Recado do Nassif: as passeatas, o pacote Moro e o antiiluminismo da mídia

A quem pretendem enganar? Aos leitores bem informados, que têm filtro e acesso ao oceano de informações da Internet, e que deveriam ser seu público preferencial? Não e por aí. Ou a horda dos linchadores?

Entrou-se em uma era da civilização e da comunicação no qual as redes sociais jogam a sociedade na Idade Média, ao eliminar qualquer forma de mediação e qualquer respeito ao conhecimento científico – dentro da lógica de abolir todas as hierarquias.

A única forma de diferenciação da mídia deveria ser encarnar o espírito científico, o conhecimento especializado contra a barbárie.

Aí os jornais experimentam esse caminho, depois de décadas do mais puro obscurantismo. Mas a tentação de conquistar o leitor gado, para propósitos políticos, é irresistível. E toca a incensar o tal pacote anticorrupção do Ministro Sérgio Moro, um plano de segurança que atropela todos os estudos sérios sobre políticas de segurança. Pela cobertura da Globonews, as manifestações não pediram o fechamento do STF (Supremo Tribunal Federal) ou do Congresso, mas apenas defenderam Sérgio Moro e Paulo Guedes.

A quem pretendem enganar? Aos leitores bem informados, que têm filtro e acesso ao oceano de informações da Internet, e que deveriam ser seu público preferencial? Não e por aí. Ou a horda dos linchadores?

É evidente que o objetivo não é o plano medieval de encarceramento em massa defendido por um ex-juiz dotado de escassa formação intelectual e de baixíssimo conhecimento na área de segurança: é preservá-lo como exército de reserva político. Mesmo enganando os leitores, conferindo a Moro o brilho da luz do abajour lilás, ocultando sua falta de conhecimento e de brilho. O curto período de Moro, como Ministro, já revelou que a sombra que projeta é imensamente superior ao seu tamanho real.

Mas Globo e companhia, alvos maiores da malta que elas próprias ajudaram a colocar nas ruas, não resistem a dar mais carne às hienas, que já não obedecem às suas vozes de comando.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

12 comentários

  1. A Globo tem um objetivo : que a capitalização passe e assim beneficie os únicos anunciantes que não tiveram um centavo de prejuízo nesses 5 anos: os bancos. Se isso custará a destruição social do pais pouco importa. E se tudo der errado os civittas já mostraram o caminho : ir pro aeroporto e desfrutar no exterior os bilhões de dólares que dispõem.

  2. GLEISI: MÍDIA ESCONDEU O CARÁTER FASCISTA DOS ATOS PRÓ-BOLSONARO
    -“Os atos de hoje não se comparam aos do dia 15 em adesão, mobilização e capilaridade. Muito vácuo nas ruas. A mídia apresentou como apoio às reformas. Foram contra a democracia, contra a educação, contra os direitos do povo e pela intervenção militar. Bolsonaro não intimidará com sua tropa”

    https://www.brasil247.com/pt/247/brasil/394667/Gleisi-m%C3%ADdia-escondeu-o-caráter-fascista-dos-atos-pró-Bolsonaro.htm

  3. NÃO SE BRINCA COM O FASCISMO,NÃO SE RI DO FASCISMO,ELE MENTE,PERSEGUE ,TORTURA, MATA E TEM DINHEIRO PRA TORRAR EM MANIFESTAÇÕES PROFISSIONAIS COMO COMENTEI A POUCO NO TIJOLAÇO: “Tudo isso triplica a necessidade de ocuparmos as ruas e deve levar as centrais sindicais e movimentos sociais a certeza de que a água bate na bunda e ela é gelada.
    A mídia e os politicos somente creem em multidões mesmo organizadas por profissionais como ontem e só DEUS sabe quem pagou aquilo tudo.Foi um ato organizado personalizado e temeroso.”

  4. Sem contar que, após o “acordo” entre o diretor globalístico e o bolsonárismo, na reunião da semana passada, a tal globo mudou radicalmente o seu discurso: ontem, deu nojo, ouvir os comentários que, sem explicitamente dizerem do sucesso, alardeavam o sucesso da mixórdia por todos os poros. Então, como só faltava ela a “endeusar” os demônios, voltamos a “estar tudo dominado” e na “santa-paz-dos-cemitérios”. A RBS e a sua igual (mas, agora, com outro nome – o que cheira muito mal) NSC, então, são papadas e papadas e circunlóquios tentando “inventar-o-indizível”: pobre país de merrecas.

  5. A mídia é apontada negativamente tanto pela esquerda como pela direita. Obviamente por motivos singulares, mas formam uma unanimidade algo bizarro. O que diria Nelson Rodrigues?

  6. A mídia é apontada negativamente tanto pela esquerda como pela direita. Obviamente por motivos singulares, mas formam uma unanimidade algo bizarro. O que diria Nelson Rodrigues?

  7. Tinha meia dúzia de gatos pingados nessa tentativa de manifestação. Só serviu para mostrar como o apoio da população está cada vez menor. Bolsonaro não dura até o fim do ano.

  8. Olhemos para os quadros da realidade das manifestações : salvo engano, não vi um negro ( ou negra , índios, etc, só coxinha, madames. Olhem para as fotos! Estava mais fácil achar o Queiroz lá! É, só mostrar que tudo foi financiado pelas oligarquias fascistas e escravocratas, pela própria reivindicacão. Acalmem-se, pois a batata deles continua fritando

  9. Os ataques da direita à imprensa é recente. Quando o alvo dos linchamentos midiáticos eram apenas o Lula e os demais petistas, a direita incensava os meios de comunicação.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome