Revista GGN

Assine

Filha de Marco Aurélio de Mello é nomeada desembargadora

É voz corrente no meio jurídico que Leticia de Santis Mello, filha do Ministro Marco Aurélio de Mello, é uma advogada brilhante. E Mariana Fux, filha do Ministro Luiz Fux, é apenas filha do pai.

Sugerido por Braga-BH

• atualizado às 15h50
Dilma nomeia filha de ministro do STF para o TR
 
Gustavo GantoisDireto de Brasília
A presidente Dilma Rousseff nomeou a advogada Letícia de Santis Mello como desembargadora do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2), que abrange Espírito Santo e Rio de Janeiro. Especialista em Direito Tributário e Administrativo, Letícia é filha do ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal, e da desembargadora Sandra de Santis, do Tribunal de Justiça do Distrito Federal. A nomeação foi assinada ontem, mas publicada nesta quarta-feira.
Aos 37 anos, Letícia nunca exerceu qualquer cargo ligado à magistratura. Professora da pós-graduação da Fundação Getúlio Vargas (FGV), ela integra o escritório Ulhôa Canto Resende e Guerra Advogados desde 1999, quando se formou. No meio jurídico, Letícia é considerada uma advogada competente, mas que dificilmente chegaria tão cedo ao cargo se o pai não estivesse no STF. 
 
A nova desembargadora foi a mais votada na lista tríplice enviada pelo tribunal para a presidente Dilma em junho de 2013, com 17 votos. Ela ficou à frente de Luiz Henrique Antunes Alochio, 43 anos, que recebeu 14 votos, e de Rosane Lucia de Souza Thomé, 52 anos, que ficou com 13 votos. Na formação da lista com seis nomes que o Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil enviou para serem votados pelo TRF-2, Letícia era a segunda colocada, atrás de Alochio.
 
Além de Letícia Mello, outra filha de ministro do STF também concorre a uma vaga na magistratura. Trata-se de Mariana Fux, 32 anos, filha do ministro Luiz Fux, que disputa uma vaga no Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro. A lista da OAB ainda não foi enviada ao TJ
Média: 2.6 (5 votos)
27 comentários

Comentários

Espaço Colaborativo de Comentários

Opções de exibição de comentários

Escolha o modo de exibição que você preferir e clique em "Salvar configurações".
imagem de Janas
Janas

A mais votada

Diz o texto: "A nova desembargadora foi a mais votada na lista tríplice enviada pelo tribunal para a presidente". Dilma apenas acompanhou a escolha já feita. Ela foi a mais votada. Ponto. Pior é quando a pessoa é a menos votada, e ainda assim atropela-se, força-se...

 

Seu voto: Nenhum
imagem de Janas
Janas

A mais votada

Diz o texto: "A nova desembargadora foi a mais votada na lista tríplice enviada pelo tribunal para a presidente". Dilma apenas acompanhou a escolha já feita. Ela foi a mais votada. Ponto. Pior é quando a pessoa é a menos votada, e ainda assim atropela-se, força-se...

 

Seu voto: Nenhum
imagem de Junior@hotmail.com
[email protected]

Não força Nassif

Sou do meio jurídico e nunca ouvi falar do brilhantismo dela. Em verdade, advogados brilhantes não concorrem mais a tribunais estaduais, regionais. Qualquer advogado de porta de cadeia ganha mais do que um juiz de tribunal federal no Brasil, e não tem cobranças e obrigações, não tem de enfrentar a hiprocisia do CNJ etc. Quem entra nestes tribunais hoje automaticamente vai julgar os milhares de casos represados do INSS, um verdadeiro caos cujos culpados são justiça e governo , os maiores beneficiários os advogados e os prejudicados os segurados. O interesse do concorrente ao cargo ultrapassa o tribunal, destina-se a tentar pelos mesmos meios galgar os tribunais superiores, nas vagas de juízes de carreira. Como possuem maior cancha política do que qualquer juiz de carreira, são mais jovens, ganham de lavada a concorrência e infestam nossos tribunais superiores de política,conchavos, troca de favores, e o resultado todos sabem. Isto é fato e qualquer pessoa que conhece a justiça sabe disso. Brilhantismo nesta esfera é QI e esse caso é evidente, porque além de tudo, o histórico familiar (pai) denuncia (TRT quinto, Tst e Stf primo). Não a conheço, mas as pesquisas q fiz na internet não demonstram brilhantismo, até porque qualquer advogado brilhante com 39 anos tem um curriculum lates publicado, com várias experiências profissionais e acadêmicas. Não o achei.....

Por outro lado, nossa presidente decepcionou. Sei de vários casos de gente brilhante que foi preterida em listas tríplices a ela encaminhadas. Alguns entraram na marra, após constarem três vezes seguidas nas listas. Outros tiveram que ir ao STF  para vergonhosamente  pedirem para a presidente cumprir a constituição. Sinceramente, a presidente está  pessimamente assessorada do ponto de vista jurídico. Deve estar escutando o Cardoso e o o Adams. O primeiro todos conhecem aqui no blog. O último já passou da hora de ser dispensado do cargo. Nem a instituição que ele preside o suporta, de tão ruim sob todos os aspectos, e isto que ele é da carreira. É o único ministro unanimidade, tamanha  a teimosia da presidente em ter uma marionete na mão.

Seu voto: Nenhum

"Quem entra nestes tribunais

"Quem entra nestes tribunais hoje automaticamente vai julgar os milhares de casos represados do INSS"

E você acha mesmo que são os desembargadores que juilgam esses milhares de casos, ou os assessores?

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Primeiramente: FORA TEMER! E pra encerrar: FORA TEMER!

imagem de iron
iron

Fosse ela filha do

Fosse ela filha do Lewandowisk, a indicação estaria recebendo apoio dos militas do pt que escrevem neste   blog.

Seu voto: Nenhum (4 votos)
imagem de Ivan de Union
Ivan de Union

Nao.

Nao.

Seu voto: Nenhum (4 votos)
imagem de cesar r. nemes
cesar r. nemes

Tô fora

ME CANSEI DA DILMA. TÔ PULANDO FORA...................

Seu voto: Nenhum (3 votos)

A maldição do quinto

Ela não tem currículo para ser desembargadora. Nem de longe. Ficou na frente de pessoas muito melhor preparadas.

Seu voto: Nenhum (2 votos)

Sabemos a pressão que houve

Sabemos a pressão que houve no Rio de Janeiro para ela ser indicada e depois que foi o nome mais votado, a Dilma, com seu republicanismo, a nomeou. O problema é que aqui há verdadeiras dinastias judiciárias ou no MP, vide os Marreys em São Paulo, e mesmo entre os progressistas, se olhar o sobrenome, grande parte é da mesma família.

É um feudo, onde o poder do sangue fala mais alto.

Seu voto: Nenhum (4 votos)
imagem de tolot
tolot

Caro Nassif, será que entre

Caro Nassif, será que entre os mais de 200.000.000 de brasileiros não existem alguns milhões de advogados brilhantes, até mais do que essa beldade?  São os mesmos personagens numa paisagem tediosa.

Seu voto: Nenhum (3 votos)

E necessariamente deveria ter

E necessariamente deveria ter sido nomeada outra pessoa, só pra justificar seu argumento lotérico?

Seu voto: Nenhum

Primeiramente: FORA TEMER! E pra encerrar: FORA TEMER!

Poder imperial

Quando se fala em governo, aqui devem ser incluidos os poderes executivo, judiciário e legislativo. O Judiciário se esqueceu há muito tempos que isso aqui não é um reinado. Vejam só que até enterro de ministro tem requintes do império escravocrata, a senzala que se aquiete

http://www.jornalggn.com.br/noticia/o-procedimento-do-stj-no-caso-de-morte-de-ministros

Isso também, A Máfia dos Bacharéis, o teu nome é UDN

http://www.jornalggn.com.br/blog/iv-avatar/a-mafia-dos-bachareis-o-teu-nome-e-udn

 

 

Seu voto: Nenhum (1 voto)

 

...spin

 

 

imagem de Daytona
Daytona

Brilhante é o feudo

Brilhante é o feudo judiciário e suas dinastias jurídicas. Essa Idade Média judiciário necessita de uma reforma urgente, para pelo menos chegar ao século XV.

Seu voto: Nenhum (3 votos)

O problema é o quinto constitucional

O problema é esse tal quinto constitucional que permite a alguém que nunca fez concurso para juiz, única maneira de ingresso na carreira, pular para uma vaga de desembargador, onde vai reavaliar as decisões judiciais de primeira instância. 

Para piorar, os membros das listas tríplices são eleitos por seus pares (advogados ou promotores) para que propósito senão cuidar dos interesses de seus grupos? Ou pior, dos interesses dos seus "antigos" clientes e colegas advogados que articularam a sua campanha. Sim porque é uma campanha como outra qualquer, com compra de votos,  inclusive...

O mesmo para os promotores. 

Além disso, é uma tremenda injustiça com os juízes que aprovados em difícil concurso para a carreira e são atropelados na escalada ao segundo grau por pessoas que sequer foram aprovadas em concurso, como ocorre com os advogados. 

E para piorar os advogados que entram nos tribunais nas vagas do quinto sobem para o STJ e TST nas vagas de juízes, o que leva a uma composição absolutamente desproporcional à idéia dos quintos. 

Em suma, é uma excrescência. 

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Sorano
Sorano

Seu raciocínio é o

Seu raciocínio é o da meritocracia social da classe média brasileira.

Concordo que a moça é muito nova, mas e se fosse o Luiz Barroso o nomeado?

Seu voto: Nenhum (3 votos)

Não afirmei que a

Não afirmei que a meritocracia é a melhor forma de ingresso na carreira. Mas se está estabelecido que é por meio de concurso público, que pelo menos seja respeitado, pois por indicação e pressão de papai e mamãe é bem pior. 

Seu voto: Nenhum (4 votos)

Essa é a malandragem do

Essa é a malandragem do sistema.

Quando eu digo aqui que a OAB é o mal a ser combatido... tem gente que não acredita.

 

Sem OAB o sistema judiciário seria outro.

Seu voto: Nenhum (8 votos)
imagem de Mauro Segundo 2
Mauro Segundo 2

Pode ser brilhante, mas não é

Pode ser brilhante, mas não é a única. Escolhesse outro(a) brilhante.

Como tudo tem um lado bom, não  se pode acusar o governo de não ser cristão: vive levando pancada e oferecendo a outra face.

Podem até usar isso em campanha, para neutralizar a turma do padim padi serra.

Seu voto: Nenhum (3 votos)
imagem de Sorano
Sorano

Nomeada pelo DNA.

Nomeada pelo DNA.

Seu voto: Nenhum (6 votos)
imagem de Alexander
Alexander

Nassif, Talvez até sem

Nassif,

Talvez até sem exagero este possa ser um dos grandes temas de interesse da República e do Estado Democrático de Direito. Outro dia em algum dos respeitáveis blogs, este aqui ou outro, alguém levantou a questão de que no judiciário de Minas Gerais, praticamente a maioria que passa é de filhos principalmente e outros parentes de juízes e magistrados. E a grande barreira tem sido a tal da prova oral relizada pelos próprios magistrados onde eles aprovam quem querem e com critérios pouco transparentes. Ao que consta isto acontece pelo Brasil afora.

Na verdade o ideal é que existam critérios claros, tranparentes e justos, tanto para o ingresso na magistratura quanto para o seu próprio exercício posteriormente.

Na prática é que como se o judiciário fosse um poder meio hereditário e pouco republicano. Talvez fosse interessante jogar alguma luz aí nesta situação de grande interesse para a cidadania e para a democracia.

 

Seu voto: Nenhum
imagem de Neideg
Neideg

Não li a notícias inteira,

Não li a notícias inteira, vomitei...

Seu voto: Nenhum (3 votos)

Também é unanimidade no

Também é unanimidade no mercado que ela é simpática, gata e gostosa.

Não é piada.

 

PS. Lembro a todos que há na Constituição de 88 uma "coisa" chamada SEPARAÇÃO DE PODERES.

Por conta deste PEQUENO detalhe em nossa constituição, Dilma não tem, não teve e nunca terá a OPÇÃO de NÃO NOMEAR os ESCOLHIDOS pela JUSTIÇA para os CARGOS deste PODER que, apenas para esclarecer, NÃO É O EXECUTIVO.

Seu voto: Nenhum (5 votos)

Um Feudo A Mãe dela também é

Um Feudo

A Mãe dela também é desembargadora.

Foi a mais votada na lista tríplice, com 17 votos. Os outros dois concorrentes eram Luiz Henrique Antunes Alochio (14 votos) e Rosane Lucia de Souza Thomé (13 votos).

E graduada pelo Ceub - Centro Universitário de Brasília e professora da pós-graduação em Direito Tributário da FGV.

E as pressões?

Seu voto: Nenhum (7 votos)
imagem de KURK
KURK

Mais uma, na Monarquia

Mais uma, na Monarquia Judicial, haja palácios, bom o povão tá aí para isso, pagar a conta e assim o bananal segue em frente.

Seu voto: Nenhum (7 votos)

Inferno!

Minha avó na sua sábia ingenuidade dizia que de gente boa (no caso da moça 'brilhante') o inferno está cheio!


O governo do PT às vezes dá raiva pelo simples fato de ser o mais republicano e de seguir todos os ritos constitucionais. Nomear a moça é colocar mais gente do naipe de Celso de Mello nos calcanhares do governo não para lhe dar garantias ou para mostrar o caminho da legitimidade e sim para achincalhar como temos visto na PGR e de alguns ministros do STF nomeados pelo próprio PT. Haja estômago!!

Seu voto: Nenhum (5 votos)

"Não tenho prova cabal contra Dirceu - mas vou condená-

imagem de Alan Souza DF
Alan Souza DF

Idade não é problema mesmo. O

Idade não é problema mesmo. O Francisco Rezek foi nomeado para o STF com 39 anos, e teve uma boa atuação. Já era PhD na ocasião. Uma das melhores especialistas da atualidade em Direito Administrativo do Brasil é a Irene Nohara, que tem 39 anos, e aos 36 já era Doutora e Livre-Docente da USP. Tem muito Juiz Federal e Procurador da República sendo aprovado em concurso e nomeado com 27, 30 anos - talvez até menos!

Na minha opinião o que deve ser discutido mesmo é esse sistema de nomeação e a participação de advogados em tribunais que não sejam os superiores. Juiz é juiz, advogado é advogado, cada um tem uma visão diferente do processo judicial e mesmo um objetivo diferente. Esses tribunais regionais federais e os tribunais dos estados deveriam ser formados exclusivamente por juízes de carreira, escolhidos por seus pares. Admito a presença do quinto constitucional nos tribunais superiores (STJ e STF) para ajudar no debate, os quais se beneficiam (pelo menos em tese...) com a visão de advogados e membros do MP sobre cada assunto.

Seu voto: Nenhum

DIREITO DIVINO

A moça foi nomeada por ter QI (Quem Indica) muito alto.

Seu voto: Nenhum (7 votos)
imagem de joe
joe

Tem que segurar o estômago

Tem que segurar o estômago para não vomitar.

Seu voto: Nenhum (4 votos)

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.
CAPTCHA
Esta questão é para testar se você é um visitante humano e impedir submissões automatizadas por spam.