Covid: Ministério da Saúde não confirma se vai comprar doses da vacina chinesa

Instituto Butantan já cogita ter de fazer um "pool de governadores" para viabilizar vacinação nacional. Seria o fim do SUS, diz diretor

Foto: Marcos Santos/USP Imagens

Jornal GGN – É destaque na coluna da jornalista Mônica Bergamo que o Ministério da Saúde, comandado pelo general Eduardo Pazuello, não confirmou até agora se comprará doses da vacina contra coronavírus desenvolvida pela chinesa Sinovac e testada no Brasil em parceria com o Instituto Butantan.

Segundo a colunista, o diretor do instituto, Dimas Covas, se reuniu com Pazuello na quarta (7), mas saiu do encontro sem garantia de que o Ministério da Saúde fará a compra das doses de vacina para distribuir via SUS numa campanha nacional.

Se o Ministério da Saúde se omitir, o Butantan já cogita reunir um “pool de governadores” que deverão fazer a compra e a distribuição em seus estados por conta própria. Seria, na visão de Dimas Covas, o “fim do SUS”. Toda campanha de imunização é organizada pelo Ministério da Saúde.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

6 comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome