Veja continua (inacreditavelmente) pautando a mídia

Nos anos 2.000, a Folha cometeu o maior erro estratégico da sua história moderna, indo a reboque da revista Veja. Não apenas ela, mas os demais veículos.

Dias desses cruzei com o diretor de redação de uma grande publicação, ferozmente anti-governo. Sem que o provocasse, comentou comigo que Veja não faz jornalismo.

Ou seja, mesmo na frente-mídia montada em 2005, o jornalismo de Veja é motivo de vergonha, a maneira como ideologizam qualquer besteira, o fato de não ter a menor preocupação em se ater aos fatos.

Ou seja, o padrão Veja ajudou a desmoralizar o jornalismo como um todo, lançou ao descrédito todos os grupos de mídia. É só conferir o desafio gigantesco da  Folha para recuperar a imagem perdida, tendo que “explicar” aos leitores qual sua posição e qual a dos colunistas.

Aliás, a posição de um jornal não é o que sai nos editoriais (de baixa leitura) mas na cobertura diária.

A repercussão dada ao factoide da Veja desta semana – tratando como escândalo o suposto conhecimento prévio, pelos convocados da CPI da Petrobras, das perguntas que seriam formuladas, beira o ridículo. Escândalo é continuar se valendo de instrumentos de espionagem, mantendo o padrão que, na Inglaterra, levou jornalistas à prisão, e por aqui continua sendo totalmente tolerado.

Ontem um amigo me ligou dizendo que o Jornal Nacional dedicou quase dez minutos de cobertura. O efeito-manada faz com que Estadão e Folha vão atrás.

Não adianta. Mesmo com o Instituto Millenium, com o fórum da ANJ, com os consultores midiáticos, a mídia padece de uma ausência total de visão estratégica. Não tem o menor cuidado ao se misturar com a lama.

Leia também:  Crise argentina: greve geral e visita de Bolsonaro nos jornais brasileiros

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

133 comentários

  1. Desculpa aí Nassif, mas a

    Desculpa aí Nassif, mas a essa altura do campeonato não se pode mais falar em erro, mas sim em escolha.

      • O importente  é “anunciar e

        O importante  é “anunciar e denunciar”.

        Marxista (não existe esquerda não marxista no Brasil) não refuta o argumento pq ele sabe que já perdeu o debate, pq terá que assumir as premissas da lógica burguesa (escolástica), o que ele faz, ele denuncia a origem do agente, um polilogismo, ou seja a origem do agente(burguês, judeu, rico) determina a validade da sua argumentação. 

         

      • Não vamos criticar a vinda dos leitores da veja

        Eu acho muito positivo quando “vejo” os leitores da veja nos blogs sujos. Isto indica que eles estão fazendo outras leituras. Triste é quando ele está preso somente a esta revista. Eu sou um otimista. “Água mole em pedra dura, tanto bate que até fura”.  A partir daí, o cabeça dura começa a ter uma outra visão.

    • Sabe nada, inocente.

      Aliança,

      o que você realmente está vendo no vídeo?

      Pessoas se preparando para um depoimento em uma CPI?

      Você crê que poderia ser diferente?

      A oposição que estivesse presente e fizesse seus questionamentos, se optou por não camparacer à sessão, abriu mão de questionar.

      Que ninguém nos ouça, Aliança, mas, CPI é jogo político.

      Crime mesmo, aqui, só o próprio vídeo. Invasão de privacidade, artigo 154 do Código Penal.

    • Putz!!!! vc acredita mesmo

      Putz!!!! vc acredita mesmo nessa palhaçada? Mais uma de VEJA?

      Pensei que vc fosse mais inteligente!

      Vc nunca participou de uma audiência com um juiz?

      Como réu ou não… há sempre um ensaio com o advogado… sempre atento ao que o juiz vai perguntar.

      Parece até armação do PSDB/DEM… por que será que eles não indicaram ninguém pra participar da CPI?

       

  2. Melhor esquecer, essa “grande” mídia é coisa do passado.

    Não leio mais os “grandes” jornais e a tal revista, há muito tempo. Procuro nem ler as manchetes. Não vejo televisão e me sinto muito mais próximo da realidade do que a maioria dos que estão a minha volta e lêem a grande mídia. Por que será? Me informo através de blogs e páginas de notícia. Essa “grande” mídia é um caso perdido, o último que sair apague a luz!

  3. .Estratégia,montada  com um

    .Estratégia,montada  com um único objetivo:manter-se  no “negócio” sem sobressaltos.Entenda-se por “negócio”,o leque  de  negociatas  que  jornalistas e empresários do setor  sem escrúpulos empenham-se  para perpetuar a cornucópia e afastar os riscos  de uma lei  de meios.

     

    A “máfia  milanesa” da Abril, escolheu a VEJA  para exercer seu  jornalismo tramontano e aguarda  ansioso o leilão ideológico de outubro para fixar a cotação  do seu “produto”…   

  4. Dadá vive.

    A Veja quer nos fazer crer que CPI é prova de vestibular ou concurso público?

    As perguntas e as respostas já estavam combinadas? Nossa!

    Fico imaginando os políticos e jornalistas rindo de tal “escândalo”. Tomam-nos por idiotas. A única informação relevante nisso tudo é que o padrão Cachoeira-Policarpo continua atuante.

  5. Nassif, mas o material

    Nassif, mas o material apresentado é no mínimo curioso; e por isso deve ser investigado. Independentemente dos meios pelos quais as imagens tenham sido obtidas, se for comprovado que houve fraude, isso significa que 200 milhões de brasileiros foram sordidamente enganados.

    • Os brasileiros são e foram

      Os brasileiros são e foram SORDIDAMENTE enganados por estas publicações. E o Aeropórto de Cláudio ? Será que não dava uma matéria mais interessante?

       

      • Também acho, Lenita. Isso

        Também acho, Lenita. Isso tudo que está ocorrendo com o candidato mineiro tem que ser esclarecido.

        Veja em que situação estamos. Temos que escolher o candidato que seja “o menos pior”. Tarefa árdua e quase impossível. Quanto mais informações acerca dos candidatos surgirem, melhor para esta nossa empreitada. 

         

    • Fala aí, bacana. Qual a

      Fala aí, bacana. Qual a fraude?

      Espionagem é crime. Corromper funcionário público para espionar em nome de Veja, além de mal gosto, é crime. Especular contra o patrimômio público é crime. Fazer a gente perder tempo com essas bobagens não é crime, mas enche o saco.

      Por isso, defendo mais uns 50 anos de PT no poder para colocar esse país num outro patamar.

      Quero um país novo, moderno e educado, sem miséria, nem pobreza. Com gente fina, elegante e sincera. O paraíso na Terra, como sonharam os portugueses antes do descobrimento, e como descobriram os estrageiros que aqui aportaram na última Copa.

      Quero estar vivo para ver VEJA acabar por falta de gente burra para lê-la.

      • Qual a fraude? Bom, numa CPI

        Qual a fraude? Bom, numa CPI inquiridores recebem as “perguntinhas” que devem fazer, e inquiridos decoram o “gabaritinho”, se isso não é fraude, o que seria então? rs

         

          • Desde a primeirissima CPI nos

            Desde a primeirissima CPI nos Estados Unidos, TODAS elas eram fraude da direita.  Vi um historico delas uma vez, so nao sei onde esta, mas me lembro muitissimo bem da materia:  CPI eh fraude de direita.

        • Caro Russo

          CPI não é vestibular. CPI é como em um julgamento. Temos os advogados de Defesa, a situação no caso da CPI da Petrobrás e temos os advogados de acusação, a oposição, neste caso. As testemunhas que vão depor podem ser da acusação ou da defesa. Elas são orientadas por seus respectivos advogados ou promotores. No caso, os deputados da situação informaram qual perguntas seriam aplicadas e aí, as testemunhas trouxeram suas provas. Neste caso, parece que a oposição foi incompetente duas vezes. Primeiro, por não admitir as respostas das testemunhas. Segundo, incompetente em preparar as próprias perguntas para intimar estas testemunhas. Ou então, o mais provavel, a própria CPI é uma fraude, por que não há culpados nem nada para condenar. Aí, para continuar enrrolando a cena para a mídia fica se fazendo de denguinho. Duas estratégias, tentar abafar o verdadeiro escândalo que foi o Aecioporto e continuar batendo no PT, mesmo que só ingênuos como você acredite!

      • Gozado, parece que

        Gozado, parece que conseguiram do mesmo jeito as provas contra o Arruda (que aliás tem mais votos que o Agnelo, absurdo!), ou não foi?

        • Não entendi a ironia.

          Não entendi a ironia. Considero Arruda um safo, desde a época em que fugiu da raia e renunciou ao mandato, no caso do crime do painel.

          Se tem algum criminoso nesse vídeo ridículo, é o corrupto que aceitou o dinheiro de Veja, carregou a caneta e espionou a conversa. O sigilo entre advogado e cliente é inviolável ou não?

  6. Nassif, já disse aqui que a

    Nassif, já disse aqui que a sua fé na recuperação da Grande Mídia é louvável. NO entanto, já passastes da hora de se espantar com essas coisas. Como jpa comentaram aqui, é uma questão de escolha.

  7. O conluio é sempre contra o
    O conluio é sempre contra o PT- os quatro cavaleiros do apocalipse- Folha-estadão-fsp e veja- sempre articulam conjuntamente manchetes contra o governo e denuncias conta o PT-

  8. revista Veja e CPMI

    1- a questão é singela. trata-se de mero jogo político eleitoral.

    2- a CPMI que, a rigor técnico, equivale a uma delegacia de polícia não tem condão de formar juízo  criminal ou de responsabilidade civil.

    3- o que for dito pelos convocados, verdade ou mentira, se submeterá ao crivo  do ministério público, em um primeiro momento, e ao juízo federal em um segundo e realmente válido controle dos atos administrativos ou gerenciais da Petrobrás.

    4- ridícula a revista Veja e os demais  veículos pautados.o fato de conhecer antecipadamente as perguntas, per si, não tem qualquer valor jurídico ou serventia para o resultado final que será, tão somente, um relatório ao MPF que o acolherá ou não.

    5- o PSDB e a mídia que o adotou como seu instrumento político não servem, sequer, para delegado de polícia. não sabem o significado jurídico do que estão fazendo. ridículo, simplesmente.

    6-  como cediço,  não se trata de concurso público para ingresso em carreira do estado ou outro tipo de certame onde, à evidência, o sigilo das perguntas é obrigatório. 

  9. Toda e qualquer acusação de

    Toda e qualquer acusação de Veja contra o governo à priori é mentira.

    Se, por hipótese, essa fosse verdade, qual o crime? Toda pessoa com exposição pública faz midia training. Empresários, CEOS, políticos, donos de empresas de comunicação.

    Depois de meses de marcação cerrada, especulando contra a economia brasileira, a montanha pariu um rato. Morto.

  10. escândalo da revista do esgoto

    Não entendi a partir do título a pretensão dos escribas do texto em questão.Mesmo não dando nenhum credito ao conteúdo, estranhei mais ainda ver repercução em outros veículos .Escândalo? O investigado, testemunha, vítima, ou quem quer que seja ouvido numa CPI tem que desconhecer o que lhes será perguntado? É do rito legislativo?  É alguma imposição legal ? Conhecer a pergunta não possibilita respostta mais esclarecedora? O efeito pegadinha tão ao gosto de humoristas dos nossos tabloides tem algum valor no processo? Quem formula a  questão não é o responsável por ela? A resposta do inquerido não tem imposição legal de trazer a verdade ? O texto não trouxe nehuma contribuição para aclarar minhas dúvidas. Não conheci nenhum nome ligado a mal feito ou crime que pudesse parecer escândalo. Isto só me faz aumentar minha ojeriza pela imprensa nacional. Está faltando muito entre nós uma lei de mídia que regre  marginais que se vestem de jornalistas.

  11. A CPI da Petrobras se tornou
    A CPI da Petrobras se tornou extremamente perigosa para os demotucanalhas, onde se inclui a Veja. Na era até FHC foi onde aconteceram as grandes falcatruas e roubalheira aos cofres públicos, inclusive na Petrobras. Agora, como alguém já disse, tirando os babacas dos Home Simpsons do PIG,que se mastubam com a revista, uma enganação dessa não tem a menor importância para a sociedade. O tablóide não tem menor credibilidade para a maioria. Até mesmo os críticos do governo a consideram como a nota de três reais. Agora, realmente me impressiona como os outros tablóides disseminam essas asneiras de mentes doemtias.

  12. É DE ESTRANHAR AS ESTRANHEZAS

    estranho e muito quem estranha que os chamados a depor na cpi da Petrobras tenham conversado antes de obedecer a convocação e recebido informações de parlamentares tanto da base aliada como de pessoas de todos os setores do governo com algum tipo de informação ou envolvimento. primeiro, e não necessariamente em ordem de importância, o território da cpi não é exatamente um primor em relação a princípios ou fundamentos éticos básicos. segundo que mandar alguém aos leões só lá em Cascavel. pra delírio de veja et caterva bastaria um leve deslize – a Petrobras produziu, segundo um, 500 mil barris e outro falou 502 mil: aberto o buraco!

    mas fazendo de conta que veja é séria, deste tratamento poderíamos concluir que a publicação que é dos civita e do daniel dantas estaria a indicar um novo caminho para a justiça: processo e juiz seriam sorteados no início do expediente; advogados, de defesa e acusação, não poderiam ter contato prévio com as testemunhas, de defesa ou de acusação, que seriam sorteadas junto com processo e juiz. isso evitaria que no julgamento digamos daquela ação de acidente de trânsito o vizinho de um dos envolvidos recebesse do advogado da parte em questão informações sobre  que dizer e o que não dizer.

    enfim. veja só consgue fazer do rabo do cavalo assunto de segurança nacional pela existência de uma mídia calhorda, de um ministério público conivente e de um judiciário cúmplice. tudo embalado pela falta de uma lei de imprensa que o nobre Gilmar Dantas assassinou quando teve oportunidade.

  13. A Veja está apenas tentando

    A Veja está apenas tentando salvar a candidatura do Aécio.

    É uma questão de sobrevivência.

    O problema é que a repercussão, antes vital para esse tipo de picaretagem, hoje não acontece mais.

    Quem é que ainda vê JN nos dias de hoje? Acho que nem os editores da Veja…

    O mundo mudou. A mídia está morrendo. Ninguém acredita mais nela.

    Taí o caso do genocídio comandado por Israel, tratado como “legítima defesa” por essa  gente….

    Taí as estatísticas do manchetômetro que a desnudam completamente.

    Discutir a mídia nos dias de hoje quase não faz mais sentido algum.

    Eles lá.  A humanidade cá.

    Como água e óleo.

     

    • E a dívida da globo?

       Dar cobertura a veja em manchar o governo “ajuda´´ também o candidato dos sonhos da globo.Já pensou?

  14. Veja continua (inacreditavelmente) pautando a mídia

    Imagina, se até um Diretor de Redação de uma grande publicação, anti-governo, disse que a Veja não faz jornalismo; o que dirá o cidadão comum. Caberia os bons e eficientes jornalistas sérios desse meu país, se unirem contra esse tipo de publicação, seja em que meios forem, garanto que a sociedade aplaudiria. Sugiro até, quem sabe,  começar um debate pelas redes sociais. Jornalismo é para informar e não deturpar. Parabéns Nassif, você é um desses jornalistas exemplar, sou sua fã aqui e na TV.

  15. O Código de Processo Penal

    O Código de Processo Penal (art. 221,  § 1o) prevê a hipótese de perguntas formuladas por escrito para algumas autoridades.

    Isso dentro da própria ação penal, já com denúncia recebida pelo juiz, Situação bem diversa, em termos de gravidade e necessidade de ‘apuração dos fatos’, de uma CPI, mero procecimento político investigatório, cujo relatório final ainda será submetido à consideração da polícia judiciária, MP, etc, podendo, inclusive, ser totalmente  ignorado para fins penais.

    Sem mencionar que é praxe mais do que repetida o envio de perguntas escritas, por parte da defesa, ou, do próprio MP, para oitivas que são tomadas por carta precatória em outras localidades . Isso porque as vezes um ação corre no RJ mas a oitiva da testemunha é no Maranhão, por exemplo. Como o advogado não poderá estar presente, sendo nomeado um defensor dativo para a oitiva, a defesa envia as perguntas escritas que o defensor nomeado deverá fazer.

    Assim, nesses casos, perante testemunhas depondo já em uma ação penal, a testemunha que irá depor já conhece antecipadamente o teor das perguntas que a defesa daquele acusado fez a ela.

    Art. 221. O Presidente e o Vice-Presidente da República, os senadores e deputados federais, os ministros de Estado, os governadores de Estados e Territórios, os secretários de Estado, os prefeitos do Distrito Federal e dos Municípios, os deputados às Assembléias Legislativas Estaduais, os membros do Poder Judiciário, os ministros e juízes dos Tribunais de Contas da União, dos Estados, do Distrito Federal, bem como os do Tribunal Marítimo serão inquiridos em local, dia e hora previamente ajustados entre eles e o juiz.  (Redação dada pela Lei nº 3.653, de 4.11.1959)         § 1o  O Presidente e o Vice-Presidente da República, os presidentes do Senado Federal, da Câmara dos Deputados e do Supremo Tribunal Federal poderão optar pela prestação de depoimento por escrito, caso em que as perguntas, formuladas pelas partes e deferidas pelo juiz, Ihes serão transmitidas por ofício.

  16. Curto muito a parte do “Ontem

    Curto muito a parte do “Ontem um amigo me ligou dizendo que o Jornal Nacional dedicou quase dez minutos de cobertura. “

     

    Uai mas tem que vir “um amigo” pra avisar o que passou no Jornal Nacional? Você não assistiu? Não é o maior jornal do país? Não deviamos estar todos ligadinhos nesta maravilha jornalistica?

     

    Não estamos.

     

    (muita gente ainda está, eu sei. Mas DRASTICAMENTE menos do que era)

    • E nas redes sociais…

      E com um agravante dessa vez: nem nas redes sociais o assunto repercutiu!

      Foi acho que só vi algo relacionado no Twitter. E mesmo assim muito pouco.

  17. Essa midia chegou num ponto

    Essa midia chegou num ponto sem reotrno, é dai para pior, vão novamente procurar um escandalo que elve a eleição para o segundo turno, mais uma vez, esses não se regeneram, só vão sossegar quando conseguirem que um lacaio se sente na cadeira novamente, depois daquela manchete no dia da abertura da copa identicas em ambos panfletos, só acredita que realmente quer acreditar.

  18. Ok a revista é
    Ok a revista é tendenciosa.
    Mas é algo a ser tido como normal que pessoas que seja inqueridas em umaCPI tenha acesso as perguntas e acessoria para responde-las?
    Acho tão grave quanto a linha tendenciosa da revista, relativisar algo dessa natureza apenas porque quem o denuncie seja um veiculo mal visto dentro de determinada corrente ideologica.
    Os fatos procedem?
    se procedem sao normais ou aceitaveis?
    Sao as perguntas que fica para que o tempo responda…

    • Não sei se isso aconteceu,

      Não sei se isso aconteceu, mas acho perfeitamente normal. CPIs são antes de tudo políticas e tem os parlamentares que atacam e os que defendem. Os deputados e senadores da oposição podem fazer perguntas que não estão no script da situação, mas parece que não estavam preparados para isso.

    • Não sei se isso aconteceu,

      Não sei se isso aconteceu, mas acho perfeitamente normal. CPIs são antes de tudo políticas e tem os parlamentares que atacam e os que defendem. Os deputados e senadores da oposição podem fazer perguntas que não estão no script da situação, mas parece que não estavam preparados para isso.

    • É de morrer de rir.
      A oposição, com o Senador Aécio e tudo tomou uma bola nas costas?
      Deixou os governistas combinarem o jogo com os “russos”?
      E os caras ainda tornam isso público.

    • Claro que é. Interrogatório

      Claro que é. Interrogatório não é uma sessão de pegadinhas. Até em processos judiciais as perguntas, tanto às partes, quanto às testemunhas e peritos  podem e devem ser de conhecimento prévio de todas as partes.

    • Leônidas, se você quiser

      Eu reviso o texto dos seus comentários antes de você postar. Fica feio um membro da Direita escrever tão mal assim, já que a alta formação acadêmica e intelectual sempre foi um dos maiores orgulhos da Direita.

      • Não obrigado

         deve haver algum blog sobre gramatica e correçao de texto onde seus serviços sejam necessarios

        aqui o assunto é outro ou seja é politica,  até que lhe peça algo tente só ajudar quando lhe chamarem ok?

        rsrsrsrs

    • CPi não como essas delegacia

      CPi não como essas delegacia que recebe pobre em que o delegado vai logo metendo a mão da mesa, quanto não cara do sujeito, acusa do que o cara nem sabia do que se tratava e só pode confessar o que o delega quer. É de um outro nível de civilidade. Estão reunidos apenas debater o possível problema e arranjar possíveis soluções. Embora não seja o caso, mas se fosse caso de roubo, isso já foi e nada fará voltar atrás.

    • CPI???? TEM CERTEZA QUE A INTENCÃO É INVESTIGAR??

      Esta CPI é palanque eleitoral. Desde quando uma estratégia errada vai ser considerada crime. Se um presidente de uma empresa privada não der lucro para a empresa que dirige, ele deve ser preso? Ou demitido? Ora bolas !!!! Quem desejou a CPI foi a oposição. Ela estava lá? Ela está querendo envestigar? Eles combinaram as perguntas com a oposição também? Não!! Ela sabe que não vai dar em nada, pois não foi crime. Pode ter sido incompetência.  Todos sabem que não há crime. Tanto é que os parlamentares da oposição não estão nem aí para a CPI. Eles poderiam estar lá fazendo perguntas. Então,os parlamentares aliados ao governo, também  usaram a CPI como palanque eleitoral. Pura estratégia política. E é uma ótima idéia. Espero que façam bastante comparação com o governo do FHC.

      Vergonha não é eles terem combinado uma estratégia política para uma pseudo-CPI. Vergonha é a oposição não estar lá para perguntar. E mesmo quando estão e fazem perguntas, não ficam para ouvir a resposta.

    • CPI???? TEM CERTEZA QUE A INTENCÃO É INVESTIGAR??

      Esta CPI é palanque eleitoral. Desde quando uma estratégia errada vai ser considerada crime. Se um presidente de uma empresa privada não der lucro para a empresa que dirige, ele deve ser preso? Ou demitido? Ora bolas !!!! Quem desejou a CPI foi a oposição. Ela estava lá? Ela está querendo envestigar? Eles combinaram as perguntas com a oposição também? Não!! Ela sabe que não vai dar em nada, pois não foi crime. Pode ter sido incompetência.  Todos sabem que não há crime. Tanto é que os parlamentares da oposição não estão nem aí para a CPI. Eles poderiam estar lá fazendo perguntas. Então,os parlamentares aliados ao governo, também  usaram a CPI como palanque eleitoral. Pura estratégia política. E é uma ótima idéia. Espero que façam bastante comparação com o governo do FHC.

      Vergonha não é eles terem combinado uma estratégia política para uma pseudo-CPI. Vergonha é a oposição não estar lá para perguntar. E mesmo quando estão e fazem perguntas, não ficam para ouvir a resposta.

  19. Como é que Dilma está-se

    Como é que Dilma está-se preparando para os debates na TV? Com certeza, reune equipes setoriais de alto nível e ela lhe faz todas as perguntas possíveis e ajuda a elaborar as respostas. Se a equipe for competente, Dilma nunca será pega de surpresa por qualquer pergunta. Ou a oposição espera que ela vá aos debates sem nenhuma preparação?

    A mesma coisa ocorre na CPI,  uma armação da oposição com viés eleitoreiro. Se o governo se preparou, fez bem. Agora, nada impediu ou impediria que a oposição fizesse a pergunta que quisesse ou será que os oposionistas também repassaram as perguntas? 

    Ou seja: a Veja acusa o governo de fazer o que deveria realmente ter feito, defender-se! Pior é que o Aloísio vai, mais uma vez, tentar desmoralizar a justiça com litigância de má fé ao propor ação contra Dilma.

  20. Por favor, me surpreenda…..

    Veja? Que Veja? Revistga Veja? Existe isto?

    Pelo que sei, é um panfleto que alguns neo-liberais leem e depois é repercutido nos jornais de emissoras também neo-liberais, nada mais.

    Então………….

  21. Doutor Ulysses e doutor Tancredo pautando velha política…

    “A repercussão dada ao factoide da Veja desta semana – tratando como escândalo o suposto conhecimento prévio, pelos convocados da CPI da Petrobras, das perguntas que seriam formuladas, beira o ridículo.”

    “Em política, até raiva é combinada.” 

    Ulysses Guimarães

    (de cabeça fraca) Em política, somente depois que já está tudo combinado previamente entre partes apartes repartes tapas e beijos, instala-se, com pompa e manchete, uma comissão… 

    Tancredo Neves

    [… e quem souber melhor (das frases) que conte outra!]

  22. Perguntas e respostas

    A grande mídia é tendenciosa e a Veja é o melhor exemplo disto. Agora o JN gastar um tempo enorme em cima de perguntas e respostas da CPI da Petrobras em torno da refinaria de Pasadena (com todos os aumentos de preço, ainda ficou barata pela época). Por que a mídia não faz uma reportagem aprofundada nos negócios da Petrobras, tais como:  a compra da Perez Companc em 2002 na Argentina e a troca de ativos com a Repsol em 2001 (era FHC); as recentes construções das unidades de tratamento de combustíveis e novas refinarias (era Lula e Dilma), estes acho que nem a situação nem a oposição querem uma CPI, pois os grandes financiadores das campanhas eleitorais (de todos os grandes partidos) poderiam estar envolvidos.

    Para mim as perguntas que foram feitas na CPI não foram novidades e nem poderiam ser diferentes. O tema foi a refinaria de Pasadena, se houvesse perguntas diferentes daquelas teriam que ser profundamente pesquisadas, daí então haveria surpresas, que, como não estariam preparados poderiam não ser respondidas.

  23. De fato, a única coisa que

    De fato, a única coisa que estranho é o governo ou PT não reagirem a isso, no mínimo com uma notificação extra-judicial. Fica aparecendo que esses rola-bostas tem razão.

  24. Farinha do mesmo saco

    Não entendi.

    Como a Folha pode ter se esforçado para recuprerar credibilidade se a todo momento se constata passos no sentido contrário?

    A contrataçao do pitbul Reinaldo  Azevedo torna a Folha cada vez mais parecida com  a Veja

    • É vero, Nassif…

      Difícil acreditar que a Folha está se esforçando para se descolar do padrão Veja, quando ela contrata Reinaldo Azevedo, a maior estrela espumante de ódio reacionário da Veja.

    • No caso da Folha, mais parece

      No caso da Folha, mais parece um esforço na reconstrução da imagem de imprensa democratica. Puro marketing. Prefiro a direita escancarada a essa dissimulada de boazinha.

  25. Até criminosos quando chamada

    Até criminosos quando chamada em delegacia recebe orientações da mais diversas do que pode dizer. Imagine para CPI onde o convidado vai apenas bater um papo no tema, sem qualquer conotação crime ou coisa parecidade. O que term ocorrido no Brasil é confundir CPI com delegacia, quando em CPI o normal era receber com uns 10 dias de antecência todas as perguntas de todos e só poderia ser essas durante  o depoimneto, isso não precisasse apenas mandar por escrito e alguém ler

  26. DITADURA DA MIDIA

    Vivemos –  e isto o juidiciário talvez esteja, em grande maioria, em parceria, um ditadura da Mídia. Temos legislação para a propaganda eleitoral, mas a imprensa brasileira é totalmente oposicionista. Nem de leve, ela busca levar-nos a verdade. Isto é ponto pacíficio, para aqueles que compreendem nosso momento histórico.

    Ela leva toda a população ao total engano sobre as verdades que existem em nosso País e conduz o povo a conclusões totalmente desajustadas sobre o nosso momento. Dificilmente, Dilma conseguirá se reeleger, pois, a todo momento, a propaganda política feita pela mídia é desaguarda, seja em programas jornalísticos, esportivos, policiais, humorísticos, etc. Todos os espaços são ocupados para denigrirem o governo. E não é só na tv e nos jornais. Agora também é na internet. Jamais vi a falta de equilíbrio de informações.  A grande e imensa maioria são tendenciosas e levam o povo a entenderem que é preciso mudar o governo.

    Então, está difícil. Os 14 minutos de propaganda eleitoral serão tão pouco diante desta avalanche de informações distorciadas, viciadas, retiradas fora do contexto, sempre e sempre buscando mostrar falhas e erros do governo, mesmo quando estes não existem.

    A liberdade de expressão não pode ser desculpa para promover a mentira,  inverdades que possam alavancar uma troca de governo. Hoje a tal de liberdade de expressão da mídia constitui, na verdade, em propaganda política disfarçada e que possui muito maior credibilidade diante do povo, que aceita a notícia como sendo pura e correta, diferentemente do horário político, onde todos sabem que um partido procurar mostrar seus feitos e poderá, assim, em tese, faltar com a verdade.

    A propaganda política do PIG brasileiro faz-se dia e noite, noite e dia. Diuturnamente. Quem vai poder com isto?

    Talvez Lula, visitando sindicatos e movimentos sociais, possa tentar vencer as arbitrariedades da imprensa brasileira. Talvez.  Vamos torcer para isto.  

     

  27. E os familiares do Lula que

    E os familiares do Lula que nem em empresa de direito privado, SESi não é érgão do gonerno e nem  estatal,   podem trabalhar.

    • E a notícia de que o filho do barbosa, hoje, ex-ministro

      do supremo tribunal, que trabalha na rede globo não repercurte por que?

      Fica difícil aos familiares de ex-presidentes, ex-ministros trabalharem! Vão ficar na dependência dos pais, até quando?

  28. Jor”mal” Nacional

    Parei de assistir jornais televisivos há bastante tempo. Acho-os parciais e manipuladores. Procuro me atualizar em blogs sérios e imparciais que me fazem refletir o que se passa. O fato é que, na falta de outro “escândalo” do governo, o PIG martela o assunto petrobrás quando sabemos que o objetivo número 1 desta corja é sua entrega aos capital trangeiro. Ninguém cai mais nessa (pelo menos aqueles com cérebro). A VEJA perdeu meu crédito há mais de27 anos atrás quando eu era funcionário da EMBRATEL (ainda era economia mista). Entregaram a Embratel e entregarão todo o resto. 

    Não sou especialista em jornalismos, mas fico imaginando aquele povo da redação da veja e/ou jornal nacional, folha de SP, Estadão tendo que, muitas vezes, preparar matérias sabendo que o conteúdo é totalmente desvirtuado de realidade. Algo precisa ser feito com relação à responsabilidade dos meios de comunicação na formação da opinião pública. Por outro lado, o governo precisa reagir, pedir na justiça direito de resposta e calar esses predadores com direito a capa “RESPOSTA DO GOVERNO SOBRE A PETROBRAS – VEJA ERROU”.

  29. Nassif,
     
    Gostaria de

    Nassif,

     

    Gostaria de entender melhor sua posição.

     

    Você entende que o conhecimento prévio das perguntas por parte do convocados da CPI não é um escândalo?

    • É  mesma lógica da

      É  mesma lógica da desproporção dos massacres de Gaza.

      O episódio é uma jogada política, sim, uma esperteza banal sem nenhuma implicação criminal.. No máximo mereceria um pirulito (matérias de  uma coluna). Sua transformação em escândalo nacional, em reportagem de capa, é falta de discernimento jornalístico e forçada de barra.

      • Então a questão não seria a

        Então a questão não seria a credibilidade. Há muitos comentaristas neste tópico falando sobre “mentiras” da Veja.

        No caso, não seria uma mentira. O problema seria tratar um fato – e foi um fato – como escândalo, quando não deveria sê-lo.

        Seria apenas, em suas palavras, uma “esperteza”….uma “jogada política”….

        A meu ver, convocados por uma CPI NÃO deveriam ter acesso prévio às perguntas. E, se tivessem, isso deveria ser de conhecimento público. 

      • Bem talvez nao seja uma

        Bem talvez nao seja uma questao criminal

        mas a natureza de um CPI ( em tese ) é questionar alguem na busca de explicações.

        se esse alguem tem acesso ao conteudo ( nao devido ter estudado as inumeras variaveis ) mas pelo fato desse conteudo ser levado por aqueles que deveriam buscar a verdade é algo vergonhoso para dizer o minimo…

    • Isso e feito toda hora com
      Isso e feito toda hora com cartas precatorias penais para oitiva de testemunhas. Isso em acao penal, muito mais grave que cpi.
      Se e “errado” realmente vao ter que anular milhares de processos.

    • Não, não é

      Se a Oposição não tivesse representantes na CPI seria um escândalo. Mas Oposição tinha representantes na CPI, ainda que tenha se recusado a participar – foram indicados compulsoriamente pelo presidente do Senado os Senadores do PSDB Lucia Vania e Cyro Miranda e Wilder Morais, do DEM.

      Então ainda que se comprove a combinação de perguntas por parte do PT, de nada adiantaria isso pois que havia membros da Oposição lá, e seria impossível combinar perguntas previamente com eles…

      E a tentativa de colar a situação em Dilma sob o argumento de que “é impossível que ela não soubesse” é ridícula. Impossível por impossível, posso afirmar que é impossível que FHC não soubesse da compra de votos da reeleição e da corrupção desenfreada na SUDAM e no DNIT em seu governo, e que Aécio não soubesse que o helicóptero dos seus aliados Perrela levava cocaína e que seu governo construiu um aeroporto em terras da sua família com dinheiro público…

  30. Há muito tempo

    Nassif, há muito tempo deixei de trabalhar para qualquer jornal que não tivesse pelo menos 50% de jornalismo. E, depois, com o passar dos anos, deixei de me interessar também no que jornais como FSP, Estadão, Zero Hora, Globo et caterva imprimiam. Hoje, penso, inclusive, que jornalismo tem que servir ao crescimento humano, tendo como paradigma principal o coletivo. Como na parábola indígena, o lobo que ganha a briga é o melhor alimentado. Na moral, mesmo, o jornalismo tem a obrigação de alimentar as virtudes, porque se alimentar os defeitos e a violência, vai ser tragado pelos defeitos e pela violência. 

    Mas como disse alguem num comentário aqui, é uma questão de escolha. A mídia hegemônica já nem presta mais atenção às nuances dos caminhos. 

    E estão apavorados (os veículos) com as mudanças as quais não exercem nenhum controle, como a evolução da comunicação em rede, porque não podem mais alcançar essas mudanças que são mais velozes do que a sua capacidade de reação. 

    O modelo de imprensa está ficando obsoleto e vive seus últimos dias. Uma coisa nova está nascendo a cada ano e ninguém mais tem certeza da permanência de coisa alguma.

    Nada mais vem para ficar.

     

  31. SE SAIU NA VEJA, DESCONFIE!, ………

    Como bem lembrou um internauta no Blog do PH, “SE SAIU NA VEJA, DESCONFIE!. SE ACREDITAR, RELINCHE!., é com essa modesta frase que medimos a “CREDIBILIDADE” dessa revista.

  32. Nassif parabéns, você foi

    Nassif parabéns, você foi perfeito em seu comentário, com esta última traquinagem a Veja estrapolou todos os limites da burrice jornalística. Se fosse em outro contexto, seria motivo de chacota, coisa de imbecis.

    O pior que essa porcaria de revista ainda é a campeã de vendas no Brasil.

  33. Que Bobagem!

    Executivos da Petrobrás e dirigentes do Governo, cuja obrigação é ter permanentemente em suas mãos as informações mais sigilosas relativas ao seu trabalho, são acusados, feito adolescentes, como se tivessem roubado o gabarito de um vestibular?

  34. mídias anti petistas

    Enquanto as mídias forem tucanas e o governo for PT será sempre assim, não vejo saída para isso. É vergonhoso mas só as pessoas que consomem esse tipo de mídia poderiam protestar deixando de consumi-la. Infelizmente as pessoas mais simples são facilmente cooptáveis, acham que ler a Veja é ser culto, assistir ao JN é estar se informando. Só a educação formal dará jeito nisso, tornando as pessoas capazes de pensar e escolher por suas próprias cabeças. Até lá cabe aos governos de esquerda ficarem mais espertos e mais capazes de defenderem-se.

     

  35. Estou cansado

    A imprensa é assim porque o povo gosta disso, cansei de provar as mentiras e como é comandado pela familia marinho, ai eles manda outra mentira ai vai você mostrar para as pessoas que é outra mentira e que eles não falam a verdade.
    Quando a Dilma tentou usar o movimento das ruas, quase depuseram ela, teve que dar meia volta e deixa o dito pelo não dito. Mas o povo não vê as coisas claras, prefere ver novela e xingar que é culpa do Lula.

    Mas tudo cansa, para mim já pouco importa se colocarem o filho do mau no governo, de voltar a velha administração, vender o que falta e mandar os trabalhadores para rua, gastar dinheiro com vinho de R$ 1000,00 a dose no Jardins em são Paulo. 

    Cansei

  36. acho que essas infamias da

    acho que essas infamias da veja são mais um sinal de desespero porque já faz doze anos que o pig vem martelando suas insanidades contra o governo ppopular de lula e dilma.

    e. apesar disso. dilma pode ganhar no primeiro turno – aí vem a raiva espumante dessa direita delituosa.

    raiva a qual alguns aderem por não terem a capacidade de analisar o que lêem,as palavras e suas circunstancias e contextos. .

  37. Motivo

    Não se trata de informação.

    Eles não estão preocupados com e isso.

    Trata-se de eleição e de luta de classes.

    É a mesma luta que se repete por todo o mundo

    De poder e de dinheiro.

    Para atingir seus objetivos são capazes de tudo, prendem arrebentam e …matam.

    De se lamentar é a contatação de que o governo dos Trabalhadores se deixa pautar por eles.

  38. Sobre a CPI da Petrobras, por Paulo Nogueira

    Já que a oposição não encontrou nada nas respostas dos executivos da Petrobras, quer agora escandalizar as perguntas.

    “Media training”, caboclo. É assim que qualquer pessoa que ocupe um cargo estratégico – público ou privado – faz antes de se expor aos holofotes.

    Sobre a CPI da Petrobras

    http://www.diariodocentrodomundo.com.br/sobre-a-cpi-da-petrobras/

    Falta sentido à mais recente denúncia sobre a Petrobras.

    Não exatamente sobre a Petrobras, aliás. Sobre a CPI que investiga a compra da refinaria em Pasadena.

    Segundo a Veja, um vídeo mostraria que os convocados tiveram acesso às perguntas. E teriam se preparado para elas.

    A história contada pela Veja tem tons rocambolescos, e adjetivos furiosos. O vídeo, diz a revista, foi gravado por alguém com uma microcâmara escondida numa caneta.

    Coisa de Bond. James Bond. Tanto mais que a motivação do autor, sempre segundo a Veja, permanece um mistério.

    Bem, ajudar a campanha de Dilma certamente não foi a intenção do dono da caneta espiã.

    A fragilidade do alegado escândalo se revela quando você sai da superfície e tenta entender a história.

    Você pode perguntar: os convocados a depor tiveram acesso a perguntas de arquiinimigos do PSDB e do DEM?

    Não.

    Não tiveram.

    Numa decisão bizarra para quem defendera a CPI com tanto ardor, tanto o PSDB quanto o DEM decidiram não indicar integrantes para a CPI da Petrobras.

    Se tivessem feito, PSDB e DEM teriam absoluto controle sobre as perguntas consideradas cruciais para a compreensão do caso.

    Mas abdicaram de participar da CPI, por algum estranho cálculo.

    Examinemos agora as questões supostamente antecipadas.

    Em qualquer sabatina, você se prepara exaustivamente para responder toda sorte de perguntas.

    Isso se chama media training.

    Muitas vezes, neste treinamento, há uma figura chamada de “advogado do diabo”. Ele faz a você as perguntas que seu pior inimigo faria.

    É uma prática também comum para candidatos quando se preparam para um debate.

    Que perguntas sobre o caso Pasadena não teriam sido previstas pelos convocados a depor em sua preparação para o depoimento?

    É virtualmente impossível imaginar uma “pergunta surpresa” em situações como aquela.

    Não é uma prova de vestibular, em que pode cair uma questão sobre a Revolução Russa ou outra sobre a Revolução Francesa.

    Na CPI é um assunto só. E um treinamento competente deixa você preparado para a sabatina.

    Um esforço genuíno de investigação jornalística se centraria não nas perguntas, mas nas respostas.

    Elas foram inconvincentes? Trouxeram informações erradas? Se sim, quais são as falácias e onde está a verdade?

    É um trabalho duro para jornalistas, muito mais árduo que bater bumbo em torno de um vídeo tirado de uma caneta.

    Você só entende a opção pelo caminho fácil jornalístico à luz de, simplesmente, tentar gerar um escândalo à beira das eleições.

    O objetivo, nestes casos, não é esclarecer o público e sim confundi-lo.

    Não tem sido fácil transformar Pasadena num novo Mensalão, ou coisa do gênero.

    Empresários e executivos acima de qualquer suspeita como Fabio Barbosa, Jorge Gerdau e Claudio Haddad faziam parte do Conselho de Administração da Petrobras na época da compra e a chancelaram.

    Por que ninguém os entrevista sobre o assunto?

    Porque não interessa. Porque não ajudaria naquilo que se deseja: inventar um mar de lama.

  39. A questão toda se resume no

    A questão toda se resume no fato que devem ter esquadrinhado toda a vida da nossa presidente. Como nada encontraram, ficaram tão perturbados que “encontraram” essa grande Bala de Prata”

    • dilma e seus inquilinos

      Por falta de assunto foram atrás de seus inquilinos. Uma não vota, não está nem aí para política, mas acha a presidente

      brava mas honesta. A outra paga um alto aluguel,é tucana, botaram a foto no jornal.  

  40. Não é a Veja! É o Instituto

    Não é a Veja! É o Instituto Milleniun! Quem pauta, não somente a Veja, mas todos, é o Instituto Milleniun; comandado, obviamente e de fato, pelos Marinho. Até as manchetes mas salgadas são praticamente iguais, e não somente nos meios impressos, mas também nos eletrônicos.

  41. nem vou divulgar o texto, pra

    nem vou divulgar o texto, pra não dar audiência para essa revista. à mídia antiga perdeu a credibilidade, a audiência, os leitores. Se não fosse a mão amiga do tucano paulista e do Mercadante, a comprar a revista e enviar para as escolas, já teriam fechado as portas há muito tempo. Sorte das crianças é que deve ser usada para fazer colagem, aprender a usar tesoura, fazer papel misturando com água, essas coisas.

  42. nem vou divulgar o texto, pra

    nem vou divulgar o texto, pra não dar audiência para essa revista. à mídia antiga perdeu a credibilidade, a audiência, os leitores. Se não fosse a mão amiga do tucano paulista e do Mercadante, a comprar a revista e enviar para as escolas, já teriam fechado as portas há muito tempo. Sorte das crianças é que deve ser usada para fazer colagem, aprender a usar tesoura, fazer papel misturando com água, essas coisas.

  43. Saber o que Aloysio Nunes vai perguntar é moleza

    A previsibilidade da oposição não pode ser considerada crime.

    Depois do que fizeram ao país é dever cívico evitá-los.

    A burrice de uns não pode ser razão de criminalizaçâo de outros

  44. Jornalixo urubu

    A folha/uol, de tanto distorcer os fatos e produzir versões negativas, não consegue mais fazer jornalismo honesto. Até no futebol… ” Corinthians … é o último colocado … do G4″. Perderam a noção do ridículo. 

  45. Ótimo texto, Luis Nassif. E

    Ótimo texto, Luis Nassif. E que grande furo jornalístico Veja e Globo fizeram! Descobrir que pessoas públicas que seriam ouvidas numa CPI treinaram antes, mesmo sabendo que a CPI teria a participação da oposição que não estava presente neste ensaio prévio –  e que poderia perguntar o que bem quisesse. É mesmo uma desmoralização desta mídia tucana, que deixou de fazer JORNALISMO sério para fazer política partidária descarada. Uma FRAUDE, que a Veja denunciou, inconscientemente se referindo ao que se tornou o “jornalismo” daquela publicação. Urge que o Brasil conquiste a democratização da mídia e um marco regulatório, para que pelo menos respeitem mais a inteligência dos telespectadores, ouvintes e leitores.

  46. A menina do tempo da globo está sempre triste !

    Só poruqe não chove na região da cantareira.

    ela sempre repete isso.

    até parece que São Pedro é culpado pela impcimpetemcia tucana.

    fosse assim todos morreriam de sede nas regiões semi-áridas.

    talvez nem exisiria Israel e Palestina.

    Globo , Veja e tucanos querem nos emburrar. 

    O Merval disse na CBN que tá tudo ceto com o Aeroporto da família Neves.

    É emgraçado, pois, muitos dos qu não gostam do Bolsa Família adoram a Bolsa Minha Família tudo.

    A Bolsa Minha Família foi instituida no Brasil ao instituirem as capitanias hereditárias.

    conclusão: temos quinhentos anos de Bolsa Minha Família.e a demotucanalha está preoculpada com uma dobolsa com pouco mais de uma década e cujo benmefício 

    é acabar com sua necessidade.

  47. Nassif, “Não adianta. Mesmo

    Nassif,

     

    “Não adianta. Mesmo com o Instituto Millenium, com o fórum da ANJ, com os consultores midiáticos, a mídia padece de uma ausência total de visão estratégica. Não tem o menor cuidado ao se misturar com a lama.”

     

    Se tá de brincadeira, são justamente este ajuntado que pensa a estratégia. Fizeram um seminário, transmitido ao vivo, para falarem que iam fazer o que estão fazerndo.

    Não entendo seu espanto!!!

     

    Wagner Moraes

  48. Quando a folha lançou

    Quando a folha lançou oaeroporto de Cláudio,  totalmente legal, vocês não reclamaram,  agora fraudar uma CPI é factoide? Dá licença. 

  49. São um corpo Mouro

    e agem no ordenamento daquilo que o staf demo-tucano ordena ou orienta; a “CPI do fim do mundo” (a da BR), sabemos, será um dos pratos-cheios que Aécio usará contra Dilma, dai essas “bombas” vejais repercutidas nos outros membros da oposição midiática ao governo; o JN tem se transformado numa das coisas mais odiosas nos últimos tempos, eles não conseguem mais um mínimo equilíbrio nem na previsão da meteorologia e na semana que passou apresentou um matéria “especial” sobre o colapso de abastecimento de água no… Sertão Nordestino; o PIG perdeu já há muito a noção de civilidade e do ridículo.

  50. A Veja, já não tem qualquer

    A Veja, já não tem qualquer compromisso com os fatos e com a verdade e  muito menos com a ética , tornou-se um folhetim de segunda com pséudos analistas idiotados e raivosos cujo objetivo é tentar derrubar o governo e não noticiar a verdade, tornou-se um diário oficial do DEM e PSDB. 

  51. Com toda a certeza a VEJA,

    Com toda a certeza a VEJA, pra não deixar de cumprir sua missão favorável aos tucanos, tomou aquela reportagem da Folha contra o aeroporto instalado no latinfúndio da família Neves como alavanca para um factoide contra o PT. E pensar que a campanha propriamente dita ainda nem deu seus primeiros passos. Vamos ter que engolir muita sujeira dessa corja de gente que se diz jornalista.

  52. Não me venha dizer que os

    Não me venha dizer que os erros da Folha derivam apenas dos erros da Veja.com.  E a ficha falsificada da Dilma como terrorista? E a entrevista em que um joão-ninguem afirmava que o Lula queria violentá-lo na prisão? A Folha, como a Veja.com, é responsável pelos seus fiascos.

  53. Sei….

    mas diga aí. O fato mostrado é mentira ou verdade? Se mentira, desmascare!!!!

     Essa é a pergunta.  Não as intenções em uma arena aonde não existem mocinhos nem na imprensa nem na Política.

    • Se entendi bem, o que o

      Se entendi bem, o que o Nassif diz é que é um não-fato. 

       

      È verdade mas não tem relevÂncia nenhuma nem caracteriza qualquer irregularidade.

       

      Mas isso você já sabia, não?

    • “mas diga aí. O fato mostrado

      “mas diga aí. O fato mostrado é mentira ou verdade? Se mentira, desmascare!!!!”

      Não é preciso desmentir, pois o fato em si não tem a menor importância.

       

  54. A ética disse um adeus.
    Se

    A ética disse um adeus.

    Se tudo é normal , pq todos negam que o fizeram?

    Conversa mole, todos aqui sabem que foi falcatrua, só estão relavizando para defender o PT e suas boquinhas por ultimo.

    Falta honestidade, falta virtude na militância politica.  

    •   Aécio, É VOCÊ???
        AL, só

        Aécio, É VOCÊ???

        AL, só você mesmo pra falar em ÉTICA enquanto continua esperando um cargo em comissão se o PSDB levar.

    • “Se tudo é normal , pq todos
      “Se tudo é normal , pq todos negam que o fizeram?” Quem negou? Até onde pude ver, todos admitiram o que foi feito, acrescentando-se que é uma coisa normal. 

    • Já que você enche a boca para

      Já que você enche a boca para falar de ética comece por você mesmo: venha aqui e cobre a mesma postura combativa da mídia com o candidato da direita. A ética começa com a imparcialidade. Pratique.

  55. A propósito

    A propósito.

    Todos já sabem que o Millenium (sic) pauta a Veja. Falta dizer quem pauta o Millenium.

    E quer dizer que a Veja espiona hotéis, espiona o lixo da Presidenta, espiona o Congresso… e nada??? Ah, é que a Veja é boazinha…

     

     

  56. Nada a acrescentar,……”Não

    Nada a acrescentar,……”Não adianta. Mesmo com o Instituto Millenium, com o fórum da ANJ, com os consultores midiáticos, a mídia padece de uma ausência total de visão estratégica. Não tem o menor cuidado ao se misturar com a lama”.

      

     

     

     

  57. Mídia e jornalistas perderam a credibilidade na eleição de 1989

    Pra mim a mídia brasileira perdeu toda a credibilidade na eleição de 1989. E de modo geral os jornalistas, que são os empregados dos verdadeiros donos da mídia nesse país, que escrevem e falam o que o patrão manda ou permite. Na internet ainda temos um pouco de imparcialidade, embora ela estaja sendo invadida por jornalistas de plantão da grande mídia brasileira. Um exemplo de jornalista sem muita credibilidade, é Paulo Henrique Amorim, que quando trabalhava para a família Marinho, não dava um pio sobre os desmandos que lá aconteciam. Hoje ele é inimigo desse grupo. Não dá pra acreditar em ninguém: jornalista, blogueiro, formador de opinião, pode estar de qualquer lado quando do processo eleitoral. É difícil encontrar imparcialidade por parte deles.

  58. veja pautando a imprensa

    O JN deu menos tempo ao problema do aeroporto que essa história do vazamento de informação, hoje apareceu também no Bom Dia.

    Entendo que a CPI é para esclarecer e se ficasse perguntas sem respostas iam cair matando.

    O que não poderia acontecer era ter na gravação “espiã” que as pessoas pediam para que perguntas fossem retiradas e isso não aconteceu.

    Essa  história toda da PETROBRAS, no meu modo de ver tem como objetivo desmoralizar a PETROBRAS e mudar a lei de exploração do pré sal 

    Sds

  59. Demorou


    Estava demorando. Depois do escandalo do aecioporto era necessario outro suposto escandalo para  espetar a presidente. Não é a Veja que me surpreende. São os seus leitores atuais. Essa classe media branca que se acha a mais iluminada, justamente por que leem a Veja.

  60. Lê quem quer.

    Sem querer defender este ou àquele orgão de imprensa, vivemos em um país democrático. Tem aqueles que gostam da revista Veja e tem os que não gostam. A estes últimos recomendam que não devem ler esta revista. Contudo não temos, hoje no Brasil, uma imprensa livre e independente, 

    • A verdade faz parte da Democracia

      A veja não contribui com a Democracia , ao contrário ela viola a Democracia a medida que faz valer o seu poder de midia para criar factoides e manipular os fatos , 

    • Sob essa ótica, há os que

      Sob essa ótica, há os que gostam e os que não gostam de ética, os que gostam e os que não gostam de honestidade….

  61. Revista Veja


    Para mim Veja perdeu a credibilidade faz tempo. Desde que levou a sério uma piada de 1º de abril e inventou toda uma reportagem sobre o Boimate, lembram-se? Mas esta edição 2385 de 6 de agosto de 2014 está demais! 

    Senão, vejamos. Logo nas Páginas (Amarelas) 17, 20 e 21 começa pautando uma entrevista com o ex-presidente da Sabesp entre 2007 e 2010: “Em duas décadas, diz o economista, em boa parte do planeta faltará água. Para evitar que isso ocorra, há apenas dois caminhos: diminuir o desperdício e aumentar a reutilização”. Então tá! Tudo bem. São Paulo está apenas se antecipando, dando um exemplo ao mundo e ficando sem água com duas décadas de antecedência. Nenhuma menção ao modelo de gestão do PSDB no estado de São Paulo. Aliás, o nome do governador Alckmin não aparece escrito em lugar nenhum. Esse’ folhetão’ escarnece de nós que perdemos nosso dinheiro comprando e nosso tempo lendo essa babaquice.

    Na página 24 Maílson da Nóbrega opina sobre as Razões do baixo crescimento “[…] As principais causas da queda estão expostas de maneira brilhante no livro Por que o Brasil cresce pouco? (2014), de Marcos Mendes.”  O modelo original de Veja (copiado da Time) era ser a revista semanal de informação capaz de economizar tempo para o leitor. Claro que o componente ideológico desde sempre estivera presente. Nas palavras de Roberto Civita “O papel da imprensa é […] colocar as coisas para o leitor, tentando mudar a cabeça das pessoas nas suas páginas[…]”. A novidade que o ex-ministro da economia do governo Sarney, uma época de inflação exponencial, nos apresenta é que colunas de opinião agora servem para vender livro.

    Pulando para as páginas 64-65, sob o título Uma árdua tarefa, um artigo de Ana Clara Costa, sobre a terceira edição do Ranking de Gestão dos Estados mostra que o Brasil ainda não teve êxito em levar as condições ideais de investimento para além das regiões Sul e Sudeste, mas esmera-se em esconder que de 2011 para cá O Estado de Minas Gerais caiu do 3º para o 6º posto (só se percebe examinando o infográfico). Não custa lembrar que MG  vem sendo administrada pelo PSDB e o mineiro Aécio é candidato ao planalto.

    Da página 72 até a 76 sob o título RISCOS E AMEAÇAS DE 2015 (assim mesmo, em caixa ALTA) nos apresenta o anúncio da eminente CATÁSTROFE, onde uma bandeira do Brasil hasteada sobre um casarão mal assombrado e com fantasmas esvoaçantes procura aterrorizar fazendo-nos crer que o país é uma terra arrazada. Farei aqui como o Maílson. Busquem no Google pelo título “O discurso da revista Veja e a construção da imagem do PT”, artigo dos professores Ivanaldo Santos e Regilberto José Silva.

  62. Penso que a Veja pode

    Penso que a Veja pode escrever asneiras. Esta no seu papel de fazer propaganda política. È seu direito. O que me choca mesmo são duas coisas:  ela nunca assume o seu lado e se diz “honesta” e “imparcial” e, tem muito cara com diploma de curso superior que acredita nela e ainda se acha “esclarecido”, “informado” e “politizado”. Aí sim é dose.

  63. Pauta contra o PT

    A veja pauta a mídia por falar o que a mídia quer. Se a veja fosse a favor da Dilma, não pautaria.

    A mídia usa a veja como cão raivoso. Ninguém tem coragem de usar o Carlinhos Cachoeira, então a veja faz.

  64. Pauta contra o PT

    A veja pauta a mídia por falar o que a mídia quer. Se a veja fosse a favor da Dilma, não pautaria.

    A mídia usa a veja como cão raivoso. Ninguém tem coragem de usar o Carlinhos Cachoeira, então a veja faz.

  65. Conselho em relação a revista

    Conselho em relação a revista  Veja:

     

    Se receber uma Veja de graça, não aceite.

     

    Se aceitar, não abra.

     

    Se abrir, não leia.

     

    Se ler, não acredite.

     

    SE ACREDITAR, RELINCHE, VOCE MERECE !

  66. Veja! Não veja!

    O pior de tudo isso é ter que ouvir os “economistas by Veja” destilarem a “sabedoria” e “conhecimento”, que a revista edita semanalmente, como se fosse o mais alto grau de conhecimento sobre a matéria.

    Dói ouvir gente se apegar a Veja para tentar demonstrar que é bem informado e atual.

    E olhe que tem gente de boa indole e bem instruída que está embarcando nessa.

    Às vezes me parece que é somente para bater na situação e tentar empurar o argumento de que temos uma alternativa ao que está aí posto.

    “Economista by Veja” é pior do que a própria revista. É como se fosse um crente mais católico do que o próprio Papa.

     

  67. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome