Mulher comparou Queiroz a bandido “que tá preso dando ordens aqui fora”

Para o MP, Queiroz ameaça testemunhas. "Esse foi o caso de Danielle Nóbrega, ex-mulher do capitão do Bope, Adriano Nóbrega,

Jornal GGN – O juiz Flávio Itabaiana autorizou a prisão temporária de Fabrício Queiroz, executada nesta quinta (18), por entender que, solto, o ex-assessor de Flávio Bolsonaro trabalha para obstruir as investigações do caso rachadinha.

Como prova, o juiz citou mensagens apreendidas em última operação do Ministério Público, nas quais a mulher de Queiroz, Márcia Aguiar, o compara com um bandido “que tá preso dando ordens aqui fora, resolvendo tudo”.

Para o Ministério Público, Queiroz ameaça testemunhas. “Esse foi o caso de Danielle Nóbrega, ex-mulher do capitão do Bope, Adriano Nóbrega, que constou como assessora de Flávio por 10 anos e foi demitida do gabinete em novembro de 2018 a pedido de Queiroz”, narrou O Globo. Adriano, um miliciano suspeito de relações com morte de Marielle Franco, foi morto em operação da polícia.

Márcia também é alvo de mandado de prisão mas é considerada foragida.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora