‘Operação Amazônia’ compreende defesa e patriotismo da tropa

Por Demarchi

Da Exame

5 mil militares farão treinamentos na região do rio Amazonas

A chamada ‘Operação Amazônia’ estará sob comando do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas

Exército brasileiro

Brasília – Um contingente de 5 mil soldados das forças armadas realizarão a partir da próxima semana exercícios militares conjuntos na região Norte do país, informou nesta sexta-feira o Ministério da Defesa.

A chamada ‘Operação Amazônia’ estará sob comando do Estado-Maior Conjunto das Forças Armadas (EMCFA) e contará com a participação de integrantes da Marinha, do Exército e da Aeronáutica.

‘O exercício permite que as tropas estejam em condições diante da necessidade de entrar em ação’, disse o subchefe de Operações do EMCFA, vice-almirante Luiz Henrique Caroli, citado na nota.

A operação será realizada a partir da próxima segunda-feira na foz do rio Amazonas, abrangendo os estados do Amazonas, Pará, Rondônia e Acre, além de exigir o desdobramento de tropas até outros pontos do país.

A missão, que se encerrará no dia 28, procura introjetar nos militares o ‘sentimento de patriotismo e a mentalidade de defesa’, de acordo com o órgão.

Está previsto que o ministro da Defesa, Celso Amorim, visite as tropas durante a operação nos dias 25 e 26 deste mês, quando estarão no Amazonas.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Eleições nos EUA: Trump ou Biden, orçamento continuará na CIA e Forças Armadas

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome