Parlamentares da oposição reafirmam compromisso contra voto impresso

Políticos de diversos partidos criticam desfile militar fora de época de Bolsonaro em ato realizado no Salão Negro do Congresso Nacional

Foto: Reprodução/PT

Clique aqui e veja como ajudar a manter o jornalismo independente do Jornal GGN

Jornal GGN – Parlamentares de diversos partidos de oposição (PT, PCdoB, PSOL, PSB, PDT e Rede) e de Centro-Direita (DEM e Solidariedade) reafirmaram o compromisso de derrubar a PEC do Voto Impresso que será votada na Câmara dos Deputados nesta terça-feira (10/08).

Com cartazes com os dizeres “Democracia” e “Ditadura Nunca Mais”, os parlamentares se reuniram na rampa do Congresso Nacional e caminharam até o Salão Negro da Câmara, onde afirmaram que o presidente Jair Bolsonaro deveria estar preocupado em resolver os problemas sociais e econômicos do País ao invés de usar recursos públicos no desfile militar realizado nesta terça-feira.

“A fome e a desigualdade entre os ricos e pobres aumentando, e enquanto isso vemos a escalada autoritária e o ataque à representação popular de um presidente que deseja desvirtuar a democracia para passar a boiada”, disse o líder da Bancada do PT na Câmara, deputado Elvino Bohn Gass (PT-RS), destacando que a prioridade do Brasil nesse momento deveria ser o auxílio emergencial de R$ 600, vacina no braço e comida no prato.

Já o líder da Minoria no Congresso, deputado Arlindo Chinaglia (PT-SP), ressaltou que a melhor resposta à tentativa de ameaça de Bolsonaro contra o Parlamento é a derrubada definitiva da PEC do voto impresso.  “Neste momento, a maioria da sociedade brasileira, dos partidos políticos e da imprensa estão juntos na defesa da democracia. E a melhor forma de demonstrarmos esse compromisso hoje, é derrotando a PEC do voto impresso”, afirmou Chinaglia.

O ato também contou com a presença de diversos parlamentares petistas, além dos líderes da Minoria na Câmara, deputado Marcelo Freixo (PSB-RJ), da Oposição na Câmara, deputado Alessandro Molon (PSB-RJ) e de representantes do PCdoB, PSOL, PSB, PDT e Rede. Representantes do DEM e Solidariedade também discursaram durante o ato no Salão Negro.

0 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador