Mandato de Parente na Petrobras é renovado por dois anos

pedro_parente_5.jpg
 
Jornal GGN – Em comunicado divulgado hoje (27), a Petrobras informou que seu conselho de administração aprovou a recondução de Pedro Parente para a presidência-executiva da estatal para um mandato de dois anos. 
 
De acordo com a Petrobras, o novo mandato começou a valer ontem e vai até 26 de março de 2019. Parente foi indicado ao cargo pelo presidente Michel Temer em maio do ano passado, após o aprovação do impeachment de Dilma Rousseff na Câmara dos Deputados.

 
O nome de Parente foi aprovado pelo Conselho de Administração, e sua posse ocorreu no dia 1º de julho, substituindo Aldemir Bendine.  
 
Parente foi chefe da Casa Civil, ministro do Planejamento, secretário executivo do Ministério da Fazenda e ministro de Minas e Energia entre 1999 e 2002, no segundo governo de Fernando Henrique Cardoso. 
 
A estatal também convocou assembleias gerais ordinária e extraordinária de acionistas para 27 de abril, onde serão discutidos o relatório financeiro de 2016, a eleição dos membros do conselho fiscal e a reforma do Estatuto Social da companhia, além de requisitos adicionais de reputação ilibada na política de indicação de membros de conselhos e diretoria. 
 
Assine

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora