GGN Covid: Ásia se torna o novo epicentro da pandemia

Total de casos registrados na região subiu 81,9% no período de 14 dias; quanto aos óbitos, Ásia e Europa puxam crescimento

Em 7 dias, houve queda de 8,3% na média global e em 14 dias alta de 4,9%. Mas quando se analisa o pior continente, a Ásia disparou, com 439 mil casos, e crescimento de 81,9% em 14 dias. 

A Ásia já tem 43% dos casos do mundo, seguido pela Europa com 29%.

Dentre os países, a liderança passou a ser do Japão, com 17% dos casos, seguidos pelos Estados Unidos, com 11% e Coreia do Sul com 7%.

Ásia

Europa

América do Norte

Relatório de Óbitos

Os óbitos continuam aumentando no mundo: 3,7% de crescimento da média em 7 dias e 23,9% em 14 dias. Ásia e Europa lideram as altas, com 56,7% e 37,9% respectivamente. A Europa registrou 38% dos casos, a Ásia 17%, América do Norte 23% e América do Sul 16%.

Europa

Ásia

América do Sul

América do Norte

0 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador