Universidade de Buenos Aires cancela palestra com Moro após sofrer repúdio

"Moro é um símbolo da pior face do Poder Judiciário nas nações latino-americanas", escreveram os críticos

Jornal GGN – A Faculdade de Direito da Universidade de Buenos Aires decidiu cancelar uma palestra sobre corrupção que contava com a participação de Sergio Moro depois que recebeu uma série de manifestações de repúdio pelo passado do ex-juiz.

Segundo o site Página 12, a perseguição ao ex-presidente Lula e a associação de Moro ao governo Bolsonaro, conhecido por desprezar e violar direitos humanos, foram as principais reclamações.

Um grupo que organizou coleta de assinaturas contra a participação de Moro no colóquio que seria virtual reforçou que ele demonstrou “sua absoluta parcialidade” ao entrar no governo Bolsonaro. “Moro é um símbolo da pior face do Poder Judiciário nas nações latino-americanas”, escreveram.

Leia mais aqui.

O GGN PREPARA UM DOSSIÊ SOBRE SERGIO MORO. SAIBA MAIS AQUI.

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Estudo aponta retomada desigual da economia no Brasil

3 comentários

  1. Parabéns aos organizadores pelo cancelamento do que nunca deveria ter sido programado. E se eles puderem ler, vai um recado: aproveitem que são mestres e estudantes e informem-se melhor sobre o nível das raposas que convidam para seu galinheiro. Moro é um criminoso e não sei não se um assassino também.Um verme, enfim. Já souberam do “acidente” do ex-ministro Teori Zavaski?

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome