Nas ruas, apoiadores de Bolsonaro pedem fechamento do Congresso e do STF

As manifestações também são uma resposta ao mega protesto que ocorreu em 15 de maio, organizado por estudantes e trabalhadores, contra os cortes do MEC e a reforma da previdência

Foto: Jornalistas Livres

Jornal GGN – Contra a corrupção, os “vagabundos” do Congresso, pela substituição dos ministros do Supremo Tribunal Federal que não ouvem as vozes das ruas. Pelas reformas de Jair Bolsonaro e o pacote anticrime de Sergio Moro. São essas as principais bandeiras das manifestações que ocupam as principais capitais do País neste domingo (26).

No início desta tarde, jornais da grande mídia, como a Folha de S. Paulo, relata dificuldade de conversar com os manifestantes. Alguns admitem que foram orientados a não responder perguntas. Outros ficam agressivos quando descobrem que falam com jornalistas. Outros fazem questão de registrar a indignação com as instituições que estariam impedindo Bolsonaro de governar.

O El País obteve declarações de populares defendendo explicitamente o fechamento do Congresso e do Supremo.

Em cinco meses de governo, Bolsonaro ainda não apresentou nenhuma ação para aquecer a economia e reduzir o desemprego. A reforma da Previdência é a única grande cartada do Planalto até o momento, que vende a necessidade de sua aprovação como essencial para recuperar a saúde financeira da máquina pública e atrair investimentos.

Mais do que vender a ideia de que não consegue convencer o Congresso a apoiá-lo sem apelar para o “toma lá, dá cá”, Bolsonaro também precisa encher as ruas para mostrar força em um momento em que seu filho mais velho, Flávio Bolsonaro, é investigado por desvios milionários da época em que era deputado no Rio de Janeiro.

Nas redes sociais, Bolsonaro disse que as manifestações são “espontâneas” e um recado contra a “velha política”.

Em artigo na Folha deste domingo, Janio de Freitas disse que Bolsonaro tentou, sim, obter conquistas no Congresso por meio de métodos da chamada “velha política”, fosse sinalizando com ministérios ou com a liberação de emendas parlamentares. Ainda assim, fracassou em suas últimas batalhas.

Leia também:  Base de Alcântara: análise constitucional do acordo entre Brasil e EUA, por Jorge Rubem Folena

REPÚDIO AOS PEDIDOS ANTI-DEMOCRÁTICOS

Em suas redes sociais, o governador do Maranhão, Flávio Dino, compartilhou fotos das manifestações em seu estado. Ele disse que respeita todas as formas de protestos, sejam eles pequenos ou grandes multidões. “A única coisa com a qual não concordo: a agenda de pequenos grupos contra a democracia e as instituições. Repudio pedidos de fechamento do Parlamento e do Supremo, bem como aqueles que querem acabar com direitos sociais e com a educação pública”, ressaltou.

Em Brasília, a polícia estimou que até o início da tarde de domingo cerca de 10 mil pessoas se concentraram perto da praça dos três poderes.

Na Avenida Paulista, o volume de pessoas passou a ser notável a partir das 14h. A deputada Carla Zambelli, uma das agitadoras, acredita que, até o final do dia, a principal rua da capital paulista receberá 1 milhão de apoiadores de Bolsonaro.

As manifestações também são uma resposta ao mega protesto que ocorreu em 15 de maio, organizado por estudantes e trabalhadores, contra os cortes do MEC e a reforma da previdência.

Abaixo, transmissão do Jornalistas Livres, com entrevistas na Avenida Paulista.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

23 comentários

  1. Se tivesse mortadela, patrocínio de sindicatos e de partidos do crime, o número de manifestantes seria dez vezes maior.

    “Alexandre Lourenço
    HÁ 4 HORAS

    Muitos petralhas dizem que são poucas pessoas. É verdade. Mas ali não tem patrocinio de sindicatos e nem partidos do crime pra distribuir mortadelas. É a familia brasileira indignada com um congresso liderado por bandidos que se unem e apoiados pelo STF que lutam pra preservar o direito de assaltar um País”.

  2. Como previsto, serviu para nos mostrar quão extensa é a ignorância política dos que apoiam Bolsonaro

    indo de uma ponta a outra de qualquer ponto de concentração, ficamos com a impressão de que antes da concentração foi servida uma sopa ditatorial cujos principais ingredientes foram: patriotismo destrutivo, submissão colonial aos EUA e, pasmem, assim como também a Israel

  3. Engraçado que vcs atacam o STF…o Congresso…são os mesmos que tiraram Dilma e mantem preso Lula. Vão trabalhar e estudar seus coxinhas desocupados!

  4. Desviando de comparações numéricas…
    acrescento que mais importantes do que os que foram, foram os que não foram

    deixando a impressão de que muitos estão se ligando na certeza de que a combinação do poder com a imperfeição humana, ou criminosa, não resolve os problemas de todos, só os do dono do poder da vez

  5. nessa briga boba de mocinhos e bandidos
    poucos têm razão, pois o contra-senso, a contradição
    imperam,
    mas ninguém tem a capacidade realmente integral
    de interpretar os fatos e o que está
    verdadeiramente em jogo….
    as frases afirmativas, aquelas que aparentemente
    dizem tudo, não dizem toda a verdade,
    mas quem afirma não tem a caCIDADE CRÍTICA
    DE REVER O QUE DISSE OU O QUE PENSOU,
    MEsMO PORQUE ESTÁ SENDO MANIPULADO POR
    FAKE NEWS NA maioria das vezes e do tempo….
    o que surpreende são pessoas humildes sendo
    usadas por interesseiros pra dizer por exemplo
    que são a favor da tal reforma da previdencia,
    sem saber o que isso significa, isto é, a sua
    própria destruição como pessoa.
    a ignorancia ou o interesse imediasto mata,
    podes crer,amizade,
    como diria aquele poeta apelidado
    gentileza ou coisa assim….

  6. É o fascismo explícito.
    Enquanto isso, um partido político impede a formação da Frente Ampla. E nenhum jornalista tem a coragem de revelar aos brasileiros, porque dividiria ainda mais o q já está fragmentado. Mas um dia todos saberão…

  7. Se o golpe 3.0 – esse do Bozo e Forças Armadas se realizar, fica a dúvida se há inteligência na classe empresarial do país…
    Se esse golpe se realiza passará a vigorar a vontade do “rei”, que tem amigos interessados na coisa pública e transformarão serviços públicos em serviços para gerar lucros…
    O governo perderá a capacidade de administrar preços!
    No outro lado estes empresários estão ávidos para retirar todos os direitos dos trabalhadores.
    Trabalhadores sem segurança de renda não vão comprar bens mais caros, o que vai reduzir a venda e o comercio de tais produtos – empresas vão quebrar e vão deixar a economia cada vez mais fraca…
    Ai vão tentar fazer como fez a China com sua mão-de-obra barata…
    Só a China com 1,2 bilhão de habitantes e com tecnologia já consolidada e agressiva no mercado externo, será que vai dar para competir?
    Ai vão descobrir que não seremos competitivos com a Ásia e nossos vizinhos da América do Sul se tornarão entrepostos para produtos chineses…
    Isso vai matar praticamente todo nossa industria, por os empresários não entendem que capital e trabalho caminham juntos e isso não é marxismo cultural…
    Com governos sucessivamente enfraquecidos teremos venda de terrar agricultáveis para estrangeiros e viveremos como colonia agrícola e mineral e ficaremos a mercê do Fundo Monetário Internacional.
    Será que eles não estão vendo isso?

  8. O $enador Major Olimpio, que no seu dis(c*)e só mandou a Globo chupar, reconhece que o número de apoiadores de Bolsonaro já foi bem maior do que hoje:

    “Segundo o Datafolha, eu estou sozinho aqui. Eu não consigo ver o chão [de tanta gente]. Chupa Rede Globo. É um mar de gente de espontaneidade e de civismo.
    (…)
    Durante a campanha, quando Bolsonaro estava prestes a ser eleito, candidatos de vários partidos, como DEM e PP, se matavam para tirar uma selfie com ele. Hoje sabemos quem são os aliados de verdade”.

    O Major Olimpio reconhece que o número de aliados se desidratou. E olha que esse governo ainda não completou 6 meses.

  9. Vocês não tem vergonha na cara de postar uma matéria ridícula dessas não? Só os idiotas comedores de capim acreditam em uma babozeira dessas. Chorem mais bando de canalhas!

  10. É impressionante a falta de visão de grande parte dsses manifestantes. Dá a impressão de que são meros teleguiados, incapazes de articular – que dizer sobre aprofundar – qualquer ideia sobre o que é socialismo, por exemplo, ou de associar a tomada do estado brasileiro pela iniciativa privada do dólar com o que está acontecendo da mesma forma em muitos outros países do mundo: fracasso no atendimento às demandas populares que gera desemprego, miséria e beligerância. É quase inacreditável que trabalhador, por exemplo, apoie o desmonte de previdência pública, do ensino público, da saúde pública… de tudo o que é público, enfim, como se ele, trabalhador, fosse conseguir se manter nesse ritmo.

    Agora, para além disso, o pasmo maior é para o apoio a Sérgio Moro, ex-juiz corrupto, com problemas sérios desde as APAEs do Paraná passando pelo seu alinhamento com figuras como Carlos Zucolotto, Queiroz, e o pior, colaborador voluntário em ações que penalizam nosso país movidas pelos EUA, que tantas vezes têm desonrado promessas e compromissos e até atacado belicamente contra quase todos os países do mundo, praticado terrorismo oficialmente… um estado terrorista, enfim. Tudo isso com o suporte de um Ministério Público pra lá de corrupto, aceitando descaradamente “caixinha” dos EUA.

    Só sendo muito cego para defender esses verdadeiros facínoras, gente cuja traição ao Brasil é tão flagrante que precisam disfarçar usando as cores nacionais. Pobres de “direita”, brasileiros que colocam os interesses dos EUA acima dos do Brasil… ainda que bem intencionadas, ignorância e demência pouca é bobagem.

  11. O que mais espanta é que só pioraram…
    parece que involuíram com a eleição do Bolsonaro, porque hoje manifestaram-se contra tudo aquilo que pediram em campanha, até contra a educação

    entre as de campanha e as de hoje, de apoio, dá para perceber o cérebro se atrofiando

    Sinal de que na próxima podem se manifestar pela suspensão de toda e qualquer atividade que não esteja de acordo com a política do líder. A essência do fascismo sem fantasia, pensamento único

  12. Paulo, você não é cidadão de bem, você é FASCISTA! Eu votei para o Congresso e meu voto vale o mesmo que o seu. A merda que você colocou no palácio do Planalto responde por 57 milhões de votos, mas outros 90 milhões não votaram nele. Se ele não quer governar para o país inteiro que renuncie. O mesmo STF que você quer fechar foi o que ajudou seu presidente-cocô a se eleger. Deixe de enrolação que nos sabemos muito bem o que aconteceu nesse país nós últimos cinco anos. Vocês deveriam beijar os pés dos ministros do STF porque o golpe de vocês foi “com supremo, com tudo”. Se você quer ditadura de volta, vá para a Arabia Saudita. Aqui não vai ter mais ditadura, taokei?

  13. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome