O pior homem que já pisou neste país, por Fernando Horta

Foto Leonardo Benassatto/Reuters

O pior homem que já pisou neste país, por Fernando Horta

Na década de 50, nos EUA, no auge das perseguições políticas do Macarthismo, os “condenados” por suas posições políticas eram colocados nas mesmas prisões que os piores criminosos daquele país. Estupradores, assassinos, e criminosos cuja imaginação comum apenas tangencia seus feitos eram mandados para prisões de “segurança máxima” e conviviam lado a lado com professores, trabalhadores e mesmo advogados que eram “julgados” comunistas.

A bibliografia sobre o período está recheada de casos neste sentido. Um condenado a prisão perpétua por crimes de assassinato e estupro, por exemplo, ao receber a visita da mãe ouviu dela um inusitado conselho: “Não se misture com aquela gente”. “Aquela gente”, nas palavras da mãe do apenado, eram os “comunistas”. Pessoas cujo único “crime” era pensar um mundo diferente, econômica e socialmente mais justo. “Aquela gente”, aos olhos da matriarca do apenado, estava abaixo, na escala de pecados, de seu filho que havia matado e estuprado várias pessoas.

A postura desta senhora, nos anos 50, não era um caso isolado. De fato, o macarthismo, através de uma campanha midiática e mentirosa, transformava seus alvos em indivíduos que as massas conservadoras julgavam não deveriam ter o direito sequer de respirar. A bestialidade chegava a tal ponto que não são poucos os casos de linchamento de pessoas nos EUA “suspeitos” de ligação com o comunismo. A violência das massas, legitimadas pela campanha de ódio, não se restringia apenas a comunistas, mas, como mostram os casos de Emmett Louis Till e Harry Hay, a questão racial e de sexualidade também atraíam o ódio e o desprezo.

“Comunista” era ligado narrativamente ao “negro vagabundo e ladino” e ao “homossexual depravado”.

Em 1953, num dos primeiros atos de seu governo, Eisenhower assinou uma lei que bania do serviço público norte-americano pessoas com “condutas sexuais pervertidas”. A designação de Eisenhower durou por quase 20 anos.

Comunistas, negros e homossexuais eram os piores dentre todos os que tinham pisado na Terra. A eles não era permitido que pensassem, que vivessem, que trabalhassem … A presença da URSS evitou que muitas destas pessoas fossem sumariamente mortas, porque a propaganda seria péssima para o “mundo livre”, como os EUA faziam questão de serem chamados.

Leia também:  Os mercados não vão criar empregos, por André Motta Araújo

Suzanne von Richtofen foi condenada por manda matar os pais para ficar com a herança. Ela e os executores do crime (os irmãos Cravinhos) foram condenados a 39 anos e seis meses de reclusão. Suzanne tem garantidas as saídas da cadeia no Natal e até mesmo no dia dos Pais. Os irmãos Cravinhos, também são receptores da letra da lei e saem da cadeia no dia das mães além de darem entrevistas a jornais e televisões.

O ex-goleiro Bruno Fernandes foi condenado por ser o mandante do assassinato e destruição do corpo da mãe de seu filho, Elisa Samudio. Bruno, em conluio com comparsas, teria não apenas matado Elisa, mas dado seu corpo despedaçado para cães comerem. Em 2013, Bruno foi condenado a 22 anos e 3 meses de prisão. Durante os mais de seis anos que esteve preso, tanto Bruno, quanto seu cúmplice imediato “Macarrão” tiveram seus direitos respeitados quanto à “saída temporária” e até quanto a serem colocados em “regime semi-aberto”.

Numa república, a lei deve ser cumprida e parece que tanto Bruno, quando Suzanne, a despeito do quanto achemos selvagens seus crimes, tiveram respeitada sua humanidade. Humanidade que não lhes é dada (ou retirada) em função de seus comportamentos, mas que é – desde o século XVIII – a base do que se chama de “liberalismo político”. O homem tem direitos naturais que lhe assistem, indiferente ao que possa fazer ou pensar em vida. A base da sociedade contemporânea ocidental é o respeito inalienável a tais direitos como a vida, a inviolabilidade do corpo, à liberdade de pensamento e à propriedade privada.

Contudo, um homem que vive entre nós está na condição de ser o pior dos homens que já pisaram a Terra desde Adão e Eva. Segundo as duas juízas-carcereiras, colocadas para vigiar as portas da prisão do “mal encarnado”, este homem não merece sequer o custo das grades que lhe confinam ou da comida que come. Desrespeitar os direitos de alguém é dizer aberta e claramente que este sujeito não tem humanidade. Carolina Lebbos e Gabriela Hardt decidiram, entre turnos, manter “o pior homem entre nós” trancafiado sem poder sequer comparecer ao velório de seu irmão.

Leia também:  Autoridades e personalidades da fase Forrest Gump brasileira

Para o judiciário brasileiro, que tem em Moro o símbolo-esperança e modelo de ação, Luís Inácio Lula da Silva está abaixo, na escala dos pecados, do que Bruno ou Suzanne. Lula está abaixo de Carlinhos Cachoeira, de Pimenta Neves (que em 2000 assassinou a esposa), dos irmãos Cravinhos, de Guilherme de Pádua (assassino de Gabriela Perez), entre outros.

O que fez o “pior dos homens” para merecer este tratamento? Quais crimes cometeu? Certamente crimes de imoralidade e desumanidade absolutas, que indicariam uma repulsa social acima de qualquer argumentação razoável. Que poderes tem este indivíduo, que deve ser proibido visitas, entrevistas e falas à imprensa? Que maldade e pecados encerra o homem a quem o judiciário brasileiro não permite sequer o cumprimento das suas próprias leis?

Lula foi condenado a 12 e um mês de prisão. Não há uma conta com dinheiro ilícito em seu nome. Não há um imóvel, carro, lancha, avião, iate ou joia que tenha sido aprendido ou descoberto em seu nome ou de familiares. Não há um documento seu assinado, uma ligação ou uma gravação telefônica sua ou de familiares que o tenham colocado em posição de ter cometido ato criminoso.

Lula foi condenado baseado num “powerpoint” de um procurador que na argumentação final usou teorias de probabilidade (que ele desconhece) para “provar” que Lula “tinha que ser culpado”.

Lula foi condenado por um ex-juiz que, após oito anos de investigações conseguiu apenas uma única palavra contra Lula. Moro reduziu a pena imposta por ele próprio a Léo Pinheiro, de 26 anos de prisão para pouco mais de dez anos, após Léo ter “colaborado” para a condenaçõa de Lula. Em segundo grau, o desembargador Gebran reduziu novamente a pena do empreiteiro de dez para três anos e seis meses de cadeia. E, enquanto você lê este texto, Léo Pinheiro está em casa, em “prisão domiciliar”.

Leia também:  Intervenção dos EUA no Brasil: ultraliberalismo, petróleo e Amazônia, por Marco Aurélio Cabral Pinto

Lula foi condenado por três desembargadores que, em suas sentenças finais, gastaram não mais do que cinco páginas para discutirem argumentos de acusação e defesa, e mais de quinze para elogiarem o colega ex-juiz Moro.

Lula foi condenado no processo mais rápido da história do TRF-4. Tempo suficiente para lhe retirar do pleito de 2018.

O pior dos homens entre nós, segundo o judiciário brasileiro, foi condenado por ter visitado um apartamento que lhe era oferecido para comprar. As provas se resumem a duas visitas e uma delação.

Este “monstro” precisa ficar enclausurado, longe da imprensa, da sociedade e do mundo, porque ele pode ser capaz das maiores insanidades sociais, como, por exemplo, chorar a morte do irmão ou, talvez, falar. E em falando, Lula pode vir a retirar o Brasil do coma induzido por nossas instituições. O perigo que representa a voz e o pensamento do homem que tirou 40 milhões de pessoas da pobreza, elevou o Brasil à sexta economia do mundo e deu escola e educação superior a mais gente do que todos os presidentes anteriores somados, é dele demonstrar a inaptidão, ignorância e incapacidade do atual governo. Este “inominável ser” deve ser mantido isolado, com focinheira e duas juízas especialmente designadas a ficarem monitorando as portas da cela.

Lula está preso sim … se não estivesse o Brasil não estaria sendo governado por fascistas, exposto ao ridículo internacional e se submetendo aos desígnios da política externa de outros países.

Lula está preso sim e, graças às duas diligentes juízas, temos a certeza que a “pior criatura” que já pisou neste país não tem o direito sequer de velar seu irmão. E tudo isto pelo pavoroso crime de ter construído um Brasil mais justo e mais igual. Algo que a Justiça brasileira, a bem da verdade, nunca aceitou, em mais de 500 anos de história.

28 comentários

  1. LULA: morrem de medo de ti!

    Excelente texto, bem demonstrando a baixeza, torpez e desvio de caráter de seus carceireiros, responsáveis – sim – pelo descalabro em que se tornou este nosso país de merrecas.

    • Como queria não estar
      Como queria não estar presenciando esses acontecimentos. Como gostaria de ver a justiça prevalecendo e nao me sentir tão incapaz de mudar tudo isso. Quero manter a esperança de que verei Lula livre e o Brasil caminhando para um futuro brilhante.

  2. Mais uma vez togados rasgam Leis ao coibir Lula de seu direito

    A historia descreve estes perseguidores, pessoas ruins, vis. Não são cristãos, são SERES HUMANOS VIS, sentiria vergonha de olhar no espelho ou conseguir dormir no lugar destas “coisas”. SÃO CRUEIS, E COVARDES, rasgam as leis, passam por cima da dignidade,dos direitos humanos e da decência. Com muito zelo e cuidado guardo comigo os nomes destas “coisas partidárias, antiprofissionais togadas” para não esquecer de pedir a DEUS todos os dias, até o fim de minha vida, que a verdadeira Justiça seja cobrada a estes que “se acham deus”, que sequer tem autocritica ou consciência para se sentirem à margem.

  3. Confissão de impotência

    Brilhante, Fernando Horta, simplesmente Brilhante. Este texto deve ser reproduzido, copiado, compartilhado e amplamente divulgado por todo nosso planeta. Estou considerando, este texto, como se fosse um tapa na cara bem dado no mais covarde, no mais injusto, no mais parcial, no mais seletivo,  judiciário brasileiro de todos os tempos, em minha opinião. O melhor de toda  essa hedionda covardia do judiciário e da policia federal é a constatação da imensa pequenez de moral e competência de policiais e togados, em comparação a Luiz Inácio Lula da Silva, o melhor presidente do Brasil de todos os tempos.

  4. Parabéns! Melhor definição do
    Parabéns! Melhor definição do Brasil de hoje! Essas pessoas estão tão preocupados com a possibilidade desse mostro fazer mais uma coisa ruim, é tanto empenho, que eles até hoje não encontraram o tal Queiroz,que até a alguns dias estava , ensaiando para o carnaval, dentro de um hospital caríssimo, que pelo seus ganhos jamais poderia estar lá.

  5. Lula desperta o medo nos picaretas.

    Lula está sequestrado pela parte podre da elite brasileira Por boa parte da classe média corrupta que vêm nele o exemplo de homem correto que eles jamais serão e que eles jamais gostariam de ser.

  6. Em quase todas as culturas
    Em quase todas as culturas conhecidas desde o Mundo Antigo, os mortos são reverenciados e merecem despedidas dos que os amam.Quem leu a Cidade Antiga sabe a que me refiro. Os vivos estão vivos. Os mortos se vão. Uma partida dolorosa para sempre.O Estado Brasileiro negou a Lula a condição de Ser Humano.

     

  7. Moralistas sem moral.

    Os pigmeus tremem e morrem de mêdo da estatura de um gigante que a cada dia se torna maior e mais amado por quem tem consciencia nessa cloaca que um dia já foi um país respeitado. Esquecem esses pigmeus que o sol, cujo planeta terra gira ao seu redor – (um certo guru idiota acha o contrário) – , faz com que tenhamos um dia após o outro e não existe nada melhor do que isso. Chegará um amanhecer em que esses pigmeus  e a mídia cretina que levou o Brasil a atual situação,  pagarão pelo que estão fazendo com o Lula e sua família.

  8. O Brasil entregue aos trapaceiros fascistas-milicianos

    A prisão de Lula possibilitou a ascensão dos fascistas BOLSO-MORO, e as instituições funcionam normalmente em apoio ao novo estado Fascista-miliciano o judiciário se habilita a ser a ama seca desses fascistas-milicianos

  9. O STF não pode se deixar

    O STF não pode se deixar macular pela maldade do ódio. O STF sabe que o Lula é inocente e o que a permissão dada hoje foi uma vergonha… Deus, por favor, Deus, salve o STF… O nosso país e nem nossa corte suprema precisa passar por isso… Deus,  não nos deixem ser uma vergonha perante a comunidade mundial… 

  10. Na página Casa da

    Na página Casa da Democracia

    EX-PRESIDENTE LULA PARA O NOBEL DA PAZ

     

    Capa do jornal francês L’Humanité publicado nesta terça-feira (29). 

    Quase meio milhão de pessoas já assinaram uma petição lançada pelo artista e ativista pelos direitos humanos argentino, Adolfo Pérez Esquivel, para fazer do ex-presidente um Prêmio Nobel da Paz. Aquele que hoje é prisioneiro político teve a iniciativa de um programa para erradicar a fome…

     

    Veja a traduçao completa na Casa da Democracia:

     

    https://www.facebook.com/CasaDemocracia/posts/384175702348495?__tn__=K-R

  11. Capacidade de se indignar

    Acho que, de tanta arbitrariedade contra Lula e o PT e, ainda, de tanta impunidade para tucanos e amigos de elite, estamos perdendo (ou já perdemos) a nossa capacidade de indignar-nos e de reagir. Estamos calados, sem reação e eles aproveitam-se disso. O único que poderá mudar as coisas é a mobilização popular. Não vejo outro caminho. Uma frente de esquerda, unida e coesa em torno da defesa do Lula e dos direitos do povo deverá ser brevemente montada. Precisamos de comando unificado para agir, seja marchando nas ruas, batendo panelas ou deixando de consumir determinados produtos. Falta comando, unidade e organização. Aguardo orientação.

  12. Lula Nobel da paz 2019!

    O Macarthismo em sau fase mais dura teve duração de dois anos e até hoje fala-se naquele momento de caça às bruxas dos Estados Unidos. Pois a historia brasileira foi definitivamente marcada pela condenação absurda de Lula, sua prisão imoral, a ascenção dos fascistas ao poder e a repressão que vem pelas mãos daqueles que estão dentro das instituições para que o povo não peça à volta de Lula e do PT. 

  13. Basta de inação tolerante
    Basta de inação tolerante contra instituições genocidas que atuam fora das leis e cujos responsáveis são remunerados com recursos públicos.

    LULA LIVRE!

    Vamos agir logo, caralho.

  14. Que texto brilhante! Fernando
    Que texto brilhante! Fernando Horta se superando a cada dia mais. Parabéns por nos brindar com essa análise tão sábia de uma realidade tão cruel e ultrajante que é a prisão do nosso líder máximo, Lula da Silva. Só um gigante como ele seria capaz de gerar tamanha arbitrariedade por aqueles que deveriam preservar seus direitos básicos, mas que na realidade só fazem é temer e tremer diante de tanto potencial transformador e libertador! Um salve a Lula! LULA LIVRE!!!!!

    • “Que texto brilhante! Fernando”

      Seu texto também é maravilhoso!                                                                                                                          Gostariade ter esse talento, esse poder de síntese para expressar essa indignação,  essa sede de justiça que acomete todo brasileiro verdadeiro e consciente.

  15. LULA E O ARBÍTRIO

    Boa noite 

    Valeu, Fernando.

    Creio que não há o que adicionar ao seu texto, que expressou muito bem o que eu sinto e o que nossos colegas aqui do  ggn devem estar sentindo também.

    Diante de tamanha violência contra um homem com mais de 70 anos, condenado sem provas, e que tem a história de vida que tem, eu não sei o que é pior: o sentimento de ódio a esess patifes todos ou o sentimento de vergonha por nossa passividade diante do que vem sendo feito contra Lula. 

    Olha, um abraço

     

    LULA LIVRE

  16. Lula
    Resumidamente assim: o pior homem do Brasil é extremamente perigoso, o que lhes causa medo por ser tão poderoso a ponto de lhe negarem qualquer regalia?

  17. Texto impecável, maravilhoso

    Texto impecável, maravilhoso e emocionante. Fernando Horta, com seu talento e lucidez, colocou-se como o tradutor de nossa indignação. Indignação, revolta e impotência são os sentimentos constantes a cada dia. Gostaria de encontrar caminhos de transformação. Textos como este poderão ilumina-los? 

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome