Livro expõe revolta de Mandetta contra os Bolsonaro

Às vésperas de deixar o Ministério da Saúde, Mandetta teria dito em usar 'trezoitão' contra filhos de Bolsonaro

Jair Bolsonaro e o ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta. | Foto: Dida Sampaio/Estadão

Jornal GGN – O ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, deixou explícita sua conturbada relação com a família Bolsonaro antes de deixar o cargo em abril, de acordo com relatos do livro  “Guerra à Saúde” (LeYa), escrito pelo ex-diretor de Comunicação da gestão de Mandetta, Ugo Braga. As informações são de Mônica Bergamo, na Folha de S. Paulo.

No livro, Braga descreve “reuniões, ligações telefônicas e incêndios apagados pela comunicação da pasta durante a fritura do ex-ministro por Bolsonaro”, escreveu Bergamo.

“O presidente é bom, é bem-intencionado. O problema é aqueles filhos dele, que ficam o dia inteiro xingando nas redes sociais. Sorte que eu não mexo com essas coisas…”, teria dito Mandetta, no dia 15 de abril, à véspera de sua exoneração.

“Minha vontade é pegar um trezoitão e cravar neles. Pelo menos passava a minha raiva”, teria completado o ex-ministro. 

Mandetta afirmou que não se lembra dos fatos narrados. Uma vez que, em meio à epidemia, “os filhos do presidente não faziam parte de suas principais preocupações”. 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Bolsonaro coloca três militares em agência de proteção de dados

2 comentários

  1. Virou moda.Qualquer desses sacripantas que ocuparam cargo de relevância na estrutura pública da República Federativa da Gatunagem,ao serem ejetados para fora,tomaram gosto pelo velho oeste americano.Um bêbado contumaz,ameaçou matar o Ministro Gilmar Mendes.Um outro com nome de mafioso ameaçou os filhos de Jair com um tresoitão.Dois cuzões,não matam nem mosca.O bebum até definir as miragens à sua frente,já teria recebido um cachação do Ministro Gilmar.O Tomasio Bucetta da saúde,antes de sacar o trêsoutão,teria sua cabeça decepada pela espada da milícia de Rio Pardo,a mesma usada pela atriz Uma Turmann nos filmes Kill Bill I II.

    • NOTA DE UTILIDADE PÚBLICA.

      Como participante de relevância significativa neste espaço,onde entre trancos e barrancos,conseguir colocar no papel quase tudo que sei e quis,graças a benevolência de Luís Nassif,o mais brilhante jornalista de sua geração,a quem sou grato pelo resto dos meus dias,estou comunicando a quem interessar possa,que estarei transferindo meu domicílio para Lisboa ou Coimbra em Portugal,onde pretendo aprender um pouco mais do que sei.
      Esse movimento acontecerá assim que pandemia estiver sob um controle maior.
      O assunto em pauta, deixa de ser de cunho particular,por que,em momento oportuno entrarei em contato com Dona Lourdes Nassif,uma bela pessoa que nem conheço,para me ajudar a resgatar tudo que aqui escrevi.Em nenhum outro local,só e somente só aqui.É meu propósito escolher aquilo que entender de mais relevante,e por minha conta e risco,colocar em um livro de memórias.
      Espero com esse comunicado ter dado o primeiro passo.O segundo dependerá dos humores de Deus.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome