newsletter

Assinar

Luis Nassif Online

Mecanismos e instituições que permitem ao governo implementar políticas públicas de alcance nacional; por Luis Nassif
3 comentários
Cardozo manifesta duas suspeitas de crimes, como se fosse um cidadão comum, e não o chefe maior da PF; por Luis Nassif
117 comentários
A empresa consegue listas reservadas junto ao INSS e enganam aposentados com promessa de redução de juros.
8 comentários

E quando um extremista como o que ameaçou Dilma nos EUA tiver uma arma?

 
Por Kiko Nogueira
 
Igor Gilly

Você não precisa ser um especialista em psicologia das massas para perceber que o ambiente carregado de ódio no Brasil necessita de uns poucos fósforos a mais para acabar em desastre.

A segurança da presidente, como de resto parte do governo, vive na Islândia. Um fulano com um boné ridículo, monoglota, entra na Universidade de Stanford junto com a comitiva presidencial brasileira e dois cúmplices numa boa.

Posta-se num corredor com um cúmplice. Quando ela passa, o sujeito grita: “assassina”, “ladra”, “comunista de merda”, “pilantra”. E então ameaça: “Terrorista que rouba a população tem mais é que ser morto”.

Falou, seguiu o grupo, fez o diabo até ser retirado por gente da universidade. Não sem antes ouvir do ministro da Defesa, Jaques Wagner, uma blague: “Está com muito dinheiro do papai no bolso?”

Esses tipos serão combatidos com piadas, portanto. Se for dinheiro do papai no bolso, este será o menor dos problemas. E quando for uma arma?

Leia mais »

Média: 4.5 (17 votos)

Emicida só na "Boa Esperança"

O CLIPE NOVO DO EMICIDA, "BOA ESPERANÇA", É UMA BOMBA-RELÓGIO PRESTES A ESTOURAR

NOVOS SONS

VICE NEWS BRASIL

As rimas ásperas de “Boa Esperança”, som novo do Emicida com o refrão pesado de J Ghetto e beat cabuloso do Nave, pipocaram na internet na última quarta (24). O som foi lançado de surpresa, dias depois do discurso sobre racismo e violência policial proferido na Virada Cultural. Tanto no freestyle quanto no som, o rapper joga o holofote no racismo e desigualdade social. “Tem uma pá de camada de ódio no Brasil e no final tem um verniz por cima que deixa aquilo brilhando, e ninguém ultrapassa esse verniz”, explica Emicida.

Leia mais »

Média: 4.3 (3 votos)

Your Love Is Killing Me, com Sharon Van Etten

 

Seu Amor Está Me Matando

Está entendido

Você será um homem
Quando eu chegar a te ver
Nós tivemos dias melhores
E você saboreou toda minha dor

Leia mais »

Média: 5 (1 voto)

Clipping do dia

As matérias para serem lidas e comentadas.

Média: 3.7 (3 votos)

Fora de Pauta

O espaço para os temas livres e variados.

Média: 3 (4 votos)

Multimídia do dia

As imagens e os vídeos selecionados.

Média: 3 (4 votos)

Banco suíço ajuda Cade a investigar cartel que manipulou câmbio brasileiro

Jornal GGN - Com ajuda do banco suíço UBS, o Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) investiga um esquema de formação de cartel entre ao menos 15 instituições financeiras para "manipular" as taxas de câmbio no Brasil, entre 2009 e 2011. O UBS promete entregar provas do crime que causou prejuízos a consumidores de dólar comercial e turismo, segundo informações do Valor. As empresas envolvidas estão sujeitas a multas de até 20% de seus repectivos faturamentos, se ficam comprovada a participação no cartel.

Leia mais »

Média: 5 (1 voto)

Comissão da Câmara aprova Dia da Consciência Negra como feriado nacional

 
Jornal GGN - A Comissão de Cultura da Câmara dos Deputados aprovou o Dia da Consciência Negra como feriado nacional, nesta quarta-feira (01). Comemorado em 20 de novembro, na data da morte de Zumbi dos Palmares, líder da resistência negra à escravidão na época do Brasil Colonial, representa a herança histórica da população negra no processo de libertação e de luta por direitos violados, disse o autor do projeto, deputado Valmir Assunção (PT-BA).
 
A deputada Jandira Feghali (PCdoB-RJ), relatora na comissão, defendeu a aprovação da proposta. "Em um país habituado a cultuar personagens históricos de cor branca, nada mais justo do que ampliarmos tal reconhecimento, mediante a determinação de feriado de âmbito nacional", disse, durante a sessão.
 
Feghali lembrou que vários estados e municípios brasileiros já comemoram o feriado, em leis locais. Alagoas, Amazonas, Amapá, Mato Grosso, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, São Paulo, e mais 150 cidades de 12 estados.
Média: 3 (4 votos)

Salve, caboclo!, por Maté da Luz

Nasceu índia, como todas as pessoas daquela época.

As amarguras corriqueiras - algumas nem tanto assim - arrancaram os penachos que a enfeitavam. Entretanto, para cada batalha, uma marca na pele: a representação cultural de que algo acontecera na alma.

O Sol, as luas, a força mística e a beleza da vida entoaram um belíssimo coro de chamado: seja. Simplesmente seja.

E a índia subiu, então, na cachoeira mais alta e, com ajuda das águas mais cristalinas, foi. Lançou-se em queda livre.

Livre de julgamentos, do peso e da dor, banhou-se naturalmente de si mesma para recuperar as forças, os focos, a fé.

E então a menina-índia dos cabelos negros pode assim, e só assim, afirmar com o coração aquilo que o Universo havia pautado para si: eu sou.

Munida de flechas de ponta vermelha, o corpo pintado de amor, corre como onça brilhante, hoje gritando silenciosa e firmemente aos quatro ventos pelos cantos e por todo o mundo: sejam todos, seja cada um. 

Leia mais »

Média: 4 (4 votos)

BNDES pode ser proibido de financiar projetos no exterior

Proposta que proíbe o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) de financiar projetos e obras de engenharia e infraestrutura em outros países ou conceder crédito a governos estrangeiros pode ser votada pela Comissão de Desenvolvimento Regional e Turismo (CDR) na quarta-feira (8).

A proibição que poderá ser imposta ao BNDES foi sugerida pelo relator da proposta (PLS 145/2015), senador Davi Alcolumbre (DEM-AP). O texto original, de Ronaldo Caiado (DEM-GO), determina apenas que o banco deverá direcionar, obrigatoriamente, 35% de recursos a taxas subsidiadas para projetos que beneficiem as regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste.

Davi Alcolumbre alega que os países costumeiramente beneficiados com recursos do BNDES, como Cuba e Venezuela, têm passado por recorrentes problemas de escassez de divisas, o que torna esses financiamentos de elevado risco. Além disso, o senador argumenta que o papel do banco é promover o desenvolvimento do Brasil.

"Isso [financiar projetos em outros países] acaba por desvirtuar o papel da agência, de fomentar o investimento no país e reduzir as carências domésticas de financiamento de longo prazo", frisou.

Leia mais »

Média: 1.9 (9 votos)

Lava Jato vai mapear caminho do dinheiro a partir de documentos da Camargo Corrêa

Por Fábio Serapião

As consultorias na mira da Lava Jato

Da CartaCapital

O executivo Dalton Avancini, da Camargo Corrêa, precisará falar mais e apresentar provas

Embora amplamente divulgado pelo fato de expor os pagamentos da Camargo Corrêa ao Instituto Lula, o laudo pericial 1047/2015, anexado aos processos da Lava Jato, é valioso por outros motivos. Elaborado pelo perito Ivan Roberto Ferreira Pinto, o documento tem como base a análise de um HD da marca Samsung apreendido na empreiteira. Nele, os investigadores da força-tarefa encontraram 1 terabyte de “registros contábeis” cujo conteúdo abarca as doações eleitorais realizadas pela empreiteira, valores recebidos de obras públicas e os pagamentos efetuados a consultorias no período entre 2008 e 2013.

Em uma primeira análise, o conteúdo bruto do HD revela as três partes envolvidas no modus operandi descoberto pela Lava Jato. A saber: as obras públicas possivelmente fraudadas, as consultorias utilizadas para maquiar os repasses de propina e os destinatários de doações eleitorais efetuadas com o objetivo de garantir a boa relação com os políticos detentores de poder nas estatais. Com as novas informações, a força-tarefa deve ampliar seu escopo de atuação.

Leia mais »

Média: 3 (5 votos)

Entenda o uso da emenda aglutinativa

Jornal GGN - O Valor Econômico publicou nesta sexta-feira (3) uma reportagem especial sobre a emenda aglutinativa, recurso que, segundo o jornal, vem sendo usado pelo Congresso desde o tempo do Império. A emenda aglutinativa recebeu holofotes essa semana, quando Eduardo Cunha (PMDB), presidente da Câmara, conseguiu encampar uma manobra para aprovar a alternativa em detrimento de um projeto de redução da maioridade penal que havia sido rejeitado um dia antes pelos deputados.

O PT e partidos de esquerda questionam o uso da emenda dado por Cunha. Segundo o PSOL, o presidente da Câmara autorizou uma manobra que não segue os ritos tradicionais da apresentação de emendas aglutinativas. Além disso, eles sustentam que Cunha teria desrespeitado o artigo 60 da Constituição ao colocar em votação, em menos de 24 horas, um projeto de mesmo teor de outro que havia sido rejeitado. O caso será encaminhado ao Supremo Tribunal Federal para análise.

Leia mais: Explicando a manobra de Eduardo Cunha na redução da maioridade penal

Leia mais »

Média: 2 (4 votos)

Sérgio Moro critica 'demonização' de sua imagem

Jornal GGN - Sérgio Moro, juiz federal responsável pelo julgamento das ações da Operação Lava Jato, fez críticas ao foro privilegiado e à "demonização" de sua imagem. "Não sou nenhuma besta fera", afirmou durante palestra no 10º Congresso Internacional da Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo, em São Paulo.

Moro defendeu a divulgação de informações investigadas na Lava Jato. Para ele, a publicação dessas informações é um instrumento de democraticação do poder e também um dever constitucional. "Defendemos que os processos devam ser públicos, principalmente quando envolve a administração pública, até porque permite um escrutínio da imprensa".

Do O Globo

 
Em congresso da Abraji, magistrado critica demonização de sua imagem e foro privilegiado a políticos
 
SÃO PAULO — O juiz federal Sérgio Moro, responsável pelo julgamento das ações da operação Lava-Jato, criticou nesta sexta-feira, em palestra durante o 10º Congresso Internacional da Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji), em São Paulo, a “demonização” de sua imagem.

Leia mais »

Média: 1.9 (16 votos)

Ministro do TCU diz que será difícil para o governo justificar distorções

Jornal GGN - Em entrevista para o jornal Estado de S. Paulo, o ministro Augusto Nardes, do Tribunal de Contas da União, disse que  "será muito difícil o governo federal conseguir justificar as distorções em seu balanço". Os auditores do tribunal encontraram distorções de R$ 281 bilhões nas contas federais de 2014. Entre elas, estão as chaamdas "pedaladas fiscais", atrasos do Tesouro Nacional no repasse de recusos para bancos, com o objetivo de melhorar artificialmente as contas públicas. 

O governo tem até o dia 21 para apresentar a sua defesa e o julgamento do TCU será retomado em agosto. Ontem, o ministro participou de um seminário realizado em Porto Alegre (RS), onde disse que seu voto era pela rejeição das conta, mas que resolveu esperar por uma análise definitiva.

Do Estadão Leia mais »

Média: 1.8 (16 votos)

Com aval de Cunha, Paes será lançado para 2018, só para afastar PMDB do PT

Jornal GGN - O jornalista Leandro Mazzini, da Coluna Esplanada, publicou nesta sexta-feira (3) que o PMDB deve lançar em breve a pré-candidatura de Eduardo Paes, prefeito do Rio de Janeiro, para a disputa presidencial de 2018.

Mas por trás dessa manobra está um trio que tem, na verdade, outra intenção: dar ao PMDB um bom motivo para desembarcar o mais rápido possível do barco conduzido pelo PT no Planalto.

Segundo o colunista, a ideia de usar o prefeito do Rio como postulante à Presidência partiu de Jorge Picciani, presidente da Assembleia Legislativa do Estado, e de seu filho, Leonardo Picciani, líder do PMDB na Câmara Federal. Tudo com o aval, é claro, de Eduardo Cunha, presidente da Casa. Paes teria concordado com o teatro, mas é quase certo que sua batalha se dará no plano estadual, pelo governo fluminense.

Leia mais »

Média: 1.9 (9 votos)