Chefe da Secom de Bolsonaro recebe dinheiro de emissoras e agências

Legislação proíbe que integrantes do governo mantenham ligação com empresas que possam ser favorecidas por suas decisões

O secretário especial de Comunicação Social da Secretaria de Governo da Presidência, Fabio Wajngarten. Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil.

Jornal GGN – O chefe da Secom (Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República), Fabio Wajngarten, recebe dinheiro de agências de publicidade e emissoras de TV contratadas pela secretaria, ministérios e estatais do governo Jair Bolsonaro.

Segundo informações do jornal Folha de São Paulo, o pagamento é feito à FW Comunicação e Marketing, empresa em que Wajngarten segue como sócio principal desde que assumiu a Secom, em abril de 2019. O secretário possui 95% das cotas da empresa e sua mãe, Clara Wajngarten, outros 5%, segundo dados da Receita e da Junta Comercial de São Paulo.

A FW oferece um serviço conhecido como Controle da Concorrência, além de elaborar estudos de mídia para TVs e agências, incluindo mapas de anunciantes do mercado e o chamado checking (averiguar se peças publicitárias contratadas foram veiculadas).

A empresa de Wajngarten possui contratos com pelo menos cinco empresas que recebem dinheiro do governo, entre elas as emissoras Band e Record, cujas participações na verba publicitária da Secom tem aumentado.

A legislação brasileira proíbe que os integrantes da cúpula do governo de manter negócios com empresas ou pessoas físicas que venham a ser influenciadas por suas decisões. A prática é um sinal de conflito de interesses e pode representar improbidade administrativas, sob risco de demissão do agente público.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Para além das despesas com juros, por Paulo Kliass

5 comentários

  1. Pré-requisitos para ser membro do borderno(bordel+governo)Bolsossauro Dementis(dinossauro do período Triássico, muito, muito antigo e arcaico e muito, muito estupido):
    1-Ser seguidor do (Eu)Lavo (Meu)Carvalho(com v ou sem v…)e ser uma besta quadrada….
    2-Ser (mitô)mano ou mentiroso patológico de dimensão sideral…….
    3-Ser picareta/171/vigarista/ladrão de galinha capaz de roubar talher em restaurante e bater carteira de velhinho cadeirante…..mesmo com uso da força bruta……
    E por ultimo ser muito, muito, muito antigo e arcaico e muito, muito, muito estupido…..e derramando bile fétida pelo canto da boca em nome de Deus….

  2. E não é que a Justiça de Curitiba acabou lasseando tudo?
    Se há até policial federal que recebe dinheiro dos EUA em conta-corrente, isso é fichina…

    “Vergonha na cara, eu?! Nada, eu tenho é dinheiro no bolso e poder na caneta. Mas sou aprovado pelo boss, vai encarar?”

    https://csalignac.jusbrasil.com.br/noticias/354350802/policia-federal-brasileira-recebe-mensalao-do-governo-dos-estados-unidos

    https://brasil.estadao.com.br/noticias/geral,policial-confirma-que-pf-recebe-dinheiro-da-cia-e-fbi,20040413p12606

  3. Ora, ora e ora, só mais um dos tantos “reciclados-imorais” nesse desgoverno neonazista de carteirinha. Se averiguarem, não creio que sobre unzinho pra contar a estória-das-carochinhas: a partir das rachadinhas-familiares-bolsonarianas, tudo o mais é permitido: afinal, o mpfarado está no bolsobolso e o tofolóide “morre” de medo de cair na boquinha-do-dragão. Os verdinhos-olivais, nossa, um mais esfomeado que o outro.

  4. Este é apenas mais um dos que enfiam a mão $$$ na grana originária de fundos públicos.
    A “cópula” deste governo se mostra ostensivamente pilantra desde o primeiro dia de mandato, como o amigo Queirós não deixou de mostrar.
    A grande mídia, por sua vez, parece não enxergar o festival de patifarias praticado pelos amigos do presidente, que parece ter uma espécie de tesão por defender e acobertar todos os seus inúmeros corruptos.

  5. Bozo disse que corrupto no governo vai pro pau de arara.
    Poderia começar o serviço.
    Mas sabemos tratar-se de pura hipocrisia.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome