newsletter

Assinar

Luís Roberto Barroso, a liderança suave no STF

Luís Roberto Barroso assumiu o cargo de Ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) como unanimidade nacional. Na condição de advogado, antes de se tornar Ministro coube a ele defender algumas das grandes teses modernizantes do STF.

Chegou em pleno burburinho da AP 470, sofrendo ataques preventivos da frente de difamação criada em cima do clima de linchamento.  E sofrendo também críticas de colegas e de jornalistas (como este aqui) incomodados com  seu ar algo blasé, de quem não se deixa comover com discussões e retóricas.

Foi um período tenebroso, com o STF sendo presidido por Ministros sem compostura e as grosserias campeando nas sessões. Restava a fortaleza suave de Ricardo Lewandowski e a ironia firme e sem retórica de Marco Aurélio de Mello colocando limites ao festival de grosserias emanados de Joaquins e Gilmares.

Aos poucos, de modo suave, Barroso foi construindo sua liderança em uma casa quase coagida pela truculência verbal de Gilmar Mendes, amparado por uma mídia vociferante e uma turba disposta a agressões públicas contra recalcitrantes, como aconteceu com Ricardo Lewandowski no julgamento do "mensalão".

Na sessão histórica deste 17 de dezembro de 2015, sem rompantes, com absoluta racionalidade, Barroso desconstruiu um a um os argumentos do relator Luiz Edson Fachin, mas com tal fidalguia que Fachin saiu consagrado  da sessão - embora derrotado em todos os pontos relevantes.

Restaram a Dias Toffoli e Gilmar Mendes os berros, a retórica vazia, comportando-se como líderes secundaristas defendendo a democracia direta, por cima dos partidos e das "oligarquias partidárias" - conforme definição do mais oligárquico personagem jurídico do país, Gilmar.

Foram berros para a TV, não para um fórum qualificado. Pelo contrário, terminado o festival de berros salivados de Gilmar e Toffoli, a palavra voltou a Marco Aurélio de Mello para, com sua linguagem e raciocínios claros, trazer de volta os princípios elementares de democracia representativa, assegurando a indicação dos membros da comissão do impeachment aos blocos partidários.

Gilmar saiu bufando da sessão, avisando que iria viajar e merecendo, de bate pronto, um "boa viagem" de Levandowski, um presidente impecável, até nos elogios paternais às bizarrices adolescentes de Toffoli.

No final da sessão, ficava claro que há juízes no Supremo. E, mais que isso, uma liderança suave e firme, de um iluminista de modos fidalgos mas  sólido como a qualidade dos argumentos com que ilumina a Justiça.

 

 

Média: 4.7 (51 votos)

Recomendamos para você

125 comentários

Comentários

Espaço Colaborativo de Comentários

Opções de exibição de comentários

Escolha o modo de exibição que você preferir e clique em "Salvar configurações".
imagem de Adriana Valente
Adriana Valente

Uma suave fraude?

http://veja.abril.com.br/multimidia/video/voto-de-barroso-e-uma-fraude/

  

Seu voto: Nenhum
imagem de Calvin
Calvin

Barbosa servia quando atacou Gilmar...

...mas quando relatou o processo da "organização criminosa" caiu em desgraça para o PT...

Seu voto: Nenhum

um reparo ao texto...

Caro Nassif,

 

Excelente texto mas depois das licoes de maturidade dos secundaristas de Sao Paulo, nao cabe a comparacao:  "(...)Restaram a Dias Toffoli e Gilmar Mendes os berros, a retórica vazia, comportando-se como líderes secundaristas..."; 

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Dan

Eu só vou para os braços do Min. Barroso depois...

do seu voto a respeito da Lei do Direito de Resposta do nosso Requião.

 

Se ele se mantiver do lado do BOM Direito, ié, o nosso lado, contra a quadrilha midiática à qual ele no passado já serviu, será realmente dos melhores Juízes que estiveram na Corte do STF.

 

Tomara que ele esteja do lado do Bom Direito.

 

Precisamos disto, o Brasil precisa deixar pra trás este tenebroso período da Ditadura midiático-jurídica que está quase acabando com o país - vide moro...

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Frederico Gosling
Frederico Gosling

Comentário

O Gilmar Mendes, foi como sempre o Líder do PSDB, defendendo   sua causa, agora o Tófoli mais pareceia um ganster em briga de botequim que um Ministro do mais Alto Escalão da Justiça Brasileira, o povo, até os adversários se sentiram envergonhado da sua incapacidade de defender um ponto de vista com argumento, ele tentou virar  a mesa com uma gritaria de botequim, inclusive foi ofensivo a nossa Presidente Dilma, Totalmente incapaz para exercer tal cargo, ele não defendeu uma idéia, ele defendeu  o PSDB  e o GOLPE, infelizmente vamos ter que conviver com ele.

Seu voto: Nenhum (1 voto)

Luís Roberto Barroso

O professor, Jurista e Ministro do STF, Luís Roberto Barroso de fato é um iluminista e iluminado. Calmo, suave e sereno no trato com seus pares, porém, firme e coeso, têm contribuído muito para que haja na mais alta corte de justiça do país um ambiente de decisões mais justo, equilibrado e respeitoso.

No meio acadêmico e doutrinário esse Jurista e alto magistrado é considerado um dos maiores Constitucionalistas do Brasil e, ainda assim, ele consegue manter a humildade e modéstia, tão útil e necessário à sua função judicativa, mas perigosamente escassa entre aqueles com esta tão nobre e importante missão.

Que o Ministro Luís Roberto Barroso tenha vida longa e que também no STF, possa ser um grande colaborador e instrumento de mudanças no sentido de que em relação a sua tese, já implantada em nosso ordenamento jurídico, sejam pelos doutos Ministros nos julgamentos, observados as leis infraconstitucionais a partir da nossa carta magna ou irradiação Constitucional de1988.

Seu voto: Nenhum
imagem de Heloísa Coellho
Heloísa Coellho

Impeachment de ministro do STF

http://espaco-vital.jusbrasil.com.br/noticias/2838780/stf-arquiva-pedido...

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Sabra
Sabra

Um a belíssima peça jurídica.

Nassif

Belíssimo artigo, pois esta secção separou o joio do trigo. A objetividade e a brevidade do voto de Barroso, foi uma das peças mais lindas que eu já vi dos debates no STF. Deu uma aula mostrando que o direito  pode ser posto racionalmente e não retoricamente.  E no devido momento também mostrou , sem partidarismos, a indignação com as manobras e golpismos de Cunha e sua tropa de choque. Afinal um juiz também deve emiir um juízo ético. 

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de Antonio Santos
Antonio Santos

Grande professor !

Barroso é dos professores mais queridos na Uerj .

 

Aliás , quase todos os advogados dos partidos que eram partes são oriundos da Uerj ( Cláudio Pereira de Souza Neto , Eduardo Mendonça , Wadih Damous . todos mestres e doutores por tal instituição , e o Wadih estudou lá tb na mesma época do Barroso ) ...

 

E assim se faz uma nação democrática !

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de Antonio Santos
Antonio Santos

Um grande professor no STF

O Barroso é um dos professores mais queridos na Uerj , onde é professor .Atencioso com todos , educado , sempre de bom humor .

 

Tem vivência  em Yale e Harvard , não vai se deixar levar por colunistas ignorantes dessa mídia de negócios ...

 

Sem essa decisão do STF  TODOS os governadores poderiam ficar  eternamente na mão de presidentes das assembléias dos Estados , pois  estes teriam poder de sempre soltar pedidos de impeachment ( e sempre há muitos ) sem qualquer barreira dentro da casa legislativa.

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de Antonio Santos
Antonio Santos

Um grande professor no STF

O Barroso é um dos professores mais queridos na Uerj , onde é professor .Atencioso com todos , educado , sempre de bom humor .

 

Tem vivência  em Yale e Harvard , não vai se deixar levar por colunistas ignorantes dessa mídia de negócios ...

 

Sem essa decisão do STF  TODOS os governadores poderiam ficar  eternamente na mão de presidentes das assembléias dos Estados , pois  estes teriam poder de sempre soltar pedidos de impeachment ( e sempre há muitos ) sem qualquer barreira dentro da casa legislativa.

Seu voto: Nenhum
imagem de Paulo Abreu
Paulo Abreu

Parabéns ao STF

Boa noite !

 

Parabéns ao Presidente do STF pela condução firme e serena.

 

Parabéns ao excepcional Jurista e Ministro Luís Barroso, que com sua atuação devolve a fidalguia e clareza de princípios e idéias a mais alta corte jurídica do país.

 

Fico Grato e tranquilo por reconhecer profissionais tão bem qualificados ocupando postos tão relevantes ao país e a nossa democracia.

 

Obrigado.

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de José Eduardo de Camargo
José Eduardo de Camargo

Barroso é um verdadeiro

Barroso é um verdadeiro gentleman que sabe a usar a toga. Ele é "o juiz" por excelência. O que é infelizmente raro nessa terra de togados arrogantes, deslumbrados e ignorantes!

Seu voto: Nenhum (2 votos)

Salve BArroso!  E gente,

Salve BArroso!  E gente, vamos combinar....logo após a saída do GM, que tranquilidade no supremo.  Ministros se comportando como ministros devem se comportar.  Olha, foi até bonito de se ver.  O decano ainda tentou dar uma importância ao voto do Fachin, falando que entraria para história mas enfim..deixemos isso de lado pois como bem sabemos, do STF e de bunda de nenê, a gente nunca sabe o que virá.  mas gostei de ver a corte com cara de corte.  helloooooo.....Senado...que acham de um impeachment aí pro Gilmar Mendes?  olha que já passou da hora, né não?  Já que o negócio é impeachment, vamos pelo menos impichar a pessoa certa.  Esse cabra não tem condições nenhuma de continuar onde está....gente o homem é uma vergonha total. E feio que é a peste.  O Brasil não merece essa avacalhação!!! 

Seu voto: Nenhum (1 voto)

imagem de Maria Elisa
Maria Elisa

Parabéns pelo texto. Assino

Parabéns pelo texto. Assino em baixo de tudo que você concluiu. Sensacional e exempla5 juiz Barroso. Realmente o judiciário tem que banir os impuros que estão degradando esta instituição que começou a ser tremendamente desmoralizada com Joaquim Barbosa e o velho rato Gilmar Mendes.

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Emma
Emma

Destemperado

O pior é que no ano que vem, Gilmar Mendes assume a presidência do STF. Pobre Dilma !!

Seu voto: Nenhum (3 votos)

O tofoli foi o segundo maior

O tofoli foi o segundo maior erro de lula. O primeio foi barbosa.

Onde estavam os assessores de Lula na hora de indicar ministros do stf? quem o assessorou? é incrível a soma de erros. Os grandes nomes do partido só estão presos graças a esses erros gritantes para um presidente da republica.

Seu voto: Nenhum (5 votos)
imagem de Ivan de Union
Ivan de Union

Falta de experiencia, Atenir.

Falta de experiencia, Atenir.  Se um presidente dos EUA indicasse alguem como ESSES dois (entra varios outros) pra suprema corte dos EUA, o FBI e CIA ambos correriam pra cima dele com relatorio apos relatorio, pois eles tem responsabilidade institucional ferrea.

Indicacao assim eh colocar o pais inteiro em perigo -como de fato colocaram varias vezes.

Seu voto: Nenhum (2 votos)

e eu aqui pensando que com a

e eu aqui pensando que com a PEC da Bengala... a gente terá que aguentar o Tofoli até os 75 anos de idade.  Ninguém merece. 

Seu voto: Nenhum (1 voto)

imagem de L. Souza
L. Souza

Ele não vai. 

Ele não vai. 

Seu voto: Nenhum
imagem de Orlando Soares Varêda
Orlando Soares Varêda

  O BARROSO APLICOU UM

 

O BARROSO APLICOU UM CERTEIRO PONTAPÉ NO PAU DO GALINHEIRO GOLPISTA. FALTA ARRANCAR A LONA.

O Gilmar Mendes, mais uma vez tentou levar à cena um espetáculo de Circo mambembe. Confunde, sabe-se lá se deliberadamente, ao surpreender ao Plenário da Suprema Corte de um Tribunal Constitucional, como se aquele ambiente comportasse levar o seu poodle Toffoli  de estimação para latir e balançar o rabinho.  Este gajo, o dono do totó, ao que parece perdeu as estribeiras, ao imaginar está na casa de Noca. E, foi dar com os burros num palco de Circo. Seria isso? Ou o cabra endoidou de vez?

Assim é de lascar, o STF não tem como funcionar a contento. Nem bem nos livramos do Batmam Joaquim Baboso.  E, já me reaparece o chefete de jagunços. Ora,  acompanhado de um barulhento Poodle a tiracolo??...PQP!!!...Ainda bem que os demais ministros, estavam com suas vacinas dentro da validade.

Orlando

 

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de JMauriciO
JMauriciO

Se fosse no tempo do Imperio,

Se fosse no tempo do Imperio, o Ministro Barroso, receberia o titulo de Barão do Planalto, e seria convidado pelo Barão do Amazonas a tomar um cafézinho e bater um papo na Rua do Riachuelo. Esses Barrosos!!!!!!

Seu voto: Nenhum (3 votos)

Desde que eu li os argumentos

Desde que eu li os argumentos do Fachin, achei que era uma estratégia para que houvesse um bom debate, pois, se argumentasse diferente, além das hostilizações que sofreu, haveria um palco pro Gilmar, Toffolis et caterva, e nada seria decidido.

 

posso estar sendo ingênua, mas não consigo enxergar diferente.

Seu voto: Nenhum (2 votos)

Muita gente achou que o voto

Muita gente achou que o voto dele foi estrtégico. Como era o mais novo membro, faria o papel que cabe ao mega suspeito GM só que com educação. Alguém no plenário tinha que " defender" o Cunha e não podia ser GM que já tá mais queimado no país que o próprio Cunha. Toffoli não ia dar conta do serviço, até pq já aprendeu a dar pitis tb. SE GM que é o original não aguentou e vazou do plenário, imagine a cópia...  Sobrou pro Fachin o serviço sujo.  De qq forma Fachin não é um ministro pra virar herói dos coxinhas ou algoz da esquerda... Alguém tem que ser o voto vencido e não correr o risco de ser atacado por GM em plenário e mídia no minuto seguinte. o qeu quer que tenha acontecido, deu certo!

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de Helber
Helber

Tbm imaginei algo parecido.

Tbm imaginei algo parecido.

Seu voto: Nenhum

Azeredo condenado, FHC

Azeredo condenado, FHC enrolado na Petrobras, Impedimento abortado no STF e Eduardo Cunha caindo da Câmara. Ass days for !

Seu voto: Nenhum (6 votos)

Como falou um amigo

Como falou um amigo meu.....2015 é o ano do poste mijando no cachorro.  Aplaudimos Katia Abreu, malhamos Luciana "neves" Genro e agora torcemos por Picciani.  óh céus....aonde isso vai parar.  Já aviso que o Bolsonaro não desce.  nem que seja pra salvar a República. Bom, parece que agora no finalzinho, o cachorro irá mijar no poste....será que o terceiro turno finalmente chegou ao fim? Que tá difícil....definitivamente, esse ano foi para corações fortes.

Seu voto: Nenhum (4 votos)

imagem de jose adailton v ribeiro
jose adailton v ribeiro

Relaxe e...

A paz retorna com a balbúrdia generalizada..é a foto sem retoque com todos se lucupletando.

Seu voto: Nenhum
imagem de Luiz Augusto Faria
Luiz Augusto Faria

Nassif, parabéns pela

Nassif, parabéns pela excelente matéria. O ministro Barroso deu uma aula sobre a hierarquia dos princípios e valores constitucionais com uma elegância tão incomum nestes tempos bicudos que chegamos a estranhar. Os equívocos do Fachin foram, de fato engrandecidos. Já a mesma interpretação priorizando a independência dos poderes sobre transparência, publicidade, procedimentos democráticos e liberdade partidária na versão hidrofóbica do energúmeno e mal intencionado Mendes e seu escoteiro Toffolli, aos gritos, serve para a lata de lixo da história.

Seu voto: Nenhum (3 votos)

Sessão memorável no STF

Uma sessão de debates especial. Tirando os dois patetas os demais valorizaram o Supremo por suas argumentações.

Há um tempo atrás eu li um texto do ministro Barroso muito bacana:

http://www.migalhas.com.br/Quentes/17,MI217918,61044-Cinco+licoes+sobre+...

Vale a pena ler.

Seu voto: Nenhum (3 votos)
imagem de Allex
Allex

Duas breves observações: 1) O

Duas breves observações:

1) O iluminismo nos legou as injustiças e a escravidão do capitalismo, duas guerras mundiais e a corrida armamentista nuclear, que é ameaça ubíqua desde então;

2) Ninguém se iluda com esse Marco Aurélio de Mello. É um oligarca. Ele inaugurou a era dos ministros sem compostura do stf.

Seu voto: Nenhum (1 voto)

(Sem título)

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de Gustavo José Conde
Gustavo José Conde

Um voto no STF é uma arte.

Um voto no STF é uma arte. Ontem, o ministro Edson Fachin impôs uma sinuca de bico a seus pares. Foi de uma malícia exemplar. Como caçula da casa, ligado a sindicato e recém indicado pela presidente, sabia que seu voto seria vencido. Como se portar, então, para dificultar a índole psicopata que lidera a câmara? Elaborando uma "escada" para que todos se deleitassem. Um voto cru, legalista, indiferente, conservador. Emparedou Gilmar Mendes e o péssimo Dias Tóffoli (que, quanto mais argumenta, mais compromete sua posição). Seu voto será vencido (digo isso antes do final da votação), senão totalmente, parcialmente. Pelo tom de Celso de Mello, o decano, manter-se-á o famigerado voto secreto (pois a câmara que se vire com suas históricas péssimas escolhas para presidir a casa) e dar-se-á ao senado a prerrogativa de rejeitar o processo de impeachment, antes do afastamento da presidente da república. Se Fachin tivesse defendido esse entendimento, seus pares emulariam o contraditório e o rito do impeachment ficaria "capenga". Fachin "esfaqueia" as palavras (fala "constição", ministério "puco"), mas vota com extrema inteligência. 
.
A nomeação para o STF é uma faca de dois gumes. Nomear um "simpatizante" é péssimo negócio, pois ele fará de tudo para se afirmar como independente e, portanto, contrariar a indicação. Nomear um antagonista é menos arriscado, ja que ele também terá de se afirmar tecnicamente, e votos "inesperados" serão insuspeitos. Ocorre que, nas sutilezas da política, do direito e da cognição (sic), o ministro mais "próximo" de um executivo poderá ser também, curiosamente, inteligente. E continuar sendo ele mesmo, sem que ninguém perceba.

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Gustavo José Conde
Gustavo José Conde

O Tóffoli é café com leite.

O Tóffoli é café com leite. Só faltou o Lewandowski dar um brinquedinho para ele.

Seu voto: Nenhum (4 votos)
imagem de solle
solle

Barroso, escolhido por Dilma,

Barroso, escolhido por Dilma, a "sem noção" das coisas.

Boas mesmo foi a escolha de Lula com  Barbosa e Tóffoli.

Seu voto: Nenhum (7 votos)
imagem de Raphael Soomer
Raphael Soomer

Joaquim Barbosa é um grande

Joaquim Barbosa é um grande jurista, pessoa inteligente, que apesar da falta de postura vota de acordo com suas convicções e tem bases boas para elas. Não o confunda com Tóffoli, esse sim pessoa sem as competências necessárias para ser Ministro da Suprema Corte.

 

Precisamos diferenciar o que incompetência com o que é incompatibilidade de idéias, para o bem da Democracia.

Seu voto: Nenhum (9 votos)

Tóffoli é um juiz. Um péssimo

Tóffoli é um juiz. Um péssimo Juiz. 

Barbosa nunca foi Juiz. Serveria para um bom ditador nas ilhas da oceania.

 

Seu voto: Nenhum (5 votos)
imagem de Alexandre B M Santos
Alexandre B M Santos

Nassif, qual a razão do ódio

Nassif, qual a razão do ódio de Toffoli, contra  o PT? ou a Dilma? alguém se atreve?

Seu voto: Nenhum (7 votos)

na verdade não seria ódio mas

na verdade não seria ódio mas uma dívida.  ao que tudo indica, GM livrou o irmão dele de ver o sol nascer quadrado por desvios de verbas, inclusive já foi matéria aqui no Nassif

http://jornalggn.com.br/noticia/como-gilmar-manobrou-para-livrar-o-irmao...

Pelo visto existe um problema de desvio de caráter ligado ao DNA, na família Toffoli e o junior aí, ficou na mão do mais nefasto de todos.  

Seu voto: Nenhum (2 votos)

imagem de serralheiro 70
serralheiro 70

A mesma que do jb contra lula

A mesma que do jb contra lula que o indicou por ser o primeiro negro supremo ministro. escolhas erradas, sem conteúdo.

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de Sérgio BrasiI
Sérgio BrasiI

Constitucionalista de

Constitucionalista de primeira linha, tem ainda na sua carreira muitos e muitos anos atuando como Procurador do Estado (do RJ, não confundir com o MP, ali é Procurador de Justiça)  o que levou  a ter contato e conhecimento da máquina publica balanceado com sua atuação de advogado privado. Esse é jurista de verdade, educado, polido e profundo.

Livros excelentes publicados, uma carreira impecável, a melhor escolha para o STF em muitos anos.

Por outro lado, Facchin terá a oportunidade de se redimir apös ter tido medo da mídia, ele tambem tem profundidade e caráter para isso. Haverá tempo.

Depois de muitos desenganos nessa epoca negra de avanço do autoritarismo, ontem foi um dia de felicidade, pois o STF retomou o seu papel de guardião da Constituição. 

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de Sérgio BrasiI
Sérgio BrasiI

Constitucionalista de

Constitucionalista de primeira linha, tem ainda na sua carreira muitos e muitos anos atuando como Procurador do Estado (do RJ, não confundir com o MP, ali é Procurador de Justiça)  o que levou  a ter contato e conhecimento da máquina publica balanceado com sua atuação de advogado privado. Esse é jurista de verdade, educado, polido e profundo.

Livros excelentes publicados, uma carreira impecável, a melhor escolha para o STF em muitos anos.

Por outro lado, Facchin terá a oportunidade de se redimir apös ter tido medo da mídia, ele tambem tem profundidade e caráter para isso. Haverá tempo.

Depois de muitos desenganos nessa epoca negra de avanço do autoritarismo, ontem foi um dia de felicidade, pois o STF retomou o seu papel de guardião da Constituição. 

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de paulmoura
paulmoura

O ministro Fachin

Realmente foi humilhado.
Produziu um voto de manual como se estivesse escrevendo um passo a passo para estagiários de direito executarem.
Faltou-lhe uma visão holística da “representação partidária” além de equívocos na interpretação do que representa o Senado Federal.
Foi um voto simplório e com uma visão provinciana de poder.
Tem ainda muito que aprender, então vai lá e faça.

Seu voto: Nenhum (7 votos)

Grande dia!

Parece que na atual conjuntura do STF, poucos Ministros suportam ainda a falta de compostura e de estatura de Gilmar Mendes. Não ficarei surpresa, se mais para frente, o mesmo terminar pedindo para sair, assim como foi o fim melancolico de Joaquim Barbosa.

Dias Toffoli escolheu o pior lado que poderia se colocar. E pensa que um dia, tera a mesma atenção da imprensa para toda e qualquer opinião que se queira publicar. Tem se mostrado apenas um tolo deslumbrado com o poder e as luzes.

Lembro do "ponto fora da curva". Roberto Barroso teve a coragem de dizer, em pleno furacão, o que pensava do julgamento do "mensalão". E tem mostrado coragem e cautela em todos os momentos importantes.

Ademais, Gilmar Mendes não tem porque anunciar em plenario que merece férias, ir para longe da corte. Eh realmente um homem pequeno e infeliz. Foi merecido o "boa viagem" do elegante Lewandowisk. 

E nos  ao desejarmos que não voltasse mais para o Supremo.

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de Maria Silva
Maria Silva

Excelente Maria Luisa

Seu comentario complementa a analise do Nassif com prefeição. 

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Selma Pugliesi
Selma Pugliesi

STF

Juro que na hora que o Gimar Mendes levantou-se e disse que iria viajar, mandei-o pra Marte, só com passagem de ida! Patético. O Toffoli, nem precisa comentar...parece um aprendiz, usando uma máscara desconfortável de juiz. Até eu que não sou nada, teria mais bom senso e vergonha na cara. Não sei como tem coragem de se expor desta maneira: infantil, babaca. 

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de maria cecília p binder
maria cecília p binder

Perfeita a análise do Nassif.

Perfeita a análise do Nassif. Ótimo seu comentário, Maria Luisa. Assisti toda a seção do STF de cabo a rabo, como se dizia antigamente. Habemus juízes no STF.

Seu voto: Nenhum (2 votos)
imagem de Marco André
Marco André

"Feeling"

O voto do Ministro Fachin não corresponde a como votaria o Jurista Fachin.

Talvez jamais se saberá dos motivos.

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de Tadeu Silva
Tadeu Silva

Fiquei feliz ontem de ver

Fiquei feliz ontem de ver companheiras e companheiros que concordo, discordo, gosto, não gosto, distâncias e aproximações para uma democracia plural, nas encantadoras almas das ruas, como sintetizou o cronista João do Rio. Vitórias e derrotas no calejamento do exercício político de reverter o "sentido colonial". Ateu à toa, saravei com a Adenilde e rezei com a Dona Elisa. Depois fomos comer sardinha, que queria frita, mas era grelhada, quando se tem que digerir muito mais os espinhos. Com vinho do (Armazém) do Porto, que revezo com a cachaça, pinga negra, e cerveja, cascata loura, um dia seguindo o outro, no cortejo quase carnavalha na carne. A visceral vitória do povo brasileiro hoje no Supremo é como um supremo tira-gosto de boteco, entrada ou estrada para o futuro. E a Norte-Sul é paralela ao São Francisco, da transposição, com, para os mais velhos, cimento Barroso. É remar... 

Seu voto: Nenhum (1 voto)
imagem de João Bonna ( cadastrado )
João Bonna ( cadastrado )

Judicialização da política

Está sendo comemorada a judicialização da política ?

Houve uma intervenção direta e clara na "casa do povo". O poder popular foi claramente afrontado pela Suprema Corte.

A chapa alternativa foi ELEITA por ampla maioria. Bateu chapa com os indicados pelas lideranças e perdeu.

Isto, definitivamente, não é democracia.

Mas, fica a lição. Quando for rasgar a constituição, faça-o com pompa e classe. Suavemente.

Seu voto: Nenhum (32 votos)

Comentar

O conteúdo deste campo é privado e não será exibido ao público.