Carregamento lento estressa tanto quanto matemática

Jornal GGN – A empresa de tecnologia de comunicação Ericsson divulgou um estudo sobre o desempenho da internet em dispositivos móveis e o seu impacto no estado emocional dos usuários.

Por meio de técnicas de neurociência, os pesquisadores mediram objetivamente as respostas emocionais dos usuários a determinadas situações de interação com os smartphones. Eles constataram que atrasos no carregamento de páginas de web e vídeos estressam as pessoas.

Isso foi mensurado pelo aumento da frequência cardíaca, que na média se elevou em 38% durante a espera pelo carregamento. Atrasos de seis segundos na transmissão de vídeos fizeram com que os níveis de estresse aumentassem em um terço. O nível de estresse é semelhante ao registrado quando uma pessoa realiza um teste de matemática ou assiste sozinha a um filme de terror.

A empresa também realizou outro estudo neurológico, que mediu o grau de satisfação e fidelidade dos consumidores com as operadoras de telefonia móvel. O trabalho concluiu que a satisfação aumenta em até 4,5 pontos quando a operadora oferece uma experiência sem atrasos.

Inversamente, a satisfação cai até 4 pontos quando a experiência é marcada por atrasos ou excesso de rebuffering. “É interessante notar que atrasos moderados são duplamente negativos para as operadoras de celulares, pois causam menor engajamento com a marca e maior engajamento com a concorrência”, explicou a companhia em nota.

O estudo chegou a outras conclusões interessantes:

·         Redes sociais são a segunda responsável pelo crescimento no tráfego móvel, perdendo apenas para vídeos. Nos próximos seis anos, o tráfego total de redes sociais será cerca de 12 vezes maior do que nos últimos seis;

·         Mais 68 milhões de assinaturas móveis foram feitas no 4º trimestre de 2015, sendo a Índia responsável pelo maior número (21 milhões), seguida pela China (6 milhões), Estados Unidos (5 milhões), Birmânia (5 milhões) e Nigéria (3 milhões);

·         O número total de assinaturas móveis no 4º trimestre de 2015 teve um impacto de 100% com cerca de 7,3 bilhões – a mesma quantidade de pessoas no mundo;

·         O tráfego global de dados móveis cresceu 65% entre o 4º trimestre de 2014 e o 4º trimestre de 2015;

·         Existe agora 1 bilhão de assinaturas LTE mundialmente, com aproximadamente 160 milhões de adições no 4º trimestre de 2015.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

4 comentários

  1. E quando seu computador

    E quando seu computador desktop perde em velocidade para uma lesma? Não carrega vídeos, demora cinco minutos para abrir um home page. E pior, e quando leva dez minutos para dar o boot? E quando você descobre que ele está totalmente invadido por fdp? E quando você percebe que estão dando risada da sua cara por causa de tudo isso?

    Qual será o nível de stress? O que dá vontade fazer?

    E quando você mete fogo nessa merda, o que dirão sobre você?

    Que você está louco! Onde já se viu meter fogo no computador!? E pior, dizem isso na sua cara.

    Como é que você se sentiria?

     

  2. e quando a internet  cai ou

    e quando a internet  cai ou vira quase uma ligação discada,

    qual seria nível de stress ao voce mandar a

    operadora imediatamente a puta que o pariu?

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome