A guerra mundial entre a Globo e Bolsonaro, por Luis Nassif

Não se tente encontrar explicações no campo das convicções legalistas ou da pureza da luta contra a corrupção. Moro e a Lava Jato sempre se moveram seguindo a lógica estreita de seus interesses. Acontece que seu maior ponto de apoio é a Globo. Como fica?

Instalou-se uma guerra mundial no reino da ilegalidade, comprovando o estado em que o Supremo Tribunal Federal (STF) deixou o país, com o aval aos abusos da Lava Jato e do impeachment.

A acusação

A acusação central é que os autores do assassinato de Marielle se reuniram no condomínio do presidente da República, no qual um dos vizinhos é o suspeito principal, Ronnie Lessa. E Elcio Queiroz, motorista que conduziu o carro ao local do crime, entrou algumas horas antes do crime, dizendo que ia na casa de Bolsonaro.

Globo

As Organizações Globo se valeram de todas as armas ilegais que foram a base de seu poder nas últimas décadas: vazamentos de inquéritos inconclusos, condenação antecipada dos suspeitos, pressão indireta sobre os poderes – com a informação final da reportagens, de que membros do Ministério Público Estadual teriam consultado o presidente do STF Dias Toffoli sobre prosseguir ou não com as investigações.

Bolsonaro

Por sua vez, Bolsonaro não vacilou em acenar com os poderes de Estado, anunciando convocação da Polícia Federal e endurecimento nas regras de renovação das concessões, e a inovação do demônio como o álibi, o PT que, segundo ele, estaria aliado da Globo.

As provas

Só palavra de porteiro não basta. No Brasil, já se sabe como são feitas as salsichas e as confissões. Mas anotações da época tem valor.

De prova objetiva, se tem uma anotação no caderno do condomínio, sobre a casa mencionada pelo motorista para entrar, a 58, de propriedade de Bolsonaro. E sua afirmação de que uma voz atendeu o telefone, seria parecida com a do  “seu Jair”, e autorizou a entrada.

Há que se ter uma perícia da anotação. Mas a prova final seria a análise das ligações feitas pelo porteiro, para confirmar se o destino anunciado foi o da casa 58.

Leia também:  O espírito neopentecostal de um Brasil intolerante, por Albertino Ribeiro

Aparentemente, o vazamento se deu antes do levantamento das demais provas, expondo o inquérito a interrupções ou boicotes.

Existem outros indícios veementes das ligações de Bolsonaro com o Escritório do Crime e com as milícias.

Aqui, um mapa das ligações das diversas milícias com a família Bolsonaro.

Aqui, um detalhamento maior das pessoas diretamente envolvidas com o assassinato de Marielle.

Sérgio Moro

A Lava Jato incriminou até uma relação de emprego de um irmão de Lula com a Odebrecht, em 2002, relacionando com benefícios que a empresa teve em 2010. Como fica a situação agora?

Em sua live, Bolsonaro afirmou expressamente que a Polícia Federal irá convocar o porteiro para ouvir suas explicações. A PF está subordinada a Moro. Como fica?

Não se tente encontrar explicações no campo das convicções legalistas ou da pureza da luta contra a corrupção. Moro e a Lava Jato sempre se moveram seguindo a lógica estreita de seus interesses. Acontece que seu maior ponto de apoio é a Globo. Como fica?

Congresso

O presidente da Câmara Rodrigo Maia tem na Globo um de seus alicerces. É habilidoso, suporta Bolsonaro que, por sua vez, rachou o próprio partido.

Supremo Tribunal Federal

Entra-se, agora, em uma zona absolutamente cinzenta. A guerra mundial entre Globo e Bolsonaro é irreversível. Nos próximos dias, os dois lados irão continuar em suas demonstrações de força.

Na reportagem, o Jornal Nacional tentou forçar um posicionamento do presidente do STF Dias Toffoli. Os próximos capítulos dependerão dos seguintes fatores.

  1. Análise dos documentos que constam do inquérito. O STF não dará cheque em branco para nenhum lado antes de analisar as provas.
  2. Antes de sair, Raquel Dodge deixou duas ações criminais no Superior Tribunal de Justiça contra o conselheiro do Tribunal de Contas, Domingos Brazão, suspeito de ser o mandante do assassinato; e contra um delegado que prevaricou. Portanto, há mais inquéritos em andamento.
Leia também:  Um presidente cinematográfico na botocúndia, por Fábio de Oliveira Ribeiro

 

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

29 comentários

  1. As centrais modernas de interfone que funcionam sem fio, cadastram um ou mais telefones dos moradores do Condomínio. Quando o porteiro quer falar com uma unidade do Condominio. ( Casa ou apto ) ele disca apenas o número da unidade ( casa 29, ou apto 335 por exemplo) e a central eletronica faz a ligação automática para o telefone cadastrado do morador esteja ele em casa, na praia, na Europa ou na China.Ai que está o x da questão que estão apurando.

    38
    1
  2. As centrais modernas de interfone que funcionam sem fio, cadastram um ou mais telefones dos moradores do Condomínio. Quando o porteiro quer falar com uma unidade do Condominio. ( Casa ou apto ) ele disca apenas o número da unidade ( casa 29, ou apto 335 por exemplo) e a central eletronica faz a ligação automática para o telefone cadastrado do morador, esteja ele em casa, na praia, na Europa ou na China.Ai que está o x da questão que pode ser esclarecida com as gravações.

  3. Logo cedo, comentei num twitter do Nassif e reafirmo o que penso:
    Independentemente do que se possa pensar e afirmar sobre Bolsonaro, a Rede Globo é mesmo tudo aquilo que Bolsonaro afirmou sobre ela. Os adversários de Bolsonaro, mesmo abarrotados de razões, não podem esquecer do que a Rede Globo é e sempre foi.

  4. A Globo, sozinha, não tem força para derrubar Bolsonaro enquanto as reformas (PREVIDENCIÁRIA/TRIBUTÁRIA/ADMINISTRATIVA) e privatizações todas não estiverem concluídas, e só um governo claramente antipopular para bancar tudo isso…Se a Vênus Platinada entrou nessa guerra suicida sozinha e sem a devida “autorização” do andar de cima, será “derrotada”. E esse nem é o maior dos seus problemas, porque quando AMAZON, GOOGLE e afins de fato entrarem no mercado brasileiro, seu fim será o mesmo da editora Abril!

    2
    1
  5. O esperto Carluxo já fez o caso dar uma reviravolta que pode poupar o Moro de ir atrás. Agora há pouco, usando suas prerrogativas de filho do papai autoritário, o indivíduo foi até a central de segurança do condomínio e com o intuito de gravar um vídeo (postado em seu instagram) ultrapassou a privacidade alheia e mostrou as gravações do dia fatídico. Pois bem, ele indicou e ainda abriu sem permissão, a gravação da unidade de um outro morador e disse que não tinha nada para o 58 (unidade onde o pai residia). Ocorre que acima da que mostrou (65), existia uma ligação para a 58, às 15h58 do dia 14/03, conforme o print da tela do vídeo do Carluxo, postado pelo youtuber Felipe Neto.

    https://pbs.twimg.com/media/EIIkBBcX4AAHycI?format=jpg&name=900×900

  6. Dizem que Bolsonaro costura com Toffoli contra a prisão em segunda instância, por razões óbvias, mesmo que favoreça Lula. Daí talvez a carga da Globo nesse momento, afinal já tem o seu candidato em construção.

  7. O que não mata Bolsonaro, o fortalece e fica devedor de quem o fortaleceu, num “toma lá, dá cá”. Um deve a outro, o outro deve ao um… estamos quites, continuemos juntos exercendo o poder.

    Não duvido de que, na medida em que evolua esse caso, a turma acabe descobrindo a “verdade” e decretando, em horário nobre, que não há mais qualquer suspeita de que Bolsonaro tivesse algo a ver com a execução de Marielle. Pelo menos na versão oficial dos golpistas (irmãos Marinho, Bolsonaro, Moro… establishment em geral). “E pronto, depois dessa não se fala mais em Bolsonaro miliciano e menos ainda implicado no assassinato de Marielle. Esse negócio de milícia é coisa do ex-partido do presidente.” Mas isso só evolui assim se Toffoli anuir… Será que Toffoli entra no “toma lá dá cá”?

    4
    1
  8. “Aparentemente, o vazamento se deu antes do levantamento das demais provas, expondo o inquérito a interrupções ou boicotes.”

    O que costumam fazer é vazar um trecho, para o cara negar, e em seguida apresentar outro, pra arrematar a mentira ou contradição. É possível, portanto, que já saibam para wue o porteiro ligou. Nada a toa o boçalnaro 01 falou em “incriminar filho” dele.

    Outra coisa: todos os envolvidos estao sabendo de tudo; o vazamento é geral. O audio do Queiroz falando de pica e cometa tem a ver com isso.

    As cobras estão se picando no ninho, balcanizaçao do antipetismo….

    Resta também rastrear as determinações externas. A candidata Warren chegou a falar em Lula livre. Pode ser que tenha ocorrido mudanças no deep state americano neste período pre eleitoral. A boçalidade da familicia deve ter desprestigiado os aliados do golpe lá no Atlântico Norte.

  9. “Aparentemente, o vazamento se deu antes do levantamento das demais provas, expondo o inquérito a interrupções ou boicotes.”

    O que costumam fazer é vazarem um trecho, para o cara negar, e em seguida apresentarem outro, pra arrematar a mentira ou contradição.

    É possível, portanto, que já saibam para quem o porteiro ligou. Nada a toa o boçalnaro 01 falou em “incriminar filho” dele.

    Outra coisa: todos os envolvidos estão sabendo desde antes; o vazamento é geral. O áudio do Queiroz falando de pica e cometa tem a ver com isso.

    As cobras estão se picando no ninho. A balcanizaçao do antipetismo continua….

    Resta também rastrear as determinações externas. A candidata Warren chegou a falar em Lula livre. Pode ser que tenha ocorrido mudanças no deep state americano neste período pre eleitoral. A boçalidade da familicia deve ter desprestigiado os aliados do golpe lá no Atlântico Norte.

  10. Tá explicado: a capa da Veja há uma semana, com a fake news da delação do publicitário preso sobre a morte do Celso Daniel, está na cara que era mais uma armação do miliciano Sergio Moro, que já sabia da menção ao Bolsonaro nas investigações do assassinato de Marielle!

  11. Não posso deixar de registrar o faro apurado e,por que não,canino de Luis Nassif,o mais brilhante jornalista da sua geração.Esses organogramas do crime organizado(vide milicias e ou Sindicato do Crime)existentes no Rio de Janeiro e adjacências,apresentados na globosfera,todos eles,sem exceção,foram montados por Nassif.Antes da Vaza Jato,não deram muita importância a eles,visto que,estava tudo dominado,e por óbvio,a Globo se servia dele indiretamente na proteção que dá ao Marreco. Eu tasco o velho e surrado chavão:Sabedoria quando muita,vira e bicho e engole o dono.Disse lá atrás a Presidenta Dilma:Quanto a barragem romper,não ficará pedra sobre pedra,e eu completo:Em guerra de quadrilhas,o mais difícil é ficar alguém vivo para contar o resto da historia.E aí,como ficamos?

  12. Um pouco de humor………..

    Do Twitter do humorista Zé Simão:

    Condomiliciano Vivendas da Barra Pesada! O condomínio até que é bom, o q mata é a vizinhança!

    ; )

  13. ” A guerra mundial entre Globo e Bolsonaro é irreversível. Nos próximos dias…”
    Na minha opinião estamos diante de um jogo das sombras onde a população irá pagar uma fatura alta, muito alta. 

  14. A destruição total do Estado Brasileiro chegou finalmente aos golpistas de 2016!!! O que virá depois que o Brazil se tornar a nova colônia do século XXI? Será que teremos um país parecido com a Líbia ou a Somália? Vamos ver qual vai ser a decisão d STF sobre a prisão em segunda instância …

  15. O presinquente eleito, que se acha comandante de um quartel e não representante com sérios deveres, responsabilidades e compromissos com seus eleitores e NÃO eleitores (será que tem capacidade de compreender isso?), pensa que pode “chamar” (comandar?) a PF para sua defesa pessoal.
    Como garantir que o porteiro não será ameaçado? Executivos, políticos e empresários o foram publicamente, por que um “reles” porteiro não o seria?
    Providências urgentes para quem quer esclarecer o caso:
    1) Garantir a presença de advogado(s) para o porteiro
    2) Levantar as gravações da portaria antes que desapareçam, com as das câmeras de rua no caso Marielle.
    3) Verificar se a central de portaria realmente fazia ligações transferidas para telefones (é possível sim) e não apenas interfones (STF quebrar sigilo telefônico do “seu Jair”). Aí ele pode ter falado até de Brasília, como disse Anônimo acima. Afinal até uma “live” feita na hora, direto das Arábias é a “mórmoleza”!
    O mistério pré (cuidados excepcionais de preparação) e pós assassinato de Marielle (e Anderson, que foi uma infeliz vítima no lugar e hora errados, ao volante) com toda esta obstrução EVIDENTE de Justiça, só pode nos levar à uma real conspiração, pois sequer se discute qual foi a motivação.
    O que permite supor que, dentre outras, tal “importância” poderia estar relacionada até à um projeto de ambições presidenciais…que poderia até se chamar de “Militias in chief”.
    Né não?

    • A menos que haja eliminação (deleção) de arquivos e montagem de áudio (que não é impossível, após mais de ano e meio), a versão do porteiro está prejudicada. não sem dizer que ela é (ou era) bem verossímil, com o acompanhamento do carro para casa diferente da contactada e religação para confirmação..
      Sendo esta constatada, resta saber porque um fraco porteiro mentiria em assunto tão “superior” à ele.
      E lamentar que a comunidade dos seguidores fanáticos sairá bem fortalecida desta. Logo depois da pataquada das hienas…

      Falando nisso, ontem assisti perplexo à uma entrevista de 4 terraplanistas com explicações bizarras e confusas no programa de entrevistas líder de audiência do Gentilli. Pra onde estamos indo, meu Brasil?!!

  16. Entre a Globo e Bolsonaros, eu ficaria feliz se ambos entrassem em processo de sublimação.
    Espero que os que odeiam a Globo não caiam como patinho da FIESP no novo golpe que está em andamento. Os bilionários querem tirar Bolsonaro e colocar em seu lugar o general Mourão.
    Entendo que esse novo golpe iniciou agora porque a CPMI das Fake News tem condições de provar que a eleição foi uma fraude e isso levaria à anulação. Tudo o que os bilionários não querem. E como a Globo é um instrumento político dos bilionários…
    Derrubar Bolsonaro tem que ter um preço: NOVAS ELEIÇÕES.

  17. Os detalhes do caso pouco interessam. Todas as denúncias envolvendo Bolso tiveram origem no Grupo Globo. Desde as rachadinhas, com Queiroz et al. Mas, tudo tem o seu momento de ser feito e até que ponto deve ser feito. A temperatura aumentou muito em março desse ano, mas depois alterou-se fortemente, com o JN tornando-se quase um jornal oficial, com Bolso onipresente, em situações agradáveis para ele e seu governo. Era a tramitação da reforma da previdência. Esse capítulo já foi. Bolso entregou a fatura prometida, é fato, mas para que serve o que já feito? O que importa é o que ele deve fazer, o próximo ato. Nesse ínterim, o presidente de fato (Guedes) submerge e espera ganhar com a autonomia do BC, com a venda fast-track de estatais e outros tantos projetos (ou negócios) de bom calibre. Há um super-leilão do pré-sal no caminho. E a oposição discutindo o porteiro…

  18. Eu sei que o assunto é sério e trágico porque envolve a morte de uma pessoa como Marielle, criminosos e um presidente da república eleito recentemente em um país que vive o caos nos últimos anos. Mas eu não consigo deixar de ficar feliz, muito feliz de ver este presidente incapaz, para dizer o mínimo, em conflito aberto com esse jornalismo parcial e tendencioso, também dizendo o mínimo, da Globo. Toda a ironia de ver um presidente eleito, principalmente, sob a mistica do “anti-petismo” criada e propagada ostensivamente pela mesma imprensa que agora parece querer colocá-lo na coleira, deixando claro que só se interessa pelas reformas que ele apóia. E nem se sabe porque apóia. Se é verdade ou mentira tudo isso, não sei, mas eu desejo que tanto o guerreiro presidente quanto a guerreira imprensa se acabem moralmente e politicamente e não sobre nada que permitam renascer para a sociedade brasileira. Quem sabe assim poderemos voltar a sonhar com um país melhor em breve.

  19. Estranho também que a Justiça não tenha apreendido as gravações da central interfônica ou que o filho 0n, metido com computadores, acesse as gravações após mais de ano e meio.
    Outra medida investigativa está em questionar (ou já ter questionado) o próprio entrante Élcio, embora dificilmente ele comprometeria seus comparsas, sejam quem forem.
    O pior de tudo é a AGU e a PF serem convocadas pelo presidente para defender a pessoa do próprio presidente AGU é Advocacia da União e não AGP de “p”residente. PF é para investigar inclusive o presidente e não seus inimigos.
    Finalmente, é bom lembrar que seu filho “0n” (são todos literalmente zeros à esquerda) marcou presença no Congresso em Brasilia enquanto estudava no Rio (como também Aécio Neves Cunha).
    E o BraZil indo pro buraco…

  20. Maior erro de Bolsonaro foi reagir da forma que reagiu…
    expondo a perda de juízo e confirmando todos os seus pontos fracos

    nem faz ideia das novidades que a Globo tem para divulgar sobre os milicianos envolvidos

    se juntou com eles uma vez, já era, nunca mais pode ser dizer inocente de qualquer crime

  21. Não tenho nenhuma dúvida de que bolsonaro, seus filhos ou alguém muito próximo a eles está envolvido no assassinato de Marielle basta ver a forma como o clã reagiu à matéria da globo.

    A relação comprovada que a família bolsonaro tem com as milícias do Rio já seria bastante para afastar um presidente se vivêssemos num país sério.

    Por outro lado, foi patético as manifestações de moro e do atual PGR, o primeiro cometendo suas costumeiras ilegalidades e abuso de poder, o segundo comportando-se como advogado de bolsonaro.

  22. Das duas uma: ou a Globo tem provas que Bolsonaro não estava em Brasília, em contradição ao forte álibi de Bolsonaro, ou confiou demais na sua intuição, no seu poder e em sua impunidade perante à lei.

  23. Nassif, retrocedendo a 1989, campanha para presidente entre Lula e Collor. Collor preferido da Globo (nem poderia ser diferente) fazia o jogo de xingamentos do Lula, do PT , do Sarney e da Globo também, criticava os políticos (sendo seu pai e ele políticos). Porque a Globo e o Sarney aceitavam os xingamentos do Collor? Fazia parte do jogo, “Jogavam o Jogo”.
    Bolsonaro na campanha para presidente, xingava o Lula, o PT e a Globo, da mesma forma que em 1989, depois de eleito ele colocou o STF no jogo, e por que a Globo, e o STF aceitam os xingamentos? Porque estão a “Jogar o Jogo” para a campanha da reeleição.
    Lembrando que a campanha dele para presidente começou em 2014 com os outdoor espalhados pelo Brasil inteiro, com a frase “É bom Jair Acostumando” lembra? Que ele é bandido, corrupto, tirano todos sabemos, mas é inegável que el saiba fazer marketing como ninguém. Ele é capaz de colocar um ovo em pé e dizer que é inédito e os Bolsominions acreditar e espalhar que não foi Colombo mas sim o MITO quem botou o ovo em pé.

  24. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome