Reduto do PT, Lula e Bolsonaro têm agenda no Nordeste este final de semana

Alguns cuidados com segurança e candidatos do MDB apoiando Lula são esperados

Lula e Bolsonaro terão agenda de campanhas, neste final de semana, no Nordeste. Tradicional reduto eleitoral do líder do PT, os primeiros atos estão marcados, amanhã (02), em Salvador, na Bahia, para os dois candidatos.

A data é de comemoração de independência do estado. E as ruas da capital bahiana contarão com atos tanto de Lula e Bolsonaro, como dos demais pré-candidatos Ciro Gomes (PDT) e Simone Tebet (MBD).

MDB apoia Lula no Nordeste

Tebet teria na região um importante marco de sua candidatura, uma vez que o MDB tem lideranças históricas de governos. Mas será um revés definitivo para a senadora que se apresenta como “terceira via”. Os emedebistas do Nordeste decidiram apoiar outro candidato: Lula.

Além do ex-governador do Alagoas Renan Filho, que se candidata ao Senado, essa também foi a escolha do candidato de Alagoas, Paulo Dantas, e de Veneziano, na Paraíba, segundo coluna de Carlos Madeiro, do Uol.

Por isso, a presença de Tebet no nordeste, começando pelas cerimônias de 2 de Julho na Bahia, deve passar sem muito engajamento.

Agendas Lula e Bolsonaro

O atual mandatário marcou uma motociata com o ex-ministro da Cidadania, João Roma (PL), que é candidato ao governo baiano, a partir das 8h da manhã, com saída no Farol da Barra e percorrendo a orla da região.

O ato de Lula será no estádio de futebol Arena Fonte Nova, no estacionamento, ao lado do atual governador Rui Costa (PT) e outras lideranças petistas no estado, como o pré-candidato ao governo Jerônimo Rodrigues (PT).

Enquanto a campanha de Lula se preocupa com a segurança do líder, com medidas como a necessidade de um pré-cadastro para a entrada no evento; a de Bolsonaro tem receio da comparação com o preferido.

Confira: Nordeste, mulheres, mais ricos e mais pobres elegem Lula, mostra PoderData

Lula também teve as intenções iniciais não acatadas, de fazer um cortejo presencial com uma caminhada pelo centro histórico de Salvador, devido à segurança.

E a visita do atual mandatário à Bahia será curta: no mesmo dia, às 15h, ele tem um evento evangélico marcado no Rio de Janeiro e voltará rápido de viagem.

Democracia é coisa frágil. Defendê-la requer um jornalismo corajoso e contundente. Junte-se a nós: www.catarse.me/jornalggn

0 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador