Bolsonaro diz que “respeitará resultado das urnas” se Trump não for reeleito

A declaração curiosa de Bolsonaro se deu em resposta a uma pergunta sobre como ele imagina ser a relação com um eventual presidente democrata em caso de derrota de Trump

Foto: Agência Brasil

Jornal GGN – Jair Bolsonaro disse nesta terça (19), à imprensa internacional, que respeitará o “resultado das urnas” caso Donald Trump não seja reeleito na eleição de 2020 nos Estados Unidos. A declaração curiosa de Bolsonaro se deu em resposta a uma pergunta sobre como ele imagina ser a relação com um eventual presidente democrata em caso de derrota de Trump.

Numa outra pergunta sobre a Venezuela, Trump elogiou o fato de o governo Bolsonaro não ter reconhecido a eleição de Nicolas Maduro na Venezuela.

“[A eleição] É um assunto interno e respeitaremos o resultado das urnas em 2020. Mas eu acredito piamente na reeleição do presidente Trump”, disse Bolsonaro. Trump replicou prontamente: “Obrigada, eu concordo.”

Durante o encontro entre os dois presidentes, Bolsonaro se desdobrou para tentar emular semelhanças com Trump. E, de fato, os dois convergiram no discurso sobre como o “socialismo” entrou em declínio na América.

“Trump disse que ‘o ocaso do socialismo chegou no nosso Hemisfério Ocidental’, elogiou a ajuda do Brasil em relação à crise na Venezuela, afirmou que os dois países estão comprometidos em reduzir barreiras comerciais e disse que irá designar o Brasil como aliado extra da Organização do Tratado do Atlântico Norte ou ‘até mesmo da Otan'”, anotou O Globo.

Bolsonaro afirmou é semelhante a Trump nas ideias sobre Deus, ideologia de gênero, fake news e combate ao “comunismo”.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora