Jornal GGN – A reforma da Previdência e o contingenciamento de 30% no orçamento da Educação, que coloca em xeque a continuidade dos trabalhos de várias instituições federais, uniram nas ruas de todo o País, nesta quarta (15), estudantes e trabalhadores.

As redes sociais estão recheadas de conteúdo, sob as hashtags “TsunamiDaEducação”, “LevanteDosLivros” e “TodosPelaEducação”, entre outras.

Centenas de jovens projetaram em vídeos o grito de guerra: “A nossa luta unificou, é estudante junto com trabalhador.”

Da UNE, Bolsonaro, o “fanfarrão”, recebeu um recado:

Mídia Ninja amplicou a cobertura lançando os “Estudantes Ninjas”. No Instagram, uma galeria inteira sobre os atos deste 15 de maio.

Até Marina Silva, recorrentemente criticada por não participar de maneira ativa dos debates nacionais, reapareceu para rebater Jair Bolsonaro, que chamou os manifestantes pela Educação de “idiotas úteis”.

 

Leia também:  A manipulação religiosa das massas em “O Grande Inquisidor”, por Carlos Russo Jr.

A GloboNews mostrou a multidão na Avenida Paulista, concentrada no MASP, no mesmo tempo em que o ministro da Educação Abraham Weintraub dava explicações à Câmara.

Sul21 mostrou as ruas de Porto Alegre.

 

 

O deputado Davi Miranda falou ao vivo de Brasília, onde milhares também foram às ruas.

 

Salvador recebeu performance contra a censura.

 

No metrô de SP, rumo à Paulista, estudantes gritam contra Bolsonaro.

 

Em Recife:

Em BH, pelo Pragmatismo Político e uma usuária do Twitter:

Leia também:  Sem Bolsonaro no caminho, Witzel articula concorrer à Presidência em 2022 pelo PSL

 

 

 

No Ceará:

 

 

Em Alagoas, do Levante Popular da Juventude:

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

1 comentário

  1. “Estudantes” que não estudam juntos com “trabalhadores” que não trabalham…. chega a ser cômica as opiniões desse Marco Zero Conteúdo

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome