Apenas 3 em cada 10 adultos brasileiros respeitam o isolamento na pandemia, diz Datafolha

Enfermeiras e enfermeiros protestam em Brasília contra a política de descaso do governo Bolsonaro frente à pandemia - Sergio Lima/ AFP

Jornal GGN – Pesquisa Datafolha divulgada nesta segunda (17) mostra que o índice de isolamento social no Brasil nunca esteve tão baixo, na contramão dos dados da segunda onda da pandemia que já tirou a vida de mais de 430 milhões de pessoas. Segundo o levantamento, três em cada 10 adultos brasileiros conseguem respeitar a recomendação para ficar em casa e sair apenas quando for inevitável. Em março, o mês mais letal da crise sanitária até aqui, com mais de 60 mil óbitos, esse índice era de 41%.

Entre os que estão respeitando o isolamento social, 2% dizem não sair de casa sob hipótese alguma. Em março, esse númnero era de 8%. Logo no início da pandemia, em abril de 2020, estes somavam 18%.

Apesar do baixo isolamento social, 63% dos entrevistados disseram que tomam cuidado quando saem de casa. “O índice é recorde desde o início da pandemia e um salto em relação a março último, quando esse grupo representava 47%”, anotou a Folha de S. Paulo. Outros 7% disseram ao Datafolha que estão vivendo a vida normalmente, sem alterar a rotina em virtude da pandemia.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome