A jararaca está viva. O monstro também (Contramão da passeata), por Armando Coelho Neto

O gás subiu? Pois é, político é tudo igual. Deus proverá... Para quem tem fome de manhã o futuro é a janta.

A jararaca está viva. O monstro também (Contramão da passeata)

por Armando Rodrigues Coelho Neto

As entrevistas concedidas pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva parecem estar abrindo os olhos do mundo. As falas Lula para a Folha de S. Paulo, El Pais, BBC de Londres e para o jornalista Glenn Greenwald estão servindo como contraponto sobre a realidade brasileira. Por coincidência, Lula recebeu carta do Papa Francisco e, quase ao mesmo tempo, foi emitida nota pela Associação Americana de Juristas (sede nos Estados Unidos), a qual reconhece o ex-presidente como preso de consciência (político).

Exageros à parte, os dois fatos coincidem com a nota da Associação dos Juristas pela Democracia. Segundo a entidade, não “compete ao Poder Judiciário fazer acordos com os demais Poderes”, nem deixar “de lado o seu papel de guardião da Constituição”. A nota foi um repúdio ao reanunciado conluio de Bozo com o STF… Ah, ah! A gente já sabia do célebre “grande acordo nacional com o supremo com tudo”. Nas entrevistas, Lula reativa a memória desse velho complô, hoje maquiado pelo Bozo, mas repudiado pela associação de juristas. Nota, aliás, que deveria partir da Ajufe, que representa juízes federais…

Bozo fez questão de reafirmar o conchavo com o Judiciário, como se fosse uma resposta às entrevistas de Lula que, com veemência, denunciou para os quatro cantos do mundo o conventículo entre os golpistas e o Judiciário. Às pressas, Bozo disse que se depender dele, Lula não sai da cadeia e, mais apressado ainda, tornou público o óbvio: o STF sempre esteve no golpe.

Preso sem provas, numa fraude processual, Lula é preso político. De dentro de uma cela localizada num prédio que ele próprio construiu, mas que as Macabéas e Moscas Azuis da PF não reconhecem, Lula mostrou sua força. Sabe o que está acontecendo no Brasil e no mundo. Do preço da cesta básica ao do barril de petróleo. Sabe de A a Z, do Donald Trump à Questão Palestina, de temas amenos às reservas nacionais, de forma a revelar sua força política e disposição de luta. Sua desenvoltura perante os repórteres realça a pobreza e a incompetência da Mula Sem Partido que o golpe levou ao poder. Com fôlego, altivez, persuasão e grandeza, Lula mostra que a jararaca está viva (Ciro Gomes que se mate!)

Leia também:  Covid-19, Bolsonaro e o Caos Como Método, por Eduardo Costa Pinto

A jararaca está viva, mas o monstro Bozo também. A Mula-Mor Sem Partido que gere o hospício do Planalto Central ressurge como monstro da lagoa. Em pouco tempo, sob as barbas de uma Polícia Federal e um Tribunal Eleitoral omissos, Bozo reativou seus robôs e levou muita gente para as ruas. Nem fracasso nem vitória, Bozo mostrou ter força e que, apesar dos ouvidos moucos de Deus, há muitos evangélicos orando por ele.

Foi um ato menor que as manifestações pró-golpe de 2016. É possível que os antipetistas natos, ou os contaminados pelo ódio fabricado contra o PT, que outrora ajudaram a lotar as ruas, tenham ignorado o apelo do asno que ajudaram a eleger. Mas, foi um movimento de expressão, sobretudo para um “presidente” desmoralizado, cujo grande inspirador é um ser abominável cuja fala mais célebre é “toda piroca dentro do seu… se torna invisível”. Mesmo assim foi ele quem indicou o nome para a pasta da Educação.

Fracasso, desemprego, recessão, laranja, abacate, goiabeira, conge, conja, ventrículo, milícia, incompetência e esquizofrenia não pesam na balança dos bolsopatas.

O monstro Bozo está bem vivo e reativou em tempo recorde seus robozinhos financiados pelo além. A máquina do golpe mostrou uma capacidade de organização rápida que a esquerda já perdeu. Mostrou que tem dinheiro para bandeirolas, mortadela e outras “cositas más”. Provou que na hora em que quiser, pode colocar evangélicos e fascistóides nas ruas. No vácuo alienante, leva até franco-atiradores.

Apesar dessa realidade, há muita gente superdimensionando um monstro ferido, que não só levou gente pra rua, como também provou que o grande acordo nacional com supremo e tudo está intacto. Mas a dita esquerda, em especial o PT, não se deu conta do risco que corre.

Leia também:  Bolsonaro, Noblat, Adélio, a filosofia ocidental e o Tiranicídio, por Rogério Maestri

A grande massa, o povão não trabalha com os dados que trabalhamos. Não faz grandes análises de nada, e, querendo ou não, precisa de interlocutores para que possa processar o que empiricamente apreende. O gás subiu? Pois é, político é tudo igual. Deus proverá… Para quem tem fome de manhã o futuro é a janta.

No dia 30 de maio estive no Largo da Batata para acompanhar a manifestação contra o corte de verbas para a educação. Por ironia, o homem que mais construiu faculdades e escolas técnicas está na prisão, e o que tem desprezo pelo saber virou “presidente” da Nação.

A expressiva passeata seguia pela pista direita da Av. Faria Lula em direção à Av. Rebouças. Segui pelo outro lado da calçada na mesma direção, exibindo minha bandeira com o dístico Lula Livre. Pedi a um amigo para filmar, querendo documentar as reações de quem vinha em sentido contrário. Só nós sabemos as caras de desprezo que vimos, os dedos médios em gestos obscenos, o torcer de bocas. Na Rebouças, o desdém de corretores de plantões, de seguranças, motoristas de taxi e de ônibus… “Os capitalistas de busão foram um show à parte”, disse um amigo… Sei que a jararaca está viva, mas o monstro também.

Armando Rodrigues Coelho Neto – jornalista e advogado, delegado aposentado da Polícia Federal e ex-representante da Interpol em São Paulo.

5 comentários

  1. Tanta desmoralização e a loucura coletiva continua. Uma conhecida minha atriz escreve em parceria com uma amiga a performance teatral Apneia em que mostra a catarse brasileira aos franceses. E em apneia ou transe seguimos. Nesses anos em que sigo mais ou menos de perto a politica francesa jamais vi foto do presidente francês com membros do judiciario francês, a não ser com o Procurador da Republica. E mais, é impossivel imaginar Emmanuel Macron, François Hollande e até mesmo Nicolas Sarkozy ao lado de um jurista fazendo coraçãozinho com as mãos…. Ai, eu volto para minha apneia.
    Vamos na Caravana Lula Livre Europa porque por mais simbolica que seja, ela tem a prerrogativa de denunciar a calamidade e estultice que tomaram conta das instituições brasileiras, incluindo o Judiciario.
    https://www.facebook.com/caravanalulalivreeuropa/?modal=admin_todo_tour

  2. “Bozo reativou seus robôs e levou muita gente para as ruas. Nem fracasso nem vitória, Bozo mostrou ter força…”

    Me desculpe, você tira essa conclusão do que você viu na rua ou do que você viu na Globo? As manifestações do dia 26 foram um fracasso total, com quase ninguém. Gastaram uma FORTUNA e não botaram nem 10% do que a UNE botou. Não dá nem para comparar com os movimentos do dia 15 e 30. A Globo manipulou o fato exatamente porque foi um fracasso total que iria demolir o governo se fosse exposto cruamente.

    Uma questão urgente para debate: a castração mental da esquerda pela mídia de direita.

  3. Sinto muito , vc não entendeu o que o ARNANDO quis passar… é claro que Ele, o BOZO, contou com a MIDIA GOLPISTA que tb tem interesse que a PREVIDÊNCIA seja aprovada…
    ENTÃO jamais iriam mostrar a realidade.

  4. Com certeza a JARARACA está vivíssima, orientada e com muito AMOR pra dar…
    Quanto ao MONSTRO, esse vai se alimentando com os GOLPISTAS, A MÍDIA GOLPISTA e com o JUDICIÁRIO BRASILEIRO, esse com certeza se afastou de suas atribuições constitucionais para se alimentar de Money, o dólar é mais atrativo… os seus componentes são cagões , falam fino para os AMERICANOS: CIA et caterva…

  5. Eu não disse nada além do que disse: essas afirmações são falsas, e enquanto tais não devem ser propagadas. Sobre entender ou não, o texto não tem gênero definido. Transita da sátira para a análise, o que prejudica a compreensão.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome