Suplente e filho do senador com dinheiro na cueca deve mais de R$ 1 milhão à União

Além disso, uma das empresas da qual ele é sócio-administrador, a San Sebastian Construções, tem dívida de aproximadamente R$ 500 mil com a União, de acordo com os mesmos registros

Jornal GGN – Pedro Arthur Rodrigues, empresário, suplente e filho do senador Chico Rodrigues, deve mais de R$ 1 milhão à União. É o que informa o jornal O Globo desta quinta (22).

Pedro assumiu o lugar do pai no Senado, depois que Chico Rodrigues pediu licença por 120 dias para focar em sua defesa.

Chico é investigado no Supremo Tribunal Federal por desvio de verbas públicas para o enfrentamento à pandemia de Covid-19. Aliado de Bolsonaro, ele foi flagrado em operação da Polícia Federal com R$ 33 mil nas vestes íntimas – algumas notas, entre as nádegas.

Segundo a reportagem, Pedro consta na lista de devedores da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional (PGFN).

O jornal identificou “quatro dívidas da pessoa física de Pedro Rodrigues, que totalizam esse valor. Além disso, uma das empresas da qual ele é sócio administrador, a San Sebastian Construções, tem dívida de aproximadamente R$ 500 mil com a União, de acordo com os mesmos registros.”

De acordo com informações da PF, a San Sebastian teria usado no seu quadro de funcionários duas assessoras emprestadas do gabinete de Chico Rodrigues, configurando desvio de finalidade.

Em 2018, Pedro declarou à Justiça Eleitoral possuir bens no valor de R$ 70 mil.

Não há mais detalhes sobre as dívidas no site da Fazenda Nacional, por se tratar de questão sigilosa.

Leia também:

Os crimes envolvendo Chico Rodrigues, o aliado de Bolsonaro com dinheiro na cueca

 

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome