Início Autores Posts por Paulo Nogueira Batista Jr.

Paulo Nogueira Batista Jr.

76 Posts 0 comentários

Beato Salu, vítima da hipocrisia nacional, por Paulo Nogueira Batista Jr.

Temos aqui à mão o Paulo Guedes, o pitoresco ministro da Economia do nosso país. Verdade que não é gordo, nem propriamente obsceno, e fala português fluentemente (sem sotaque físico, só espiritual). Tem, entretanto, alguns pontos em comum com o Bei de Túnis – é impopular e obsceno (figurativamente, falando).

Conjecturas sobre o caso Evergrande, por Paulo Nogueira Batista Jr.

Não me parece, primeiramente, que o caso Evergande possa ser considerado um “momento Lehman”, como tem sido dito repetidamente na mídia ocidental.

Recuo tático ou debandada geral?, por Paulo Nogueira Batista Jr.

Claro está que o governo se isola cada vez mais. Perdeu o respeito e qualquer resquício de confiança. Desgastou-se também com a sua base, ainda que talvez não definitivamente.

Adeus à reeleição?, por Paulo Nogueira Batista Jr.

Caso consiga sobreviver, o mais provável é o presidente da República que chegue na eleição desgastado e desmoralizado. É o que se pode esperar com base nas informações que temos.

Certa arte, por Paulo Nogueira Batista Jr.

Conversando com minha mãe, lembrei do filme e do poema que enquadra o filme, um poema lindo, lindo, da Elizabeth, chamado “One art” (“Certa arte”). Dessa vez, gostei ainda mais.

A Rota da Boa Esperança, por Paulo Nogueira Batista Jr.

A exemplo da iniciativa chinesa, poderia tomar a forma de um conjunto de projetos e programas de infraestrutura e de desenvolvimento sustentável formulados e/ou financiados pelo Brasil em colaboração com outras nações latino-americanas, africanas e asiáticas.

Brasil, país-planeta (ou Saudades do futuro), por Paulo Nogueira Batista Jr.

Eis o que eu realmente queria dizer: ao Brasil está reservado um destino planetário e, por isso, não podemos pensar apenas em nós mesmos e nossos vizinhos próximos. Messiânico? Que seja. Mas tento explicar.

Sonhos, por Paulo Nogueira Batista Jr.

Sonhos podem ser perigosos. Certo tipo de sonho, justamente os plausíveis que desejava Bomfim. O sonho possível carrega em si a possibilidade da decepção e do sofrimento.

A economia favorece a reeleição?, por Paulo Nogueira Batista Jr.

Bem sei, leitor, que a recuperação em curso está longe de espetacular. Ela se concentra, por enquanto, no setor primário exportador (agropecuária e extrativa mineral). Indústria e serviços continuam fracos.

Acordos internacionais – armadilhas para um futuro governo brasileiro, por Paulo Nogueira Batista Jr.

Os compromissos exigidos pela OCDE são mais amplos do que os de outras instituições multilaterais. No campo dos movimentos internacionais de capital, por exemplo, a OCDE é bem mais rigorosa do que o FMI na busca de compromissos de liberalização.

Promessas e desafios do novo governo dos Estados Unidos, por Paulo Nogueira Batista Jr.

O hiperkeynesianismo de Biden se expressa, como é sabido, em uma política fiscal agressiva, que implica acentuada ampliação do gasto, inclusive social, e do investimento público.

Hora de partir para a jugular!, por Paulo Nogueira Batista Jr.

Falta o povo nas ruas? Então, vamos para a rua! A revolta é tanta, que muitos atenderão um chamado para a mobilização. Não podemos ficar em casa, acovardados, com medo da pandemia, assistindo passivamente o País ser destroçado.

A arte salva – crônica sobre um poeta alemão, por Paulo Nogueira Batista Jr.

Heine era um romântico, mas um romântico defroqué, excomungado, como notou um crítico francês na época. Ele tomava distância dos exageros e dos ridículos do romantismo.

Governo nas cordas, por Paulo Nogueira Batista Jr.

A propagação descontrolada do vírus, com aumento exponencial do número de casos e mortes, acabou de enterrar as chances de uma recuperação significativa da economia brasileira.

A emergência é social, não fiscal, por Paulo Nogueira Batista Jr.

A política econômica brasileira não poderia ficar de fora da degradação geral, até porque os seus descaminhos são parte integrante e destacada do processo.

A elite do atraso e suas mazelas, por Paulo Nogueira Batista Jr.

A elite do atraso só é democrática no discurso. A sua prática é autoritária e, quando necessário, golpista.

Nossos dramas atuais – economia travada, crise sanitária, impeachment de Bolsonaro, por Paulo Nogueira...

A recuperação expressiva de uma economia, especialmente em condições como as atuais, requer a iniciativa e a coordenação do Estado. É exatamente o que nos falta de forma gritante.

Conquista e Reconquista, por Paulo Nogueira Batista Jr.

O atual governo federal constitui nossa maior e mais perigosa crise. Corremos mesmo o risco de uma crise terminal. Mas é provável que o Brasil sobreviva.

Autonomia do Banco Central – um quarto poder?, por Paulo Nogueira Batista Jr.

O projeto é ruim e deveria ser rejeitado ou, no mínimo, emendado de forma significativa, como tentarei mostrar. As teorias em que se sustenta são falhas e omissas em pontos cruciais, como veremos.

Brasileiro não pode ser premiado, por Paulo Nogueira Batista Jr.

Para ser realmente uma grande nação, falta-nos, entretanto, o sentimento subjetivo da grandeza. E é esse ingrediente subjetivo que potencializa e energiza os fatores objetivos.