Anvisa aprova importação de vacina da Oxford pela Fiocruz

Fundação pretende solicitar autorização para uso emergencial de 2 milhões de doses do medicamento na próxima semana

Foto: Reprodução

Jornal GGN – A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) aprovou o pedido feito pela Fiocruz de importação de 2 milhões de doses prontas da vacina contra covid-19 desenvolvida pela AstraZeneca junto com a Universidade de Oxford.

Contudo, a aprovação não dá aval para aplicação da vacina – que depende do aval para uso emergencial ou registro do medicamento, o que deve ocorrer nos próximos dias.

A alegação apresentada pela Fiocruz para a importação é tentar antecipar o início da vacinação com tal imunizante ainda em janeiro – a vacina de Oxford é a aposta do governo para a imunização.

Na prática,  a estratégia nacional de vacinação teria início com as doses importadas, enquanto a Fiocruz começaria a produzir as demais 100 milhões de doses previstas em acordo fechado com a AstraZeneca – e que devem começar a ser entregues em fevereiro. As informações são do jornal Folha de São Paulo.

 

 

Leia Também
Fiocruz pedirá uso emergencial da vacina de Oxford ainda esta semana
Um ano de COVID-19: OMS pede união e fim de ataques à ciência
Entenda o que é e como acontece a mutação do novo coronavírus

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora