Bolsonaro usa entrevista para disparar contra Mandetta

Além de atacar governadores, presidente diz que "nenhum ministro é indemissível", e que “falta humildade” ao ministro da Saúde

Foto: Reprodução

Jornal GGN – O presidente Jair Bolsonaro usou a mídia aliada para atirar diretamente contra o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, cuja atuação durante a pandemia do coronavírus tem sido um dos poucos pontos de lucidez dentro do governo.

Em entrevista à rádio Jovem Pan nesta quinta-feira (02/04), Bolsonaro foi claro ao afirmar que nenhum de seus ministros é indemissível, e mandou um recado claro a ele:

“Olha, o Mandetta já sabe que a gente está se bicando há algum tempo. Não pretendo demiti-lo no meio da guerra. Em algum momento ele extrapolou. Respeitei todos os ministros, ele também. A gente espera que ele dê conta do recado (…) Se ele se sair, bem, sem problema. Nenhum ministro meu é indemissível”, disse.

Bolsonaro também insinuou que Mandetta teria de “ouvir um pouco mais o presidente da República” – lembrando que o ministro da Saúde já declarou que não atua com base em política, mas com ciência. E voltou a atacar os governadores que estão adotando medidas de isolamento social para conter a disseminação do novo coronavírus. As informações são do jornal O Globo.

Leia Também

Em reunião “ríspida”, Mandetta pediu que Bolsonaro pare de contrariar Ministério

 

6 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Carlos Elisio

- 2020-04-03 03:54:18

Mas o presidente oeracional nao é o tal Braga Neto? Por que ainda dão importância a rainha?

Jus Ad Rem

- 2020-04-02 23:03:45

Na atual conjuntura, é mais fácil o Mandeta derrubar o Bozo, do que o contrario.

Josue f da Silva

- 2020-04-02 22:36:19

A Presidência é um Reinado hoje: O Rei(Braga Neto),o Príncipe(L.E.Ramos) e tem o Bobo da Corte(Bolsonaro).O Mito que virou um bobo!

Lúcio Vieira

- 2020-04-02 21:57:07

Bolsonaro se torna cada vez mais, no símbolo da ridicularização e da pobreza de espírito. É digno de muita comiseração humana. Chega ao cúmulo do ridículo em se tornar um autoritário, sem autoridade até no galinheiro. Um galo que cocorococa para mendigar, pelo direito de permanecer no próprio poleiro, apenas para dizer que é galo, mas que não sabe nem disfarçar em cantar de galo. Triste vida a de ser um seguidor dele e ficar a aguardar que surja algo que traga uma luz. Ainda mais agora, na longa e escura noite de 2020.

Vladimir

- 2020-04-02 21:28:14

É alguém ainda acha que ele está preocupado com o mandato?

MANREL

- 2020-04-02 21:18:31

Você que inventou este ESTADO, hoje você é quem manda, falou está falado, você vai pagar dobrado. https://www.youtube.com/watch?v=LZJ6QGSpVSk

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador