TV GGN: Os Bolsonaro vão partir para o confronto

Manifestações do dia 26 visam mobilizar suas milícias para o embate definitivo com as instituições

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  TV GGN: No dia dos pais, lute pela familia brasileira contra os Bolsonaro

22 comentários

  1. Aqui no Rio, configura-se um quadro mais incerto para o dia 26/5. Planeja-se, no mesmo dia, uma manifestação dos moradores das comunidades que vêm sofrendo com as chacinas do Witzel. O local escolhido é a orla de Ipanema-Leblon. O desfile dos bolsonários está programado para o posto 5, em Copacabana. A distância entre essas concentrações não será grande. A convocação do ato intitulado “parem denos matar” pode ser acompanhado aqui: https://twitter.com/hashtag/ParemDeNosMatar?src=hash.

  2. E vai dar gente. Os evangélicos vão fazer uma “marcha para bojesus “.
    Militares, supremo? Esquece. Falta honra aos que comandam o país. E por isso mesmo sobra mediocridade, covardia, rapacidade e irresponsabilidade. O Supremo que está aí tem a altura do Bolsonaro porque foi cúmplice da sua eleição. O que esses togados que já tem residência lá fora, seja em Miami ou Lisboa, vão fazer para impedir a posse de fuzis por essa tropa bolsonarista que vai colocar nossa família em risco?
    Eu desconheço um período histórico em que tantos homens traidores da pátria e do oficio que teriam obrigação de exercer(porque são pagos para isso) na defesa das instituições, do território e da nação exerceram o poder.

  3. Alertei, em um questionamento a Rui Costa Pimenta durante uma “Análise Política da Semana” do PCO, no dia 04/05/2019, que Jair Bolsonaro, sua “familícia” e os seguidores de Olavo de Carvalho (uma espécie de mistura de Rasputin e Jim Jones) poderiam tentar um “gesto desesperado” para manter-se no Poder. Os fatos confirmam o meu alerta. Veja o que digo à partir de 2h16m30s do vídeo: https://www.youtube.com/watch?v=0HtBGSkte3E

  4. Não há dúvidas que toda manifestação é legítima, porém precisam ser avaliadas quanto a legitimidade dos seus objetivos.
    Neste caso, um presidente, que se julga “enviado” e apela para sua “divindade”, e um ministro, que tuita asneiras como as relatadas no video, pretendem insuflar, apenas em beneficio proprio, dois grupos perigosos que acabam se misturando haja vista alguma afinidade entre suas lideranças: os fanáticos religiosos (des)orientados por mercadores da fé e os grupos paramilitares.
    Puro desespero e, sim, creio tratar-se de um canto do cisne, mas é um cisne amaldiçoado que poderá reproduzir no país cenas similares às observadas no filme “Gangues de NY”.
    Contudo, preocupante mesmo é a apatia das forças que constituem (pelo menos deveriam constituir) a frente garantidora da legalidade, que vem apresentando reações débeis ou nenhuma reação ao festival de insanidades observados atualmente. Vale lembrar para esses grupos esta citação do romano Tulio Cicero:
    “O hábito de tudo tolerar pode ser a causa de muitos erros e de muitos perigos”

  5. Quanto maior a divisão da Nação, mais difícil será a aprovação da reforma da previdência e de outras reformas anti-populares.

    Divide and conquer

  6. clube militar apoia manifestações pró “governabilidade” do Bozo

    ..pra quem tinha duvidas que as FFAA agem como milicianos ..esta respondido

  7. ALERTA DO GRUPO MAÇONS PROGRESSISTAS DO BRASIL:
    Atenção!!! Essa página descobriu com exclusividade uma articulação das milícias do RJ em conjunto com setores da PM de SP e PR no intuito de praticarem atentados nas manifestações pró-Bolsonaro do dia 26 (se é que irão ocorrer mesmo) para colocar a culpa nos movimentos e partidos de esquerda e com isso utilizarem o atentado como pretexto para o governo dar um golpe contra a democracia, fechando o congresso, STF e demais instituições que ousarem optar por seguir a constituição ao invés do bolsonarismo. Existem alguns “kamikazes” escolhidos como bois de piranha, no estilo Adélio Bispo. Eles já estão se articulando desde o momento em começaram a fazer o convite para o ato. Nosso informante afirmou que os organizadores do ato também estão envolvidos com o atentado. Escolheram os deputados Paulo Pimenta, Alessandro Molon e Glauber Braga e a deputada Jandira Feghali, dois jornalistas das organizações globo, um da folha e um da veja, bem como alguns blogueiros contrários a Bolsonaro como “culpados e orquestradores” do atentado, juntaram um monte de gente para dar uma ideia de organização terrorista contra Bolsonaro. As “delações” dos kamikazes já estão sendo elaboradas inclusive com apoio de um membro do MPF de Curitiba (ele não obteve a informação) e do deputado Francischini. Nosso informante se arriscou intensamente para conseguir obter discretamente essas informações e para preservar sua vida não podemos jamais fazer qualquer referência de quem ele seja, mas pedimos que todos vocês espalhem essa informação para ao menos sustar o interesse desses criminosos de cometerem esse atentado. Não nos importa se alguém quer sair nas ruas e passar vergonha defendendo o fascismo, mas não queremos que essas pessoas imbecis sejam usadas de sacrifício para objetivos obscuros da extrema direita golpista e fascista do Brasil. Se alguém tem que morrer, que os fascistas chefes morram primeiro.

  8. ALERTA PUBLICADO NO GRUPO “MAÇONS PROGRESSISTAS DO BRASIL”:
    Atenção!!! Essa página descobriu com exclusividade uma articulação das milícias do RJ em conjunto com setores da PM de SP e PR no intuito de praticarem atentados nas manifestações pró-Bolsonaro do dia 26 (se é que irão ocorrer mesmo) para colocar a culpa nos movimentos e partidos de esquerda e com isso utilizarem o atentado como pretexto para o governo dar um golpe contra a democracia, fechando o congresso, STF e demais instituições que ousarem optar por seguir a constituição ao invés do bolsonarismo.
    Existem alguns “kamikazes” escolhidos como bois de piranha, no estilo Adélio Bispo. Eles já estão se articulando desde o momento em começaram a fazer o convite para o ato.

    Nosso informante afirmou que os organizadores do ato também estão envolvidos com o atentado. Escolheram os deputados Paulo Pimenta, Alessandro Molon e Glauber Braga e a deputada Jandira Feghali, dois jornalistas das organizações globo, um da folha e um da veja, bem como alguns blogueiros contrários a Bolsonaro como “culpados e orquestradores” do atentado, juntaram um monte de gente para dar uma ideia de organização terrorista contra Bolsonaro.

    As “delações” dos kamikazes já estão sendo elaboradas inclusive com apoio de um membro do MPF de Curitiba (ele não obteve a informação) e do deputado Francischini.

    Nosso informante se arriscou intensamente para conseguir obter discretamente essas informações e para preservar sua vida não podemos jamais fazer qualquer referência de quem ele seja, mas pedimos que todos vocês espalhem essa informação para ao menos sustar o interesse desses criminosos de cometerem esse atentado. Não nos importa se alguém quer sair nas ruas e passar vergonha defendendo o fascismo, mas não queremos que essas pessoas imbecis sejam usadas de sacrifício para objetivos obscuros da extrema direita golpista e fascista do Brasil. Se alguém tem que morrer, que os fascistas chefes morram primeiro.

  9. Sem comentários…o dia 26 será o marco do início do fim do governo Bolsonaro. O chamamento para a manifestação, aquela marchinha militar, tudo me lembrou dos momentos mais sombrios da história da humanidade. A besta fascista não pode acordar logo aqui no Brasil.

  10. Não tenho como confirmar a veracidade do que compartilho abaixo, mas achei grave e verossímil o suficiente para compartilhar:
    Atenção!!! Essa página descobriu com exclusividade uma articulação das milícias do RJ em conjunto com setores da PM de SP e PR no intuito de praticarem atentados nas manifestações pró-Bolsonaro do dia 26 (se é que irão ocorrer mesmo) para colocar a culpa nos movimentos e partidos de esquerda e com isso utilizarem o atentado como pretexto para o governo dar um golpe contra a democracia, fechando o congresso, STF e demais instituições que ousarem optar por seguir a constituição ao invés do bolsonarismo. Existem alguns “kamikazes” escolhidos como bois de piranha, no estilo Adélio Bispo. Eles já estão se articulando desde o momento em começaram a fazer o convite para o ato. Nosso informante afirmou que os organizadores do ato também estão envolvidos com o atentado. Escolheram os deputados Paulo Pimenta, Alessandro Molon e Glauber Braga e a deputada Jandira Feghali, dois jornalistas das organizações globo, um da folha e um da veja, bem como alguns blogueiros contrários a Bolsonaro como “culpados e orquestradores” do atentado, juntaram um monte de gente para dar uma ideia de organização terrorista contra Bolsonaro. As “delações” dos kamikazes já estão sendo elaboradas inclusive com apoio de um membro do MPF de Curitiba (ele não obteve a informação) e do deputado Francischini. Nosso informante se arriscou intensamente para conseguir obter discretamente essas informações e para preservar sua vida não podemos jamais fazer qualquer referência de quem ele seja, mas pedimos que todos vocês espalhem essa informação para ao menos sustar o interesse desses criminosos de cometerem esse atentado. Não nos importa se alguém quer sair nas ruas e passar vergonha defendendo o fascismo, mas não queremos que essas pessoas imbecis sejam usadas de sacrifício para objetivos obscuros da extrema direita golpista e fascista do Brasil.

  11. O Vídeo de convocação criou uma Medida Provisória que não existe – MP 970. Ainda falta muito pra chegar lá. Que trapalhada. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

  12. Infiltrações com ações de terrorismo não são novidades para grupos de extrema direita, e como já demonstrado aqui no GGN vem da escola “Silvio Frota”.
    Então, os relatos alarmantes de alguns leitores sobre planejamento de atentados, se veridicos, não causariam surpresa alguma, principalmente para os mais velhos, como eu, ou para estudantes de colegios que não deturpem a história.
    Mas se realmente ocorrerem atentados nesta manifestação convocada por aqueles que se opõem a democracia, ou em qualquer outra, não será complicado descobrir a tendência dos mentores: se linchados, de esquerda. Se abraçados, de direita (da casa).
    Mas particularmente não acredito que algo será tentado. Isso se houver algum maluco para atender uma convocação fascista como esta.

  13. Estimada equipe GGN, primeiramente gostaria de agradecer pelo trabalho, sempre muito bem feito e com agilidade que a mídia virtual requer. Ademais deixo minha impressão pessoal quando vejo mais um personagem se fortalecendo ou, digamos assim, despontando como um representante de algum tipo de assunto. Sei que os profissionais se especializam e até faz algum sentido que determinado funcionário assuma determinadas pautas dentro de uma redação, mas enojado com as personas de tantos olavos de carvalhos é que me oriento para deixar essa dica: diversificar o corpo de jornalistas, quem assina, não massificar a imagem de um ou outro repórter para dar mais credibilidade ao que se fala. Parabéns mais uma vez e bom trabalho a todos.

  14. muita calma nessa hora porque a direita é especializada
    em atentadoa terroristas..
    sem respeito à constrituição, é a barbárie e
    a permanencia desse estado de exceção seletivo….

  15. Bolsonaro entregou a farsa ao admitir o compromisso com Moro, usando esta palavra mesmo, compromisso. Disse de forma pública queimando Moro totalmente. Mas o fez por quê?

    Ele é de baixa reflexão intelectual, ou seja, na verdade de baixa leitura, baixo vocabulário e quase nenhum eufemismo, é sabido. Bolsonaro entregou o acordo, somente quem se sente compromissado com alguma coisa, é que antes, algum acordo estava estabelecido. E Moro teve que se defender, tentar reerguer a muralha destruída pela falta de inteligência de Bolsonaro, tarde demais. Moro novamente desmascarado.

    Então Bolsonaro fez isso somente por estupidez? Há quem diga que foi para derrubar um possível candidato nas próximas eleições e evitar a desejada reeleição do Bolsonaro.

    Há quem diga, eu não.

    Para mim, o semiletrado presidente, tanto em livros quanto em leitura da vida, apenas entregou o ouro por incompetência mesmo, por falta de sensibilidade e habilidade política, no sentido positivo da palavra. E isso o perturbou mais ainda.

    O cargo é pesado e a cadeira queima, já disseram.

    Sabe aquela coisa “muita areia para meu caminhãozinho”?

    Ele mesmo já percebeu que a presidência foi um erro, melhor seria continuar no baixo clero, às delícias com seu eleitorado cativo, menos em evidência e que lhe garante a cadeira de deputado; o seu pequeno negócio.

    Hoje, o cargo, a cadeira e os holofotes queimam, e queimam muito.

    Renuncia?

    Se eu fosse apostar, eu diria que sim. Mesmo com o 26 chegando aí.

  16. No início da Lava Jato, eu acreditava que um “Habeas Corpus” de ofício daria fim à tragédia que se avizinhava. Mas quando notei a estranha ligação da Lava Jato com a mídia, especialmente com a Rede Globo, estava consolidada, percebi a minha ingenuidade. Esse “Habeas Corpus” jamais se consolidará. Se há algum tipo de salvação, ela virá por meio de outros agentes. Pelo STF jamais.

  17. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome