As milícias armadas se espalham por todo o país

É impressionante a anomia do Exército a essa distorção que cria um poder à parte, colocando em xeque o monopólio da força pelas Forças Armadas

O vídeo abaixo é de um canal de defesa das milícias constituídas pelos tais “homens de bem”. Os números apresentados, sobre a existência de armas no país, mostra a dimensão que o fenômeno adquiriu. Até agora, há 26 mil visualizações no vídeo. É impressionante a anomia do Exército a essa distorção que cria um poder à parte, colocando em xeque o monopólio da força pelas Forças Armadas.

2 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Adriano

- 2022-05-28 21:50:37

Acho bem provável o cenário colocado pelo prof Piero Leirner. O glorioso exército está deixando correr solto o armamento pros cidadãos de bem, o genocida vai perder a eleição e os grupos armados vão fazer seu capitólio tabajara. E aí quem poderia deter a insurreição??? O glorioso, é claro!! Automaticamente se transformam em salvadores da pátria e estarão em posição de força para chantagear/negociar suas condições com o novo mandatário. A famosa tática militar "good cop/bad cop".

Fábio de Oliveira Ribeiro

- 2022-05-26 11:15:39

Correção: as milícias mais perigosas já existiam. Elas são um legado da ditadura. Refiro-me ofviamente às Polícias Militares em geral e à Polícia Rodoviária Militar em especial, que ultimamente passou a realizar execuções ao estilo nazista clássico. https://m.facebook.com/story.php?story_fbid=5480597465297370&id=100000415136357

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador