“Ainda passa muita água embaixo da ponte”, diz Lula sobre popularidade de Bolsonaro

"Quem conquista a opinião pública é quem está no governo, é ele quem libera o dinheiro, é ele quem vai para a televisão. Acho que a gente não tem que ter preocupação ainda com as pesquisas"

Jornal GGN – Em entrevista ao canal da Revista Fórum, na manhã desta sexta (4), o ex-presidente Lula minimizou o crescimento da popularidade de Jair Bolsonaro nas pesquisas de opinião. Segundo ele, é natural que quem está no governo “conquiste a opinião pública”. “Quem está com a máquina pública pode crescer, ter iniciativas que pode lhe favorecer.”

Lula ponderou que 37% de aprovação de Bolsonaro, um recorde aferido em agosto do seu segundo ano de mandato, não representam sequer o total de votos que o atual presidente teve quando ganhou a eleição. “No segundo ano de mandato, Dilma chegou a 75% de aprovação”, lembrou Lula.

Para o petista, o auxílio emergencial – três parcelas de R$ 600,00 pagas para cerca de 40 milhões de brasileiros na pandemia – “ajudou Bolsonaro a se manter na pesquisa sem cair muito.”

“Quem conquista a opinião pública é quem está no governo, é ele quem libera o dinheiro, é ele quem vai para a televisão. Acho que a gente não tem que ter preocupação ainda com as pesquisas pensando na eleição de 2022 porque tem muita água que vai baixar debaixo da ponte.”

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  As lições das urnas e a frente ampla, por Reinaldo Centoducatte

1 comentário

  1. Gostem ou não, esse sabe das coisas. Mais que a maioria da esquerda brasileira.
    Recordo entrevista dele em 2005. Quem seria o candidato tucano à presidência? Ele cravou: Alckmin.
    O resto é história

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome