Embraer fabrica peças de ventilação durante epidemia de coronavírus

Embraer começou a fabricar peças para ventiladores, em um esforço para apoiar a indústria médica do país, com a pandemia de coronavírus em todos os cantos do mundo

Do Flight Global

A fabricante brasileira de aeronaves Embraer começou a fabricar peças para ventiladores, em um esforço para apoiar a indústria médica do país, com a pandemia de coronavírus em todos os cantos do mundo.

A Embraer diz que em 25 de março também começou a trabalhar com um hospital de São Paulo para fornecer suporte técnico aos sistemas de filtro de ar e controle de qualidade do ar que poderiam transformar as enfermarias regulares em unidades de terapia intensiva. O trabalho está ocorrendo nas instalações da sede da empresa em São José dos Campos.

“As ações, desenvolvidas em conjunto com a cadeia de suprimentos da Embraer, incluem a fabricação de peças para a indústria de ventiladores e respiradores, a substituição de componentes importados por ventiladores, o desenvolvimento de sistemas de filtragem de alta eficiência para transformar leitos hospitalares regulares em leitos de terapia intensiva e estudos para o desenvolvimento de respiradores simples, robustos e portáteis, visando rápida implementação e disponibilidade ”, afirma o fabricante.

A empresa acrescenta que os filtros usados ​​nos sistemas de ar condicionado das aeronaves podem ser modificados para serem usados ​​por clínicas e hospitais, ajudando a atender às necessidades imediatas de assistência médica.

“O sistema global de assistência médica está enfrentando um cenário sem precedentes, e a Embraer planeja aplicar sua capacidade durante este momento de colaboração global e demanda por soluções eficazes e de curto prazo”, afirma a Embraer. 

De acordo com o Coronavirus Resource Center da Universidade Johns Hopkins, mais de 466.000 pessoas foram infectadas pelo vírus em todo o mundo, resultando em mais de 21.000 mortes em 173 países. O Brasil registra 2.433 casos, com 57 óbitos.

A Embraer divulga os resultados do quarto trimestre de 2019 em 26 de março.

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Fora de Pauta

1 comentário

  1. E que desistam desta parceria com a boeing, que por um tempo, fabricar avião não vai ser grande negócio:

    Companhia aérea portuguesa suspende contrato de 90% dos funcionários.
    https://economia.uol.com.br/noticias/redacao/2020/03/31/companhia-aerea-portuguesa-suspende-contrato-de-90-dos-funcionarios.htm

    “A crise é enorme”, diz presidente da Latam no Brasil
    https://exame.abril.com.br/negocios/a-crise-e-enorme-diz-presidente-da-latam-no-brasil/

    Aéreas correm risco de quebrar com pandemia do coronavírus
    https://investnews.com.br/negocios/aereas-correm-risco-de-quebrar-com-pandemia-do-coronavirus/

    Análise – Ações de companhias aéreas brasileiras foram mais afetadas por crise do coronavírus
    https://www.refinitiv.com/pt/blog/future-of-investing-trading/analise-acoes-de-companhias-aereas-brasileiras-foram-mais-afetadas-por-crise-do-coronavirus/

    Aéreas perdem 75% dos voos; ajuda do governo é para vencer guerra, diz Azul
    https://www.poder360.com.br/poder-em-foco/aereas-perdem-75-dos-voos-ajuda-do-governo-e-para-vencer-guerra-diz-azul/

    Aéreas começam a fechar vagas com aumento da crise do coronavírus
    Air France planeja suspender 80% da equipe e escandinava SAS anuncia medida para 90% dos trabalhadores
    https://www1.folha.uol.com.br/mercado/2020/03/aereas-comecam-a-fechar-vagas-com-aumento-da-crise-do-coronavirus.shtml

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome