Início Autores Posts por Aldo Fornazieri

Aldo Fornazieri

Avatar
347 Posts 0 comentários
Cientista político e professor da Fundação Escola de Sociologia e Política.

Bolsonaro: derrota no primeiro turno ou impeachment, por Aldo Fornazieri

A CPI documentará fartamente as ações e as omissões criminosas do governo e do presidente que foram causa da morte de parcela significativa dos que partiram, nessa que é a maior tragédia da história do Brasil.

O terrorismo bolsonarista, por Aldo Fornazieri

A história mostra que um dos aspectos que proporcionou a vitória do nazismo e do fascismo foi a covardia e a negligência dos democratas, ou porque se intimidavam ou porque faziam pouco caso quando estes movimentos ainda não estavam no poder.

Vácuo de poder e comitê de salvação, por Aldo Fornazieri

Bolsonaro perdeu toda a legitimidade ao orientar as ações do seu desgoverno para disseminar o vírus e semear a morte. Não é um presidente: é um arruaceiro político, um agitador, um semeador da desordem, do ódio, do estigma e da discórdia.

Por um levante cívico pela renúncia de Bolsonaro, por Aldo Fornazieri

Temos um presidente que vilipendia os mortos, apunhala a dor dos vivos e agride os que choram a perda dos que partiram. Nenhum presidente até hoje cometeu esses sacrilégios contra as vítimas e humilhou tanto seu povo.

Lula e Zé Dirceu: dois caminhos, por Aldo Fornazieri

A estratégia de Lula se assenta numa avaliação otimista. Na de Zé Dirceu, o cenário é mais pessimista.

Os caminhos e a estratégia de Lula, por Aldo Fornazieri

A Deusa Fortuna costuma mudar os ventos da sorte e pregar peças monumentais até mesmo aos grandes líderes. O próprio Lula foi tolhido pelos tempos revoltos e tormentosos da mudança brusca dos ventos.

O poder militar e a conivência da esquerda, por Aldo Fornazieri

Junto com este poder derivado da ditadura, os militares agem como uma corporação que procura viabilizar os seus interesses como corpo que se apropria de parcelas do Estado para garantir privilégios.

As precipitações do PT, por Aldo Fornazieri

É certo que o PT tem o direito de ter um candidato e que Haddad tem o direito de ser candidato. O problema é que o anúncio foi extemporâneo e equivocado.

Impeachment distante e as outras lutas, por Aldo Fornazieri

Deputados e senadores precisam estar onde está o povo. Precisam adotar medidas para solucionar as necessidades do povo. Precisam amparar o povo no seu sofrimento.

A covardia do Congresso Nacional, por Aldo Fornazieri

Nenhum governo foi tão pouco enfrentado pelo Congresso Nacional como o governo Bolsonaro. A omissão do Congresso Nacional, além  de conivente, é criminosa.

O PT, a canoa furada e a coragem, por Aldo Fornazieri

O PT que construiu a democracia nas lutas, nas greves, no campo, nas cidades, nas universidades foi substituído pelo PT que apoia aqueles que traíram a democracia.  

A fisionomia cinzenta das esquerdas, por Aldo Fornazieri

As esquerdas entram no bloco de Maia de forma subalterna, condição que enfraquece sua autonomia e fere os princípios e a lógica da política.

Resgatar o PT, por Aldo Fornazieri

O partido constitui a mais importante experiência da esquerda brasileira. Fez muito para os padrões da política brasileira. Mas fez pouco em face das trágicas necessidades e carecimentos do povo brasileiro.

A derrota das esquerdas e 2022, por Aldo Fornazieri

As esquerdas não se organizaram na base, levantaram bandeiras equivocadas e enfrentaram Bolsonaro de forma errada

Boulos e Erundina podem vencer, por Aldo Fornazieri

Para que Boulos e Erundina busquem a vitória será preciso, em primeiro lutar, definir um mote de campanha e qualifica-lo. Penso que o melhor mote é a ideia da mudança e não da esperança.

Votar em Boulos e Erundina, por Aldo Fornazieri

Em política, os fins não justificam os meios e Maquiavel jamais propôs essa assertiva. É preciso fazer sempre uma adequação entre meios e fins, percebendo quais fins justificam quais meios.

Jilmar Tatto e o extravio petista, por Aldo Fornazieri

A pesquisa do Ibope confirma a injustiça que vem sendo cometida contra Tatto por setores do PT. Na verdade, Tatto é vítima de dois equívocos e de um preconceito.

Boulos no segundo turno?, por Aldo Fornazieri

A campanha de Boulos tem o desafio de decidir se quer ser a campanha de uma fração da esquerda ou a campanha do “partido orgânico” do povo.

Eleições municipais: a largada das esquerdas, por Aldo Fornazieri

Assim, as candidaturas de esquerda precisam trabalhar para ganhar terreno e chegar na antevéspera das eleições com chances de passar para o segundo turno.

O erro de Freixo, por Aldo Fornazieri

Eleições municipais, inclusive as alianças, se definem por dinâmicas locais e não pela dinâmica nacional, como quer sugerir Freixo.

Leia também

Últimas notícias

GGN