonishing speed.

    Before the eruption of this upheaval, Western intelligence agencies had ranked Iran as the sixth cyber power in the world after the US, Britain, China, Russia and Israel.

    But when every second Iranian holds a smartphone complete with apps in his pocket, totally shutting down social media communications proved beyond the powers of the regime’s cyber experts last week. They tried and failed to block Iran’s most popular Telegram app, which has 40 million users, in order to disrupt communications among the protest rallies.

    .

     

  13. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome