Exclusivo: PF está chegando perto dos mandantes da Morte de Marielle

Milicianos identificados em investigações anteriores

Jornal GGN – Fontes com acesso às investigações do caso Marielle informaram o GGN que as investigações estão convergindo para três pessoas:

Jorge Picciani – ex presidente da Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro

Domingos Brazão – ex presidente do Tribunal de Contas do Rio.

Paulo Mello – sucedeu a Picciani como presidente da Alerj

os três são influentes nas áreas dominadas por milícias.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Defensores da prisão em 2ª instância usam dados inflados para criticar debate no STF

14 comentários

  1. O vagabundo Jair Bolsonaro disse que os filhos do Bolsa Família tem menor desenvolvimento intelectual.
    Veremos o que ele dirá quando os filhos dele que recebem Bolsa Milícia começarem a ser enjaulados por causa do assassinato de Marielle Franco.

  2. Estamos nas mãos dos MILICIANOS, somente com informações desse nível é que conseguiremos mudar o jogo

  3. E todos acreditando que a solução seria enigmática…

    o que vai pegar realmente, deixando os demais operários livres, é que o outro lado de qualquer miliciano desse nível é repleto de ultimatos

    podem até criar outra máxima: bandido bom é bandido preso

  4. E por qual razão nós devemos acreditar na PF? Apenas uma, porque eu teria inúmeras para não, assim como tenho contra o MP e o judiciário!

  5. É no Rio que podemos ver claramente as duas faces da governança do país…
    uma vergonhosa e a outra estimulante

    sem tirar o valor de face da moeda não haverá como solucionar

  6. A policia federal vai desviar a atenção dos verdadeiros mandantes pois e uma corporação comprometida com determinados setores, não tem credibilidade.

  7. O Flávio Bolsonaro, que perseguiu um Professor de Belford Roxo que teve a vida pesquisada na internet pelo assassino da Marielle, não deveria ser uma opção fora do baralho.

  8. Não vejo muito sentido nisso.
    Porque há outros grupos fortes nessa área.
    Pressupõe-se que deveria haver uma luta entre as facções.
    Não é isso que se verifica.
    Sei não.

  9. Pelo que parece, a família influente e amiga dos milicianos só vai prestar contas à justiça lá por 2023. Até esta data falta coragem para mexerem no vespeiro.

  10. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome