Damares usa sífilis, doença prevenível com camisinha, para justificar abstinência sexual

Ministra também defende que a juventude espere "amar de verdade" uma pessoa, antes de ter relação sexual com ela

Foto: Agência Brasil

Jornal GGN – A pastora Damares Alves, ministra da Família do governo Bolsonaro, usou uma “epidemia de sífilis” para justificar sua ideia de pregar a abstinência sexual entre os jovens, como forma de prevenir não só a doença sexualmente transmissível, mas também a gravidez precoce.

Damares argumentou na Rádio Gaúcha, na manhã desta sexta (24), que a pílula do dia seguinte pode até impedir uma gravidez, mas não livra os adolescentes da sífilis.

A ministra, que afirma conversar com “especialistas”, ignorou o fato de que a sífilis pode ser evitada se a relação sexual ocorrer com uso de preservativo.

“Use camisinha em todas as relações sexuais. Essa é a maneira mais segura de prevenir a doença”, diz o site do médico Drauzio Varella, por exemplo.

A sífilis também pode ser transmitida nas relações anais e orais. Além disso, mulheres infectadas podem transmitir a doença para o bebê, durante a gravidez. Ao defender a abstinência do sexo “convencional”, Damares não entrou no mérito de nenhuma dessas questões.

Para a ministra, a abstinência como política pública é viável, e só tem gerado polêmica porque ela é pastora. “Eu acho que essa resistência toda é porque a ministra é pastora. Estão achando que quero impor conduta moral. Não, estou conversando há um ano com especialistas sobre o tema”, afirmou.

“ESPERA AMAR DE VERDADE”

Na entrevista, Damares ainda defendeu que “sexo não é só corpo, exige maturidade emocional”, e que os adolescentes precisam ouvir sobre “afeto”.

“Relação sexual tem que estar ligada ao afeto. Conversar com esses meninos para esperar um pouco a mais, esperar amar de verdade” para ter a relação, disse Damares.

Leia também:  Clipping do dia

A ministra explicou que a campanha está em elaboração, e que deverá focar nas escolas, não na televisão. “Não vamos usar a palavra abstinência, vamos falar sobre retardamento da vida sexual. ‘Pense duas vezes’.”

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

2 comentários

  1. A bruxa virgem Damares Alves proibiu o sexo. Qual será o próximo passo da teocracia evanjegue do vagabundo JairBolsonaro? Implantar microchips nas vaginas das meninas para registrar os espasmos causados por penetrações enviando os dados por Wifi à Central Federal de Orgasmos? Qual será a pena para a menina que foder sem autorização governamental?

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome