Bolsonaristas iniciaram confronto em ato contra Bolsonaro na Av. Paulista

Jornalistas que faziam a cobertura ao vivo dos atos a favor e contra Bolsonaro registraram que o grupo bolsonarista foi o responsável pela violência

Jornal GGN – O dia de protestos pró-democracia, em São Paulo, no final da manhã e início da tarde deste domingo (31), terminou em um confronto, com a intervenção direta da Polícia Militar (PM), que chegou a disparar bombas de gás lacrimogêneo e prendeu seis pessoas. Os responsáveis pelo confronto foram bolsonaristas que, do outro lado da Avenida Paulista foram defender o mandatário, pedir intervenção das Forças Armadas e atacar o governador João Dória.

Este outro grupo, localizado próximo à Fiesp, pediam “socorro” das Forças Armadas e chamavam Dória de “genocida”. Jornalistas que faziam a cobertura ao vivo dos atos a favor e contra Bolsonaro registraram que o grupo bolsonarista foi o responsável pela truculência. A CNN exibiu imagens, por exemplo de um manifestante que carregava uma bandeira neonazista, entre os apoiadores de Bolsonaro, iniciando a briga.

A fotógrafa Thaís Haliski também acompanhou os atos e testemunhou que membros do grupo bolsonaristas provocaram o conflito. “Algumas pessoas do ato favorável ao presidente começaram a andar várias vezes até o MASP para provocar e xingar de vagabundos e de outras coisas aqueles que participavam do outro ato”, afirnou ao Uol.

O confronto fez a Tropa de Choque atacar os manifestantes pró-democracia, com bombas de gás lacrimogêneo e spray de pimenta, somente contra o lado dos manifestantes que pediam a saída de Jair Bolsonaro. “Um colega meu foi atingido por estilhaços de bomba na perna. Eu vi um policial militar jogar uma bomba em minha direção. Eu quase fui atingida na cabeça. Eu cubro protestos há anos e nunca vi nada parecido. A quantidade de bombas lançadas foi impressionante”, narrou a fotógrafa.

Leia também:  Conflito de terras: trabalhador rural é assassinado em acampamento de São Pedro d'Aldeia

Duas estudantes de 21 anos narram que ao final do ato e foram agredidas com socos de apoiadores de Bolsonaro e jatos de spray de pimenta de policiais militares. “Já tinha acabado e nós estávamos voltando para o carro, que estava na (Avenida) Brigadeiro. Lá, viram a gente e partiram para cima”, contou uma delas. “A gente achou que eles (PM) estavam lá para nos proteger, mas quando viu, fomos nós, as agredidas, que foram detidas”, disse outra, ao Uol.

Ainda foram levados presos seis pessoas entre os manifestantes pró-democracia, cinco destes envolvidos na briga provocada pelo apoiador do presidente. “Na Alemanha, se você usa uma bandeira nazista, é preso. Aqui, os nazistas usam bandeira do Brasil”, afirmou uma das estudantes.

As imagens foram registradas aqui:

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

8 comentários

  1. MAÇONARIA E PARA QUE SERVEM PROTESTOS COM AGLOMERAÇÕES?
    Quaisquer tipos de manifestações que provoquem aglomerações, servem aos golpistas ditadores maçons invasores dos comandos dos 3 poderes públicos do Brasil, tanto do judiciário do alexandre pcc de moraes, como do legislativo do aécio trafic neves bem como do executivo do queiróz, sem deixar de fora as nossas principais instituições que eram sustentações de uma democracia, como forças armadas de Sevilha, Policia Federal do japonês do moro, ministério público do dallagnol dos 2,5 bilhões etc…
    Protestos com confrontos então são o top do top!!! Não só mostram aglomerações como a incrível força de vontade dos manifestantes em estarem ali “trabalhando” ferozmente pelo que acreditam, colocando até suas vidas em riscos debaixo de truculências, bombas, cacetadas etc… Também mostram o poder de controle total sobre opositores petistas e assemelhados que apenas com um peido batem continência à situação, dentre estes varios apaixonados pelo médico nazista assassino mandeta, um golpista da linha de frente, inclusive na extinção do programa “Mais Médicos” de Dilma Rousseff, extinção essa que jogou 25 milhões de pobres brasileiros abaixo da linha da pobreza nas valas das doenças, dos sofrimentos e das mortes por total abandono (pior do que execuções) jogados ao Deus dará, deixando claro que existem holocaustos piores do que o de Hitler com execuções de 25 milhões de judeus, boa parte execuções sumárias.
    Esse tipo de manifestações são um espelho, embaçado, do que ocorre nos eua, onde protestos contra o assassinato de um negro alastraram-se pelo país depois que trump deu a tuitada “toque de avançar” aos seus eleitores, tanto é que no que temos visto não tem meia dúzia de negros nas aglomerações… é a bandalheira trumpista para provocar a volta ao trabalho dos menos avisados bem como angariar votos para reeleição…

  2. Tudo foi combinado com e para que a PM servisse de parteira de um bolsonarismo sem Bolsonaro…
    não se deixem iludir mais uma vez, porque torcida de clube de futebol não é povo

    fascistas, incluindo os fardados estão se preparando com motivos para enfiar porrada, e até mesmo matar manifestantes, quando o povão sofrido de verdade sair às ruas

  3. Nassif: a coisa tá como o Diabo gosta. Agora a povalha há de se confrontar contra 3 forças externas e 3 internas. As externas são os gringos (donos do Quintal onde moramos), Israel e Croácia (nova “bandeira” dos bolsonaristas). E interna, Exercito (com visível apoio da Aeronáutica), Milícias (civis e fardadas, agora unificadas sob o comando do Queiroz) e as hordas de CaifásDoBras (sob o comando do ProfetaMaldito). Não quero assustar Esquertopatas e Kummunistas, mas o mostrado na Av. Paulistas foi só pra esquentar os tamborins. Tão achando que havia pelo menos 5 capitães infiltrados no MovimentoDemocrático, dando coordenadas pros fardados descerem o cacete. Dizem que no Chile o pessoal saiu pro pau. Mas aqui é Pindorama, com futebol, cachaça, carnaval e a dupla Valdemazinho/Jefferson X-9, que será a nova chapa presidencial, se cassarem essa do MessiasDoBras e seu ViceÍndio. Varios generais já fizeram contato de aproximação e sondagem (como na FUNAI) e deixaram espelhos, facões e colares.

    É bem verdade, “quem nasceu pra lagartixa nunca chega a jacaré”.

    • Errata: onde se lê “Croácia” entenda-se “Ucrânia (a nova “bandeira” dos bolsonaristas)” . Do mais, vale o escrito.

  4. Ja que eles PMs tem lado, misture-se ao inimigo ou o faça parecer com vc.
    Então vai a sugestão caso os fascistas apoiadores de bozo provoquem novo conflito (e o farão se for o planejado com a pm): Na confusao rasgar/tirar logo a camisa amarela dos minions e manter-se misturado o que vai obrigar a pm a bater indiscriminadamente. Também serve levar uma camisa amarela.
    Vale tudo para defender a democracia.

    • Carlos: um “camarada” dos antigos me disse que estão sendo selecionados para essas “missões” filhos e netos dos PM de 64, que atuavam sob a batuta do CoronelErasmos. Na ordem do dia, para elevar o moral da tropa, são relembradas bravatas de como seus antecessores fustigavam os “inimigos”. E os caras tão tomando gosto pelo “discurso” que tem deles anotando no caderninho quantos Kummunistas e Esquerdopatas abateram. É a tragédia se repetindo como tragédia mesmo. Desta vez com maior requinte e mais crueldade, como gostam os militares…

  5. Hand in Hand
    (Agathocles)

    They raised their arms at our gig
    Shouting sieg heil
    They think it is hip
    They got kicked out and started again
    Then cops came, defending them
    Now they’ve pushed us, pushed us too far

    Our state says they won’t give them a chance
    But cops and fascists go hand in hand
    When there’s trouble, we’re the bad
    The fascists go free, is what the cops said

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome