Avenida Paulista também reúne manifestantes contra Bolsonaro

Polícia Militar de São Paulo chegou a atirar bombas para separar briga entre manifestantes; protestos contra Bolsonaro também ocorrem em BH e no Rio

Foto: Reprodução/CNN Brasil

Jornal GGN – A Avenida Paulista tem sido palco de manifestações a favor do presidente Jair Bolsonaro, mas neste domingo também se vê protestos contra o atual mandatário do Brasil.

Imagens exibidas pela CNN Brasil mostraram a Polícia Militar jogando bombas de gás lacrimogêneo para separar os manifestantes, após provocações dos bolsonaristas contra aqueles que são contra o presidente Bolsonaro.

Organizado pela torcida organizada Gaviões da Fiel, ligada ao Corinthians, o protesto contra o presidente Bolsonaro reuniu pelo menos 500 pessoas entre integrantes da torcida, torcedores de outros times e representantes de movimentos sociais. Enquanto a manifestação contra Bolsonaro se concentrou na região do vão do MASP, os bolsonaristas ficaram na frente do prédio da Fiesp.

Polícia Militar atira bomba para separar briga entre manifestantes pró e contra Bolsonaro. Foto: Reprodução/CNN Brasil

A torcida organizada Gaviões da Fiel, ligada ao Corinthians, reuniu pelo menos 500 pessoas neste domingo para protestar pela democracia e contra o presidente – e existe a possibilidade de organizadas de outros times passarem a integrar tais manifestos.

Um vídeo que está circulando nas redes sociais mostra a chegada dos manifestantes contra Jair Bolsonaro na região da Fiesp, assustando inclusive uma apoiadora do presidente que estava no local: “Meu deus, os antifascistas. Vamo embora”, diz a mulher.

Confira abaixo alguns registros de manifestações contra Jair Bolsonaro neste domingo em cidades como São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora