A mesquinharia na disputa do plano econômico do lulismo, por Luis Nassif

Se Lula não mediar de forma mais decisiva essa disputa de egos dentro do PT, ainda vai ter muita dor de cabeça

Os boatos dando conta da suposta indicação de Pérsio Arida para montar o programa econômico de Lula fazem parte da deplorável disputa de bastidores do petismo em relação à interlocução econômica com o mercado. 

O referencial é o mercado. Lula incumbiu economistas de confiança de uma primeira abordagem. Foi uma abordagem técnica e sem subterfúgios. Mostrou-se a lógica da recuperação dos investimentos com o setor privado, sem afrontar regras econômicas, e enfatizou-se o papel decisivo do BNDES, Petrobras e Eletrobras. Ou seja, conversa madura, de quem dispõe de amplo conhecimento de mercado e da economia para detalhar um plano lógico, em substituição ao neoliberalismo selvagem pós-2015.

A reação de setores internos do PT foi essa fantasia de anunciar publicamente um encontro com Pérsio Arida e, depois, vazar informações de que ele seria o novo autor do plano econômico do PT. Ou seja, um lado elabora conceitos, ideias, dentro da lógica do desenvolvimentismo responsável e de interlocução respeitosa com o mercado; o outro joga a toalha e defende o economista que representa o próprio mercado. E passa a dica para a repórter desavisada, que engole a versão e espalha irresponsavelmente.

O boato não durou um dia e foi devidamente desmentido por Pérsio Arida, um economista sério que não se mostrou disposto a servir de álibi para disputas menores.

Se Lula não mediar de forma mais decisiva essa disputa de egos, ainda vai ter muita dor de cabeça.

3 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

jotapontomarcelo ou marcelopontojota

- 2022-05-24 20:44:07

SERIA MELHOR O LULÃO SÓ OBSERVAR E IDENTIFICAR AS SABOTAGENS DO PT ENQUANTO CURTE A "LUA DE MEL"JÁ DO OUTRO LADO TÊM OS MILITARES,Q NÃO SÃO "PESSOAS NORMAIS"SERÁ PRECISO AJUDA DO POVÃO POIS OS ADVERSÁRIOS AGEM MILIMETRICAMENTE E A MÍDIA CONTROLA CADA PALAVRA Q DIZ AO POVÃO,LULÃO SÓ OBSERVE UMA SEMANA E VERÁS O Q MUITOS NÃO VÊEM !!

Vladimir

- 2022-05-24 14:03:16

O presidente Lula, para quem não se lembra,realizava reuniões periódicas com economistas do mais diversos matizes ideológicos. Começava com Delfim,passando pelo presidente do Palmeiras e chegando até o próprio Mercadante. Tudo isso para possibilitar que a política econômica fosse dele e não de um posto de gasolina. Agora, na elaboração do plano de governo não será diferente, e,novamente,ele estará à frente das definições da política econômica.

Antonio Uchoa Neto

- 2022-05-24 11:21:36

A criança ainda nem nasceu, ou seja, não se sabe se será feia ou bonita, mas todos já querem ser o pai. E sequer há a certeza de que a criança - o pós-bolsonarismo - vai nascer. Ainda há riscos de aborto, espontâneo ou forçado. De qualquer forma, a merda em que o bolsonarismo jogou o país é tão grande, evidente, e mal-cheirosa, que qualquer coisa que venha, fora de seu domínio, sabe-se que será melhor. Por isso todos do lado de cá querem ser o pai da criança. E enquanto a "esquerda" bate cabeça, o projeto (sic) do outro lado já está pronto. Mesmo sendo um projeto pastel-de-vento, uma casca sem nada dentro. Eles sabem o que querem - até porque o que eles querem já está posto, desde 1500. A Esquerda sabe o que não quer - mas isso não é o bastante. E parece muito ocupada em fazer testes de paternidade por DNA. Eu só tenho uma certeza: tirando o próprio Lula, ninguém na esquerda aprendeu a falar a língua do povo. Isso deve ter algum significado. E o próprio Lula, um dia, vai ficar isolado dentro do PT e da esquerda como um todo. E a esquerda seguirá domesticada - obra dela própria.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador