Banco Mundial recomenda a Temer aumento do Bolsa Família para conter avanço da pobreza

 
Jornal GGN – O Banco Mundial recomendou que o governo brasileiro aumente o orçamento do Bolsa Família para o ano de 2017 com o objetivo de conter o avanço da pobreza.
 
Segundo reportagem do Estadão, o Banco projetou que o orçamento deste ano deveria ser de R$ 30,4 bilhões. O governo Temer, contudo, pretende gastar até R$ 29,3 bilhões, e vem encampando ações para aumentar o corte de beneficiários desde o ano passado. Em 2016, o orçamento do programa social criado durante a presidência de Lula doi de R$ 28 bilhões.
 
“Sem esse investimento, o banco calcula que a proporção de pessoas em situação de extrema pobreza (com renda per capita inferior a R$ 70) subiria de 3,4% em 2015 para 4,2% em 2017. Com a ampliação do programa, o número em 2017 cairia para 3,5%.”
 
Ainda segundo a reportagem, “considerando a faixa de pobreza (renda per capita de até R$ 170), a proporção subiria de 8,7% para 9,8% em um cenário sem elevação do orçamento do programa, ante 9,5% caso o investimento seja feito.”
 
De acprdp com o economista do Banco Mundial, Emmanuel Skoufias, se o Brasil acha “possível” ou não fazer esse aumento no orçamento do programa de transferência de renda, é uma situação a ser avaliada pelo governo.
 
Porém, ele sugeriu que os recursos fossem retirados do “dinheiro que o governo direciona ao ricos. “Dos gastos tributários, a chamada ‘bolsa empresário'”, por exemplo.
 
“Entre 2004 e 2014, mais de 28 milhões de brasileiros saíram da linha abaixo da pobreza, de acordo com o relatório da instituição”, lembrou o jornal.
 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Dobre-se o Bolsa Família! Pra ontem!, por César Locatelli 

7 comentários

  1. Saudade de FHC

    Se nos “anos estáveis” de FHC 1/3 da população estava abaixo da linha da pobreza; a polícia federal não tinha nem papel para imprimir depoimentos; os prédios públicos não tinham manutenção, o MPF era projeto em desenvolvimento e os servidores públicos ficaram 11 anos sem reajuste, voltemos a comemorar. 

    A estabilidade voltou, teremos 20 anos sem reajuste, os 33% da população voltarão para baixo da linha da pobreza com ou sem bolsa família,  CPMF voltará, saúde e previdência serão para poucos e de muito má qualidade, assim como a educação,   e não haverá ninguém para chorar pelos pobres. Eles chorarão por si mesmos, pois que serão muitos.

     

  2. Infelizmente começou o

    Infelizmente começou o processo de marcar o gado… Para logo depois abatê-lo… Condicionando as pessoas a benefícios sociais como consequência da privatização do planeta e de seus recursos naturais para as mãos de poucos… E a consequente degradação destes recursos. Não restará nada para o povo, a não ser depender de benefícios sociais para se alimentar dignamente… Uma esmola. Não haverá terras para plantar ou para produzir e colher seus próprios alimentos, rios para pescar ou colher a própria água… Como já não há… Basta haver a poluição destes rios ou a privatização dos recursos hídricos… Dinheiro para adquirir painéis solares afim de ter energia elétrica… Como já não há… Somos condicionados aos conglomerados de energia elétrica, que vêem no painel solar uma ameaça para os seus lucros exorbitantes… Já não há também, pois estas hidrelétricas construidas com o nosso dinheiro estão sendo privatizadas a preço de banana para logo depois nos colocar nas mãos de grandes conglomerados rentistas que nos cobram o olho da cara pela energia que produzem, nos tornando seus escravos energéticos. Só restará para o pobre ser humano, mendigar nas filas dos bancos em busca de dinheiro para se alimentar e não morrer de fome… Junto a isso… Estes cartões terão chips… O que posteriormente ocasionará no inserimento destes chips no corpo da pessoa afim de que ela supostamente não precise de um cartão externo e diminua os custos da atualização do mesmo… Ou mesmo tema a perda do mesmo que valerá a sua vida… Afinal, sem ele não receberá os benefícios e morrerá de fome e no escuro. As atualização serão feitas por forma remota via sistema de dados a qual este chip estará interligado mostrando todos os dados do cidadão… Desdes os dados sociais quanto os dados corporais… Outro argumento para utilização deste chip virá da própria eleite, pois suspostamente estes chips evitarão os sequestros dos ricaços associados aos grandes conglomeados rentistas… Ou melhor, faclilitará a recuperação do gado caso ele seja roubado… Não querendo ser fatalista, mas isto está parecendo o fim do mundo vindo a galope!

  3. A situação ainda é grave, com

    A situação ainda é grave, com muitos empresários fechando as portas. É melhor esse governo preocupar-se com o pequeno e médio empresariado brasileiro, com incentivos financeiros que os mantenham empregando, mesmo que seja com recursos do bolsa família onde ninguem trabalha e nem produz nada mesmo.

    • “onde ninguem trabalha e nem produz nada mesmo.”

      Sério? De onde tirou essa conclusão? Leu alguma coisa séria sobre Bolsa-Família, que não fosse postagem de facebook na página do Lobão e do Alexandre Frota?

      • Só se for os Exmos Edson

        Só se for os Exmos Edson Lobão e Alexandre de Moraes. Meu tio tinha 10 colaboradores em seu bazar de xerox e armarinhos e já teve que demitir 4. Agora está com 6, todos trabalhando quase o dobro e com chance de ter que demitir mais ainda e até fechar por falta de capital de giro. Diminuiu o movimento e não dá prá reajustar os preços senão perde a freguesia. Adianta priorizar bolsas e continuar com falências e demissões? Chega num ponto que temos que escolher, e eu escolhi.

    • Esse tipo de coxinhismo que

      Esse tipo de coxinhismo que está destruindo o nosso pais, agora a grana dos cofres publicos tem que usarda para dar isenções fiscais e presentes a burguesia, uns 108 bi às teles que foram privatizadas por uma pequena fração deste valor, meio trilhão de reais a titulo de sonegação a previdencia e por ai vai….já o BF, que na verdade é Bolsa Escola uma vez que os pais tem que manter as crianças nas escolas, tem que acabar, não importa de milhões destas crianças voltem às ruas e beiras de estrada para esmolar. Triste ve que há no Brasil com este tipo de pensamento expresso por O. Lima Duartte.

      • Lido com a realidade, com o

        Lido com a realidade, com o que tenho em mãos. Se o governo destina bilhões para certos segmentos, provávelmente é para evitar quebradeiras e mais desempregos. O que é pior?

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome