Início Autores Posts por Bruno Lima Rocha

Bruno Lima Rocha

194 Posts 10 comentários
Cientista político, pós-doutorando em economia política, professor de relações internacionais e jornalismo.

JINSA: o principal lobby militar de Israel dentro dos EUA, por Bruno Beaklini

As credenciais autodeclaradas da instituição militarista não deixa margem de dúvida sobre o que são, para que servem e menos ainda quem compõe o “think tank militarizado”.

A permanente acusação de antissemitismo como arma do Apartheid, por Bruno Beaklini

Se compreendermos a condição mitológica de “semita” como também pertencendo aos povos árabes, o Estado de Israel é “essencialmente” antissemita.

Israel e EUA: uma aliança essencial, por Bruno Beaklini

Três instituições estão ligadas umbilicalmente à imigração de europeus de fé judaica no Estado criado pelas treze colônias da América do Norte.

ONU, Palestina e o apartheid colonial do século XXI, por Bruno Beaklini

Considerando que todo o Levante se encontra diante de uma permanente luta anti-imperialista e a Palestina, ainda na luta anticolonial, é necessário um esforço permanente para furar o bloqueio midiático e a censura na opinião pública nos países ocidentalizados

O apartheid colonial avança na Câmara de Deputados, por Bruno Breaklini

“A Comissão de Relações Exteriores e de Defesa Nacional (CREDN) da Câmara dos Deputados aprovou o Acordo de Cooperação em Questões Relacionadas à Defesa, assinado em Jerusalém, em 31 de março de 2019”

Jornalistas, representatividade árabe e a libertação da Palestina na mídia brasileira, por Bruno Beaklini

Hoje, a maioria de afrodescendentes no segundo maior país africano do mundo tem um marco fundamental na sociedade civil e na política. Ou seja, é pouco se dizer “não racista”, é preciso ser antirracista.

Analisando os fatores para a vitória na operação Espada de Jerusalém, por Bruno Beaklini

O “confronto”, não foi um ato isolado e sim uma escalada militar do inimigo como resposta à posição intransigente da liderança de Gaza contra a limpeza étnica em Jerusalém Oriental e a apostasia dos fanáticos na Esplanada das Mesquitas.

O 15 de maio é a data de unificação da colônia árabe-brasileira, por Bruno...

O momento é grave e exige toda a dedicação possível das forças políticas palestinas na terra e na diáspora, assim como dos grupos de apoio do Mundo Árabe e nossa diáspora.

O sionismo bolsonarista e a defesa do Apartheid Israelense, por Bruno Beaklini

No caso brasileiro, parece que o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), também conhecido como Bananinha segundo o próprio vice-presidente da república, se coloca como porta-voz oficioso dos criminosos de lesa humanidade.

O cerco do Apartheid Israelense e a Nakba de Jerusalém, por Bruno Beaklini

Ou seja, o que o inimigo promove em Jerusalém, especificamente na sua parcela oriental e em definitivo no bairro Sheikh Jarrah não é “novidade”. Ao contrário, se trata do padrão de comportamento da entidade sionista que promove o Apartheid e o racismo como política de Estado.

Lava Jato, Moro suspeito e Fundos Abutres – a mesma lógica de subordinação ao...

Não haveria desgoverno Bolsonaro sem a negativa de pedido de habeas corpus pelo STF, recurso jurídico impetrado por parte da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Acordo militar com Israel: mais uma agressão aos milhões de árabe-brasileiros, por Bruno Beaklini

Na era da internet o quadro piora, pois os recursos de trolagem - muito conhecidos pela ação dos robôs aplicados no apoio ao governo protofascista e genocida de Jair Bolsonaro – podem indexar defensores da Causa Árabe e Palestina em “perigosos” antissemitas.

O país sem coordenação estratégica: a sina do Bananistão agravada na pandemia, por Bruno...

Resumindo: não teria problema vender bananas, desde que a meta fosse produzir também mariola e enzimas.

A “nova ordem” e o pária mundial, Bruno Beaklini

A análise que segue posiciona o Brasil sob o desgoverno Bolsonaro dentro do Sistema Internacional em evidente mudança de hegemonia.

A Operação Lava Jato e o cavalo de Troia do imperialismo, por Bruno Beaklini

A Lava-Jato é uma soma de projeção de poder através da preocupação, por parte dos EUA, de segurança energética, geopolítica do petróleo e também a permanente arrogância imperialista de se colocar como “polícia do mundo” quando alguém “ataca seus interesses”

O petróleo privatizado e exposto aos preços especulativos, por Bruno Beaklini

O Brasil sofre ataque especulativo todo dia, em todos os níveis. Essa mentalidade dos grandes “traders” internacionais adentrou o Conselho de Administração da Petrobrás e, em parte, de sua cadeia de comando.

Morreu Carlos Menem, o duplo traidor, por Bruno Beaklini

Carlos Saúl realizou duas traições. A primeira e mais visível é junto ao patrimônio difuso do povo argentino, relacionado à independência do país e às condições materiais de vida das maiorias argentinas.

O estúpido argumento do “Choque de Civilizações” como justificativa imperialista: origens modernas, por Bruno...

O trumpismo, na matriz do Império, não inventou a maior parte das demências da extrema-direita, mas as canalizou, impulsionando-as na imaginação de uma América “pura”

Ernesto Araújo e a idolatria com Mike Pompeo, por Bruno Beaklini

Bolsonaro se vê em Trump, mas o espelho é retorcido: o ex-capitão do Exército Brasileiro, que por pouco escapou de ser expulso da Força Terrestre, quer ser o capacho dos Estados Unidos

Bolsonaro e o espelho retorcido com Trump, por Bruno Beaklini

O “trumpismo tropical” representa o conjunto de mensagens, signos, identidades políticas e posições reacionárias mesclando um passado conservador imaginário que relativiza o período colonial e a escravidão.

Leia também

Últimas notícias

GGN