Mandetta critica Bolsonaro: “Ainda querendo maquiar?”

"Cuidado. A morte está na espreita e na conta dos incautos"; ex-ministro da saúde cobra governo diante do avanço do coronavírus no país

O ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta. Foto: Reprodução

Jornal GGN – O ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta usou suas redes sociais para cobrar o governo de Jair Bolsonaro sobre o combate ao coronavírus no Brasil.

“Quantos dos 800000 casos confirmados e das 41000 vidas perdidas a atitude tola foi a responsável? Realidade Inflada ? Ainda querendo maquiar? Cuidado. A morte está na espreita e na conta dos incautos. Reflita e reze. Fique com João 8:32 . Não cite. Pratique!”, escreveu o ex-ministro, conforme postagem abaixo:

Embora Mandetta não tenha feito uma referência direta a Bolsonaro, ele citou o trecho bíblico usado pelo presidente de maneira recorrente – João 8:32 ,”E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará”.

Nesta quinta-feira (11/06), Bolsonaro usou sua live semanal para afirmar que existe ganho político com o aumento do número de mortes e que ninguém no Brasil perdeu a vida por falta de leito ou de respirador – e ainda sugeriu a seus seguidores que entrem em hospitais públicos para filmar os leitos de UTI.

Enquanto isso, nesta sexta-feira o Brasil ultrapassou o Reino Unido e é o segundo país no mundo com o maior registro de mortes pela covid-19, com mais de 42 mil vítimas fatais. As informações são do jornal Correio Braziliense.

 

Leia Também
OMS diz que situação do Brasil na pandemia é preocupante
Bolsonaro atiça seus seguidores a invadirem hospitais e filmarem leitos vazios
Estoque de contaminados cresce 50% ao mês em São Paulo
A vida pregressa de Sergio Moro: saiba como ajudar o projeto do GGN

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora