EUA: 3 milhões pedem seguro desemprego em meio à pandemia

Isso representa a pior notícia de um dia do mercado de trabalho da história da América, diz analista

Jornal GGN – O jornal The Guardian informa nesta quinta (26) que os Estados Unidos bateram recorde com mais de 3 milhões de norte-americano solicitando, no intervalo de uma semana, acesso a algum subsídio de desemprego no meio da crise de coronavírus.

Na semana anterior, outras 281 mil pessoas também informaram que perderam o emprego.

“As reivindicações dos desempregados desta manhã confirmam que os Estados Unidos estão sob a ameaça de uma crise catastrófica de desemprego, coisas como as que não vimos desde a Grande Depressão”, disse Andrew Stettner, membro sênior da Think Century Foundation. “Isso representa a pior notícia de um dia do mercado de trabalho da história da América.”

Hoje os EUA são o terceiro país com mais casos de coronavírus, com 68,5 mil confirmados, atrás apenas da China e Itália. O número de mortes passou dos 1 mil.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  The Guardian: Bolsonaro ataca os bloqueios estaduais e efeitos da infecção em rede nacional

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome