Placa #Mansão dos Marinho Paraty aparece em link ao vivo da GloboNews

Jornal GGN – Um manifestante aproveitou um link ao vivo da GloboNews para levantar uma placa onde estava escrito #Mansão dos Marinho Paraty. O câmera tentou evitar que a mensagem ficasse mais tempo no ar, fechando o enquadramento no rosto da repórter que passava a notícia, mas o estrago já estava feito. O vídeo se tornou viral nas redes sociais.

Essa, pode-se dizer, foi a primeira vez que a Globo transmite alguma informação sobre o imóvel construído em área ambiental e que está em nome da Agropecuária Veine Patrimonial que deu, como endereço, a sede da empresa do genro de João Roberto Marinho.

Fórum

‘Mansão dos Marinho’ em Paraty aparece pela primeira vez na GloboNews

Em meio à cobertura da nova fase da operação Lava Jato e da condução coercitiva do ex-presidente Lula, manifestante invade link ao vivo da GloboNews com cartaz sobre mansão que não foi noticiada pela emissora; “Globo golpista”, sussurrou no ouvido da repórter. Confira o vídeo

Por Redação

Uma cena inusitada vem ganhando notoriedade nas redes sociais em meio à enxurrada de informações relacionadas à nova fase da operação Lava Jato e à condução coercitiva para depoimento no ex-presidente Lula na Polícia Federal.
No Congresso Nacional, uma repórter da GloboNews fazia um boletim ao vivo, no início da tarde desta sexta-feira (4), sobre o depoimento de Lula quando foi surpreendida por um manifestante que apareceu na imagem segurando um cartaz com os dizeres “#Mansão dos Marinhos Paraty”, em uma referência ao imóvel, supostamente ilegal, e que está sendo investigado pelo Ministério Público, que pertenceria aos donos do Grupo Globo – assunto que, até agora, não foi noticiado pela emissora [Entenda mais sobre a questão aqui].

Leia também:  Escândalo à vista: SECOM promete ajudar sites de fake news a superar queda em publicidade

Constrangida, a repórter Marina Franceschini olha para o lado, ao que o manifestante se debruça sobre seus ombros e sussurra: “Globo golpista”.

Assista:

 

 

(function(d, s, id) { var js, fjs = d.getElementsByTagName(s)[0]; if (d.getElementById(id)) return; js = d.createElement(s); js.id = id; js.src = “//connect.facebook.net/pt_BR/sdk.js#xfbml=1&version=v2.3”; fjs.parentNode.insertBefore(js, fjs);}(document, ‘script’, ‘facebook-jssdk’));

GLOBO GOLPISTA AO VIVO!Manifestante dá o recado AO VIVO em transmissão da Globo News! “Globo golpista!” – e a mansão dos Marinho em Paraty agora apareceu até na Globo!#PovoComLula#AgoraÉrua#Lula#PT

Publicado por PT na Câmara em Sexta, 4 de março de 2016

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

6 comentários

  1. Bom não esquecer disso também…
    PÓS-MANDATO – FHC pede a empresários ajuda para ONGEm jantar, presidente diz que vai precisar de contribuições para manter Instituto Fernando Henrique Cardosohttp://www1.folha.uol.com.br/fsp/brasil/fc0711200227.htm GUILHERME BARROSEDITOR DO PAINEL S.A. Em jantar com a presença de 12 presidentes de grandes empresas do país realizado na segunda-feira no Palácio da Alvorada, o presidente Fernando Henrique Cardoso expôs, durante quatro horas, como irá funcionar o Instituto Fernando Henrique Cardoso, já batizado de IFHC, a ONG (organização não-governamental) que irá presidir quando deixar o governo, a partir do ano que vem.No jantar, a Folha apurou que Fernando Henrique Cardoso disse que irá precisar da contribuição dos empresários para manter o instituto. Ele afirmou que será criado um fundo específico para cuidar das finanças da ONG. Muitos dos empresários presentes ao jantar já deram uma contribuição inicial para o instituto.Estiveram presentes ao jantar, entre outros, Lázaro Brandão (Bradesco), Pedro Piva (Klabin), Benjamin Steinbruch (CSN), Emílio Odebrecht (Odebrecht), Jorge Gerdau Johannpeter (Gerdau), Kati Almeida Braga (Icatu), David Feffer (Suzano) e Ricardo Espírito Santo (grupo Espírito Santo).FHC explicou aos empresários, de acordo com o que a Folha apurou, que o seu instituto irá organizar palestras, cursos, receber convidados ilustres de fora do país e ainda cuidar de viagens ao exterior de Fernando Henrique Cardoso.Será através dessas atividades que o instituto pretende se manter financeiramente. FHC informou que o instituto terá um conselho deliberativo em sua estrutura, à semelhança do instituto criado recentemente pelo ex-presidente americano Bill Clinton.O IFHC também irá cuidar do arquivo e do levantamento da história dos oitos anos do governo Fernando Henrique Cardoso. O objetivo será o de preservar a memória desses oito anos de governo.Depois desse trabalho, Fernando Henrique Cardoso disse aos empresários que irá doar o arquivo para a USP (Universidade de São Paulo).O instituto irá funcionar numa área de 1.600 metros quadrados no sexto andar do Edifício Esplanada, no centro da capital paulista, onde funciona o Automóvel Clube de São Paulo.Segundo a Folha apurou, os empresários receberam de forma bastante positiva a exposição de como irá funcionar o Instituto Fernando Henrique Cardoso. Todos manifestaram disposição de apoiar a criação do instituto.Segundo um dos empresários presentes ao jantar, apesar de ser uma idéia nova no Brasil, a criação de institutos presididos por ex-chefes de Estado é normal nos países desenvolvidos, principalmente nos Estados Unidos. Em todos esses casos, o chefe de Estado também conta com o apoio da iniciativa privada para levantar seus institutos.Nos últimos meses, o presidente Fernando Henrique Cardoso tem recebido sondagens para participar de diversos organismos internacionais, além de grandes fundações empresariais.Uma das empresas que manifestou interesse no passe de FHC foi a estatal francesa EDF (Electricité de France), que é dona da Light no Brasil. De acordo com o que a Folha apurou, a EDF cogitou a possibilidade de convidar FHC para ocupar um cargo de prestígio na sua fundação, que é mais voltada para o meio ambiente.Além do instituto, FHC já acertou outros compromissos quando deixar o governo. Ele será presidente de honra do Clube de Madri, deverá ter um cargo de destaque na ONU (Organização das Nações Unidas), além de ser professor visitante de várias universidades, entre elas Harvard.O jantar de segunda-feira foi apenas o primeiro de uma série de encontros que FHC está agendando com empresários e grandes executivos do país para mostrar como irá funcionar o seu instituto.De acordo com o que a Folha apurou, dois jantares já estão programados para as próximas semanas. As listas dos convidados ainda estão em fase de elaboração. 

  2. o cara poderia ter gritado

    o cara poderia ter gritado lobo golíta,  mas seria deselegante…

    prova de que militante inteligente tb pode agir elegantemente e

    conseguir talvez maior eficiencia , já que deixou claro no post o que ele disse,

    para esclafrecer porventura quem não viu o cideo duas vez, pélo menos e não fez leitua labial….

    no mínimo, hilário…

    poderia ocorrer mais vezes,não?…

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome